Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Review do 10190 - Market Street

por baixinho, em 14.06.07
Referência: 10190
Nome: Market Street
Tema: LegoFactory
Ano de Edição: 2007
Número de Peças: 1248
Preço LEGO®: 89,99
Preço por peça: 0,072 cêntimos
Instruções: Livro A4 com 84 páginas
Autocolantes: Não
Minifigs: Três
Modelos alternativos: Não. Mas são possíveis diferentes configurações.
Lista de peças:   Sim


 
As peças
Ainda não estive a ver o preço total das peças que compõe este conjunto na Shop@Home, mas duvido que seja mais baixo. Pouco mais de 7 cêntimos por peça, é um preço aceitável para a variedade de peças que o Market Street nos oferece.
Variedade é mesmo um ponto forte nas peças escolhidas para compor este conjunto. Temos vários tipos de janelas, vários tipos de portas, vários tipos e cores de bricks, minifigs, acessórios, plantas, etc.
Outro ponto forte é a utilidade da maior parte das peças, facilmente reutilizáveis em outras situações.
Mas em termos de peças, para mim o ponto mais forte é mesmo a distribuição das quantidades de peças. Nos conjuntos de peças básicos, o que mais me enerva é que normalmente existem mais peças pequenas (tipo bricks 1x2) do que grandes (tipo bricks 1x4). O normal é termos mais necessidade de peças grandes (por exemplo para construir paredes) e menos das pequenas (para finalizar paredes e para detalhes). Neste aspecto a distribuição dos bricks azuis claros e azuis escuros é praticamente perfeita, só faltando os 1x3 para a festa estar completa.
Há também que realçar a quantidade de acessórios e algumas peças incomuns. Algumas colocadas em situações pouco ortodoxas como um cabelo espetado a fazer de alface.
Ponto menos bom, mas alheio ao conjunto em si, é a ligeira variação em algumas das cores. Notei principalmente no azul escuro e no tan.

São três as minifiguras introduzidas no conjunto. Sendo duas delas femininas, o que é óptimo porque é um género que pouco tem aparecido nos últimos conjuntos.


A construção
A construção é praticamente básica exceptuando a elaboração dos pormenores. Existem alguns pormenores construídos de forma pouco ortodoxa que dão um gostinho especial a uma construção que poderia basear-se num simples levantar de paredes. Mesmo assim os passos são bem esclarecedores, facilitando a vida aos menos habituados com técnicas especiais.
O resultado final é sólido mesmo tendo em conta que todos os andares são amovíveis.


O desenho
A palavra-chave para este conjunto é modularidade.
Além de ser modular horizontalmente com o 10182 Café Corner, introduz a modularidade vertical. Os andares são todos amovíveis e intercambiáveis. Outro pormenor é que a maior parte deles podem ser orientados de maneira diferente, e nisso as escadas centrais são fulcrais. As medidas 16x16 também são ideais para construções deste tipo. Temos espaço para fachadas trabalhadas, espaço para interiores e outra característica importante. É uma medida que facilmente dá para jogar com várias alturas para os andares
Pode se dizer que a modularidade é básica e com erros que serão notados em modelos mais avançados. Mas o Jamie (criador do 10182) e o Eric (criador do 10190) tem o mérito de criarem um standard simples de utilizar e com vantagens ainda por descobrir. Pode se dizer que qualquer um chegaria lá, mas foram eles que o fizeram e de certeza que vão ser seguidos por muita gente (o que já está a acontecer).

O aspecto final do conjunto/prédio é um pouco invulgar para o habitual em Portugal. Mas por outros comentários que ouvi, algumas das características são assumidamente holandesas. Será que com um Café Corner com inspirações francesas e um Market Street de inspiração holandesa um dia teremos uma habitação de inspiração portuguesa? Talvez algo como o estilo Português Suave?
Pouco habitual será também ver uma construção térrea junto de outras com o 2º andar. Principalmente uma construção térrea e completamente aberta!
Ok que poderemos emendar este pormenor recorrendo simplesmente à modularidade do conjunto. Mas os resultados, apesar de satisfatórios, não me parecem tão bons como a opção principal.
No entanto, no evento da Comunidade 0937 no Norteshopping foi experimentado um formato que foi do agrado da maior parte dos AFOLs presentes. (foto)
Este formato distribui os módulos duma forma mais suave e faz ganhar uma nova fachada. Prova que este conjunto não se esgota facilmente.

Quanto aos pormenores, são bons, mesmo não sendo muito abundantes introduzem ao mundo dos conjuntos LEGO algumas técnicas não muito habituais mesmo nos domínios dos AFOLs. Ponto a favor é que normalmente utilizam peças que facilmente poderão ser utilizadas noutras situações, aumentando assim o valor das peças.
Um pormenor delicioso é a colocação dos T’s para os sistemas de ar comprimido de forma a ser possível colocar mangueiras do mesmo sistema a serviram de canos de águas pluviais!


Jogabilidade
Este conjunto não foi pensado para servir de brincadeira para os mais novos. No entanto, Eric não desprezou as crianças. Não sendo uma casa de bonecas (parte traseira aberta), todos os recantos são facilmente acessíveis. Existem também alguns pormenores como as escadas, terraço, varandas, frutas e verduras que aumentam a jogabilidade do conjunto.
Para os mais graúdos o conjunto torna-se excelente devido à sua modularidade, assim facilmente poderá servir de esquina, ficar do lado direito ou esquerdo do Café Corner. E o melhor, tendo vários dará para fazer configurações ainda mais divertidas.
Outro ponto forte é mesmo a distribuição e variedade das peças, facilitando MODs ou mesmo MOCs.


Outros
A caixa tem a vantagem de demonstrar um pouco a modularidade deste conjunto. Pena não mostrar fotografias de outras combinações.
Pena também de não mostrar uma imagem do conjunto em pareceria com o Café Corner como acontece na Shop@Home.
Outro bom pormenor deste conjunto é a disponibilidade das instruções na www.LEGOFactory.com, possibilitando assim o estudo do conjunto antes da compra.


Conclusão
Antes de mais há que enaltecer o trabalho do Eric BroK. Teve o cuidado de fazer um conjunto passível de ser editado pela LEGO, continuar o difícil trabalho iniciado pelo Jamie, introduzir um novo standard e agradar os AFOLs não só em termos de resultado final como das peças introduzidas. Este último pormenor com uma responsabilidade acrescida por serem também peças que iriam ser introduzidas no LDD e no PickABrick online.

Parece-me que este conjunto é uma homenagem da LEGO ao Eric Brok pelo seu trabalho decano por este hobby. Eric aproveitou a oportunidade e adicionou mais uma excelente peça ao seu legado. Sinto-me orgulhoso de pertencer a uma comunidade onde uma empresa dá uma oportunidade destas e onde a resposta esteve à altura.

Esperemos que a LEGO continue a desafiar os AFOLs na criação de conjuntos.

O Market Street, torna-se assim um conjunto indispensável para quem tem o Café Corner ou para quem quiser iniciar-se na construção de outros edifícios. Será de certeza um conjunto de referência no futuro.


Brickset: 10190
Inventário Peeron: 10190
Mais imagens no Brickshelf

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:44

Brickjournal 8

por baixinho, em 14.06.07



Brickjournal 8 já está disponível para download. Ver aqui.

De salientar um artigo sobre a comunidade 0937 (não, não fui o único a escrever o artigo, é um texto conjunto) e um artigo sobre a grua Demag do Pedro Agnelo.
Existem também vários artigos sobre o Market Street.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25

Evento 0937 no NorteShopping em imagens (II)

por baixinho, em 14.06.07

Dois MOCs em grande plano. O da direita é uma casa de turismo rural criado pelo Evildead e baseado num cenário real. O da esquerda é um exótico Spa, criação da Marisa, esposa do Evildead.


Perspectiva do quarteirão residêncial criado por mim, Pedro Silva e Tânia. Deste ângulo vê-se edifícios do Pedro e da Tânia.


Bar T-Rex, uma criação do Rupi. Como sempre o Rupi elaborou uma pequena BD para a ilustração do MOC. Ver aqui.


LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:25


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds