Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Automatic Binding Bricks

por baixinho, em 30.06.06
O sistema de construção anterior ao LEGO® System (que dura até hoje) era o chamado Automatic Binding Bricks. Esta é uma imagem de um brick 2 x 4:





Esta peça data de 1949 e, como se pode verificar, não possuia qualquer referência. Sinceramente não sei para que servia aquela falha num dos lados!

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:32

Ainda outro MOC a caminho

por baixinho, em 29.06.06



Logo após a conclusão do Pirate's Crag decidi continuar a temática OutroMundo, mas agora chegando à cidade. Já a tenho praticamente toda planeada na minha cabeça. A principal inspiração encontra-se nos trabalhos de Peeters & Schuiten, edifícios altos e trabalhados com acessos a dirigíveis.
Claro que o problema são as peças. Apesar das principais necessidades serem de peças relativamente básicas. Com esta construção estourei rapidamente alguns stocks. Agora há que juntar algum dinheirinho para fazer a encomenda obrigatória ...




LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52

MOCs Western

por baixinho, em 28.06.06
Já tenho uma conta no Picasa Web Albuns! É um site para publicar fotos e imagens na net à semelhança do flickr, do sapo e do nosso conhecido brickshelf. Este último dedicado só ao tema LEGO® e que se não me engano foi o primeiro serviço deste género na Internet. Se estiver enganado, corrigam-me por favor.
Para inaugurar o site estive a rever as fotos que tenho no disco rígigo com o Picasa (excelente). Encontrei algumas fotos de uns MOCs que não tinha finalizado do tema Western. Trabalhei nestes MOCs no início de 2004 e o único resultado que publiquei na altura foi a Emboscada à Diligência.



Além deste MOC, fiz na altura o início de outros, como a capela, saloon, casas, carroças, etc.





Mais imagens destes trabalhos antigos na minha recentemente inaugurada pasta do Picasa Web Albuns.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13

DUPLO®

por baixinho, em 27.06.06


Para além dos bonecos, livros e DVDs, a Leila também tem LEGO® DUPLO (não seria ela filha de quem é :). 

Neste momento já não acha piada nenhuma ao LEGO QUATRO que lhe oferecemos no Natal. Já o passamos para as mãozinhas da prima Mafalda e começamos a colecção DUPLO.

O DUPLO e as construções que lhe fazemos despertaram nela a capacidade de criação. Para além de empilhar peças; uma actividade que ela nunca se cansa, percebe já que existem diferenças entre a construção LEGO e a realidade mas também percebe a analogia entre os dois. O carro LEGO embora com outras dimensões, sem portas, sem barulho, bancos ou volante é na mesma um carro. O mesmo se passa com as casas, comboios, animais ou os bonecos. Essa é a casa de partida para ela evoluir nas suas construções.

Inicialmente ficava frustrada e triste quando a construção se desmoronava, agora não, sabe que pode voltar a construir!!!  E como por vezes a construção não fica igual ao que estava, o espanto e a alegria saem redobradas.

Nesta altura a sua peça preferida é a plate DUPLO 2x4, e com ela está a melhorar substancialmente a motricidade fina.  Sabe que para o encaixe é necessário mais "jeito" que força. Põe a língua de fora e encaixa a peça com jeitinho, como o pai ;)

Para além de tudo utiliza o balde do conjunto 5352 como banco, encosta-a ao sofá e utiliza-o como banca de construção. Nenhum dos dois lhe mostrou que poderia fazer isso mas as idas para a LegOficina foram suficientes para ela ver como nós praticamos e que acaba por ser a forma mais confortável de construir. 

Estando bem sentada e ter uma base de construção à sua altura.

A LegOficina é um autêntico "parque de diversões" para ela. As estantes, as cores, o ruído que as peças fazem, tudo é uma festa, tudo é motivo para prestar atenção e querer tocar.

Já lá tem uma mesa e banco para o tamanho dela. Mas os baldes 4496, que estão empilhados no meio da LegOficina, exercem sobre ela o fascínio brutal. Abre-os, mete-lhe as mãozinhas e desata a fazer barulho no meio de grandes gargalhadas. Temos sempre muita atenção, estamos a falar de bricks pequenos mas até hoje foram muito poucas as vezes que as meteu na boca.

Prefere pegar-lhes e empilhá-las, de preferência alternando as cores.

Agora é acompanhar a evolução natural. Demorada mas divertida :) .

Tânia e Luís Baixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:33

Cidade

por baixinho, em 24.06.06
Enquanto a Tânia se entretem com o MOC, fui delineando uma cidade na divisão ao lado.





Ao fim ao cabo alinhei alguns dos nossos MOCs e sets. É um princípio mas ainda lhe falta muito trabalho. Mas agora este tema não é uma das nossas prioridades! Esta cidade, para além de tudo, faz as delícias da Leila, o que já é um feito :)

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:31

Mais um MOC a caminho III

por baixinho, em 23.06.06


a III fase está concluída!





os verdes (árvores, plantas, detalhes), o pormenor da pedra, os pequenos animais, o caminho.

visualmente ficam fantásticos e a construção deu o maior dos prazeres. é tb uma área de construção que me agrada particularmente. pormenores e verdes.

tive necessariamente que fazer alterações às paredes rochosas laterais, modificá-las e adaptá-las ao aspecto visual que queria criar em conjunto com os verdes, ficando mais verosímeis.

neste MOC encontram-se árvores de todos os tamanhos, desde o pequeno toco à grande  árvore mamã. este estilo particular de construção de árvores adapta-se perfeitamente a este género de construção, chamo-lhe para já medieval paisagístico.




já entrei na IV fase, sinto que vai demorar um pouco mais que estas últimas.
vem aí novamente uma construção mais lenta, mais técnica, mais peças especificas, mais pormenorizada, uma arquitectura bem diferente da do tema cidade.
esta IV fase é a cereja em cima do bolo. ideias e vontade não faltam mas a experiência diz-me que os MOCs nem sempre ficam como realmente desejamos, a falta de peças é normalmente um handicap. a ver vamos.. ;)
tânia baixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:53

O custo de uma caixa LEGO®

por baixinho, em 23.06.06
Adoro ler sobre LEGO®! Navegando na Internet encontram-se artigos muito interessantes sobre este hobbie. Ontem li um artigo em espanhol que fala, entre outras coisas, do real valor de uma caixa LEGO para o seu comprador. Talvez ajude a minha consciência a sentir-se melhor por gastar tanto dinheiro em LEGO! Sim, o artigo tem muitas coisas que já sabia, mas basicamente compila muitas ideias que andam por aí soltas. Este artigo também aborda o facto de haver pouca variedade de conjuntos LEGO nas lojas e o facto das caixas serem mais baratas nos EUA.
Aqui está o link para o artigo.
LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:23

Molde

por baixinho, em 22.06.06
Visitando o blog The Brothers Brick (antigo Blockblog) encontrei esta imagem interessante. Um molde, julgo de bricks 2x3, retirado após ter fabricado 120 milhões de peças!





LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:24

Mudanças na LEGO II

por baixinho, em 21.06.06
Existe outro thread na LUGNet sobre as grandes modificações que se estão operar na LEGO. Um dos posts dá uma visão geral sobre o que se está a passar na empresa e do seu funcionamento. Fiquei a perceber melhor a maneira como a LEGO é gerida e em que termos é propriedade da família Christiansen.
Fiquei também a saber um dos possíveis caminhos que a LEGO poderá seguir.
A venda!
Será que isso é bom? A família Christiansen é conhecida pelos seus valores e princípios que tornaram a LEGO no que é hoje. Será que com a venda isso irá mudar?

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:28

Mais um MOC a caminho II

por baixinho, em 20.06.06



Pois é, não é uma foto de todo esclarecedora mas é a que tenho ;)

A base de elevação está praticamente coberta mas muitoooo falta ainda.
Digamos que a parte mais lenta está feita e a melhor parte vem aí :)
A resistência é incrível, uma pessoa pode inclusivé sentar-se nas partes laterais ( bricks verde e cinza) que a construção aguenta. No meio não convém muito porque são duas baseplates azuis.
Relativamente ao tamanho do MOC e número de peças é certamente a maior e mais "gastadora" construção que fizemos. Até ao momento estimo que lá estejam cerca de 2.000 peças.
 As tais 13 caixas 4496 estão a começar a ficar vazias e ainda vamos a meio....lol

Tânia Baixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:22

Grandes mudanças na LEGO

por baixinho, em 20.06.06
Hoje fiquei suprendido com esta notícia.
Acho que a pergunta que fica é mesmo se a qualidade vai mudar. Talvez o Steve Witt dê respostas neste thread na LUGNet.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:35

GMLTC Lattice

por baixinho, em 18.06.06
Uma das coisas que gosto mais de ver em MOCs é o relevo da superfície dos mesmos. Os altos e baixos de um MOCs torna-o muito mais real e delicioso à vista. É, por exemplo e na minha opinião, um dos pontos chave na Casa Minhota.
Na altura, da construção da Casa Minhota, fiz umas colunas de bricks a suportar plates ou bricks de grande tamanho tipo 12 x 24. O resultado serviu, mas gastei muitas peças (algumas delas não muito fáceis de arranjar) e só ficou completamete estável quando coloquei a saia ao MOCs (as peças para tapar os lados).
No final do ano passado li na LUGNet uma técnica de elevação de MOCs utilizada pela GMLTC. Só agora com o último projecto da Tânia é que tive a oportunidade de o experimentar. O resultado espantou-nos imenso. Muito estável e resistente. Depois de completo dá para trabalhar em cima como se estivéssemos na própria baseplate.

A técnica é bastante simples e consiste no seguinte:
1º cria-se uma emaranhado de colunas de bricks 2 x 2. O pessoal da GMLTC aconselha 5 ou 6 bricks de altura para ficar minimamente estável. Nós experimentamos com 10 de altura e achamos o resultado satisfatório. O resultado deverá ser semelhante à imagem seguinte:




2º liga-se as várias colunas com bricks 2 x 4. Todas as colunas deverão ficar ligadas e assim cria-se um efeito de suporte cooperativo. Ao tentarmos mover uma zona, toda as outras colunas "ajudam" na resistência. A forma de colocar as peças é a seguinte:




3º depois de criado o efeito, basta tapar o emaranhado com qualquer tipo de peças e criar o nosso efeito de relevo pretendido.




Pode-se encontrar a discussão original (penso eu) aqui e uma imagem também bastante esclarecedora aqui.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:48

Mais um MOC a caminho

por baixinho, em 17.06.06



Esta é a principal razão por não a andar a construir nada... a Tânia está a ocupar a LegOficina quase toda com o seu último projecto.
Esta base, do projecto, foi das construções LEGO® mais hipnóticas que passaram pela LegOficina!

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:38

C

por baixinho, em 17.06.06
Robot C é uma nova linguagem de programação para NXT e RCX que me interessa profissionalmente (e não só).
Normalmente trabalho (construção de robots RCX) com alunos do 3º ciclo, que não possuem conhecimentos para programar em C. Mas isto pode ser interessante para por um grupo de alunos do secundário a competir numa linguagem mais poderosa e aliciante.
O bom desta nova plataforma é que vem acompanhada de exercícios e programas exemplos que facilitam o trabalho de qualquer educador.

LBaixinho

PS. Descobri isto através deste post na LUGNet.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09

Mechs e mais Mechs

por baixinho, em 16.06.06


Durante os anos 90 joguei com alguma regulariedade dois jogos de computador. O MechWarrior 2 e o MechWarrior: Mercenaries. Estes dois jogos eram baseados no universo Battletech, onde as várias facções combatiam com Mechs, tanques humanóides (ou não) de 50 metros de altura. Utilizei a expressão "tanque" e não "robot" porque os mechs eram conduzidos e não envolviam inteligência artificial como os robots. Apesar de ter adorado estes jogos devido à complexidade das missões e panóplia de comandos (praticamente o teclado todo), não segui as restantes sequelas e nem me introduzi nos livros, séries e outros jogos do mesmo universo. Talvez porque na altura estava mais virado para o fantástico do Magic: The Gathering.
Quando comecei a interessar-me novamente pelo LEGO® em 1999/2000, as construções Mechs foram sempre de me encher o olho. Apesar de preferir os do tipo Battletech (norte americano) em detrimento do estilo Manga (japoneses). Estas construções tinham que apelar para várias competências no AFOL construtor. Porque para além do aspecto do Mech, as técnicas de construção avançadas são fundamentais.
Este estilo, apesar de haver vários bons construtores, esteve sempre na sombra do tema Espaço (space). Talvez porque a própria LEGO durante anos nunca teve um tema dedicado aos mechs. Teve uma aproximação no tema Life On Mars de 2001 e este ano apostou, finalmente, em força nos mechs com a série Exo-Force.





Mas as coisas mudaram para os mechs feitos de peças LEGO.
Durante esta semana foi anunciado um site para congregar construtores, construções e técnicas de construção sobre mechs.
O MechaHub.
Este site está espectacular tanto a nível gráfico como de conteúdos. Facilmente acedi às construções de várias pessoas tanto como li sobre técnicas de construção. Fiquei bastante elucidado quanto ao tema com o seguinte artigo.



 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:41

6209 e 10022-2

por baixinho, em 09.06.06
Aproveitando o facto de ter sido obrigado a ficar em casa os últimos dias (pela médica, claro), construí mais dois conjuntos: 6209 e 10022-2.
Gostei de ambos.
A curiosidade é que nos últimos 3 sets (o outro foi 10029) que construí, todos tinham erros no livro de instruções!

LBaixinho
ps. sim, não ando com paciência para reviews!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:36

História da LEGO® em Portugal

por baixinho, em 06.06.06
Gerhard R. Istok é um AFOL que faz estudos sobre a história da LEGO. No LUGNet ele apela à comunidade portuguesa para o ajudarem nesses estudos.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

O 10029

por baixinho, em 06.06.06
Acabei de montar o 10029... depois de uma semana de o ter aberto. Montes de trabalho e outras coisas impediram-me de o construir mais cedo.

Não tenho tempo de fazer o review. Fico a dever este e o da Millennium Falcon ...

As fotos da construção do 10029 estão nesta pasta (depois de moderada).

LBaixinho

PS já agora, duas construções muito interessantes:
http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi?f=187300
http://www.brickshelf.com/cgi-bin/gallery.cgi?f=186646

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:56


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds