Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Hexahedral Planetoid

por baixinho, em 08.05.21

Hexahedral Planetoid

Não é difícil de imaginar que fico completamente rendido a estas construções onde as peças LEGO são uma ferramenta para alguma expressão plástica. Simon Liu até se pode ter baseado noutro trabalho para criar esta belíssima composição, mas nada lhe tira o mérito de ter criado algo que consegue fazer viajar alguém que consiga perder algum tempo a ver com olhos de ver este MOC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 40479 Dalmatians

por baixinho, em 07.05.21

40479 Dalmatians 1

Tema: BrickHeadz/Pets

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs:?/-

Preço LEGO®: ?€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/40479-1

 

Primeiro, devo referir que na altura que escrevo esta análise, não existe qualquer informação sobre este set na Internet. Nem preço, nem número de peças nem qualquer foto de qualidade.

Segundo, os BrickHeadz definitivamente não entram no meu campo de interesse do que é para mim o hobby LEGO. São para mim uma imitação clara do fenómeno Funko Pop (ou semelhantes), coisa que nunca consegui apreciar ou sequer compreender.

40479 Dalmatians 2

Terceiro, apesar de actualmente ter dois gatos e já ter tido outros antes, os animais de estimação não me causam grande fascínio ao ponto de comprar algo que os glorifique. 

Posto isto e em sentido contrário, agrada-me que esta série não se inspire exclusivamente em personagens de terceiros.

Em termos de peças o conjunto é o esperado para um BrickHeadz Pets. Imensos bricks para SNOT, algumas peças impressas (onde destaco as pintas em tiles 1x1, bricks 1x2 e slopes curvas 2x2) e várias plates 3x3 em branco. O sortido de peças é bastante agradável já que tem uma distribuição interessante de peças básicas. Claro que não me devo esquecer das peças daquela coisa onde estão ambos os cães.

Quem já construiu BrickHeadz sabe que o formato do interior é sempre o mesmo e apenas varia o exterior que por norma até utiliza sempre as mesmas técnicas. Claro que há excepções e um dos modelos deste set tem isso. O cachorro (ou cãozinho como está na caixa) tem 3 de largura e de profundidade o que leva a soluções ligeiramente diferentes na sua construção. Nada de outro mundo, mas é sempre giro construir algo em ímpar.

O resultado são duas caricaturas fofas de uma das marcas, ops, raças de cães mais conhecidas e que até foram popularizadas em vários filmes da Disney (yeps, eles estão em todo o lado). O desenho é irrepreensível para o tema apesar de pessoalmente não lhe achar grande piada.

40479 Dalmatians 3

Em termos de jogabilidade, creio que fique bem junto dos outros sets do tema numa qualquer prateleira. As peças têm algum potencial de construção, mas sempre junto com peças de outros conjuntos.

As Peças 7/10 (bricks SNOTs e muitas pintas)

A Construção 6/10 (nada de novo por aqui)

O Desenho 8/10 (fofinho.. Para quem gosta)

Jogabilidade 5/10 (acho que deveria ter colocado “não aplicável”..)

40479 Dalmatians 4

Para quem gosta deste tema e de animais de estimação em geral, este conjunto possui todas as qualidades esperadas. No entanto também penso que não acrescenta muito mais ao que já existe. De qualquer forma é sempre bom ver que os BrickHeadz não se limitam a personagens de terceiros.

Conclusão 6/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02

Nautilus

por baixinho, em 07.05.21

Nautilus

Não é bem o Nautilus que se pode esperar de um destaque meu, mas não deixa de ser uma construção muito interessante. Fruto de uma edição do Iron Builder que promete.

By Moko.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:42

Review: LEGO 11016 Creative Building Bricks

por baixinho, em 06.05.21

Tema: Classic

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs:1200/-

Preço LEGO®: 49.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/11016-1/Creative-Building-Bricks

Para quem sabe minimamente como encaro este hobby, não deve ser difícil de imaginar que considero a linha Classic como algo como próximo da alma do que deveria ser um conjunto LEGO. Se temos um brinquedo que é considerado um jogo de construção, então o foco da brincadeira deve ser mesmo a construção. Infelizmente considero que a LEGO em muitos dos temas relega esse aspecto apenas para uma fase intermédia para chegar a outra finalidade, seja um playable set, seja algo apenas para expor ou pior, apenas para coleccionar. Claro que muitas vezes (e isso acontece amiúde nos sets 18+) a própria experiência de construção onde são utilizadas técnicas inovadoras, peças em situações inusitadas, etc, é já algo de muito valor. Assim o conjunto não é apenas algo para expor, já que a sua construção envolveu uma experiência gratificante.

No entanto, mesmo assim falta uma coisita que acho que durante anos foi o grande mote da LEGO. A criatividade. Actualmente a grande maioria dos conjuntos LEGO são fechados. Ou seja, constrói-se o que está no livro de instruções e depois é extremamente difícil criar algo reconhecível apenas com as peças que estão na caixa. Sim, há pessoal no YouTube a fazer isso e até muito bem.. Mas será que os miúdos da idade-alvo dos sets em questão conseguem fazer o mesmo?

11016 Creative Building Bricks 7

Não, não conseguem e a explicação é extremamente simples. Eles não sabem o que fazer com a maior parte das peças que estão nos conjuntos. Apesar de uma maior facilidade para as crianças utilizarem a criatividade e até nem terem tantos constrangimentos na altura de quebrar regras, a verdade é que em termos de objectividade da utilização das peças são, por norma, mais limitadas. Os tijolos servem para fazer paredes, as janelas são janelas de casas, as plates são placas para ligar paredes (e as pequenas são para empilhar em três para fazerem de tijolos), as slopes são telhados e por aí fora. Se introduzirmos peças technic, slopes curvas, barras + clips entre dezenas de outro tipo de peças, a maior parte das crianças ou as coloca de lado, ou as utiliza de forma inútil em que por norma só descaracteriza a construção que pretende criar.

11016 Creative Building Bricks 6

Por isso não é difícil imaginar que a maior parte das crianças na actualidade não desfaz os conjuntos LEGO que possuem. Não o fazem porque a maior parte das peças com que ficam são inúteis para o estilo de construção que sabem fazer. Coisa que não acontecia há umas boas décadas atrás e por isso muita gente olha para os sets dos anos 80 (e das décadas anteriores) com tanta nostalgia. Nessa altura a LEGO era “um brinquedo novo todos os dias”, exactamente como era dito no reclame.

Isto tudo para tentar explicar porque olho para os conjuntos Classic com tanta admiração. Porque possuem a potencialidade de serem o tal brinquedo novo todos os dias. Praticamente todas as 1200 peças (sim, mil e duzentas peças) deste set são fáceis de utilizar e são verdadeiras ferramentas para ajudar a concretizar a criatividade dos mais novos. Não há praticamente nenhuma peça deste set que possa ser inútil nas mãos dos mais novos.

11016 Creative Building Bricks 5

Sim, as construções que se podem fazer com este set e outros da mesma linha vão ter um aspecto básico e até colorido… mas são exactamente este tipo de construções que as crianças estão moldadas para fazer! Ninguém está à espera que uma criança com 6 anos faça um desenho xpto onde utiliza diferentes técnicas de desenho com recurso a compassos, esquadros, lápis especiais, etc e tal. Com as peças LEGO é a mesma coisa. :)

Por isso quando estiverem a pensar em dar um brinquedo de construção a uma criança (sim, sublinhei), resistam e não vão para aquilo que pode parecer a opção mais certa e que a criança vai, numa primeira fase, gostar mais. Os 4+ da Disney (seja Marvel, Star Wars ou Mickey), polícias e ladrões, Friends, coisas que se vê na TV ou no telemóvel que até podem parecer brinquedos de construção (afinal, tem que se construir meia dúzia de peças para brincar) mas o apelo à criatividade é praticamente nulo. 

11016 Creative Building Bricks 4

Dêem Classic e, numa segunda fase, Creator!! Isso sim são linhas que podem concretizar da melhor forma a criatividade dos mais novos!

11016 Creative Building Bricks 3

E sim, a criatividade também tem que ser ajudada, guiada e formada. Por isso não esperem que as crianças simplesmente peguem num conjunto Classic e desatem a fazer mil e uma coisas. É preciso muito tempo e treino para as construções melhorarem, para as crianças conseguirem concretizar aquilo que querem fazer. Exactamente como nos desenhos, requer muita prática e do mesmo modo há crianças que vão evoluir mais rapidamente e outras mais lentamente. Por isso sentem-se (ou deitam-se no chão, já que por norma é lá que elas espalham as peças) e criem também com elas. Façam pópós, casotas, meninos e meninas, árvores e flores maiores ainda, os animais da quinta e os da África também. Sim, também façam super-heróis e outros seres esquisitos que costumam aparecer nas televisões e nos telemóveis :)

Mas o essencial é fazer coisas novas… para mim um jogo de construção é isso mesmo. Peças para construir o que me apetecer.

11016 Creative Building Bricks 2

Humm, parece que esta review tornou-se bem diferente do que costumo fazer,  já que mais do que analisar este set em particular, escrevi sobre o que se deveria esperar de um brinquedo de construção :)

Que no fundo, é este set.

As Peças 10/10 (muitas e muito úteis)

A Construção 8/10 (construções simples e fáceis de replicar e adaptar )

O Desenho 7/10 (apenas 7 modelos :/)

Jogabilidade 10/10 (muitas peças para construir.. livremente!)

11016 Creative Building Bricks 1

Este conjunto é o que deveria-se esperar de um brinquedo de construção. Peças com uma variedade de cores apelativas e de formas simples que facilitarão a concretização da criatividade dos mais novos! A única falha que posso apontar é que deveria ter mais modelos propostos, mesmo que sem instruções.

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18

Fluxo de dados

por baixinho, em 05.05.21

Data Stream

Podemos ficar algo confusos com esta construção do o0ger já que a descrição remete directamente para uma paisagem urbana e o título para algo mais cibernético. Mas fora essa agradável confusão temos um MOC com um efeito luminoso espectacular e que utiliza peças nada convencionais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43

Limpar a mente

por baixinho, em 05.05.21

More HeadWips

A originalidade é uma coisa garantida quando visitamos a galeria do Flickr do Karf Oohlu. Seja no tema abordado, seja nas peças utilizadas, seja nas técnicas usadas.

Sim, não se fiquem por esta construção, visitem o resto da galeria do Karf... regularmente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:08

Observadores

por baixinho, em 04.05.21

Watchers

Cheguei a esta fotografia através de outra que me levou a ver as últimas construções do Jerac. Não resisti a destacá-la já que é bem diferente do que é habitual no mundo AFOL.

Adoro as expressões (sim, expressões) do segundo e do terceiro a contar da direita. E vocês?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35

Battlecruiser Durandal

por baixinho, em 04.05.21

Battlecruiser Durandal

Esta construção do Ian MacDonald até pode ter algumas peças que não existem na cor que aparecem. Mas quem se importa com isso quando o resultado além de ser bastante realista, é irrepreensível em termo de técnicas e soluções encontradas.

Heavy Cruiser Durandal Ortho

Pois eu sei, em ABS é que era lindo de ver!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:05

Quinta

por baixinho, em 03.05.21

Leland's farmstead

Este MOC do the_ Inventor poderá parecer complexo, no entanto uma visualização mais cuidada poderá reparar que apenas os telhados poderão ser considerados mais avançados em termos de técnicas de construção. Mas será que a simplicidade do MOC desvirtua a sua qualidade?

Pessoalmente penso que não, já que o encanto da primeira vista mantêm-se, talvez devido a um esquema de cores bem agradável.

Uma curiosidade que também devo referir é que o autor optou apenas por colocar uma imagem no Flickr e as restantes imagens do MOC no Brickshelf. Pode estar com um interface completamente datado, mas continuo a ficar surpreendido por um serviço deste género conseguir sobreviver (e ser utilizado) durante 23 anos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:32

Assombração

por baixinho, em 03.05.21

Haunting in Brickwood

Quando vi este pequeno MOC do Michał Kozłowski (sim, eu copiei e colei para conseguir colocar estes "L"s traçados) algo me chamou a atenção. Apesar de estar construído de forma irreprensível para as tendências actuais, há algo que me fazia despertar ainda mais a curiosidade. Na apresentação no EuroBricks, não foi preciso ler muito para descobrir a razão desta atenção, é inspirado num conjunto de 1990, o 6034 Black Monarch's Ghost. Bons tempos onde os conjuntos de castelo começavam por 60xx, os piratas por 62xx, os de espaço por 68xx e 69xx e lá pelo meio estavam os de cidade.

Apesar de longo também vale a pena ver o vídeo onde o autor mostra várias e interessantes características deste MOC. Sim, aquela capela tem mais do que aparenta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04

Review: LEGO 10277 Crocodile Locomotive

por baixinho, em 29.04.21

10277 Crocodile Locomotive 1

Tema: Creator Expert

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs:1271/2

Preço LEGO®: 104.99€ (99.99 na Alemanha) 

Link Brickset: https://brickset.com/sets/10277-1/Crocodile-Locomotive

 

Antes de começar devo referir que não sou da facção de AFOLs que acredita que a LEGO anda a copiar MOCs e ideias do pessoal a torto e direito. Digo isso porque este set foi um dos em que isso se falou mais, apesar desta locomotiva já ter sido lançada pela LEGO pelo menos duas vezes. No início dos anos 90 com a velhinha 4551 e há quase 15 anos atrás integrada num conjunto que apela ao lendário, o 10183. Este conjunto de 2007 juntou na altura os mais conhecidos AFOLs que construíam comboios, que a partir de um lote de peças bem limitado criaram 30(!) modelos diferentes. Dois pontos interessantes. Primeiro o set apenas trazia as instruções em papel para a Crocodilo e as restantes 29 instruções estariam no site da LEGO numa página que já não existe. Segundo, um dos AFOLs envolvidos foi o canadiano Pierre Normandin que actualmente é LEGO Designer e foi o responsável por este mesmo set :D

10277 Crocodile Locomotive 2

Ao abrir o conjunto fiquei relativamente surpreso já que a construção está dividida apenas em quatro fases. Algo que não me parece muito vulgar num conjunto de mais de 1000 peças, mesmo tendo em conta que é um Creator Expert. A primeira fase compreende apenas os minifigs e a linha que irá servir de base para a locomotiva. A construção é bastante linear e apenas estranhei a utilização de wedges que se auto-anulam para criar o mesmo que uma plate 3x3… Em termos de peças poderia destacar os 8 carris dentados em DBG que são uma herança dos antigas sistemas de comboios, mas nesta fase a minha atenção foi mesmo para as 64 unidades da plate 1x1 em castanho escuro. Sim, não é propriamente uma peça rara, mas as mais de 50 unidades fazem com que se tornem bastante úteis na hora de construir.

10277 Crocodile Locomotive 3

A segunda fase é dedicada à parte inferior da secção central. Apesar de não ter sentido nenhum momento wow, a construção proporciona uma experiência agradável onde o SNOT abunda e onde é sempre delicioso ver tudo a bater certinho. Quanto às peças os cinzentos e o castanho abundam e isso faz com que as peças sejam daquelas que pouco tempo aguentam nas minhas gavetas. Mas devo destacar as peças gravadas já que além de serem exclusivas deste set, parecem-me todas também fáceis de utilizar. Sim, mesmo aquela com o 10277 gravado. Gostava de ter várias unidades da 6331692, porque a acho bastante steampunkish.

10277 Crocodile Locomotive 4

É-nos reservada a terceira fase para a parte superior na secção central. Quanto a peças a presença daquele windscreen em castanho é muito boa. Sim, já me estou a vê-lo a utilizá-lo em algo não tão clássico como uma locomotiva. Já não estou a ver um uso assim tão simples para os chicotes vermelhos, mas alguma coisa há-de aparecer. A construção em si não é propriamente entusiasmante, mas possui uma componente que adoro abordar nos meus MOCs, estruturas com recurso a barras e clips. Nisso os pantógrafos (acho que é assim que se chamam) são um bom exemplo da capacidade das peças LEGO criarem estruturas deste género.

10277 Crocodile Locomotive 5

As sacas que compõem a quarta e última fase resultam num grande volume de peças. Já há algum tempo que não via uma fase assim tão volumosa. Claro que seria de prever algo assim já que esta fase é inteiramente dedicada à construção das secções que rodeiam a parte central. Construir em duplicado (podem ver no vídeo abaixo) uma secção tão rica em detalhes e técnicas fez com que a aventura se arrastasse por cerca de 40 minutos.. Algo talvez demasiado grande para o habitual. Apesar de vários detalhes em SNOT e peças em situações esquisitas, o que achei mais interessante foi a colocação, já perto do final, de tiles num plano inclinado. A forma como é conseguida é tão simples e, ao mesmo tempo, tão fora da caixa que até nem parece ter vindo de um conjunto oficial da LEGO.

10277 Crocodile Locomotive 6

O resultado final é imediatamente reconhecível. Bem, devo dizer que o formato nada convencional da locomotiva ajuda a isso. Apesar de haver ali algumas coisas que poderiam estar melhor (por exemplo as três secções estarem mais juntas), creio que está muito bom tendo em conta as várias limitações no desenho de conjuntos LEGO. 

As Peças 8/10 (festival de peças castanhas e cinzento claro e escuro)

A Construção 8/10 (agradável sem ser propriamente memorável)

O Desenho 9/10 (muito realista)

Jogabilidade 9/10 (ideal para habitar displays dos pessoal que adora comboios)

10277 Crocodile Locomotive 7

É um conjunto de valor seguro já que se assemelha imenso ao original e proporciona uma agradável experiência de construção. É também uma boa fonte de peças!

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:51

Terça-feira do Ideas: Working Mini Golf Course - Fully Playable!

por baixinho, em 27.04.21

Sim, o nome deste projecto é aquilo tudo e inclui mesmo o ponto de exclamação. Compreendo que hoje em dia só assim é que se consegue captar a atenção das pessoas...

No meu caso foi mesmo o colorido agradável da construção. De alguma forma remete-me para "brinquedo", "banda desenhada" e "boa disposição" :). 

Mas a construção é uma autêntica caixinha de surpresas já que, como refere o título, é jogável. Bem, um brinquedo de construção já é jogável por inerência, no entanto aqui refere-se que o resultado final é funcional. Basicamente dá para rodar os minifigs através de engrenagens que se encontram nas secções laterais da construção e com isso fazer com que as pequenas bolas (plates round 1x1) sigam para os buracos. Para perceberem, o melhor é mesmo ver o vídeo seguinte.

Colocar as bolas no buraco apenas com aquelas tacadas, não dever ser tão fácil assim. Mas gosto de ver um MOC muito bonito acompanhado de uma funcionalidade relativamente simples, mas muito bem integrada na construção. Confesso que fico curioso como os designers passariam isto para um set oficial. Não é que não acredite que consigam, pelo contrário. A minha curiosidade é que de certeza que iriam tentar melhorar um projecto que eu já acho excelente e isso iria resultar em algo extraordinário!

Neste momento este projecto tem 1 407 apoiantes e ainda tem 602 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Sim. O autor, LEGOParadise, já conseguiu chegar ao 10 000 duas vezes e acredito que com este projecto consiga fazê-lo novamente.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

É tão bonitinho que é quase irresistível para mim. Espero que cause o mesmo efeito no quartel general da LEGO.

A ser um set oficial, entraria na minha wishlist?

Talvez, já que acho que deve proporcionar uma experiência de construção bastante agradável. Duvido é que o mantivesse montado...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51

Rocinante

por baixinho, em 27.04.21

Rocinante v2

Quem não conhece a nave espacial centro de muita acção da série The Expanse? Se não conhecem, é porque não andam atentos à ficção científica produzida na última década.

Pois, esta nave que tem tudo para ser tão ou mais conhecida que a Millennium Falcon (pelo menos passam-se muitas mais coisas por lá) já teve várias interpretações em LEGO e eu próprio já destaquei um MOC aqui. No entanto esta versão (que na verdade já é a segunda) da Julie vanderMeulen tem um aspecto muito bom que capta na perfeição as formas da nave. Não devo deixar de referir que a Julie colocou as instruções disponíveis no Rebrickable!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:40

The Medieval Speedshop

por baixinho, em 26.04.21

The Medieval Speedshop

Esta construção do Stephen Gofers tem tudo para ser encantar qualquer AFOL que goste de temas medievais. Uma casa bem atrativa com muitos detalhes e uma forma bem característica, a habitual árvore com utilização de técnicas avançadas e um landscape detalhado e "natural".

No entanto confesso que apesar de adorar ver e fazer este tipo de habitações, o estilo deste MOC do Stephen entra numa categoria que pessoalmente não faria. A razão é simples, está numa escala enorme.

A utilização de grandes escalas permite a aquisição de várias formas interessantes, mas sempre que olho comparo a dimensão das minifigs e fico sempre com a sensação que ficam demasiado pequenas.

Nada que afecte a qualidade da construção, no entanto ficaria fora de escala para as construções que costumo fazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

[MOC] Motocross, algumas fotografias da construção

por baixinho, em 25.04.21

Motocross - some WIP pics

Ficam aqui algumas fotografias do progresso da construção. Penso que sejam mais ou menos auto-explicativas, mas aqui vai uma pequena descrição.

Não tenho qualquer fotografia, mas tinha um pequeno desenho tanto da pista em si, como do perfil para anotar mais ou menos como iria ser o relevo e o seu desnível. Claro que durante esboço e em praticamente toda a construção consultei imensas fotografias de motocross, já que não sou apreciador deste desporto e desconhecia várias coisas sobre ele.

Na primeira foto (desculpem a qualidade) está marcado mais ou menos o local da pista. Não foi muito difícil de a fazer já que tive que jogar com a área que tinha disponível. Dois por quatro baseplates 32*32, o que dá mais ou menos 50cm*100cm. Depois comecei por fazer os "alicerces" do relevo com a ajuda de bricks 2x4. Muitos. Não tirei fotos apenas com essa estrutura, mas na segunda foto dá para ver isso quase na sua totalidade já que apenas tenho uma parte da pista e o túnel. Sim, o túnel tem interior detalhado apesar de não ser visível...

Na terceira foto já tinha a pista mais ou menos completa e já tinha começado a construir uma parte verde do relevo. Basicamente construia uma secção mais ou menos a grosso modo, que depois suavizava os desníveis com plates pequenas. Como estava com dificuldades de decidir como fazer o relevo verde em cima do túnel, saltei para outra secção. Mais ou menos no topo esquerdo tenho uma espécie de socalco em madeira que não estava planeado. Fi-lo para "justificar" um grande desnível e também para introduzir algo diferente.

Na quinta e na sexta foto cobri praticamente todo o MOC deixando apenas a zona da bancada já que ainda não tinha decidido como ela iria ser.  A introdução da mina de água e das rochas já estava planeada desde o esboço, mas a forma de executar apenas foi decidida na hora da construção. Os dois elementos fazem muito lembrar a zona onde vivo (uma freguesia de Paredes de Coura) por isso baseei-me muito nas rochas que realmente rodeiam a casa onde vivo.

Na sétima fotografia já tenho a bancada completa. O estilo da bancada surge muito no seguimento do socalco que tinha feito anteriormente, já que quebrava o verde e não introduzia uma bancada de cimento que iria ficar irrealista (yeps, eu sei que o túnel anda lá perto). Optei por utilizar o sand green para identificar os locais onde a erva está mais pisada para assim quebrar um bocado o mar de verde que o MOC se estava a tornar e também a dar algum sentido às movimentações dos espectadores. Por fim na oitava foto está o MOC completo com todos os minifigs, motorizadas, vegetação e outros artefactos. Sim, ainda experimentei utilizar fio da LEGO, mas o preto ficava horrível e a C0937 não tinha muitas peças com fio em branco. Portanto não me fiz rogado e lá fui comprar cordel à drogaria e até gostei do efeito.

Espero que tenham gostado desta breve explicação do meu mais recente MOC. Podem ver a apresentação do MOC com mais imagens aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:22

Balão de ar quente

por baixinho, em 23.04.21

On the balloon

Sempre achei difícil construir balões ou outros veículos de ar quente. Fiz várias tentativas e até fiquei satisfeito com o resultado de algumas delas. No entanto, o aspecto arredondado e até leve nunca ficou completamente ao meu gosto. Aliás, o próprio brilho do ABS vai contra aquilo que persigo.

Por isso olho para esta construção do Revan New e apesar de achar que o balão está demasiado pequeno para o cesto que transporta, gosto do aspecto. Ainda não consigo perceber se o ruído criado pelos studs é benéfico para a aparência do balão, mas sem dúvida alguma que as cores são.

Vale a pena seguir o link na foto para perceber a razão e inspiração deste MOC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20

Review: LEGO 92176 NASA Apollo Saturn V

por baixinho, em 22.04.21

92176 NASA Apollo Saturn V 1

Tema: Ideas

Ano de Edição: 2020 (reedição do 21309 de 2017)

Número de Peças/Minifigs:1969/-

Preço LEGO®: 129.99€ (menos dez euros na Alemanha) 

Link Brickset: https://brickset.com/sets/92176-1/NASA-Apollo-Saturn-V

 

Este foi outro Ideas que deixei escapar e que para grande prazer meu (e raiva dos especuladores de sets) a LEGO decidiu relançar. Não, eu não me interesso por ter uma referência diferente, a caixa vai para a reciclagem e ainda não sei o que fazer com as instruções… provavelmente terão o mesmo caminho. O set, esse já tem lugar reservado numa das estantes da minha futura LegOficina ao lado de outros sets dedicados à exploração espacial. Bem, na verdade eu sei que o quero por algures, ainda não sei bem como...

Aliás, este foi, talvez, um dos pontos em que tornou a experiência de construção deste set diferente da grande maioria dos últimos sets que montei. Eu já tinha decidido que este set não é para desmontar e assim a atenção que dei às 1969 peças (sim, também o ano do lançamento) que o compõe foi diferente.

92176 NASA Apollo Saturn V 2

Primeiro não me importei muito com o excelente PPP de 6.6 cêntimos que está praticamente ao nível dos sets Classic que, na sua maioria, são constituídos apenas por peças básicas. Apesar de não ter qualquer minifigura (que tem um custo de produção relativamente alto), não encontro grandes justificações para este preço baixo. Também não dei muita atenção à quantidade apreciável de peças exclusivas já que muitas são-no devido às impressões. Por outro lado a quantidade monumental de slopes curvas já foi apreciada…

Mas se as peças não me chamaram grandemente a atenção, a experiência de construção foi outra história. É que a superfície monótona deste foguetão tinha tudo para apontar para uma construção também monótona. Desenganem-se, a construção é um festival de técnicas para que as várias secções do Saturn V se aproximem ao máximo da forma cilíndrica. É que não é apenas conseguir quatro faces e que depois são “curvadas” com recurso a slopes curvas. Na verdade a maior parte do foguetão é constituída por 8 faces e existem mesmo secções (as que têm as tiles 1x2 em grelha) que sobem a parada para 16 faces! A forma como estas coisas são conseguidas é algo que só consigo classificar como engenharia artística.

92176 NASA Apollo Saturn V 3

Claro que a construção não são só pontos altos. Existem várias secções que são repetidas ou mesmo muito parecidas, no entanto isso é minimizado pelo facto de que realmente vemos o foguetão a crescer a alta velocidade tendo em conta tudo o que se passa dentro dele. Não cronometrei, mas creio que a construção não tenha chegado às três horas e o resultado é… enorme.

92176 NASA Apollo Saturn V 4

Sim, a melhor palavra para descrever este set é “enorme”. Mas além de enorme, os designers tiveram o cuidado de colocarem todos os detalhes possíveis para que a superfície fosse tudo menos monótona. Temos as grelhas, impressões, painéis, barras, etc para que o resultado fosse tudo menos liso. Isso além de tornar a experiência de construção mas diversa, fez com que o resultado ficasse imensamente mais realista e vistoso. 

92176 NASA Apollo Saturn V 5

Gostei também da inclusão do módulo lunar e do módulo de comando (o tal que não me lembrava do nome no vídeo que está no fim do artigo). Podem não ser miniaturas lá muito detalhadas, mas cumprem na perfeição o seu efeito. Apesar daqueles dourados no módulo lunar ficarem ainda piores quando ao lado daquelas gloriosas cheeses em dourado metálico. Ahh, uma última palavra para aqueles suportes um pouco desinspirados… Sim, apenas desinspirados.

92176 NASA Apollo Saturn V 6

Se tiverem curiosidade em relação às diferenças entre este set e o original, podem ler este artigo no Brickfanatics que está num português um pouco manhoso. :)

As Peças 7/10 (muitas slopes curvas!!)

A Construção 10/10 (engenharia elevada a arte)

O Desenho 9/10 (extremamente fiel)

Jogabilidade 9/10 (imponente para ser exposto)

92176 NASA Apollo Saturn V 7

Este é um conjunto perfeito para os entusiastas da exploração espacial. Proporciona uma excelente experiência de construção que resulta numa construção com um aspecto realista, imponente e majestoso.

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04

A vibrant part of the Historica's Grand Capital.

por baixinho, em 22.04.21

Cedrica City Block

Foi assim que o autor, Marco den Besten, descreveu este majestoso MOC na sua apresentação no EuroBricks. E não é para mais, já que se verificarem o link da frase anterior, vão reparar que foram necessárias 34 fotografias para mostrar tudo o que este MOC tem para mostrar!

Sim, vão ao EuroBricks ver a quantidade de locais e actividades que o Marco conseguiu colocar numa baseplate 32x32.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Novo R2-D2

por baixinho, em 21.04.21

A LEGO anunciou hoje oficialmente a nova versão do R2-D2. Tendo em conta que a versão anterior (a 10225) já tinha nove anos, não seria de esperar muito para voltar a preencher esta falha na oferta de produtos Star Wars. 

Por acaso é uma coisa que me intriga. Os filmes Marvel por norma têm um box office superior aos Star Wars, no entanto essa popularidade aparentemente não se reflete nos sets LEGO, já que a oferta infinitavemente maior do tema espacial indica mais vendas.

Mas voltando ao R2, aqui fica o (pequeno) press release em português e no fim um comentário meu ao set.

CONSTRÓI O DROIDE MAIS ADORADO DA GALÁXIA

CHEGOU O SET DE CONSTRUÇÃO LEGO® STAR WARS™ R2-D2™

Hoje o Grupo LEGO revelou um novo produto imperdível para a coleção de qualquer fã de Star Wars™: o set de construção LEGO® Star Wars™ R2-D2™, lançado para celebrar os 50 anos da Lucasfilm.

O droide mais adorado da galáxia pode agora ser recriado com um extraordinário nível de detalhe, com 2314 peças, o maior número de elementos e características numa versão LEGO de R2-D2 até à data. Os construtores LEGO adultos e fãs de Star Wars podem agora recriar alguns dos seus momentos favoritos do filme, enquanto recriam detalhes como a cabeça rotativa, a perna retrátil e o periscópio. O modelo tem também algumas ferramentas escondidas, incluindo um sabre de luz guardado num compartimento secreto. 

O set é perfeito para quem procura uma experiência imersiva e divertida de construção. Quando terminado, a réplica de R2-D2 é a peça central ideal para qualquer sala, incluindo a versão minifigura do droide, uma placa de exposição e uma peça especial de celebração do 50º aniversário da Lucasfilm.

Sobre o novo set, Jens Kronvold Frederiksen, Creative Lead de LEGO® Star Wars™ diz: “Já tivemos o prazer de recriar centenas de modelos inspirados em Star Wars nas últimas duas décadas, desde que lançamos os primeiros sets do tema. Com a Lucasfilm a celebrar o seu 50º aniversário, pareceu-nos adequado explorar os limites do que era possível criar com peças LEGO e reproduzir uma das personagens favoritas dos fãs com um nível de detalhe numa antes visto. Estamos muito satisfeitos com o resultado e esperamos que os fãs se divirtam tanto a construir, como nós nos divertimos a criar.”

O novo set vai ser um exclusivo LEGO.com e das lojas oficiais LEGO, estando disponível a partir de 1 de maio de 2021, com um PVP recomendado a partir de 199€.

Informação de produto:

Nome: LEGO® Star Wars™ R2-D2™
Número de produto: 75308
Número de peças: 2314
Inclui uma versão minifigura de R2-D2™ e uma peça exclusiva do 50º aniversário da Lucasfilm
Medidas: 31cm de altura, 20cm de largura e 15cm de profundidade
Preço recomendado: 199€

Compreendo perfeitamente que seja um set obrigatório para os fãs do tema, principalmente para aqueles que não possuem uma unidade da versão anterior. Os nove anos que separam o lançamento dos dois sets permitiram a utilização de novas peças e, talvez principalmente, a utilização de técnicas que melhoraram imenso o resultado final do conjunto. Mais fiel ao original e com formas mais graciosas, este R2-D2 vai ser um sucesso durante uns bons tempos.

Pelo menos até aparecer uma nova versão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44

Havana antiga

por baixinho, em 20.04.21

MOC Havana 1717 - for Being Pirates Stop-Motion

O autor, VaneStream, desta magnífica interpretação de uma Havana do século XVIII tenciona utilizá-la como cenário dos seus interessantes filmes em stop motion. Adoro a forma como fez a construção onde os tons muito próprios foram bem aplicados em estruturas que aparentam estar muito próxima do desabamento. Várias das técnicas são interessante e posso dizer que achei genial a utilização de slopes curvas nas paredes do edifício azul.

Interessante também a superfície. Sim, não é LEGO, mas o efeito é mesmo muito interessante. Podem ver e seguir os vídeos do VaneStream aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:05


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds