Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Review: O Livro dos Segredos

por baixinho, em 13.11.17

Ninjago: O livro dos segredos

Dos três livros que me chegaram, este foi o que inicialmente menos me despertou a atenção. Mas como é habitual nestas situações, revelou-se uma autêntica caixinhas de surpresas.

O livro é relativamente de pequenas dimensões (- que A5) com dezenas de páginas que desafiam o dono às mais variadas actividades. Quase que pode ser visto como um diário em que não é relatado o dia-a-dia mas sim várias facetas da criança.

Ninjago: o livro dos segredos

Apesar de estar aconselhado a miúdos com mais de sete anos, pessoalmente indicaria-o para crianças no final do 1º ciclo ou início do 2º ciclo. A maior parte das actividades poderão exigir alguma orientação por parte dos pais principalmente para os miúdos mais novos já que exige algum poder de interpretação.

Ninjago: o livro dos segredos

Este é um livro que com algum esforço se pode tornar numa excelente brincadeira ao longo de várias semanas. A criança poderá deixar algo de si no livro tornando imensamente pessoal.

Se pode ser visto como uma brincadeira agora, irá com certeza ser uma delícia quando revisto pelos donos daqui a uns bons anos.

Devo agradecer à editora 20|20 pela oportunidade de analisar este livro. Esta cópia do livro será oferecida a uma criança dentro da idade aconselhada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49

Sétimo nº da MOGazine, a revista digital da Comunidade0937

por baixinho, em 07.12.16


Já está disponível o sétimo número da MOGazine, a revista digital da Comunidade 0937. Desta vez colaborei apenas com um artigo, mas já tenho outros para o próximo nº. De notar que a revista tem vários artigos interessantes que abarcam vários pontos de interesse do hobby LEGO. Vale a pena ler!


 


Por outro lado, vou andar mais ausente do blog já que a quadra natalícia é, por várias razões, mais atarefada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:44

Bricks Culture #7

por baixinho, em 03.12.16

Love at first byte


Ontem aproveitei uma viagem de comboio para ler o último número da Bricks Culture. A revista continua deliciosamente pretensiosa, algo que faz também falta na Comunidade AFOL. Não li todos os artigos, mas interessei-me particularmente pelas fotografias do Samsofy, pela história por detrás do Jim Spaceborn, das lindíssimas imagens do Rogue One, do AFOL ainda dentro do armário de nome Jason Cutten entre outras. De realçar o artigo sobre o Cine Brick, festival de cinema com peças LEGO realizado todos os anos em Paredes de Coura.


A foto acima é do Luigi Priori e aparece no artigo LEGO Photography.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:17

PdC Fan Weekend na HispaBrick Magazine

por baixinho, em 22.11.16


Foi hoje lançada a 26ª edição da revista espanhol HispaBrick Magazine. Revista que continua a ter vários artigos interessantes e que desta vez contém um artigo relacionado com Portugal. O artigo sobre a edição de 2016 do Paredes de Coura Fan Weekend.


Uma análise interessante do que se lá passou mas que não substitui uma participação no evento.


Podem descarregar a versão espanhola ou inglesa da revista aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

Revistas LEGO Star Wars

por baixinho, em 11.10.16


No último fim-de-semana aproveitei o tempo na LegOficina para montar os brindes das três últimas revistas LEGO Star Wars. Devo confessar que todos os modelos são interessantes mas que fiquei muito agradado com a qualidade do Naboo Starfighter. Aqueles cones cinzentos não ficam bem presos, mas nada que influencie na beleza da construção que, já agora, é enorme para o padrão habitual das ofertas.


Quanto às revistas devo dizer que só as abri para ver as instruções. Não reparei se havia algum conteúdo de origem portuguesa fora as fotos e desenhos dos miúdos. De qualquer forma duvido :)


 


Ps. sei que há outras revistas do género (Ninjago, Nexo Knights e Friends) mas além de não as considerar tão interessantes quanto aos brindes, também não há t€mpo para tudo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

Leitura de Férias: Bricks Magazine

por baixinho, em 15.08.16

Bricks issue 15



Aproveitando uma semana com acesso limitado à Internet, dei uma leitura a cinco números da Bricks Magazine. Da 8 à 12.


A revista continua com um aspecto gráfico soberbo e com uma variedade de artigos bem interessante. São abordados temas para coleccionadores de material antigo, novidades, reviews de conjuntos novos, técnicas de construção, MOCs, entrevistas, merchandising LEGO, instruções para pequenas construções, eventos, etc.


Claro que não li todos os artigos já que me fiquei pelos temas que mais me interessa.


Da Bricks Culture nº 6 para já apenas li o artigo que aborda a Comunidade 0937 e o Paredes de Coura Fan Weekend. Apesar de algumas incorreções, o artigo está muito interessante.


Estou agora muito curioso com a Bricks nº 15, já que são entrevistados dois construtores portugueses, o Hugo Teixeira e o Manuel Nascimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16

A sétima revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 15.06.16

Revista LEGO Star Wars nº7 (1)


Adquiri a revista já em maio, mas só agora é que tive tempo de a fotografar. A revista segue na risca o formato das anteriores e nem a presença de um artigo de destaque sobre a 10236 Ewok Village teve direito a uma pequena chamada a informar que o designer do conjunto foi o português Marcos Bessa. Imperdoável.


O brinde está bastante interessante e é enorme, para adultos, a revista vale essencialmente por isso.


Revista LEGO Star Wars nº7 (2)





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55

6º número da revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 29.04.16

Revista LEGO Star Wars nº6 (1)


No outro dia tive a oportunidade de comprar mais um número da revista LEGO Star Wars. Gosto bastante do colorido da capa, mas o conteúdo continua do mesmo tipo das revistas anteriores, muita BD, alguns passatempos e de conteúdo nacional original apenas a página e meia de "Arte Galáctica".
O brinde é um fraquinho Snowspeeder, nada que se compare ao antigo que aparece no 4486. Mas pelo menos ficamos a saber que para o próximo mês teremos uma Millennium Falcon com 42 peças!


Revista LEGO Star Wars nº6 (2)



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32

5º número da revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 04.04.16

Revista LEGO Star Wars nº5 (1)


Comprei há já duas semanas mas só hoje é que me lembrei de a arrumar.. e aproveitei tirei duas fotografias que coloco aqui. A revista continua na linha das anteriores e é isso mesmo que a está a tornar desinteressante. Fora um artigo do primeiro número, parece vir tudo da revista original.. nada que ligue esta revista a Portugal (fora as tímidas participações no canto dos leitores).


Revista LEGO Star Wars nº5 (2)


Mesmo sendo dirigida a um público mais novo, penso que a revista peca pela excessiva simplicidade. Por vezes ouço miúdos de 10/11 anos de idade cujo conhecimento sobre a saga é superior a muitos adultos.


Conto continuar a comprar.. mas começo-me a perguntar porquê :)



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:45

O 4º número da revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 19.02.16

Revista LEGO Star Wars nº4


Comprei hoje a revista num hipermercado em Cerveira e gosto da ideia de ser relativamente fácil de a encontrar. A revista continua com o mesmo formato de sempre onde prevalece a existência de duas bandas desenhadas. Desta vez uma novidade foi um questionário/teste para descobrir se uma pessoa (criança) é Sith ou Jedi. Humm, seria interessante aplicar em algumas que conheço :)


Duas páginas são dedicadas aos ".. mais recentes brinquedos de LEGO" que não são mais que o X-wing do Dameron Poe e o First Order TIE Fighter. Pois, novidade em setembro quando a revista deve ter saído na versão original, neste momento já existem outras novidades no mercado. Claro que isto é um problema que irá continuar enquanto as revistas se limitarem a ser apenas uma tradução do que se faz lá fora. Penso que também a "análise" destes dois conjuntos poderia ser um pouco melhor.. é que nem aparece a referência dos sets!


Achei curioso que o Darth Vader tenha voltado à capa (esteve no segundo nº) e que no quinto nº apareça novamente o Yoda (esteve no primeiro). Ok, são personagens que em LEGO são facilmente identificáveis.. mas penso que num universo tão rico como o Star Wars existam outros também interessantes.


O brinde pode não ter a qualidade dos dois primeiros, mas cumpre o objectivo. Poderia ter sido mais interessante se cada nave tivesse direito a ser um único brinde.


Continua a ser uma revista interessante para o público mais jovem e com uma dinâmica (BDs, jogos, etc) ajustada, no entanto peca pelo piscar de olhos muito pobre a outros públicos. Acho que também poderia ter um cunho mais português e não limitar a ser uma tradução (como aconteceu com a primeira revista).


Para o mês que vem, há mais :)


 


Ps. reparei depois de escrever este artigo que as instruções para construção do brinde não batem certo com a imagem do mesmo. Ou seja, a construção fica ligeiramente diferente.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

O 3º número da revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 25.01.16

Revista LEGO Star Wars nº3 (1)


Comprei hoje o terceiro número da revista LEGO Star Wars em português. Está mesma linha que a anterior em que a maior parte da revista (16 páginas em 36) são ocupadas por duas bandas desenhadas. Começo a achar que as BD poderiam ser um pouco mais "sérias" e dentro dos parâmetros do Star Wars e menos rocambolescas e de humor infantil. Temos os habituais passatempos, o arquivo imperial foca-se desta vez no Darth Vader (que até tem um detalhe que desconhecia :D), os posters do Darth Vader e do X-Wing, uma página dedicada ao universo Star Wars com algumas notícias, os sets LEGO Star Wars (imagem acima), a arte dos leitores e por fim o que vai sair no próximo nº.


A qualidade da revista é a habitual sendo uma curiosidade simpática para os mais velhos e uma diversão (talvez de curta duração) para os mais novos.


Não, não falei do brinde e acho que é melhor nem falar :)


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:06

O segundo nº da revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 29.12.15

Revista LEGO Star Wars nº2 (1)



Ontem aproveitei a ida ao cinema para passar numa papelaria do shopping e comprar o segundo número da revista LEGO Star Wars. Ainda não tive tempo de a ler toda, no entanto o que folheei deu para perceber que está muito em linha do que foi feito com o primeiro número (análise completa aqui).


Continua a ser dirigida essencialmente para os mais novos onde das 36 páginas, 16 são dedicadas a dois comics e 4 a posters. Senti falta de um artigo mais elaborado como foi o "Canto do Fã" do primeiro número mas fiquei surpreendido com o brinde, uma Slave I (versão Jango Fett) em micro-escala muito interessante. O brinde do próximo mês já não me parece tão interessante.


Fiquei curioso por utilizarem a expressão "set" para falar dos conjuntos LEGO (já o tinham feito no primeiro número e não tinha reparado). Pensei que fosse uma expressão utilizada exclusivamente pelos AFOLs e as crianças utilizassem a versão portuguesa.


Revista LEGO Star Wars nº2 (2)



Continua não haver concordância nos nomes das naves, havendo as que são traduzidas (por exemplo Escravo I) e as que não são traduzidas (Millennium Falcon que estranhamente já era traduzida na caderneta de cromos que vem junto com a revista).


Infelizmente a revista vem "colada" a um cartão o que fez com que ficasse danificada na última página.


Essencialmente continua a ser uma curiosidade interessante para os adultos fãs do tema e muito simpática para os mais novos.


 


ps. Uma das peças do brinde estava danificada (dobrada) e impossível de ser utilizada. Nada que me preocupe visto ter até em quantidade, no entanto poderia ser chato para uma criança com stock limitado de peças.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:07

Bricks, especial Star Wars

por baixinho, em 24.12.15


Ontem chegou a minha caixa de correio a Bricks especial Star Wars. Já a folheei e, confesso, que fiquei algo desiludido. Existem vários artigos sobre os sets que existem atualmente (nomeadamente do episódio VII) e estava à espera de uma revista que focasse na sua totalidade o que a LEGO vem fazendo em Star Wars desde 1999. Existem esses artigos.. mas apenas ocupam parte da revista.


A revista também aborda algumas construções originais (MOCs) e posso dizer que uma delas é mesmo monumental :)


Por fim há que destacar a habitual qualidade gráfica da revista.


Agora é ignorar as análises dos sets do episódio VIII e ler praticamente tudo o resto :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:01

Análise à revista LEGO Star Wars #1

por baixinho, em 02.12.15

Revista LEGO Star Wars 1a


Finalmente tenho a revista nas mãos para poder fazer uma análise mais aprofundada.


Antes de mais devo dizer que, além do agrado que a edição da revista me dá, penso que é uma iniciativa que vem satisfazer as reais necessidades dos jovens fãs da junção do brinquedo LEGO e do universo Star Wars.


Os conteúdos são variados o suficiente para a revista não ser monótona apesar do tema limitado. No entanto pergunto-me se haverão conteúdos suficientes para muitos nºs..


O primeiro artigo (página 4) é sobre os personagens da série de TV Rebeldes onde é dada uma descrição dos 6 heróis que compõem a tripulação da Spirit.. ups, Espírito. Pois, os editores da revista decidiram (e penso que bem tendo em conta a faixa etária do público alvo, 5-12) em traduzir os nomes das naves e, quando possível, nomes de localidades, etc. No entanto isso não acontece sempre, como por exemplo quando se referem à X-Wing e à Millennium Falcon. Mais estranho ainda quando a própria revista chama-se LEGO Star Wars e não LEGO Guerra das Estrelas.. Julgo que percebo as opções mas o ideal seria traduzir tudo (menos o título da revista) e no fim colocar um pequeno glossário com as versões originais dos nomes. É que os nomes originais estão tão disseminados (por exemplo nos jogos de PC) que muita gente nem consegue associar o nome quando traduzido. Sim, tive que pensar o que era a Espírito... :)


Fora este pequeno aparte, o artigo sobre os personagens está interessante com uma pequena introdução a cada um dos personagens. Penso que aqui apenas falta uma referência aos conjuntos LEGO onde eles aparecem até ao momento, já que seria a forma perfeita de dar relevância à parte LEGO da revista.


A segunda secção (páginas 5 a 8 e 10 a 13) é a primeira banda desenhada com o nome muito apetitoso de Esparguete Imperial. A BD utiliza os personagens da série de TV Rebeldes e, sinceramente, achei-a demasiado infantil mesmo para a faixa etária alvo da revista. A meio da banda desenhada (página 9) temos um passatempo de diferenças com a Millennium Falcon do mítico conjunto 10179.7


O artigo seguinte (página 14 e 15) é sobre duas naves do universo LEGO Star Wars, a Fantasma e a Espírito. As descrições de ambas estão interessantes e gostei da tabela com as características. No entanto acharia mais interessante colocares mais características das versões LEGO e não apenas que possuem x peças. Enigmaticamente surge um "parte 1" no topo do artigo mas pelos vistos a "parte 2" será na revista seguinte.


Na página 16 temos um dos artigos que eu considero mais interessantes na revista e que aborda o Star Wars Clube Portugal. Com certeza uma boa forma de promover o grupo pelos fãs mais novos e, quiçá, incentivar ao associativismo temático. De notar que a página chama-se "Canto do Fã" e que portanto é de prever mais textos do género


As páginas centrais são ocupadas pelo poster da versão LEGO do Yoda e do Kanan Jarrus.


Na página 22 temos as instruções de montagem e algumas características da X-wing. Apesar de ser uma das naves mais famosas do universo Star Wars, acho que seria mais apropriado a oferta ser a Fantasma ou a Espírito, visto serem mais referenciadas no resto da revista.


A segunda e última banda desenhada com o título Ataque a Tatooine ocupam as páginas 23 à 30. O título parece-me mal escolhido porque Tatooine não é atacado e apenas a maior parte da acção passa-se na sua órbita. No entanto gostei mais desta BD e tem algumas piadas muito bem apanhadas.


O "Arquivo Imperial" é a secção seguinte e ocupa a totalidade da página 31 e neste número é dedicada ao Yoda. Na biografia diz que foi mestre do Obi-Wan Kenobi o que penso que seja um erro. Na parte de baixo da página existem imagens de várias versões que a LEGO fez do personagem e que se encontra mal legenda. Por exemplo identifica a versão mais antiga do Yoda como sendo a dos episódios 4-6 e na verdade saiu apenas num conjunto desses episódios (4502) e em dois da trilogia 1-3 (7103 e 7260).


A página 32 irá ser dedicada a contribuições dos leitores e neste número aparece a promoção disso mesmo. Estão também as soluções dos passatempos incluídos na revista (estando uma das soluções mal assinalada..).


A página seguinte é dedicada a um passatempo onde os leitores são convidados a enviarem as suas opiniões e assim ficarem habilitados a ganharem alguns conjuntos LEGO Star Wars.


A página 34 possui várias curiosidades interessantes sobre o universo Star Wars bem como promoção ao próximo filme e ao espaço LEGO Fun Factory em Lisboa.


Na página seguinte temos a promoção do próximo nº da revista em que ficamos a saber que custa 4.10€ nas Canárias :)


 


No geral encontrei algumas gralhas (por exemplo Millennium apenas com um "n") ao longo da revista, mas nada de grave. Existem outras incorrecções em relação ao Universo LEGO Star Wars mas penso que no meio de tanta informação seja algo natural em acontecer. Graficamente a revista é excelente e adorei a ideia da saquete que traz as peças ser reutilizável. A revista poderá parecer pequena no entanto pelo preço que é não se pode pedir muito mais, para mais tendo em conta que oferece uma pequena nave em LEGO.


Definitivamente uma boa compra para quem gosta de LEGO Star Wars (principalmente se estiverem na faixa etária entre os 5 e 12 anos).


 


ps. agradeço à editora da revista por gentilmente me terem enviado uma para realizar esta análise!!


 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18

Revista LEGO Star Wars

por baixinho, em 29.11.15

Na sexta-feira de manhã recebi, com alguma surpresa, o press release de uma nova revista, a LEGO Star Wars.


Revista LEGO Star Wars 1a



Pela primeira vez, duas marcas míticas unem-se numa publicação mensal dirigida a crianças dos 5 aos 12 anos.


Com uma tiragem mensal de 15.000 exemplares e 36 páginas, a revista incluirá em cada mês uma peça de LEGO Star Wars exclusiva, que apenas poderá ser conseguida com a revista.


Luke Skywalker, Yoda, Darth Vader, Han Solo… são os heróis de varias gerações. Desde 1977, a saga galática Star Wars entusiasma fãs de todas as idades no mundo inteiro com filmes e séries de televisão e, a partir do próximo dia 27 de novembro, também com LEGO® Star Wars™ - uma revista oficial que será publicada em Portugal pela editora líder em revistas infantis e juvenis – Bauer Media Group. A revista LEGO® Star Wars™ terá uma periodicidade mensal e será dirigida a um público dos 5 aos 12 anos, com conteúdos pensados não só para o desenvolvimento da imaginação e para o incentivo à leitura, mas também com múltiplas curiosidades e novidades em redor do universo Star Wars, juntamente com passatempos, comics, fichas de personagens e de naves, posters e um espaço dedicado aos fãs, tanto da saga de George Lucas como das míticas peças de LEGO.


Com uma tiragem mensal de 15.000 exemplares, a revista LEGO Star Wars, dirigida por Marisol Piñero, terá distribuição assegurada em todo o país e incluirá um brinquedo de edição limitada em cada número, que apenas poderá ser obtido com esta publicação e que, muito rapidamente passará a ser uma peça de colecionador. A revista é já distribuída a nível europeu, com mais de 700.000 exemplares traduzidos em 14 idiomas.


Na revista caberão todas as personagens e histórias surgidas em redor da saga galáctica, desde os episódios cinematográficos até à série Star Wars Rebels, tudo elaborado num tom que seja atrativo para as crianças, mas tratado com todo o rigor que rodeia a saga e que os seus seguidores tantos valorizam. Assim, poderão viver de perto as aventuras das suas estrelas galácticas em comics nunca antes publicados. O primeiro dos quais narra as aventuras de LukeLeiaR2-D2 e Darth Vader em formato humorístico. O segundo gira em torno das vicissitudes dos rebeldes Ezra e Zeb.


Revista LEGO Star Wars 1b


Apesar de não fazer parte do público-alvo, fiquei curioso o suficiente para comprar o primeiro número. E não, não é pelo polybag :)





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:36

MOGazine #6

por baixinho, em 20.10.15


Saiu hoje o sexto número da MOGazine, a revista digital da Comunidade 0937.


Neste número participei com alguns textos onde destaco um artigo que fiz sobre os conjuntos que a LEGO editou nos temas citadinos onde aborda a exploração espacial. Foi curioso descobrir algumas particularidades sobre conjuntos que até já conhecia.
Fiz também um artigo sobre o divertido Meeting que a C0937 organizou em Viana do Castelo no longiquo mês de setembro de 2008. Há que olhar sempre para a frente, mas sem esquecer o passado :)


A revista tem artigos muito interessantes, como um artigo do Alex sobre o mítico conjunto Metroliner ou um artigo sobre técnicas de construção do mestre CesBrick. Vale a pena dar uma olhada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20

Bricks Magazine nº 4

por baixinho, em 06.10.15


Na passada sexta-feira recebi a nº 4 da revista Bricks e a nº 2 da revista Bricks Culture. Aproveitei o fim-de-semana no camping para ler a Bricks quase toda, um número muito interessante para quem gosta do tema espaço.


A nível gráfico, a revista continua a ser um deleite para os olhos de um AFOL. Boas fotografias e enquadramentos interessantes. Gosto também das várias formas como encaixam as fotografias e os textos.


Li quase todos os artigos e apesar de muita da informação não ser propriamente novidade (talvez por ler muito sobre o assunto na Internet), encontrei algumas curiosidades que desconhecia e é sempre agradável ler em papel, principalmente bem instalados numa cadeira só com verde à volta.


Como disse acima, a maior parte dos artigos são dedicados ao tema espaço e também a Star Wars. Claro que todos os artigos que li tinham algo de interessante, mas gostei especialmente dos artigos do Space Odissey e City Space, curiosamente já escrevi um artigo similar a este para o próximo nº da MOGazine. Apesar de não estar de acordo com as escolhas dos artigos Space Police III e Top Ten Alien Minifigures, achei-os bem interessantes e divertidos. A entrevista ao Mark Stafford apenas peca por já ter lido várias outras (aliás, até já o entrevistei para o Portal 0937), no entranto descobre-se sempre mais deste grande AFOL e LEGO Designer. Por fim destaco o Techniques: Space Corridores com ideias bem porreiras.


Com certeza que comprarei outros nºs da revista, só não assino porque não há €s para tudo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22

Lendo a Brick Culture (Issue 1)

por baixinho, em 05.07.15


Ontem e hoje tive finalmente um tempinho para ler cerca de metade dos artigos da revista e realmente agora percebo a justificação de se fazer duas revistas separadas (Bricks e Bricks Culture).


Os artigos desta revista são muito mais completos e onde o "imediato" e novidade não são propriamente prioridade. Compreende-se a cadência de uma revista a cada três meses, visto que muitos dos artigos são maiores que o habitual.


O cuidado gráfico é também evidente havendo algumas páginas que são autênticas obras de arte. E é na aproximação do hobby LEGO como uma arte que boa parte da revista se debruça. Se em alguns artigos isso até transparece de forma comedida, noutros é assumido e, penso eu, por vezes de forma algo pretenciosa.


Apesar de ter gostado de todos os artigos que li (ou vi, visto que alguns são compostos essencialmente por imagens) não fiquei muito convencido com algumas opiniões, principalmente no artigo "LEGO and photography" escrito por David Alexander Smith (autor deste interessante blog). O autor acaba o artigo escrevendo "so much so that we talk about lego as a cultural phenomenon, we really ought to say  'LEGO and photography'". Pessoalmente acho que restringe o hobby às fotos de LEGO (MOCs ou não), esquecendo-se de muita coisa como por exemplo o prazer de construir, participar de um evento, conversar sobre, coleccionar, etc, tudo atividades que podem não envolver uma única fotografia. Claro que não nego a importância de boas fotografias para engrandecer as construções, mas não vejo isso como um fim.


Mas nada que me impeça de querer ler o resto da revista e de fazer planos para comprar o próximo número!


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

Bricks Magazine

por baixinho, em 29.06.15


Durante este fim-de-semana aproveitei o campismo para fugir dos gadgets. Altura ideal para ler uma boa parte da Bricks Magazine de.. abril.


Não vou tecer comentários sobre a origem da revista, no entanto as comparações com a Blocks são de fazer. Sempre pensei que esta revista fosse mais dirigida a AFOLs do que a Blocks e não tanto a leitores ocasionais e fãs recém chegados ao hobby.


Reconheço que esta opinião pode ser deturpada pelo facto de andar por aqui há mais de uma década e isso levar-me a interessar por certos tipos de artigos e achar outros aborrecidos.


Essencialmente gostei dos artigos Bricks Masterclass com pequenas entrevistas a AFOLs sobre as suas construções, do artigo Bricks In Motion sobre o evento com o mesmo nome e depois de vários pequenos artigos sobre coleccionismo, minifigs, jogos, etc. Os reviews não me puxaram muito a atenção, mas se calhar pelos conjuntos analisados do que propriamente pelo estilo de artigo.


Fiquei agradado pela quantidade de páginas dedicadas à publicidade. Sim, é de estranhar um leitor gostar disso mas a presença dessa mesma publicidade por vezes significa a viabilidade de uma revista, além de que por vezes pode dar jeito para conhecer um serviço desconhecido.


Parece-me ser uma excelente revista para quem não segue intensivamente as novidades LEGO na Internet e não participa em grandes discussões nos fóruns do tema. Acredito que cada vez mais esta seja a maior percentagem de AFOLs no mundo.


Curiosamente quando estava a folhear a revista junto à piscina, enquanto dava uma olhadela nas brincadeiras da Leila, dei por mim a ouvir falar de LEGO. Um pequeno grupo de pessoas falava (apenas ouvi algumas frases soltas) de se comprar LEGO a 50% nas promoções do continente, por vezes a 75% (?), de haver coleccionadores que enchiam carrinhos, que a exposição deste ano em Paredes de Coura tinha sido há três semanas, etc e tal.


Penso que exatamente sejam as pessoas para que esta (e outras) revista seja dirigida. Não quer dizer com isto que vou deixar de a comprar. Não conto assinar nem comprar todos os nºs, mas comprá-la esporadicamente já fica comportável para os meus bolsos.


Agora fico curioso quanto à Bricks Culture. Já a tenho mas ainda não tive tempo de a ler com atenção.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog