Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um novo projeto para a Leila (parte 6)

por baixinho, em 05.12.15

LegOficina 20151204 (3)


Ontem avancei um bom pedaço neste projecto. O primeiro e o segundo nível estão praticamente concluídos faltando apenas colocar a vegetação. Ainda não sei o que vou fazer no topo. No início pensei ser apenas vegetação num terreno plano, no entanto já me sugeriram uma torre ou uma grande árvore e gostei das ideias.


Quando voltar a pegar na construção logo vejo para onde as mãos me levam :D


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:23

Em Portugal também se fazem coisas bonitas com LEGO (parte 6)

por baixinho, em 04.12.15

Le tour du monde en 1 nuit


Mais um trabalho desconcertantemente espectacular do Alexis, um pequeno Pai Natal a circundar um mundo no seu trenó.. tudo motorizado como podem comprovar no vídeo seguinte.



Um trabalho realizado para o Concurso de Natal da C0937.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:47

Mais uma vez.. água

por baixinho, em 04.12.15

Lake's race


A representação da água em LEGO será sempre uma questão por resolver visto que existem muitas técnicas e parece-me que nenhuma consensual (falei de algumas aqui). No entanto esta técnica utilizada por Guss De Blod garante um efeito espectacular para a acção deste cenário. Pena que o cenário ainda não esteja apresentável e com a luz correcta. Segundo o autor, poderemos esperar por melhores fotos num futuro próximo.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07

13ª Série completa

por baixinho, em 04.12.15

LegOficina 20151204 (1)


Com estas minifigs termino a série 13.. o que já estava a demorar um pouco. Valeu a ajuda de um amigo!


Fiquei agradado com o feiticeiro, é menos childish do que esperava. Continuo a não compreender o porquê de tanta procura do cachorro-quente.. pessoalmente não lhe acho piada nenhuma.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58

Vai um jogo de dardos?

por baixinho, em 03.12.15

Darts anyone?


Claro que duvido que aguentassem um embate num alvo, mas mesmo assim estão bem giros. A construção é do Legonardo Davidy e a fotografia tem um pormenor que começo a reparar em construções de alguns criadores... tudo é LEGO, inclusive o fundo!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51

Um romance com LEGO

por baixinho, em 03.12.15


Não esperava uma notícia como esta tão cedo. No Brickset foi anunciado um livro onde a história roda à volta de um AFOL.


Não é propriamente o primeiro livro que existe com AFOLs, existe um, o Infoescravos (falei dele neste post já de 2005) que abordava a existência de adultos fãs de LEGO ainda antes de existir o acrónimo AFOL!


De qualquer maneira fico curioso e espero que apareça a tradução em português.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

Análise à revista LEGO Star Wars #1

por baixinho, em 02.12.15

Revista LEGO Star Wars 1a


Finalmente tenho a revista nas mãos para poder fazer uma análise mais aprofundada.


Antes de mais devo dizer que, além do agrado que a edição da revista me dá, penso que é uma iniciativa que vem satisfazer as reais necessidades dos jovens fãs da junção do brinquedo LEGO e do universo Star Wars.


Os conteúdos são variados o suficiente para a revista não ser monótona apesar do tema limitado. No entanto pergunto-me se haverão conteúdos suficientes para muitos nºs..


O primeiro artigo (página 4) é sobre os personagens da série de TV Rebeldes onde é dada uma descrição dos 6 heróis que compõem a tripulação da Spirit.. ups, Espírito. Pois, os editores da revista decidiram (e penso que bem tendo em conta a faixa etária do público alvo, 5-12) em traduzir os nomes das naves e, quando possível, nomes de localidades, etc. No entanto isso não acontece sempre, como por exemplo quando se referem à X-Wing e à Millennium Falcon. Mais estranho ainda quando a própria revista chama-se LEGO Star Wars e não LEGO Guerra das Estrelas.. Julgo que percebo as opções mas o ideal seria traduzir tudo (menos o título da revista) e no fim colocar um pequeno glossário com as versões originais dos nomes. É que os nomes originais estão tão disseminados (por exemplo nos jogos de PC) que muita gente nem consegue associar o nome quando traduzido. Sim, tive que pensar o que era a Espírito... :)


Fora este pequeno aparte, o artigo sobre os personagens está interessante com uma pequena introdução a cada um dos personagens. Penso que aqui apenas falta uma referência aos conjuntos LEGO onde eles aparecem até ao momento, já que seria a forma perfeita de dar relevância à parte LEGO da revista.


A segunda secção (páginas 5 a 8 e 10 a 13) é a primeira banda desenhada com o nome muito apetitoso de Esparguete Imperial. A BD utiliza os personagens da série de TV Rebeldes e, sinceramente, achei-a demasiado infantil mesmo para a faixa etária alvo da revista. A meio da banda desenhada (página 9) temos um passatempo de diferenças com a Millennium Falcon do mítico conjunto 10179.7


O artigo seguinte (página 14 e 15) é sobre duas naves do universo LEGO Star Wars, a Fantasma e a Espírito. As descrições de ambas estão interessantes e gostei da tabela com as características. No entanto acharia mais interessante colocares mais características das versões LEGO e não apenas que possuem x peças. Enigmaticamente surge um "parte 1" no topo do artigo mas pelos vistos a "parte 2" será na revista seguinte.


Na página 16 temos um dos artigos que eu considero mais interessantes na revista e que aborda o Star Wars Clube Portugal. Com certeza uma boa forma de promover o grupo pelos fãs mais novos e, quiçá, incentivar ao associativismo temático. De notar que a página chama-se "Canto do Fã" e que portanto é de prever mais textos do género


As páginas centrais são ocupadas pelo poster da versão LEGO do Yoda e do Kanan Jarrus.


Na página 22 temos as instruções de montagem e algumas características da X-wing. Apesar de ser uma das naves mais famosas do universo Star Wars, acho que seria mais apropriado a oferta ser a Fantasma ou a Espírito, visto serem mais referenciadas no resto da revista.


A segunda e última banda desenhada com o título Ataque a Tatooine ocupam as páginas 23 à 30. O título parece-me mal escolhido porque Tatooine não é atacado e apenas a maior parte da acção passa-se na sua órbita. No entanto gostei mais desta BD e tem algumas piadas muito bem apanhadas.


O "Arquivo Imperial" é a secção seguinte e ocupa a totalidade da página 31 e neste número é dedicada ao Yoda. Na biografia diz que foi mestre do Obi-Wan Kenobi o que penso que seja um erro. Na parte de baixo da página existem imagens de várias versões que a LEGO fez do personagem e que se encontra mal legenda. Por exemplo identifica a versão mais antiga do Yoda como sendo a dos episódios 4-6 e na verdade saiu apenas num conjunto desses episódios (4502) e em dois da trilogia 1-3 (7103 e 7260).


A página 32 irá ser dedicada a contribuições dos leitores e neste número aparece a promoção disso mesmo. Estão também as soluções dos passatempos incluídos na revista (estando uma das soluções mal assinalada..).


A página seguinte é dedicada a um passatempo onde os leitores são convidados a enviarem as suas opiniões e assim ficarem habilitados a ganharem alguns conjuntos LEGO Star Wars.


A página 34 possui várias curiosidades interessantes sobre o universo Star Wars bem como promoção ao próximo filme e ao espaço LEGO Fun Factory em Lisboa.


Na página seguinte temos a promoção do próximo nº da revista em que ficamos a saber que custa 4.10€ nas Canárias :)


 


No geral encontrei algumas gralhas (por exemplo Millennium apenas com um "n") ao longo da revista, mas nada de grave. Existem outras incorrecções em relação ao Universo LEGO Star Wars mas penso que no meio de tanta informação seja algo natural em acontecer. Graficamente a revista é excelente e adorei a ideia da saquete que traz as peças ser reutilizável. A revista poderá parecer pequena no entanto pelo preço que é não se pode pedir muito mais, para mais tendo em conta que oferece uma pequena nave em LEGO.


Definitivamente uma boa compra para quem gosta de LEGO Star Wars (principalmente se estiverem na faixa etária entre os 5 e 12 anos).


 


ps. agradeço à editora da revista por gentilmente me terem enviado uma para realizar esta análise!!


 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18

Os maiorais do MundoDisco

por baixinho, em 02.12.15

The Ones Who Meddle With The Fabric Of Reality


Eu sei que nem deveria traduzir DiscWorld mas como ultimamente tenho lido/visto algumas traduções engraçadas, aproveitei e segui a onda.


Estas construções do Eero Okkonen não são propriamente novas (início do mês passado) mas seria imperdoável eu, como admirador da série de livros, não a referir.


Pergunto-me é se o ponto de partida destas construções são as peças que representam os olhos...


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds