Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os 10 melhores sets LEGO de 2021

por baixinho, em 26.01.22

Top 10 sets de 2021 por Oficina dos Baixinhos

Com um bom atraso em relação ao que é hábito, aqui vão as minhas escolhas para os 10 melhores sets LEGO de 2021, ordenados pela referência. Claro que, como sempre, devo referir que estas escolhas são pessoais e tem em conta a minha experiência de mais duas décadas de AFOL, a minha forma de encarar as peças e o próprio hobby LEGO, a minha análise do panorama geral do hobby e os próprios sets que montei durante o ano.

 

10278 Police Station

Construí este conjunto ainda em Dezembro de 2020 e fiquei logo com a certeza que iria ser um dos melhores do ano. Claro que com tanta coisa boa que saiu, quase que ia errando, mas a verdade é que este modular faz esquecer facilmente o anterior, 10270 Book Shop que para mim não é assim tão excelente, e é francamente superior ao 10264 Corner Garage. Apesar de não ser perfeito, tem uma fachada imponente, interiores interessantes e proporciona uma experiência de construção agradável. Conseguiu cumprir a tarefa de agradar os fãs da série que estão cada vez mais exigentes.

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-10278-police-station-1181310

 

10281 Bonsai Tree

Este pequeno set só não é um clássico instantâneo porque perdeu-se na montanha de conjuntos que a LEGO lança regularmente. É original, está bem construído e possuí uma presença encantadora em cima de uma mesa. Apesar de ter sido o que gostei mais da linha Botanical Collection, paradoxalmente é o mais “system” deles todos.

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-10281-bonsai-tree-1309692

 

10283 NASA Space Shuttle Discovery

A exploração espacial é um tema que me atrai imenso, portanto não é difícil que um set do tema me agrade. Esta enésima versão do Space Shuttle é simplesmente belíssima, realista e imponente. Adoro-a em todos os seus detalhes. Só fico com pena que a LEGO se apenas dedique-se a retratar um dos lados da corrida :/. Claro que com a ânsia de conquistar terreno no mercado Chinês, não me admire nada aparecer uma ou outra sonda de origem asiática :)

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-10283-nasa-space-shuttle-1324418

 

10294 Titanic

Desta lista apenas não construí dois sets, este é um deles. Por norma evito estes conjuntos maiores nas minhas lista de melhores do ano, mas não consigo fazer isso com este. A verdade é que a LEGO conseguiu transmitir a sensação de imponência do modelo real para esta réplica de forma brutal onde não foram deixados de lado detalhes e técnicas de construção que tornam menos enfadonha a montagem deste colosso. Não o tenho, mas não me importava nada de ter a experiência de o construir.

 

11016 Creative Building Bricks

Claro que não ia deixar de indicar um conjunto Classic nesta lista. Quem conhece os meus gostos sabe que eu considero esta linha uma base muito importante do que se espera de um brinquedo de construção. Este set é uma excelente forma de mostrar que a LEGO ainda consegue ser um brinquedo em um mesmo conjunto consegue originar várias construções. Conto ter para breve um vídeo no canal a mostrar algumas construções alternativas!

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-11016-creative-building-1266481

 

31120 Medieval Castle

Se tivesse que nomear apenas um conjunto, este castelo seria a minha escolha. À semelhança do set anterior, a grande maior parte das peças facilmente poderão ser utilizadas em novas construções. Além disso 

Link para review e vídeo: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-31120-medieval-castle-1382907

 

40487 Sailboat Adventure

Por norma evito ter aqui conjuntos promocionais como este GWP que a LEGO lançou este verão. No entanto não consigo resistir ao charme que emana deste pequeno barquito que, curiosamente, é extremamente semelhante ao projecto original. Pena que não esteja a ver a LEGO a lançar mais da mesma linha :/

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-40487-sailboat-adventure-1325993

 

40516 Everyone is Awesome

Se para mim o Medieval Castle é o set do ano, este é o momento LEGO do ano. O lançamento deste set é, sem dúvida alguma, uma grande tomada de posição da mais conhecida marca de brinquedos do Mundo. Sim, pode ser um conjunto que não chegue a todos os mercados e/ou olhos, mas a bandeira foi içada, para quem goste ou não.

Há certas lutas em que não se pode ficar indiferente.

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-40516-everyone-is-awesome-1306621

 

71741 NINJAGO City Gardens

Este é o segundo conjunto desta lista que não construí, mas isso não me impede e o apreciar inteiramente como um autêntico livro de técnicas de construção. Além disso vem confirmar que a cidade NinjaGo é uma possibilidade já que é o terceiro conjunto da linha. Será que vai demorar muito para aparecer o quarto?

Com grande pena do meu miúdo, não faz parte da minha wishlist.

 

80024 The Legendary Flower Fruit Mountain

Para mim este set foi uma grande surpresa já que adorei a experiência de construção e o resultado final é bastante interessante. Mas o mais interessante e original é o que ele representa, uma lenda chinesa! Fico apenas com pena por a LEGO não lançar algo do género para a catrefada de lendas europeias.

Review e vídeo em: https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-80024-the-legendary-flower-1227854


Como sempre é sempre difícil limitar a escolha a apenas 10 conjuntos e muitas concessões tem que ser feitas. Tento ter uma representatividade de vários temas e várias gamas de preços, mas mesmo assim este ano deixei de lado Friends e Technic. Mais habitual é eu ignorar a generalidade de sets licenciados. Sim, esta lista baseou-se muito na minha experiência pessoal já que construí 8 dos 10 listados. Ficam aqui também alguns conjuntos que por pouco não entraram na lista!

 

71746 Jungle Dragon com review e vídeo em https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-71746-jungle-dragon-1219986

76391 Hogwarts Icon Collectors' Edition

21325 Medieval Blacksmith com review e vídeo em https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-21325-medieval-blacksmith-1252175

21327 Typewriter

10293 Santa's Visit

42131 Cat D11 Bulldozer

80107 Spring Lantern Festival com review e vídeo em https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-80107-spring-lantern-1319842

80020 White Dragon Horse Jet com review e vídeo em https://oficina.blogs.sapo.pt/review-lego-80020-white-dragon-horse-1224343

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:07

Experimentar - 51515 LEGO Robot Inventor - Tricky

por baixinho, em 25.01.22

Hoje fiz o upload de um vídeo diferente do que tem sido habitual no meu canal de YouTube. Neste vídeo experimento todos os modelos de um dos robôs propostos no conjunto 51515 Robot Inventor (review aqui) e faço uma breve apreciação de cada um deles. A experiência foi agradável e espero conseguir fazer dos restantes três modelos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04

Terça-feira do Ideas: Sherlock Holmes - 221B Baker Street

por baixinho, em 25.01.22

Por norma evito temas licenciados e portanto quando vi este projecto do italiano DreamnBricks passei à frente e.. pera aí, Sherlock Holmes já não está em domínio público? Bem, parece que ainda não completamente, existem vários detalhes na questão que me ultrapassam e portanto vou passar o assunto à frente.

Este trabalho não é propriamente um portento a nível de técnicas de construção e, sinceramente, a traseira aberta desagrada-me completamente. No entanto não deixo de ver o projecto com muita simpatia já que representa trabalhos porque nutro grande admiração. No meio de tanto lixo (desculpem, hoje não consigo utilizar outra expressão) que a LEGO costuma licenciar, Sherlock ia ser uma lufada de classe e com certeza que iria ser um excelente set.

Neste momento este projecto tem  5 983 apoiantes e 750 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Pouco mais de um mês foi o que bastou o estreante DreamnBricks levar este projecto a alcançar metade do caminho. Espero que não demore tanto a chegar ao fim.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

Sim. Aliás, considero um erro tremendo a LEGO não ir para a frente com este projecto. Ok, podem haver dificuldades de licenciamento que o comum dos mortais pode desconhecer.

A ser um set oficial, entraria na minha wishlist?

Sem dúvida alguma!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:35

Bric ShavePro 3

por baixinho, em 24.01.22

Bric ShavePro 3

Adoro estas representações de objectos do quotidiano com peças LEGO. Desta vez é uma construção do Duncan Lindbo em que adoro o realismo conseguido pelas peças curvas e o detalhe das três láminas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:57

Mosteiro de Glendalough

por baixinho, em 22.01.22

Glendalough Monastic Settlement

Já há algum tempo que não via trabalhos da conhecida Jessica Farrel (presença assídua no Paredes de Coura Fan Weekend) e mal dei com este gigantesco MOC, não resisti a destacá-lo aqui.

Como trabalho comissionado, Jessica tentou ser o mais realista possível. Adoro a forma orgânica como os edifícios estão distribuídos e fico perplexo como os muros parecem naturais acompanhando de forma perfeita a paisagem. As diferentes texturas nas paredes e nos telhados criam um ambiente único que é completado de forma exemplar pela vegetação. Este é daqueles MOCs que necessitam mesmo de um olhar cuidado nas várias fotografias que estão na galeria da Jessica!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:26

Só uma pequena conversinha antes da batalha

por baixinho, em 21.01.22

Just Conversing...

Estas duas figuras criadas pelo General 尓àvarre conseguem ter um ar ao mesmo tempo temível pelo aspecto e relaxado pela pose. Por outro lado, adoraria aventurar-me um dia em criar algo deste género nesta escala.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Através do Pântano da Vida

por baixinho, em 21.01.22

Through the Swamp of Life

Muito peculiar esta construção do Bousker que, com certeza, deixa espaço para várias interpretações. Adoro isso e também um esquema de cores onde é realçado as diferenças entre cores próximas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51

The Full Moons of Hoth

por baixinho, em 20.01.22

The Full Moons of Hoth

Já há alguns anos que não destaco um trabalho do Avanaut, o que não quer dizer que ele tenha estado parado nem que eu não o continue a acompanhar. Como sempre, LEGO Star Wars num ambiente muito próprio e que consegue transmitir talvez mais que toda a parafernália que a Disney produz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

Tap

por baixinho, em 19.01.22

The Garden Gateway

Iron Forge também é sinónimo de uma série de belíssimas construções em torno de uma peça. Desta vez é a comum torneira em cinzento claro que deu origem a este enigmático MOC do ForlornEmpire. Adoro os monólitos e o esquema de cores. Até o sapo amarelo fica bem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Terça-feira do Ideas: Tales Of The Space Age

por baixinho, em 18.01.22

Bastou andar um pouco no site Ideas para ver este lindíssimo projecto do john_carter (que nick mais indicado!)e parar de procurar mais.  

A originalidade e beleza dos quadros tornam a simplicidade da construção ainda mais encantadora. Não consigo acrescentar muito mais além de que, como amante dos anos de ouro da ficção científica, estes quadros simplesmente tocam-me.

Neste momento este projecto tem  8 561 apoiantes e 726 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Dois meses para percorrer 85% do caminho e praticamente dois anos para o acabar? Só mesmo se houver um acidente é que não chega aos 10 000.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

Não. 

Adoraria ser surpreendido, mas duvido que este projecto se enquadre naquilo que a LEGO gosta de oferecer no tema Ideas.

A ser um set oficial, entraria na minha wishlist?

Sim, claro. Mas também pode acontecer eu fazer umas cópias!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 21332 The Globe

por baixinho, em 18.01.22

21332 The Globe (01)

Tema: Ideas

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 2585/-

Preço LEGO®: 200€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/21332-1/The-Globe

 

Mal recebi a caixa fui dar uma vista de olhos ao projecto original (ver aqui) e fiquei agradavelmente admirado pela qualidade da proposta. Já não me lembrava muito bem como era e ao analisar as várias imagens, gostei do que vi e fiquei contente por a LEGO ter respeitado várias das principais características do projecto do Disneybrick55. 

21332 The Globe (02)

No momento em que escrevo estas palavras ainda não tenho confirmação oficial quanto ao preço de venda ao público deste set. Mas a verdade é que em termos de peças há vários detalhes com que fazem que seja uma compra interessante. Claro que poderia referir a existência de 32 unidades das plates 1x5 em preto, mas julgo que rapidamente se vão tornar vulgares para lhe dar muita importância agora. Dou mais importância à variedade de peças castanhas (sim, salivei com tiles e slopes curvas), às plates wedges de várias formas e cores (incluindo várias 6x2), tiles cortadas, n plates 6x6 azuis escuras, peças em dourado metálico entre outras peças nada comuns. De destacar as peças gravadas que apesar de bem temáticas, julgo que facilmente poderão ser encaixadas em MOCs. Claro que há uma catrefada apreciável de peças Technic e muita delas repetidas até à exaustão, mas dá para perceber que não havia grande coisa a fazer para termos um globo como deve de ser.

21332 The Globe (05)

O livro de instruções tem 232 páginas e as primeiras, como habitualmente, são dedicadas a uma introdução aos globos terrestres, referência ao autor original, designers da LEGO e, por fim, um artigo “Together, We Can Rebuild The World” que refere os planos de sustentabilidade por parte da empresa. São 16 as fases que, por sua vez, podem ser divididas em quatro grandes secções. Suporte do globo, equador, hemisfério norte e hemisfério sul. Adorei a construção da primeira secção já que o suporte é construído de forma estável e resistente sem utilizar peças Technic. As soluções encontradas são elegantes e conseguem um bom equilíbrio entre o “brinquedo” e o “clássico”. Fiquei admirado com a utilização de pneus na base como anti-derrapantes. Funciona na perfeição e acho que esta solução não vai demorar a ser utilizada mais vezes. A construção da segunda secção já foi algo mais monótono onde tive que montar 16 secções muito parecidas. O que vale é que a parte mais interessante foi deixada para o fim, “pintar” as massas continentais no mar azul-escuro. A construção dos hemisférios são algo agridoce. Por um lado temos a monotonia da montagem de 32 fatias, 16 mais 16 iguais onde fiquei farto de enfiar peças em eixos Technic. Por outro temos a colocação das massas continentais, que é sempre um momento giro. Além de “desenhar” as linhas das Terra, temos também uma ou outra surpresa para colocar na face do globo. A décima-sexta fase é dedicada apenas aos pólos e colocação dos eixos. Não me posso esquecer de referir que são colocadas 4 rodas dentro do globo e que não consegui perceber a função. Suspeito que tem que ver com a estabilidade. Pode ter-me escapado alguma referência no livro, mas com certeza que vou tentar saber mais! De qualquer forma aconselho a dividir a construção ao longo de dias, para esbater a sensação de monotonia.

21332 The Globe (06)

Em termos de design o globo é simplesmente espectacular. O efeito é excelente tendo em conta que estamos perante uma construção com peças LEGO. Claro que os espaços entre as peças são notórios e, em certos ângulos, até é possível ver de um lado para o outro. O desenho dos continentes é também o possível tendo em contas as peças LEGO existentes, mas mesmo assim é bastante reconhecível e, apesar de torcer o nariz a alguns detalhes (não deveria ser Oceania em vez de Australia?), o efeito geral é muito, muito bom. De forma surpreendente, adorei o suporte. Cumpre na perfeição a função com o bónus de ter o charme de não utilizar peças Technic!

21332 The Globe (08)

A jogabilidade também foi algo que me surpreendeu, já que não estava à espera que o movimento rotativo do globo fosse tão suave e que a utilização de pneus na base ajudasse imenso à fixação nas superfícies. É um objecto que fica bem em qualquer secretária, prateleira ou mesmo outro móvel lá de casa. De preferência ao pé de um bom set LEGO como o 21313/92177 Ship in a Bottle.

As Peças 9/10 (boa variedade a um preço justo)

A Construção 8/10 (agridoce, alguns momentos excelentes, outros muito repetitivos)

O Desenho 10/10 (lindo!)

Jogabilidade 10/10 (excelente presença em cima de uma mesa)

21332 The Globe (10)

A construção monótona não impede que este conjunto seja simplesmente excelente em termos de design. É, provavelmente, dos sets mais bonitos que construí nos últimos anos!

Conclusão 10/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Duelo

por baixinho, em 17.01.22

On Defying A Werewolf

Esta tenebrosa construção pertence ao Martin Gebert e foi criada para um concurso. Sem dúvida alguma, alguns concursos são a génese de brilhantes MOCs e ainda bem que muitos grupos continuam a promove-las para gáudio de AFOLs como eu!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Candeeiro

por baixinho, em 14.01.22

Prairie Style Table Lamp

Já não destaco uma construção aqui no blog há tanto tempo que parece levou uma vida desde a última vez.

Este candeeiro do Ted Andes faz lembrar que além de ser relativamente simples emular objectos do quotidiano com peças LEGO, o efeito costuma ser bestial. A utilização dos tipis ficou bastante bem conseguida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:13

2021, um ano em revista

por baixinho, em 12.01.22

Motocross (01)

“Every year is getting shorter, never seem to find the time”

Tinha mesmo que começar com este verso do tema Time dos Pink Floyd para caracterizar este ano. Tudo passou de repente e, como sempre, não houve tempo para fazer tudo o que queria.

Este foi mais um ano pandémico e, como praticamente a toda a gente, isso afectou toda a minha actividade, tanto a nível profissional, familiar e, claro está, no meu hobby querido.

Este ano criei menos, tendo apenas dois MOCs apresentados. O primeiro foi uma brincadeira que pode ser vista aqui e o segundo é algo mais substancial. Uma pista de motocross (apresentação aqui e relato da construção aqui) que deu-me um prazer enorme tanto no planeamento, como na construção e no resultado. É daqueles MOCs que não tem nada de especial mas como um todo funciona bastante bem. É também algo que raramente vejo feito com peças LEGO, desportos motorizados sem ser o automóvel. No trabalho construí bastante, mas por norma foram coisitas pequenas e improvisadas que fiz durante as actividades. A ver se finalmente mudo esta tendência no próximo ano. Pelo menos tenho dois projectos já alinhavados que gostaria muito de concretizar.

Mas se construí relativamente pouco em termos de MOCs, em termos de sets foi outra coisa. Não contei a quantidade de sets que montei, mas pelo menos fiz 65 reviews. Número que contradiz o que referi no final do ano passado (que tinha feito mais de 50 reviews e que este ano tencionava diminuir esse número). Com uma cadência de mais de um set por semana, começa a ser difícil destacar conjuntos já que é fácil de ver pontos positivos em praticamente todos eles. Este maior conhecimento apenas vai dificultar a habitual escolha que faço dos melhores 10 sets do ano que este ano está irremediavelmente adiada para daqui a umas semanas.

A maior parte destes reviews foram acompanhados por vídeos de “Abrir e Montar” no meu canal de YouTube. Apesar de muitas vezes serem feitos à pressão, a verdade é que são um bom momento. Faço e falo do que gosto. Claro que os “Abrir e Montar” ocupam demasiado espaço no canal, mas são de longe os vídeos mais simples de fazer para o pouco tempo disponível que tenho. Quanto ao YouTube, apenas consigo prometer que quero continuar, apesar de ter vontade de experimentar coisitas novas.

Além do blog e do YouTube, tenho participado com bastante alegria no podcast “Conversas em Construção”. Ultimamente eu, o Tiago Catarino, o Pedro “superfan” Sequeira e o Alex temos tido alguns momentos delirantes que estão a resultar em episódios bem divertidos. É um projecto que quero continuar a fazer parte já que retiro um enorme prazer disso!

Participei também no Arte em Peças, a exposição de construção da C0937 em Paredes de Coura. É um momento que mistura o meu trabalho e o meu hobby e que me ocupou todas as minhas atenções durante cerca de dois meses. Foi a exposição em que se cobriu mais área do Centro Cultural com a habitual qualidade das construções da 0937. Entre muitas que poderia referir, destaco o Templo de Santa Luzia do ToZé, dos display Medieval do Venceslau (com ajuda do Alexis, Guerreiro e até eu próprio), o display Technic da responsabilidade do Moisés e o parque de diversões do Alexis.

Mais uma vez dei também uma ajudinha no VianaCon, convenção de jogos de tabuleiros de Viana do Castelo, ao promover um workshop com peças LEGO. Foi um sucesso e fiquei com muita pena por terem ficado algumas pessoas de fora. Não havia peças (as usadas tinham que ficar de quarentena) nem espaço na agenda para mais. Claro que a minha participação na convenção não se limitou ao workshop, organizei os torneios de Catan e Carcassonne e ainda tive tempo de participar num workshop de urbanismo com jogos de tabuleiro :)

Como podem perceber, foi um ano esquisito onde não fiz muitas coisas que queria fazer, mas sem deixar de ser cheio.

Para 2022 a minha maior expectativa em termos de hobby vai mesmo para a conclusão da minha casa e, claro, a montagem da minha nova LegOficina!

20211229_144300

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:18

Abrir e Montar - LEGO 4002021 The Temple of Celebrations

por baixinho, em 10.01.22

O tempo disponível começa aos poucos a aparecer e durante este fim-de-semana gastei as manhãs com o meu filho a montar este set tão especial.

O resultado pode ser visto no vídeo abaixo e posso dizer que este conjunto é interessante q.b. por si só. Claro que está cheio de minifigs especiais, peças muito recentes e até uma nova que vai directamente para umas das minhas preferidas. Mas como é para ficar exposto, isso tudo é secundário! :)

Quanto à experiência de montar e gravar um vídeo com o meu filho, ambos queremos voltar a fazê-lo!

Nopes, não vou fazer review para este set!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 71761 Zane's Power Up Mech EVO

por baixinho, em 29.12.21

71761 Zane's Power Up Mech EVO (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 95/2

Preço LEGO®: 10€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71761-1/Zane-s-Power-Up-Mech-EVO

 

Para o último desta série de reviews ficou o mais pequeno dos 6 sets que recebi. Mais pequeno e, aparentemente, o mais desinteressante. Será que isso se confirma?

71761 Zane's Power Up Mech EVO (2)

São 95 peças, o que faz com que o PPP esteja muito próximo dos 10 cêntimos. Nada que entusiasme, mas que, infelizmente, começamos a estar habituados nos sets pequenos. O esquema de cores é agradável e contêm uma variedade de peças relativamente interessante onde destaco as novas plates em ângulo e várias plates normais e modificadas. Claro que como é um set relativamente pequeno também não há muito por onde olhar.

71761 Zane's Power Up Mech EVO (3)

O mesmo acontece com a construção já que rapidamente chegamos ao fim. O livro de instruções tem a habitual banda desenhada desta série mas que ao fim de algumas olhadelas torna-se inconsequente. Tanto em termos de construção como design, este mech do Zane é muito semelhante ao vermelho do Kay que aparece no Dojo, o maior set desta série.

Quanto ao design, não posso apontar muito já que o resultado da construção torna-se num mech bastante reconhecível e com as articulações necessárias para umas boas poses. Outro detalhe é que acho que há um bom equilíbrio entre a complexidade de algumas técnicas e a simplicidade da construção em geral. Isso torna o mech algo longe da simplicidade dos 4+, mas sem ser algo que dê vontade de colocar na estante porque irá partir-se todo nas mãos de uma criança. O meu filho adora-o e fartou-se de dizer que este era o set que gostou mais da série!

As Peças 7/10 (nem mau, nem entusiasmante)

A Construção 7/10 (simples e rápida)

O Desenho 8/10 (boa mas sem brilhar)

Jogabilidade 7/10 (mech vs mauzão =  muita porrada)

71761 Zane's Power Up Mech EVO (4)

Um set que cumpre bem a função de proporcionar um bom entretenimento de forma algo barata. Cumpre sem brilhar. 

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

Review: LEGO 21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone

por baixinho, em 28.12.21

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (1)

Tema: Ideas

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 1125/1

Preço LEGO®: 70€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/21331-1/Sonic-the-Hedgehog-Green-Hill-Zone

 

Pera aí, 1125 peças por 70 euros? Ou este set é um achado ou há aqui algum erro!?

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (2)

Na verdade o que acontece é que a grande maior parte das peças são relativamente pequenas e comuns, como é o caso das mais de duzentas plates 1x1. O que significa que tive que andar mais de duzentas vezes a colocar aquelas pecitas pequenas e que se no início é gratificante, rapidamente se torna bestialmente monótono. Mas nem tudo se resume a essas peças, vamos descobrir mais.

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (3)

Nunca fui fã do Sonic (ou sequer de jogos de consola em geral) e isto resulta em que vou analisar algo que, sinceramente, não me causa grande interesse fora o ser LEGO. No entanto acho curioso que cada vez goste mais da experiência de construir algo que nunca compraria ou, sequer, colocasse na minha wishlist. Dá a sensação que tenho que equilibrar bem o meu gosto pelas peças LEGO e o meu desinteresse e, por vezes, aversão do tema tratado.

O projecto original do Ideas pode ser encontrado aqui e como podem ver, alguns elementos foram aproveitados mas fora a ideia geral, pouco ficou. Mesmo não sendo um grande entendedor do tema, julgo que a representatividade foi mantida e no geral a complexidade de construção também.

A construção é dividida em 6 fases onde apenas a última é composta por dois sacos. Em cada uma das fases vamos colocando uma jóia no stand do Sonic, quase que a lembrar o completar de níveis ou ganhando vidas. Achei engraçado, mas na verdade não acrescenta nada de significativo à experiência de construção. Experiência de construção que é relativamente básica com o contra que uma boa parte dela é, como indiquei acima, empilhar plates 1x1. Ok, são de cores bem giras e úteis, mas isso não entra neste ponto :).

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (4)

Achei curioso o facto que a construção é aparentemente modular, já que nas primeiras 4 fases criamos 4 secções do cenário, mas que durante a quinta unimos todas essas partes. Claro que ficam uns buracos technic no princípio e uns pins no fim do cenário que podem sugerir a opção de colocar vários sets iguais em linha ou a possibilidade de aparecerem mais sets deste estilo.

O desenho é mehh. Parece-me que capta a essência de alguns pontos chave do jogo mas ,para um fã de LEGO, não acrescenta nada de novo ao panorama actual. Não existem propriamente técnicas ou soluções novas e o pouco de SNOT de jeito que aparece (curiosamente apenas na última fase) não entusiasma por aí além. Devo referir que alguns detalhes são completamente dependentes dos autocolantes. Como não aplico-os, o efeito é mesmo fraco. Creio que ficará bem na estante de um entusiasta desta série de jogos e no dos coleccinadores ávidos de sets Ideas e pouco mais.

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (5)

Quanto à jogabilidade é para mim uma grande incógnita e estou curioso como é que o meu filho irá brincar com este set. É que se por um lado temos um um pequeno percurso que faz lembrar perfeitamente o jogo, será que alguém consegue dar-lhe uso mais que três vezes? Pronto, temos o tal Doctor Eggman para servir de inimigo para algumas aventuras. Se me perguntarem se dá para fazer alguma coisa de jeito apenas com as peças deste conjunto, a resposta será rápida. Duvido!

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (6)

O PPP das peças é bastante bom e o lote tem várias peças muuiiito interessantes (dark-orange, hummmm), mas o grande destaque vai para as minhas primeiras plates 1x5. Estranhamente não dei por elas até a altura de estar a utilizá-las na construção. Pareceu-me que eram 1x6 tanto no livro de instruções como quando peguei nelas. Claro que não estava à espera delas e creio que não volte a confundir, no entanto acredito que com as crianças cause confusão, principalmente se estiverem com 1x6 no mesmo lote.

As Peças 9/10 (bom preço, peças interessantes)

A Construção 6/10 (algo monótona com alguns bons pormenores)

O Desenho 8/10 (vou crer que será interessante para os aficionados dos jogos)

Jogabilidade 7/10 (pequeno circuito com boss final também deve funcionar aqui)

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (7)

Um set recheado de um bom lote de peças e que é relativamente fiel à essência deste jogo decano. Pode ser entusiasmante para os fãs do tema, mas não acrescenta nada de essencial para um AFOL que não ligue nada a consolas.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14

Review: LEGO 71767 Ninja Dojo Temple

por baixinho, em 28.12.21

71767 Ninja Dojo Temple (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 1394/8

Preço LEGO®: 100€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71767-1/Ninja-Dojo-Temple

 

O quinto conjunto desta série é também aquele que mais curiosidade me despertou quando as imagens desta vaga foram conhecidas. Não sou muito fã da amálgama que o tema NinjaGo se tornou, mas gosto quando, de certa forma, regressam às origens.

71767 Ninja Dojo Temple (6)

A primeira nota está para o preço do conjunto. 100 euros para uma caixa relativamente grande e com quase 1400 peças? Hum, isto tem tudo para valer a pena! São pouco mais de 7 cêntimos por cada peça e nesta vaga isso é um feito. Mas o melhor em relação às peças nem foi isso. Foi o facto que sempre que abria uma nova saqueta, ficava ainda mais agradado com a seleção de peças que se espalhavam à minha frente. A proporção de peças básicas (mais) e peças específicas (menos) era a ideal, as cores utilizadas eram quase todas do meu agrado e fiquei com a sensação que a grande maior parte delas facilmente iriam para as minhas construções originais. Isto se andasse com tempo para as fazer :)

71767 Ninja Dojo Temple (8)

Além disso gostei da presença de algumas peças novas (para a minha colecção), o que pode causar alguma admiração para quem me conhece. Fiquei agradado porque eram peças que posso considerar de básicas, que preenchem lacunas na LEGO e que, talvez principalmente, tem tudo para serem utilizadas por mim com regularidade. Tem também uma variedade de peças raras e incomuns muito interessantes. Várias delas não tinha nenhum exemplar no meu stock ou eram escassas. Quando desmontar este conjunto, fico com a certeza que vou ficar com uma melhor colecção de peças. É daquelas alturas em que ter vontade de desmontar um set é um sinal de apreço para o próprio set!

71767 Ninja Dojo Temple (10)

Em termos de minifigs a seleção é a habitual neste tipo de conjuntos. Temos a qualidade habitual nas impressões e formas, acessórios bestiais e a presença da Pixal, personagem que não teve direito a tantas aparições como isso.

71767 Ninja Dojo Temple (13)

A construção é dividida em 12 fases, todas elas relativamente curtas e com uma quantidade de peças que diria na média. Ignorando as minifigs, a primeira fase é o ariete motorizado dos malvados homens (bem, na verdade, minifigs) cobra; depois passamos para o pequeno mech do Kai e só na terceira fase é que chegamos ao dojo. São nove as fases que dedicamos ao dojo e posso dizer que passaram num instante. Apesar de termos uma ou outra zona repetida e apesar de não ser propriamente uma maravilha de técnicas ousadas, a verdade é que a construção é deliciosa. A quantidade de formas diferentes, de zonas alternadas e detalhes interessantes faz com que este set seja uma excelente experiência de construção tendo em conta que é direccionado para os mais novos. Além disso a construção é intercalada entre vários detalhes o que faz com que o “levantar paredes” nunca se torne numa tarefa chata. A décima-segunda fase é dedicada ao pequeno acrescento lateral e respectiva ponte de ligação.

71767 Ninja Dojo Temple (15)

O resultado final é completamente do meu agrado. O dojo tem um aspecto fantasioso qb onde não são esquecidos detalhes realistas. Existem vários pormenores que o tornam bastante jogável e até arrisco dizer que algumas coisas giras ficam tão escondidas que depois não vão chegar a ser utilizadas. Claro que a construção com a traseira aberta não é propriamente do meu agrado, mas facilita imenso a brincadeiras dos mais novos. Adorei a forma como é alcançada uma dimensão considerável para esta faixa de preço sem se recorrer a peças demasiado grandes (as POOP como se falou no último do podcast Conversas em Construção).

71767 Ninja Dojo Temple (2)

71767 Ninja Dojo Temple (3)

Quanto à jogabilidade, temos um templo recheado de locais de brincadeira, apesar de a maior parte deles serem demasiado pequenos para os meus dedos. Depois temos os mauzinhos que acrescentam as habituais possibilidades de aventura.

As Peças 10/10 (excelente variedade e preço)

A Construção 9/10 (agradável de princípio ao fim)

O Desenho 9/10 (templo bastante identificável recheado de vários detalhes )

Jogabilidade 9/10 (oferecer o potencial de jogabilidade habitual)

71767 Ninja Dojo Temple (16)

Este é um excelente conjunto LEGO. Excelente variedade e distribuição de peças, experiência de construção muito boa que resulta num design interessante e com um grande potencial de brincadeira.

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:00

41690 Friends Advent Calendar - Dia 24

por baixinho, em 24.12.21

41690 Friends Advent Calendar (24)

Chegamos ao último modelo e apesar de não ser espantoso, segue bem a linha dos anteriores. Gostei do resultado das cores das tiles round 1x1.

Como disse no review deste conjunto, este set promete e cumpre. É um pequeno brinquedo ao longo de 24 dias.

De qualquer forma, boas festas e tudo de bom!

Por aqui a ver se acabo as duas reviews que me faltam do NinjaGo (que de qualquer maneira já apresentei os vídeos aqui e aqui) e preparo vídeo e a review de um set a anunciar no próximo dia 28!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15

41690 Friends Advent Calendar - Dia 23

por baixinho, em 23.12.21

41690 Friends Advent Calendar (23)

Este trenó motorizado é o penúltimo modelo e aquela barra traseira sugere que o último modelo possa ser algo que vá atrelado. Nada a apontar quanto ao trenó, simples qb.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds