Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


God Pray To Us

por baixinho, em 06.12.19

Fictional fiction cover

Esta capa para uma novela fictícia de ficção científica criada pelo Shannon Sproule remete-nos directamente para um estilo muito utilizado nos anos 70. Acho cada vez mais interessante este tipo de trabalho onde a edição gráfica vai bem mais além do que um simples melhoramento das imagens ou composição de um fundo.

Claro que esta imagem deu-me foi uma vontade de pegar num dos vários livros de ficção científica da Europa-América (seja da colecção de bolso, seja da coleção Nébula) que se acumulam num caixote qualquer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:07

3 dias no hospital

por baixinho, em 05.12.19

MOC: How I separated my shoulder...

Esta construção do Chris Goddard fez-me sorrir exactamente como as primeiras construções com que o Rupi nos brindava. Um instantâneo que nos mostra de forma bem simples uma situação bem cómica. Pelo menos para quem está a ver.

Há uns anos atrás poderia começar a divagar se este MOC poderia ser considerado uma vignette ou não, hoje em dia não me preocupo com isso :D

Nem com o detalhe de ter utilizado duas vezes a palavra "poderia" na mesma frase.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:12

Casas Mediterrâneas

por baixinho, em 04.12.19

Mediterranean Alley with LEDs

Estas Casas Mediterrâneas construídas pelo Hugo Teixeira são encantadoras e uma delícia por duas razões. Primeiro o esquema de cores quente que tão bem caracteriza este tipo de edificações. Segundo pela forma como combina técnicas simples (por exemplo as casas estão construídas de forma normal), com pormenores mais sofisticados como as várias orientações e o piso da estrada.

Adoro as pequenas escadas de acesso à viela, a iluminação, a vegetação e a escala de todo o conjunto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:29

Boutique

por baixinho, em 03.12.19

Clothing Boutique

Só de pensar que esta construção começou por dar uma utilização às peças que compõem a bolsa Batman, dá a sensação que tudo o resto é relativamente simples.

Pelo menos aparentemente.

Letranger Absurde consegue aqui, como sempre, criar alguns efeitos únicos que aliados a uma sensibilidade estética são um claro atractivo para os olhos de AFOLs mais refinados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11

Classic Space na Lua

por baixinho, em 03.12.19

LL 3497 'EAGL' LEM Pod

Esta construção digital do Huw Gwilliam torna-se interessante não só pela cápsula esteticamente interessante mas também pela utilização de peças em diferentes escalas.

Sim, leram bem. Diferentes escalas.

Algo que, se calhar, podem apreciar melhor num outro trabalho do Huw.

LL 748L3-5CR4P

Neste trabalho as peças em diferentes escalas são bem mais evidentes e, com certeza, já não é preciso ter um olho mais treinado para reparar nelas.

O efeito é muito interessante criando possibilidades únicas, mas com aplicação apenas digital e fotográfica.

Bem, com a impressão 3D se calhar estou errado quanto à afirmação anterior...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:36

Tributo ao 375 Castelo Amarelo (parte 9)

por baixinho, em 01.12.19

Undersea Castle

A nona e última parte deste tributo épico ao Castelo Amarelo por parte do Galaktek é uma fortaleza submarina. Este é, provavelmente, a construção que me causa mais estranheza. Não sei se é o esquema de cores utilizado ou mesmo a textura utilizada nas paredes, a verdade é que gosto de algumas coisas da construção mas no geral a sensação de estranheza é muito forte.

Bem, se calhar o objectivo é mesmo esse.

Undersea Castle

Gosto muito do colorido central na forma de corais, da areia acumulada em certas zonas e de até alguns ornamentos. A integração dos monstros na estrutura está bestial!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:46

Cidade do Tijolo

por baixinho, em 28.11.19

Buffalo Phil's Brick City

Paul criou esta gigantesca cidade que, devido ao estilo utilizado, é bem maior do que aparenta. Se analisarem as imagens disponibilizadas irão reparar que existem dois circuitos de comboio, um deles num nível intermédio. Se pensarmos que para termos um circuito de comboio precisamos de uma área mínima, aí dará para perceber o tamanho necessário para termos esta, novamente, gigantesca cidade.

Gosto especialmente dos edifícios do nível intermédio que tem um ar mais histórico. A casa de madeira é bonita mas parece-me algo fora de escala em relação aos resto dos edifícios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Hogsmeade Village

por baixinho, em 28.11.19

Hogsmeade Village

Este MOC do Roanoke Handybuck além de ser bastante agradável como um todo, tem pormenores bestiais como as janelas, a calçada, as árvores e até o próprio letreiro. No entanto o que mais me atormenta é a utilização de duas técnicas que me andam a perseguir para utilizar de outra forma e noutras situações. Definitivamente tenho arranjar uma solução para recomeçar a construir :/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:40

A bomba! A LEGO compra o Bricklink!! (parte 2)

por baixinho, em 27.11.19

Ontem às 13h a LEGO tornou pública a compra do Bricklink através de vários canais e ao mesmo tempo o Brickset e o The Brothers Brick (provavelmente os dois maiores sites com notícias sobre LEGO) avançaram com a mesma notícia mas com duas pequenas entrevistas a uma funcionária da empresa, Julia Goldin, Chief Marketing Officer for the LEGO Group.

Essas entrevistas (link e link)pouco esclarecem quanto ao futuro do Bricklink já que muitas respostas caem no para já não temos intenções de mudar e o nosso objectivo é fortalecer as nossas relações com os fãs adultos.

No entanto a entrevista do TBB foi mais incisiva em alguns aspectos. Se a resposta sobre a questão da SohoBricks foi algo vaga, já a resposta à questão às marcas de acessórios para minifig (e não só) já me pareceu mais precisa. 

Claro que com este tipo de respostas onde fora um pormenor ou outro parece não haver grande vontade em mudar, referindo mesmo que o Bricklink vai manter alguma da sua independência e até o quartel general na California, faz pensar se a LEGO se calhar até está a ser honesta quando diz que quer continuar com a visão do Dan Jesek, falecido fundador do Brickbay que mais tarde mudaria o nome para Bricklink. Ser um site sobre peças LEGO.

É que vários pequenos pormenores nos últimos tempos poderiam indicar que o Bricklink estava a ser preparado para suportar outras marcas. Outras marcas que poderiam estar além da Brickarms e similares ou mesmo a Sohobricks e assim contaminar aquela que é, talvez, a maior comunidade de fãs da marca. Esta compra pode ter sido para simplesmente evitar isso.

Claro que este negócio não deve ter representado um investimento assim tão grande para as contas da LEGO (e, já agora, também do vendedor) e duvido que esteja muito preocupada com os lucros que advirão do Bricklink. Portanto duvido que a LEGO quererá aplicar muitas mudanças no Bricklink além daquelas que choquem de frente com as suas políticas (caso do Brickarms e afins) ou estratégia global.

Um assunto que, com certeza, ainda vai dar muito que falar e que provavelmente voltará aqui ao blog.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Cavalinho

por baixinho, em 27.11.19

Little Horse on the Prarie

Este pequeno cavalo construído pelo Jme Wheeler é ao mesmo tempo gracioso e interessante a nível de peças e técnicas utilizadas. A fotografia também ajuda na transmissão do que esta pequena escultura é.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:57

A bomba! A LEGO compra o Bricklink!!

por baixinho, em 26.11.19

Apenas o press release que a notícia é tão importante que merece uma análise demorada!

The LEGO® Group acquires BrickLink, the world’s largest online LEGO® fan community and marketplace to strengthen ties with adult fans

Acquisition will strengthen the LEGO® Group’s engagement with its growing community of adult fans.  

BILLUND, Denmark, November 26, 2019:  The LEGO® Group today announced it has acquired BrickLink Ltd (www.bricklink.com), the world’s largest online community of adult LEGO fans from NXMH to strengthen its connection with its important adult fan base.

The BrickLink platform has more than one million members and comprises an online marketplace of more than 10,000 stores from 70 countries; a digital building software where builders can design and showcase their creations; and a vibrant online community where fans share ideas and builds.

The platform was founded in 2000 by Dan Jezek as a way to connect like-minded adult LEGO fans from around the world.  It was acquired in 2013 by NXMH, which is owned by Korean entrepreneur Jung-Ju “Jay” Kim. BrickLink is headquartered in Irvine, California. 

The LEGO Group CEO, Niels B Christiansen said: “Our adult fans are extremely important to us.  They are passionate, committed and endlessly creative.  We have worked closely with the community for many years and look forward to deepening our collaboration.  We plan to continue to support BrickLink’s active marketplace and evolve the digital studio which allows our talented fans to take their creativity to the next level.”

Jung-Ju “Jay” Kim, owner of NXMH, said: “It has been a privilege to lead the transformation of BrickLink during the past six years.   I am grateful to the community for being so welcoming, supportive and constructive.  I am constantly amazed by everyone’s endless creativity and their love for building.  I am confident the platform will be in good hands with the LEGO Group. As a fan myself, I can’t wait to see what’s next.”

The LEGO Group’s Chief Marketing Officer, Julia Goldin, said:  “BrickLink provides the LEGO Group with a unique opportunity to connect with adult fans through new channels and exciting experiences.  We’ve recently collaborated with BrickLink on a range of crowd-sourced sets to celebrate the 60th anniversary of the brick.  We learned a lot and are keen to explore more ways of working together to create value.  We look forward to collaborating further with our adult fans, while retaining and nurturing the independent spirit of the digital platform.”

The acquisition also includes Sohobricks which makes small batches of building elements.

Financial terms of the acquisition were not disclosed. Closing is expected to occur before the end of 2019. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:02

Terça-feira do Ideas: Lego Modular Expansion Pack

por baixinho, em 26.11.19

A série de modulares que a LEGO está a lançar desde o longínquo ano de 2007 é provavelmente o mais marcante de todos os temas para o mundo AFOL. Além de juntos criarem um layout de beleza única como podem verificar aqui, isoladamente também são bonitos e a cada uma das construções pode ser considerada o state of art em termos de técnicas "legais" para o seu ano de lançamento. Como considero muito improvável que a LEGO lance um dos milhentos projectos de edifícios modulares que são submetidos pelos fãs na plataforma do Ideas, vejo com bons olhos esta proposta com a realizada pelo Fargo73.

Esta expansão de um parque é composta por vários módulos que podem mudar de disposição conforme a necessidade. O efeito é muito bonito e aposto que com um ou outro acerto ficariam a matar junto de um qualquer modular.

Não me parece que a LEGO tivesse que fazer muito para tornar esta construção viável tanto quanto em relação ao parque como ao vários componentes do mobiliário urbano. Claro que ficaria sempre a possibilidade de adicionar ainda mais uns módulos... de preferência a um ritmo anual.

Neste momento tem 1008 apoiantes e ainda tem 586 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Sim.

Eu sei que é um projecto que agrada apenas a alguém que já seja um AFOL e não me parece que vá atrair nova gente ao mundo LEGO. Mas o projecto é tão simples, bonito e encaixa bem no sistema de modulares que acredito que junte 10 000 apoiantes.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

Ora aqui é que está a pergunta crucial.

Sinceramente não consigo prever já que entra bem no limite entre o que a LEGO costuma lançar e do que não costuma lançar. Acredito que qualquer decisão também não seria unânime dentro da LEGO.

A ser um set oficial, entraria na minha wishlist?

Provavelmente sim, mas teria sempre que ver com as peças presentes e com a modularidade das soluções.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review do 40338 Xmas accessories

por baixinho, em 26.11.19

40368 Xmas Accessories (2)

Tema: xtra

Ano de Edição: 2019

Número de Peças/Minifigs: 32/1

Preço LEGO®: 3.99€ (não disponível em Portugal)

Link Brickset: https://brickset.com/sets/40368-1/Xmas-Accessories

Passado quase um ano do último review de um polybag da série xtra, tenho a oportunidade de analisar o mais recente. Será que é mesmo um extra essencial?

Como aconteceu no último review, o PPP não é propriamente agradável. São quase 12.5 cêntimos a peça o que pessoalmente até posso achar estranho num polybag constituído essencialmente de pequenas peças para ajudar a compor construções. Nenhuma peça é exclusiva, ou sequer perto disso. No entanto devo admitir que são todas de fácil utilização dentro do tema proposto e algumas facilmente são utilizadas em qualquer outro tema. Destaco a folha pequena em branco (2423) e a cartola (3878). O minifig considerado pelo Brickset é o boneco de neve e que, fora a cartola, não é digno de nota.

40368 Xmas Accessories (1)

A construção resume-se mesmo ao boneco de neve, prendas e aquela coisa branca e vermelha ao alto que nem me apetece dar ao trabalho de investigar o nome. Mas o objectivo deste conjunto não é propriamente a construção nem a jogabilidade, mas sim a possibilidade de ajudar a decorar outras construções (sejam sets ou MOCs). Nisso posso considerar que cumpre o seu papel de forma satisfatória já que apenas senti falta de pelo menos mais um gorro que até poderia vir em substituição daquelas raquetes para a neve. O pinheirinho também poderia ser um brickbuilt e decorado.

É um conjunto apenas necessário para quem quer decorar algo com um motivo natalício e que não deseja ter o trabalho de encomendar peças uma a uma, seja pelo site da LEGO ou pelo mercado paralelo. Duas ou três unidades podem potenciar de forma positiva a utilização do conjunto.

Conclusão 7/10

 

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38

Paraíso para os surfistas

por baixinho, em 26.11.19

Surfers Paradise 1

Água. Como devem imaginar a característica que me atrai mais neste MOC do Ben Tritschler é mesmo a representação do mar, algo que considero sempre uma tarefa difícil de realizar com peças LEGO. Claro que tanto os minifigs e os seus acessórios como a densidade da vegetação são pontos interessantes, mas não consigo de deixar de olhar com agrado para a solução simples utilizada para criar o efeitos das ondas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

Não olhes para trás

por baixinho, em 25.11.19

Don't look back

A expressão "não olhes para trás" até pode ter uma origem bíblica mas aplica-se a tantas situações que é uma máxima comummente bem aceite.

Esta construção do Louis of Nutwood segue a linha dos seus trabalhos. Pequeno, detalhado, sem entrar em grandes ousadias nas técnicas mas com um sentido estético estremamente apurado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Sets LEGO de 30€ (parte 10: 11004 Windows of Creativity)

por baixinho, em 25.11.19

11004 Windows of Creativity 7

Tema: Classic

Ano de Edição: 2019

Número de Peças/Minifigs: 450/-

Preço LEGO®: 29.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/11004-1/Windows-of-Creativity

 

11004 Windows of Creativity 1

Não escondo a minha preferência por este tema onde a quantidade e variedade de peças úteis e um verdadeiro encarar do conceito de brinquedo de construção são características fortes. Portanto não será  uma grande surpresa a inclusão de um dos conjuntos do tema nesta série de reviews. O eleito foi este 11004 com um dos nomes mais interessantes que conheço para um conjunto LEGO: Janelas da Criatividade. 

11004 Windows of Creativity 2

As peças são quatrocentas e cinquenta por trinta euros o que resulta num muito cativante Preço Por Peça de 6,6 cêntimos. Algo não muito vulgar nos dias de hoje. A variedade é enorme onde abundam as peças básicas em conjunto com algumas mais específicas, maioritariamente janelas. Sim, a variedade cromática é estonteante mas para o público alvo (crianças com quatro ou mais anos de idade) é extremamente atractiva e para nós, AFOLs, é uma forma de diversificar as cores do nosso stock de peças e, consequente, dos nossos MOCs. O Brickset indica a presença de três peças exclusivas (60598, 30165 e 39223) que pessoalmente não são dignas de nota já que prefiro destacar a quantidade de peças em tan e dark-orange e, claro, os vários tipos de janelas. E desenganem-se se imaginam que as janelas estão em cores esquisitas! Não devo deixar de apontar um pormenor negativo, a presença de uma porta de comboio do lado esquerdo (43967) sem a presença do seu par.

11004 Windows of Creativity 3

A construção dos vários modelos percorre as oitenta e quatro páginas de um único livro de instruções. De notar que há instruções no livro para todos os modelos propostos, algo bastante positivo já que vários dos conjuntos deste tema que analisei no ano passado remetia as instruções de alguns modelos para ficheiro PDF que se encontravam na Internet. O Artur ficou encarregue de construir todos os modelos. Apesar de ter tido uma ou outra dificuldade para encontrar ou encaixar algumas das peças, só tive que emendar dois pequenos erros nos modelos maiores. Os vários modelos são bastante atractivos, diversificados e, apesar da sua simplicidade, são facilmente reconhecíveis.

11004 Windows of Creativity 4

A jogabilidade deste tipo de conjuntos recai, na minha opinião, mais nas potencialidades de construção e reconstrução do que propriamente no ato de brincar com os modelos construídos. Nisso o conjunto é um poço de possibilidades já que além dos pequenos modelos propostos, sobram peças que os completam e proporcionam oportunidades de construção suplementares.

11004 Windows of Creativity 5

As Peças 10/10 (excelente PPP e imensas peças úteis)

A Construção 9/10 (estimulante para a idade do público alvo)

O Desenho 9/10 (modelos simples e diversificados)

Jogabilidade 10/10 (imensas possibilidades de construção)

11004 Windows of Creativity 6

Até pode ser por ter um filho com a idade certa para este tipo de conjuntos, mas não consigo deixar de olhar para este e outros sets do tema e ver o conceito do brinquedo de construção em toda a sua grandeza. Perfeito para por os miúdos a construir e reconstruir.

Conclusão 9/10

 

parte 1: introdução

parte 2: 70832 Emmet’s Builder Box!

parte 3: 75235 X-Wing Starfighter Trench Run

parte 4: 70419 Wrecked Shrimp Boat

parte 5: 70420 Graveyard Mistery

parte 6: 42092 Rescue Helicopter

parte 7: 60223 Harvester Transport

parte 8: 75258 Anakin's Podracer™ – 20th Anniversary Edition

parte 9: 76119 Batmobile™: Pursuit of The Joker™


(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

Tributo ao 375 Castelo Amarelo (parte 8)

por baixinho, em 24.11.19

Ost Gondoron

Esta oitava parte deste maravilhoso tributo do Galaktek ao Castelo Amarelo é simplesmente uma brutal construção que inspirada no que se pode dizer o cânone das histórias de fantasia épica. Temos os elfos e os anões que em tempos de paz construiram um edifício dedicado ao saber. Daí resulta uma mistura de estilos que foram explorados por mil e um autores.

Ost Gondoron

O local é o centro da partilha de conhecimento, portanto é natural a presença de representantes de várias raças como a dos homens e a dos orcs(!).

Ost Gondoron

Em termos de LEGO o MOC é uma delícia para os olhos. A mistura dos dois estilos e esquemas de cores está muito bem conseguida mas há dois pormenores que agradam de sobremaneira. Primeiro a utilização das novas plantas (32607) nas antigas folhas o que lhes dá uma consistência e densidade muito melhor. A graciosidade de toda a construção onde todas as linhas são suaves, desde os limites do landscape até à abertura do chão do primeira andar para a árvore passar passando pelas colunas intrincadamente construídas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:11

Dice Tower

por baixinho, em 23.11.19

No outro dia foi destacado no mailing semanal do BoardGameGeek (mais ou menos o que é o Brickset para o pessoal dos jogos de tabuleiro) um Dice Tower construído com peças LEGO. Apesar de uma estrutura relativamente simples, cumpre na perfeição o objectivo e há que dar valor por ter sido construído por Lauren Schroeder, uma mãe com os dois filhos de 4 e 2 anos de idade. A ideia é lançar os dados pela abertura no canto superior esquerdo e ver os resultados no reservatório em baixo, evitando assim que se espalhem.

A ideia de fazer um Dice Tower com peças LEGO não é nova e até existem alguns bem interessantes que podem ser vistos no tópico que a Lauren abriu no BoardGameGeek. Sim, o mais interessante de todos a nível estético até foi construído com peças da concorrência mas pessoalmente fiquei com vontade de fazer um com o mecanismo de reload.

Há uns meses atrás eu próprio já tive esta ideia de fazer meia-dúzia deles com temas mais ou menos relacionados com os vários grupos de boardgamers com que já joguei e, claro, oferecê-los. Algo anotado para fazer quando tiver a minha LegOficina pronta :D

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55

Triciclo

por baixinho, em 22.11.19

Skimmer

Quando vi esta construção no TBB não resisti em saber mais sobre este MOC. Não é tanto o facto de ser um triciclo que me cativa mas mais a leveza que tanto as linhas, a forma e a estrutura transmitem. Além de leveza dão-lhe também um ar de velocidade e silêncio.

Construção com o título de Skimmer de Michael Kanemoto que, como referi acima, descobri no The Brothers Brick.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10

Steadfast Redux

por baixinho, em 21.11.19

Steadfast Redux

Esta pequena enorme nave espacial é uma diferente interpretação de uma outra nave do mesmo autor, Scott Wilhelm. Além de visualmente ser bastante mais agradável, gosto da solução das peças em dark-red para os contentores e da integração das peças Technic para a estrutura da nave espacial.

Sim, a composição fotográfica também ajuda :D

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:25


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds