Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


8 de Março

por baixinho, em 08.03.21

Posso não estar de acordo com todas as iniciativas da LEGO (principalmente quando se misturam com apps e gadgets electrónicos), mas fico muito contente quando mostra que é uma empresa atenta a valores que considero justos. 

Fica aqui o press release de uma nova iniciativa da LEGO:

O GRUPO LEGO RECRIA ICÓNICO ANÚNCIO DOS ANOS 80 PARA CELEBRAR AS MULHERES LÍDERES DE AMANHÃ

O Grupo LEGO faz um apelo às famílias para ajudar a celebrar as capacidades, interesses e potencial criativo da nova geração de mulheres, recriando um icónico anúncio de 1981.

No 40º aniversário do anúncio “What it is is beautiful”, o Grupo LEGO lançou uma campanha para celebrar e mostrar o seu apoio ao Dia Internacional da Mulher, a 8 de Março. A campanha foi desenhada para encorajar e inspirar as jovens mulheres de hoje na sua jornada para se tomarem decisoras, modelos a seguir e fazerem a diferença no futuro – seja quais forem os seus interesses, paixões ou aspirações profissionais.

Visitando o site LEGO.com/futurebuilders, os pais ou cuidadores podem encontrar inspiração e submeter uma foto das suas crianças com uma criação LEGO, com uma breve descrição da sua obra. Um poster, ao estilo do anúncio dos anos 80 será enviado de volta por e-mail – pronto a ser orgulhosamente exposto em casa ou partilhado através do hashtag #LEGOFutureBuilders.

Julia Goldin, Global Chief Product e Marketing officer do Grupo LEGO comentou: “No Grupo LEGO acreditamos que as crianças são o nosso modelo a seguir. Olhamos para elas diariamente como inspiração e queremos ajudá-las a libertarem-se de estereótipos como os de género, para criar oportunidades iguais para todos. Celebrar as pessoas dá-lhes poder e através desta campanha, com a ajuda dos pais e cuidadores, queremos celebrar as capacidades e potencial criativo das jovens mulheres de hoje – que serão uma nova geração de líderes!”

 O último estudo LEGO Play Well revela que 73% dos pais acredita que as diferenças de género são principalmente causadas pela sociedade e não pela biologia, com muitas crianças prontas a desafiar positivamente os estereótipos. O Grupo LEGO está empenhado em ajudá-las a criar um futuro mais inclusivo e diverso, que lhes permita viver de acordo com as suas expectativas e ideais.

Além de ter introduzido recentemente as iniciativas do projeto Responsible Workplace, o Grupo LEGO assinou os Women’s Empowerment Principles das Nações Unidas, para ajudar a guiar a sociedade para dar mais poder a meninas e mulheres, acelerar a igualdade de género e encorajar mais meninas a acreditar que podem alcançar tudo aquilo com que sonham.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17

Episódio 12 do podcast Conversas em Construção

por baixinho, em 08.03.21

Neste episódio do Conversas em Construção participamos eu, o Tiago Catarino e tivemos um convidado especial, o Pedro "0937 Superfan" Sequeira, para abordarmos um dos assuntos mais melindrosos no universo AFOL: Colar ou não colar os autocolantes.

O Pedro é designer gráfico (foi ele que concebeu o logotipo do meu blog) e com um excelente trabalho como criador de construções originais com peças LEGO (ver link acima). Actualmente anda interessado na realidade dos autocolantes LEGO e escreve no BrickNerd.

Para ouvirem este episódio e descobrir alguns easter eggs em autocolantes recentes, utilizem os locais do costume: Spotify e Anchor.

ps. Para quem já ouviu: Já vi o estado dos meus autocolantes e está tudo ok

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Frigate HRS Forte

por baixinho, em 08.03.21

Se há construção em que acho que nunca me vou meter é num grande barco à vela. É que além de achar difícil conseguir um casco com formas realistas, as velas é algo com que nunca fico inteiramente satisfeito.

Claro que depois olho para trabalhos como este do Bodi e fico-me a babar. Além do casco e das velas, fico estarrecido com a quantidade dos cordames, dos detalhes do castelo da popa e dos ornamentos da proa. É caso para dizer que é um bom MOC para servir de inspiração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:17

Micro Motas

por baixinho, em 05.03.21

A minha admiração pelos trabalhos do Michael Jasper já tem mais que uma década. É que ele pode estar sem apresentar nada de novo durante meses ou anos, mas quando apresenta, é mesmo algo de novo.

É o caso destas micro-motas onde a maior pergunta é como é que ele se foi lembrar de passar um pneu de bicicleta (?) por dentro da base de uma maneta e juntar duas buchas para fazer uma motorizada?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

O reino pequeno

por baixinho, em 04.03.21

The Lily Realm

O Iron Builder tem destas coisas. Uma peça aparentemente inofensiva e num mês dá origem a imensas construções de espantar. É o caso deste reino construído pelo -LittleJohn onde a utilização de peças estranhas é tanta que até nos perguntamos mas qual é o raio da peça do concurso?

Claro que se seguirem o link da imagem, terão a resposta :D

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

LEGO Winnie The Pooh

por baixinho, em 04.03.21

Aqui fica o habitual press release do novo conjunto Ideas e no final um pequeno comentário ao conjunto:

LEGO WINNIE THE POOH

Regressa ao Bosque dos 100 Acres com o novo LEGO® IDEAS WINNIE THE POOH

A LEGO® lançou o convite a todos os fãs para abraçarem a nostalgia e regressarem ao pitoresco Bosque dos 100 Acres com o novo LEGO® Ideas Winnie the Pooh – baseado no design original do construtor e fã LEGO Ben Alder. Por baixo de um grande carvalho, completo com colmeias e abelhas, encontramos a casa de Winnie the Pooh, que pode ser aberta e revelar vários detalhes, deste a mobília a objetos únicos, como o Relógio “Pooh-coo”, a caixa de pauzinhos de Pooh (para jogar “Pooh Sticks”), o medalhão de Tigger e claro, vários potes de mel – tanto cheios como vazios!

Os belos contos sobre as aventuras de Christopher Robin, escritos por A. A. Milne, maravilharam leitores de todas as idades durante quase um século e tornaram-se ainda mais memoráveis, graças à adaptação para cinema e televisão, que trouxeram as personagens à vida.

O conceito foi submetido originalmente pelo fã LEGO, Ben Alder, na plataforma LEGO Ideas, uma iniciativa do Grupo LEGO que transforma ideias imaginadas, submetidas e votadas por fãs em realidade. Baseado no seu design, o set é perfeito para os fãs adultos relaxarem e voltarem à infância, revivendo as aventuras do seu urso favorito e dos seus amigos.

Falando do design, Ben Alder comenta, “Adoro Winnie the Pooh e lembro-me dos meus mais me lerem as suas aventuras quando eu era criança. Hoje, leio as mesmas histórias aos meus filhos, sendo por isso algo que me é muito querido. Decidi criar o set para os meus filhos poderem dar vida às histórias de deitar e nunca esperei uma reação tão positiva como a que recebi.”

O novo set inclui cinco personagens propositadamente moldadas, cada uma com os seus acessórios. Pooh tem o seu balão vermelho, para apanhar o mel das abelhas dos ramos mais alto, Pigglet vem embrulhado no seu cachecol e o Tigger vai a caminho do Bosque com a sua trouxa pendurada numa vara. Enquanto isso, Rabbit tem várias cenouras prontas a comer e Eeyore vem completo com a sua cauda e laço amovível.

Outras inclusões dignas de nota do set são a fogueira com o toro de madeira onde Pooh pensa sobre as coisas que descobriu, a porta de entrada, com o sinal “Mr. Sanders” por cima e o adorável sino azul e o poste com a seta para o Bosque dos 100 Acres, para que Pooh encontre sempre o caminho de volta.

Federico Begher, VP de Marketing Global no Grupo LEGO comentou, “Winnie the Pooh é uma história com 95 anos, adorada em todo o Mundo, por isso o design do Ben despertou uma grande onde de nostalgia entre todos nós. Além disso, a história de como criou o set para que toda a sua família pudesse recriar as histórias de Winnie the Pooh através de peças LEGO, pareceu-nos uma combinação perfeita que queríamos partilhar com outros.

 Temos também a sorte de podermos criar novas personagens para este set LEGO Ideas. Tínhamos de ver como Winnie the Pooh, Tigger, Rabbit e o Piglet ficavam no formato minifigura. E ainda criámos uma figura de Eeyore!

 As histórias do Bosque dos 100 Acres ganham vida com este set e à vários detalhes para tanto os fãs LEGO como da Disney podem descobrir.”

 O set LEGO® Ideas Winnie the Pooh estará disponível diretamente através das lojas oficiais e do site LEGO.com a partir de 18 de Março para membros VIP e de 1 de Abril para todos.

Notas:

LEGO® Ideas Winnie the Pooh (21326)

  • A partir dos 18 anos
  • Medidas do set
  • Altura: 22cm
  • Largura: 18cm
  • Comprimento: 24cm
  • 1265 peças
  • 5 personagens: Winnie the Pooh, Piglet, Tigger, Rabbit e Eeyore
  • PVP Recomendado a partir de 99,99€

Como devem imaginar, não estou minimamente interessado no personagem. Aliás, quando era novo as histórias do Winnie que por vezes apareciam nas revistas Disney tinham sempre o mesmo destino. Saltava-as e só as lia quando, em desespero, já não tinha mais nada para ler.

Portanto quando foi anunciado que a LEGO ia avançar com este set, a minha curiosidade pouco se alterou.

No entanto mal vi as imagens do set fiquei logo com os olhos arregalados. É pá, a árvore é mesmo gira. Até a casota tem os seus pontos interessantes. Portanto, e como é lógico, ignorei as minifigs e comecei a espreitar vários pormenores do set. Os corais a fazer de folhas, as cilindros tortos na base da árvore, as cores da própria árvore. Pois, o conjunto não entra directamente para a minha wishlist.. mas anda lá perto :) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

M-Type Destroyer

por baixinho, em 03.03.21

M-Type Destroyer

O que achei mais interessante nesta construção do Sunder_59 é que na realidade é mais pequena do que aparenta ser. A imponência transmitida pelas linhas, peças de artilharia, motor e, talvez principalmente, a presença de pequenas e detalhadas naves, engana à primeira vista.

O resultado é bastante vistoso e facilmente podemos imaginar algo semelhante num filme ou jogo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 80024 The Legendary Flower Fruit Mountain

por baixinho, em 02.03.21

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 01

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 1949/8

Preço LEGO®: 169.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80024-1/The-Legendary-Flower-Fruit-Mountain

 

Finalmente chegamos ao último set desta vaga, a enorme montanha da lendária flor fruta. Acho que se traduz assim :)

A verdade é que este conjunto é inspirado directamente na história que serviu de mote ao tema Monkie Kid, “A viagem ao Oeste”. A ideia é, como está descrito nas primeiras páginas do livro de instruções, poder contar a história do Rei Macaco através do conjunto com localizações chave. A história é contada da direita para a esquerda (?) e para isso existem 4 (!) minifigs que representam vários estágios do desenvolvimento do personagem principal, o Rei Macaco. Achei certa piada à inclusão de sinais (não lhe consigo dar outro nome) aos locais onde acontecem certos momentos da história.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 03

Portanto este conjunto mostra-se imensamente mais rico em termos de história que os restantes sets do tema e fez-me logo perguntar porque raios a LEGO nunca fez algo parecido com uma mitologia qualquer europeia? Perseu, Hércules, Anel dos Nibelungos, Lusíadas, Rei Artur, Ulisses. Fdx, há tanta coisa que até consigo ficar envergonhado com esta falha de uma empresa que adoro tanto.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 06

Mas voltando a este conjunto o primeiro aviso que salta à vista é que não flutua. Sim, está escrito na caixa e sinceramente fiquei sem perceber se o flutua tem que ver com o ar ou água. É que isto é uma montanha..

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 08

A construção divide-se ao longo de três livros (+- do tamanho A4) com 128, 204 e 136 páginas. Cada livro cuida de uma secção que podem ser independentes entre si. Apesar de serem três secções distintas e com componentes muito próprios, a verdade é que a nível de construção não diferem muito entre si. Muito levantar rochedos, muita vegetação, alguns componentes próprios da fase da história (escadas, água, trono), mas sem nunca cansar. É que vamos tendo direito a algumas técnicas interessantes ao longo da construção, seja uma forma diferente de segurar uma secção, seja a forma peculiar de colocar um componente inclinado ou a construção bem AFOL de algumas árvores. Tudo em dezoito fases relativamente curtas demorando cada uma cerca de 10 minutos a construir.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 09

Se a parte frontal está bem preenchida e, acima de tudo, bem distribuída. A parte traseira está repleta de espaços onde podem decorrer muito da história. No entanto achei que muitos desses espaços estão demasiado vazios e sem grandes indicações do que se pode fazer com eles. Ficam um pouco sem objectivo.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 10

Em termos de construção fiquei intrigado com duas coisas e que refiro no vídeo que podem ver no fim do artigo. Primeiro a utilização várias vezes de uma mesma peça em duas cores muito parecidas (tipo cinzento claro e cinzento escuro) numa mesma fase. É muito raro isso acontecer, principalmente em conjuntos para os mais novos. A razão é simples, já que pode haver confusão ao colocar as peças e trocar as cores e depois reclamar no serviço ao consumidor dizendo que faltam peças. Por outro lado achei deveras estranho que na fase central em várias alturas temos que colocar peças em que o local onde vão ser colocadas está escondido por outras peças. Ou seja, apenas vemos a parte superior da peça que estamos a colocar no livro de instruções. Apesar de não ter sentido qualquer dificuldade, não me lembro de ver isso num conjunto LEGO.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 13

Em termos de peças este conjunto é simplesmente bestial para quem gosta de fazer landscapes com muitos rochedos e alguma vegetação. Praticamente todas as peças são úteis e mesmo assim temos uma boa proporção em termos de peças básicas vs peças específicas. Temos até uma boa quantidade de peças raras, algumas delas até bem interessantes.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 14

Claro que dessas peças raras, muitas são relativas aos minifigs. São 8 e quatro deles, como já disse acima, refere a um mesmo personagem em diferentes estados. Pessoalmente o maior interesse é a possibilidade de fazer algo relacionado com a versão original do Planeta dos Macacos :)

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 18

Agora sabendo que o Rei Macaco é apenas o primeiro dos quatro seguidores de Tang Sanzang, será que vamos ter direito à história dos restantes quatro?

As Peças 9/10 (boa variedade em quantidades generosas)

A Construção 9/10 (uma boa experiência ao longo de 18 fases)

O Desenho 9/10 (ideia excelente de contar uma história)

Jogabilidade 9/10 (vários locais relacionados com a história proporcionam momentos de acção)

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 20

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 19

Este conjunto é muito bom em todas as facetas que costumo avaliar. Pode não ser muito interessante para um AFOL já que é acima de tudo indicado para os mais novos. No entanto achei-o extremamente interessante na forma como se pode contar uma história ao longo de vários locais do próprio conjunto.

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain 02

Agora só falta à LEGO fazer o mesmo com as várias mitologias europeias!

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:19

Colónia Espacial

por baixinho, em 02.03.21

Space Colony MOC Part II - Health Care Module

Sarah Beyer é conhecida pela sua representação com peças LEGO de casas modernas. Exteriores com formas bem conseguidas sempre acompanhados de interiores detalhados. 

Por isso foi com algum espanto que hoje reparei que ela já vai no segundo módulo da sua colónia espacial num qualquer planeta chamado de Ademis. É bom ver as suas capacidades viradas para um tema que me agrada imenso.

Space Colony MOC Part I - the habitat module from above.

Aliás, a linha que ela utiliza vai de encontro ao que gostaria de fazer para acompanhar este MOC que fiz no ano passado.

Space Colony MOC Part I - the habitat module. Interior collage.

Não vos canso mais, aproveitem é para ver a galeria dos dois (para já) MOCs espaciais da Sarah.

 

ps. este é o 4575º post.. é que me esqueci de referir o 4500 e mais vale tarde do que nunca!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 80023 Monkie Kid's Team Dronecopter

por baixinho, em 01.03.21

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 01

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 1462/10

Preço LEGO®: 129.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80023-1/Monkie-Kid-s-Team-Dronecopter

 

O atraso na apresentação deste review foi mesmo provocado pelo cansaço. Tinha 14 reviews para fazer seguidos e dei a mim mesmo uma folga de uns dias para este (o décimo-terceiro) e o seguinte.

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 02

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 03

Este foi o primeiro conjunto desta vaga a ser conhecido. O veículo é, à primeira vista, bem interessante e apelativo. Mas será que é essa a impressão depois de construído?

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 04

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 05

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 06

A primeira impressão com que fiquei foi a admiração pela quantidade de fases (catorze) já que o meu olhar desatento não me tinha informado que o conjunto não era apenas o veículo. Estava pejado de outros componentes e que destes, três contentores geravam um volume de respeito. 

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 07

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 08

Os dois livros com uma dimensão próxima do A4 já mostravam a importância dos restantes componentes, já que apenas o segundo é dedicado ao enorme veículo. As primeiras 5 fases são dedicadas à construção dos três contentores. Contentores que gostei de construir já que apesar de exteriormente serem relativamente parecidos, o interior e, principalmente, a forma como abrem, são bem diferentes. Os interiores são ricos qb apesar de ter achado que o contentor da Mei fosse demasiado dependente dos autocolantes. 

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 09

A sexta fase é dedicada às duas aranhas-bot (novamente diferentes), à prancha de surf voadora do Red Son e da gaiola voadora do gato (Mo). Construção nada de outro mundo, mas que também não se pode considerar que fosse chata.

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 10

Chegando ao segundo livro temos finalmente o direito de construir o que realmente interessa neste set. O veículo voador! Primeiro vamos ao cockpit que também se pode transformar numa lança. Construção rápida (aliás, como todas as fases deste conjunto) e que até tem direito a alguns momentos interessantes em termos de construção. De seguida temos três fases dedicadas ao corpo central do aparelho voador onde, como se estava à espera, há algum technic. Mas ao contrário de outros conjuntos, aqui as peças technic não se sobrepuseram ao system e são justificadas não só para a robustez da construção mas também para a activação de alguns gadgets. Fiquei intrigado com a colocação de quatro unidades da nova peça 6330903 onde facilmente poderia ficar outra peça qualquer. Principalmente tendo em conta que a peça não fica à vista. Bem, o designer quis presentear o pessoal com a nova peça numa cor muito interessante.

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 11

A décima-primeira e a décima-segunda fases são idênticas já que construímos as quatro secções onde se encontram os rotores. Novamente nada de outro mundo, mas apenas me pergunto a inclusão de 8 uzis onde facilmente se poderia colocar outra peça qualquer.

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 12

As duas últimas fases são dedicadas ao local de comando do gigantesco Sandy. Esta secção roda através de uma roda dentada que fica a jeito do nosso polegar quando pegamos no “punho” deste aparelho voador. Pois, tinha-me esquecido de referir que estamos novamente na presença de uma pistola, mas neste caso bem mais disfarçada (e divertida) que a 80019.  

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 13

O resultado final é relativamente interessante no aspecto e de forma surpreendente até fiquei mais cativado com os contentores do que o próprio veículo. Este último não consegue ser tão imponente como a aranha do set anterior, o 80022. No entanto tudo o que está neste conjunto apela à jogabilidade, apesar de eu considerar que mais uma vez é desnecessário tratar o veículo como uma pistola disfarçada.

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 14

Apesar de à primeira vista não haver propriamente peças exclusivas (fora minifigs e acessórios), penso que a seleção é interessante e proporcionadora de boas construções. Vale a pena ver o vídeo (coloquei índice para poderem saltar) no final deste post para verem algumas das peças que destaco.

As Peças 8/10 (bom sortido)

A Construção 8/10 (com altos e baixos mas sem deixar de ser interessante)

O Desenho 7/10 (competente sem surpreender)

Jogabilidade 9/10 (montes de possibilidades de brincadeira)

80023 Monkie Kid's Team Dronecopter 15

Apesar de não ter chegado ao patamar de excelência que estava à espera, não deixa de ser um bom conjunto. Os contentores são provavelmente os componentes mais interessantes do set.

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:27

MR-28X

por baixinho, em 01.03.21

MR-28X

A quantidade de reviews que me meti a fazer durante o mês de Fevereiro (ainda faltam duas que devem sair hoje e amanhã) fez com que o tempo disponível para andar a passear pelo Flickr fosse muito menor. Logo no FebRovery, mês que costuma ser muito produtivo em MOCs que vão de encontro ao meu gosto.

É o caso deste MR-28X do Andreas Lenander que além de seguir linhas bem díspares do que estamos habituados neste tema, faz uso de algumas técnicas interessantes.

Aproveito para aconselhar uma vista de olhos no photostream do autor, já que este não foi o único rover que apresentou no último mês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 80022: Spider Queen's Arachnoid Base

por baixinho, em 25.02.21

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 01

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 1170/6

Preço LEGO®: 99.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80022-1/Spider-Queen-s-Arachnoid-Base

Estes grandes conjuntos dedicados aos vilões sempre me intrigaram já que penso que a maior parte dos miúdos apenas tem um grande set de vez em quando. Se isso for verdade e se gostarem de um determinado tema, não será natural comprar algo relacionado com os bons? Sendo assim, este tipo de set, será sempre uma segunda escolha o que me faz perguntar porque é que a LEGO os lança. Provavelmente estou errado e vendem que nem farturas numa romaria.

O bicho mesmo na fotografia da caixa é imponente, falta perceber se justifica ser escolhido. Foi com isto em mente que o comecei a montar.

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 02

A construção decorre ao longo de nove fases que se dividem em dois livros de instruções (+-A4) com 132 e 140 páginas respectivamente. Na primeira fase ainda construímos aquela ridícula nave-bastão nas primeiras folhas, mas mal nos apercebemos já estamos a construir a aranha grandalhona. 

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 03

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 04

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 05

São fases onde intercalamos secções mais system com secções inteiramente technic, o que fez perguntar-me se este não era um set Technic? Já estou habituado a sets onde a estrutura central é em technic para assim ser mais robusta e aguentar as brincadeiras dos miúdos. No entanto neste conjunto isso é levado ao extremo já que chega a haver sacos onde temos que procurar por peças que não sejam technic.

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 06

Curiosamente as peças que são para mim novidade são ambas technic. É um brick 1x1 com buraco para um eixo (novidade deste ano) e uma peça semi-esférica que serve de roda e que tem a vantagem que facilmente desliza no eixo perpendicular à sua direcção. 

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 07

Depois de construído o set há que referir que o efeito é imponente, não só pela dimensão, mas também pela forma bastante proporcional com que a aranha foi representada. São utilizadas técnicas bem interessantes tanto para a construção do abdómen como da própria cabeça. Esta última consegue colocar peças na diagonal de uma forma que não conhecia e que resulta muito bem. Técnica que poderia fazer parte de um qualquer catálogo de técnicas avançadas :)

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 08

Existem também outras técnicas de construção interessantes ao longo da montagem (como por exemplo a colocação de plates 1x1 com clip no cimo para que umas bandeiras não saíssem do sítio), no entanto não chega para compensar vários trechos de construção technic e onde fui levado ao desespero na construção de 6 das 8 patas (sim, esta aranha tem finalmente oito patas) onde vários passos semelhantes foram repetidos as seis vezes.

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 09

No entanto e apesar do aspecto imponente e assustador, fiquei desencantado com praticamente tudo o resto. O interior do abdómen só é parcialmente acessível e aqueles tubos todos das partes inferiores das peças dão-lhe um ar de mal acabado e feio. A tal base é minúscula e, talvez por não ter colado muitos dos autocolantes, não tem mesmo aspecto de sala com funções de comando ou de qualquer outra coisa. Fiquei intrigado também pelo acesso difícil a um dos compartimentos centrais e a prisão só serve mesmo para colocar lá uma minifig e mais nada já que o acesso também é difícil.

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 10

Graças ao technic todo a construção é bem robusta mas fica sempre a pergunta, é preciso tanto (tanto em peças como em técnicas rebuscadas de construção) para um brinquedo para os miúdos?

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 11

Atenção que a pergunta é transversal à maior parte dos conjuntos LEGO direccionados aos mais novos. No meu local de trabalho vejo (bem, com a pandemia é mais “via”) imensos miúdos a brincar com LEGO e notei que a maior parte deles só liga ao aspecto numa primeira fase, depois o que quer é brincar e fazer modificações. Se os sets são complexos, a maior parte das vezes a faceta do modificar adicionando funções ou retirando partes, simplesmente não acontece. É por isso que creio que a longevidade da jogabilidade de um set Creator é muito maior que da maior parte dos sets temáticos.

De qualquer forma o Artur achou imensa piada ao gadget para mover as patas dianteiras.

As Peças 7/10 (algumas boas peças, mas imensas peças technic)

A Construção 6/10 (bons pormenores mas com demasiadas secções inteiramente technic)

O Desenho 8/10 (imponente por fora, fraco por dentro)

Jogabilidade 8/10 (uma base dos maus que se parece com uma aranha, wow!)

80022 Spider Queen's Arachnoid Base 12

A ideia é gira mas acho que no fim da construção a pergunta que fica é se é um set technic. Tem bons pormenores e o aspecto exterior é fantástico. No entanto a nível de interiores é muito fraco e com poucas opções de jogabilidade.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03

Review: LEGO 80021 Monkie Kid's Lion Guardian

por baixinho, em 24.02.21

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 1

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 774/5

Preço LEGO®: 69.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80021-1/Monkie-Kid-s-Lion-Guardian

 

Ora aqui está o quarto conjunto da série e provavelmente aquele que achei mais chinês de todos eles. Ou não fosse este veículo(?) uma versão gigante dos fatos de fantasia da Dança do Leão. Mas a maior expectativa deste set está mesmo relacionada com a difícil tarefa de fazer esquecer o sucesso do 80020

A construção é dividida entre dois livros com a mesma dimensão, o primeiro com 92 páginas e o segundo com 172. O primeiro está dividido em duas fases onde começamos por construir uma pequena loja de máquinas de jogos onde se nota imenso a dependência dos autocolantes. A construção não tem nada digno de nota e o realce desta fase vai mesmo para os cantos para telhados orientais (6338499) que ficam lindamente ao lado das 6328095 que já tínhamos visto no modular deste ano. Para a quantidade de conjuntos orientais que saíram nos últimos anos, até admira estas peças não terem saído mais cedo. O outro destaque desta fase para para uma das máquinas que consegue (bem, mais ou menos) ser funcional ao conseguir-se retirar as nano-figuras do interior. Estranhamente não é o único conjunto desta série que tem máquinas de arcada. Será que ainda são populares na China?

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 2

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 3

A segunda fase é dedicada aos vilões de serviço. Uma habitual e diferente bot-aranha, um vilão com uma potente arma e equipado com o habitual ninho e peruca com trança à mau e por fim uma aranhola que serve de pedestal à rainha-má.. Spider Queen. Nada de outro mundo, mas ficamos com várias unidades da nova peça de ângulo com bar holder + clip.

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 4

O segundo livro é dividido em quatro fases que são inteiramente dedicadas ao.. não sei como chamar, mech?. Mas deve ser um mech de alguma forma já que claramente possui um lugar de controle e armamento. Ou se calhar é uma espécie de robô que pode ser montado. Não importa e julgo que para os miúdos isso também não importe muito.

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 5

A construção é engraçada já que possui imensos detalhes, imensos apêndices e praticamente todas as cores do arco-íris. Penso que o efeito pretendido foi conseguido só que pessoalmente achei o resultado confuso e um pouco difícil de manejar sem desmontar qualquer coisa. Achei piada ao mecanismo que acciona a mandíbula inferior e a forma simples como se abrem os compartimentos dos canhões. Sim, aqueles discos brancos impressos com uma qualquer referência chinesa são lindíssimos. As bandeiras fabricadas com um material realmente dourado também são de matar. À primeira vista foi provavelmente aquilo que mais encantou o meu filho.

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 6

No geral também acho que está um pouco desproporcional já que a parte da frente do leão é bem mais volumosa que a traseira. Para este efeito também ajuda a presença de dois grandes canhões laterais.

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 9

Apesar de um PPP de cerca de 9 cêntimos, acho que a dimensão da construção fica um pouco aquém do esperado para um set de 70 euros. Talvez porque tanto a sala de máquinas como a aranhola criem o seu próprio volume e numa análise mais superficial não são tidos em conta. De qualquer forma, aconselho a dar uma vista de olhos ao vídeo de Abrir e Montar que se encontra no fim do artigo (se não quiserem vê-lo todo, podem sempre saltar para o início de cada fase) para verem as peças que mais me chamaram a atenção.

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 7

Ahh, pode ter sido problema apenas da minha cópia, mas o meu livro de instruções tinha várias zonas mal impressas. Nada que afetasse a experiência de construção, mas de qualquer forma achei estranho já que nunca tinha visto algo assim na LEGO.

As Peças 7/10 (boa selecção mas sem se destacar dos demais sets do tema)

A Construção 8/10 (variada e com vários detalhes)

O Desenho 7/10 (demasiado espalhafatoso para o meu gosto)

Jogabilidade 7/10 (não senti nada de especial e foi dos mais ignorados da série pelo meu filho)

80021 Monkie Kid's Lion Guardian 8

É um bom set, mas que não se destaca em relação aos demais sets do tema. Muito colorido e com alguns detalhes e peças interessantes. A quantidade de apliques pode dificultar a brincadeira já que facilmente são desmontados.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26

Batalha Espacial

por baixinho, em 24.02.21

USS Saratoga 3D animation

É sempre giro ver estas renderizações onde é possível ver os MOCs de vários ângulos. Por vezes fico com vontade de construir digitalmente alguns dos meus MOCs para depois fazer umas brincadeiras deste género.

Felizmente passa-me.

Trabalho de Red SpaceCat.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 80020 White Dragon Horse Jet

por baixinho, em 23.02.21

80020 White Dragon Horse Jet 1

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 565/4

Preço LEGO®: 39.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80020-1/White-Dragon-Horse-Jet



Logo no início do ano a revelação do 80023 Monkie Kid's Team Dronecopter fez com que o pessoal ficasse curioso com o resto da vaga do tema. As vagas do ano passado já tinham dado alguns veículos interessantes (por exemplo o 80008 Monkie Kid's Cloud Jet) e este ano as coisas poderiam melhorar. 

Mas acho que ninguém estava à espera de algo como este White Dragon Horse Jet. Não, não vou responder aqui o que raios é um cavalo dragão. Mas as primeiras imagens que vi deste set fizeram-me babar e ao mesmo tempo ficar super curioso com alguns efeitos. É que além de ser extremamente bonito, aparenta ter algumas técnicas de construção interessantes.

Será que depois de construído, o set corresponde às expectativas?

80020 White Dragon Horse Jet 2

Acho que além de corresponder às expectativas, supera-as!!!

É que até o raio da vending machine que ninguém repara está excelente! Mas vamos por partes. O set é composto por seis fases onde na primeira construímos a tal vending machine que apesar de ser estupidamente alta, tem um “mecanismo” super simples que faz cair um produto sempre que enfiamos o telemóvel da personagem numa ranhura. Yeps, bem moderno :).

80020 White Dragon Horse Jet 3

Na segunda fase construímos os restantes minifigs, a habitual mas sempre diferente bot-aranha, o veículo do gatinho mal humorado e começamos com aquilo que realmente interessa neste set, a aeronave. Até o raio dos primeiros passos são interessantes e coloridos onde as habituais peças em SNOT criam suporte para o resto da nave. 

80020 White Dragon Horse Jet 4

Na terceira fase continuamos com o interior da nave onde percebemos um cockpit espaçoso e também começamos a entrever o lindíssimo esquema de cores exterior

80020 White Dragon Horse Jet 5

Mas em termos de técnicas de construção as coisas atingem o auge na quarta fase com a montagem do nariz do veículo. É que a questão não está apenas no SNOT e na utilização de peças que lhe dão um ar anguloso e único. Mas o momento em que nos apercebemos que um eixo amarelo que vai passar resvés campo de Ourique entre plates wedges vai segurar duas secções invertidas que pode sua vez vão “pegar” numa barra vermelha que tínhamos deixado na frente da estrutura várias páginas atrás, faz com que soltemos um wow ao apreciar a genialidade da construção.

Wow.

As duas fases seguintes são a montagem de cada uma das asas que apesar de não serem propriamente um portento a nível de técnicas de construção, tem uma efeito bastante original e bonito de ver. De notar que a secção de várias peças inclinadas e ligeiramente empilhadas logo atrás do cockpit fez lembrar-me de um MOC que fiz há uma dezena de anos. Peças diferentes, técnicas diferentes mas um efeito algo semelhante.

O resultado final é simplesmente lindo, não só pelo esquema de cores, mas também pelas formas conseguidas. Claro que há falhas. A principal é possivelmente a que o piloto fica praticamente deitado e não tem grande ângulo de visão. Outra falha que posso apontar é que em termos de trem de aterragem é assim para o fraco.

80020 White Dragon Horse Jet 6

Em termos de peças podemos começar pelo PPP que é de 7 cêntimos e que até nos faz perguntar: será que houve algum erro? Depois é possível apreciar o festival de peças brancas, tiles de vários tons de verde e muitos wedges, sejam plates, slopes ou mesmo tiles. Mas além das peças mais específicas, também temos uma selecção de algumas peças mais básicas como plates de várias cores e até dois bricks 2x4 em DBG.

Três minifigs (+ 1 gato mal humorado) compõem o ramalhete e o destaque vai para o mau de serviço que está equipado com uma espada dos Uruk-Hai, um possível ninho aos ombros e um cabelinho à maneira (ambas as pelas não são exclusivas deste set nesta vaga).

As Peças 10/10 (bom PPP com um lista enorme de peças apetecíveis)

A Construção 10/10 (vários momentos wow)

O Desenho 10/10 (lindo, lindíssimo)

Jogabilidade 9/10 (é linda para fazer swoosh)

80020 White Dragon Horse Jet 7

Não, não é um set perfeito já que tem algumas pequenas falhas. No entanto posso dizer que é dos melhores conjuntos que construí nesta linha de preços. Boa selecção de peças, experiência de construção excelente e um resultado que no mínimo pode-se apelidar de belo.

Para mim é já um sério concorrente a fazer parte da minha habitual lista de melhores 10 sets do ano.

Conclusão 10/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:07

Ricci-Class Light Cruiser

por baixinho, em 23.02.21

Ricci-class light cruiser

Para quem, como eu, diz que não vou muito à bola com construções militares, até ando a "pecar" muito. A verdade é que não consigo deixar de admirar o realismo que alguns destes modelos tem. 

Este trabalho do Merrie Monarch é outro bom exemplo da qualidade que as construções LEGO estão a alcançar no mundo das miniaturas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: 80019 Red Son's Inferno Jet

por baixinho, em 22.02.21

80019 Red Son's Inferno Jet 1

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 299/3

Preço LEGO®: 29.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80019-1/Red-Son-s-Inferno-Jet

 

Para segundo review desta série temos este veículo voador de, penso eu, ser um personagem dos vilões. Como sempre, o vídeo de unboxing e speedbuilding está no fim do artigo.

80019 Red Son's Inferno Jet 2

Este conjunto é composto apenas por três fases que percorrem um livro com 124 páginas. Na primeira fase dedicamos a atenção ao herói da série que, como em todos conjuntos desta série, vê o seu nome escrito em grande no livro de instruções sempre que é montado. Sim, acho bizarro. Depois temos um pequeno rochedo com uma fonte (?)  e alguma vegetação onde a única utilização que vejo é mesmo para servir de ponto de apoio para o bastão do Monkie Kid. A segunda parte desta fase é dedicada a um dos vilões que aparentemente tem um lancha-chamas como armamento. Acho que é a primeira vez que vejo um num set LEGO e sinceramente não sei se gosto desta novidade.

80019 Red Son's Inferno Jet 3

80019 Red Son's Inferno Jet 4

A segunda e terceira fase são dedicadas ao veículo em si. Não posso dizer que é um avião, mas com certeza que é uma aeronave de algum estilo. A construção é muito interessante com várias secções em SNOT que servem apenas para razões estéticas, mas também como forma de o veículo ganhar robustez. Em termos de peças o destaque vai mesmo para os quatro cilindros dobrados em cinzento metálico (6327871), molde que tínhamos visto pela primeira vez em preto no Set do Mickey e da Minnie; para as quatro 6327876 (que não lhes consigo dar um nome) que estão na frente do veículo e que lhe dão um ar muito bom, também em cinzento metálico e por fim aos dois bricks 1x2x1x2/3 com studs em todos os lados menos um (6312480) na muito útil cor branca. Existem muitas outras peças interessantes que realço no vídeo de Abrir e Montar. 

80019 Red Son's Inferno Jet 5

80019 Red Son's Inferno Jet 6

Ahh, não esquecer a barba metálica do The LEGO Movie (6207932)!!
O resultado da aeronave é bastante bom e visualmente apenas não me agrada a quantidade de studs laterais. Adorei a forma como a frente é removível para a arma ser carregada. Sim, não lhe consigo dar outro nome. É que numa visão simplista, a aeronave é apenas um disfarce para uma pistola nas mãos de um miúdo. Não, não vou entrar pela discussão se a LEGO é coerente quanto à questão do armamento. A minha opinião para este set é que o veículo é mais que suficiente para a jogabilidade do conjunto. Acrescentar a faceta de pistola, além de pouco acrescentar em termos de jogabilidade ao set, cria outra jogabilidade no mínimo questionável.

 

As Peças 8/10 (algumas raridades e uma boa variedade)

A Construção 8/10(rápida e com bons detalhes)

O Desenho 6/10 (bom até se lembrarem de ser uma pistola disfarçada)

Jogabilidade 6/10 (o mesmo de cima)

80019 Red Son's Inferno Jet 7

Sim, para mim a grande falha deste conjunto é ser uma pistola disfarçada. Sinceramente é uma característica questionável que diminui a potencialidade de um conjunto que poderia valer por si só já que é bastante interessante em termos de design geral, peças e construção.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25

Iowa-Class Battleship

por baixinho, em 22.02.21

Iowa-Class Battleship Cover Photo

Esta imagem pode ser de um trabalho, mas se forem à galeria do autor, Chuck, podem ver que realmente ele testou a versão em ABS apesar de não ter fotografias de uma versão final.

Depois do aviso à navegação, acho que não vou poder falar muito do realismo extremo que o Chuck colocou neste projecto. As proporções, as cores, os mais ínfimos detalhes.. é caso para perguntar se há alguma falha?

Iowa 1943 vs Missouri 1945

Via EuroBricks onde podem encontrar mais informações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

Review: LEGO 80018 Monkie Kid's Cloud Bike

por baixinho, em 21.02.21

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 1

Tema: Monkie Kid

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 203/3

Preço LEGO®: 19.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/80018-1/Monkie-Kid-s-Cloud-Bike

 

Monkie Kid! Quem diria que iria fazer uma longa série de reviews (sete) de conjuntos deste tema que é claramente uma aposta para o público chinês. Mas não recusei a oportunidade. Isto principalmente porque depois de ter analisado vários conjuntos Ninjago e até ter presenciado algumas das suas qualidades, fiquei curioso com os conjuntos deste tema que pessoalmente acho-o “paralelo” aos cinco (6?) heróis coloridos. Sim, vou utilizar essa expressão em vez do “redundante”, já que preciso primeiro ter mais conhecimento do tema para perceber se há vantagens em dois temas com imensas, pelo menos para mim, semelhanças.

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 2

Como é habitual (e como fiz recentemente com os conjuntos Ninjago), vou analisar os conjuntos por ordem de referência, ou seja, do mais pequeno ao maior, acompanhado sempre de um vídeo de “abrir e montar” (sempre no fim dos artigos) e tentarei que tenha uma cadência diária. Digo isto porque enquanto escrevo estas linhas, ainda não montei todos os sets, ainda não fiz a edição de vídeo de todos os que já montei, ainda não tratei de todas as fotografias e muito menos escrevi o review deles.

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 3

Mas voltando ao set em questão, a primeira admiração foi logo para o manual (não, os sacos ainda são de plástico)! Sim, a composição é relativamente normal com a orientação que todos conhecemos, os habituais avisos no início, acompanhado com algumas imagens no fim e a famosa lista de peças nas últimas páginas. A diferença está na numeração dourada (sim, chamo aquilo dourado); numa engraçada barra de progressão(?) no fundo de cada página; na página inteira dedicada ao Monkie Kid e apenas a ele em todas as instruções; nas transparências nos componentes a serem construídos e, por fim, nas estrelinhas e destaques quando uma parte do conjunto é concluída.

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 4

A construção é dividida em apenas duas fases onde primeiro nos dedicamos ao “mau” e à civil e por fim ficamos com o herói, Monkie Kid. Apesar dos tons negros, fiquei agradado com a pequena motorizada recheada de SNOT e com um aspecto bem agressivo do mau de serviço. O pormenor dos quatro faróis (dois deles são projécteis) e que acompanha o mesmo número de olhos do personagem, está muito bem conseguido. O personagem usa um capacete que pode ser trocado pelo cabelo. Fiquei intrigado com a peça transparente que fica no pescoço/costas da civil já que aparentemente não tem qualquer função. Claro que não me queixo já que a peça é bem interessante. Por fim para esta fase temos a bot-aranha que traz logo 6 peças novas e que irão permitir mais conexões entre clips e barras, o que eu adoro! As aranhas apesar de terem apenas seis patas (sim, só seis), vão ser uma presença constante em seis dos sete sets que vou analisar. No entanto vão haver sempre pequenas diferenças entre elas. O aspecto desta em particular é bom e ameaçador.

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 5

A segunda fase é dedicada à mota voadora do pequeno herói. A construção é a habitual onde mistura muito SNOT, algum technic e até as tais conexões clip+barra permitindo assim ângulos esquisitos. A jogabilidade desta mota vai para os disparadores de discos em ambos os lados accionados de forma engenhosa e também no detalhe das rodas ficarem com outra orientação para criar o efeito de moto voadora. O destaque em termos de peças vai para a nuvem que sai do escape. Antes de pensarem na poluição, acredito que esta peça (que é mais fina do que julguei inicialmente) será perfeita para muitos MOCs, principalmente em micro-escala! O bastão do herói tem também duas unidades daquela peça que gostei muito do ano passado e que não sabia que a origem tinha sido este tema. Já agora, a peça está em dourado metálico, e o facto é que a presença deste tipo de dourado é muito maior no sets deste tema do que, por exemplo, no tema Ninjago. 

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 6

Em termos de PPP este conjunto está muito perto dos 10 cêntimos e apesar do volume não ser assim tão expressivo, não achei que fosse um set caro.

As Peças 9/10 (algumas boas novidades com uma variedade interessante)

A Construção 8/10(não é memorável, mas é uma pequena boa experiência)

O Desenho 8/10 (competente)

Jogabilidade 8/10 (a esperada para duas motorizadas antagónicas e bem equipadas)

80018 Monkie Kid's Cloud Bike 7

Apesar de pequeno é um set que não desilude. Peças novas, boa jogabilidade e uma experiência de construção interessante. É uma boa entrada para um novo tema!

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:53

Review: LEGO 71748 Catamaran Sea Battle

por baixinho, em 19.02.21

71748 Catamaran Sea Battle 1

Tema: Ninjago

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs:780/6

Preço LEGO®: 69.99€ 

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71748-1/Catamaran-Sea-Battle

 

Este é o último conjunto desta série de cinco Ninjago. Apesar de ser o maior não era propriamente aquele que mais me atraiu quando os vi pela primeira vez. A razão é simples, à primeira vista os veículos são demasiado fantasiosos, cheios de referências diversificadas e confusas para caírem nas minhas graças.

Será que fiquei com essa sensação no fim de os construir?

71748 Catamaran Sea Battle 2

A construção é dividida em dois pequenos livros. O primeiro, com duas fases, é dedicado ao catamarã dos heróis da série. O segundo, é obviamente dedicado à embarcação dos ilhéus  e possui quatro fases de construção. Chamei de “embarcação” e não catamarã já que na verdade é um trimarã.. Quando completo já que as secções laterais podem sair.

71748 Catamaran Sea Battle 3

O primeiro modelo tem uma construção bastante interessante já que as peças technic servem para accionar um mecanismo que faz com que os cascos se afastem do centro. Não é propriamente um efeito por aí além, no entanto dá alguma jogabilidade ao veículo. No entanto o que gostei mais foi mesmo o esquema de cores já que por norma não gosto da utilização do vermelho. No entanto, a conjunção com o amarelo alaranjado (ou laranja amarelado) dá-lhe uma interessante combinação que é ao mesmo agressiva e desportiva. Gostei também do pormenor das frentes dos cascos estarem construídas num plano deslocado em relação ao resto da embarcação. A adição da vela é bastante boa e não atrapalha o acesso ao convés. Bem, o problema deste barco (e do outro) é mesmo a falta de um convés digno desse nome já que o barco é pensado como um veículo unipessoal. Julgo que é uma falha enorme em termos de jogabilidade já que muita acção poderia decorrer com os vários minifigs que compõem o set. Aliás, temos três minifigs heróis e apenas há espaço para um no catamarã. :/

71748 Catamaran Sea Battle 4

A construção do segundo cat... trimarãn é também interessante já que é criado um mecanismo para a secção dianteira sair um poucochinho para fora. Sim, o efeito não é assim tão imponente, no entanto é divertido construí-lo. A construção até é bastante linear até chegarmos à última fase onde construímos as secções laterais (mini-barcos) que são praticamente idênticos. O aspecto da embarcação é que acho esquisita. Se por um lado remete para a mistura de civilização pré-colombiana com Polinésia, por outro contém elementos “mecânicos” e de fantasia resultando numa amálgama que sinceramente não é do meu gosto. Além disso e como referi acima, não há propriamente um convés, mas sim três lugares para cada um dos tripulantes e um espaço para um prisioneiro. Curiosamente uma das características que não dei muita importância, as secções laterais tornarem-se em pequenos barcos, foi aquilo que mais atraiu ao meu filho.

71748 Catamaran Sea Battle 5

Em termos de peças há de tudo um pouco. Peças muito interessantes e outras onde coço a cabeça a perguntar-me se alguma vez as vou utilizar. O PPP fica pouco abaixo dos 9 cêntimos, o que até nem é mau. Várias das peças interessantes são referidas no vídeo de abrir e montar que está no fim deste artigo. 

71748 Catamaran Sea Battle 6

Quanto às minifigs, o tradicional dos conjuntos Ninjago. Excelentes impressões e acessórios. Como venho dizendo sempre neste sub-tema, é mesmo uma pena os ilhéus não estarem numa cor normal!!

71748 Catamaran Sea Battle 7

Concluindo a série, os conjuntos são acima da média mas penso que poderiam ter feito um melhor trabalho com o próprio tema em si. Civilizações pré-colombianas ficariam excelentes em Adventurers!! Agora daqui a uns dias começo mais uma série de reviews, desta vez Monkie Kid!

As Peças 7/10 (uma ou outra peça interessante com um PPP aceitável)

A Construção 8/10 (vários detalhes interessantes resultam numa boa experiência de construção)

O Desenho 7/10 (o trimaran é amálgama de estilos que não me conseguiu agradar)

Jogabilidade 7/10 (duas embarcações, 6 minifigs e temos a festa feita)

71748 Catamaran Sea Battle 8

É um conjunto com algumas qualidades mas que não se destaca dos restantes sets do tema, apesar de ser o mais caro. Acho que as embarcações ganhariam se tivessem um aspecto mais clássico.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:31


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds