Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É tudo uma questão de diagonais

por baixinho, em 29.10.18

Resonance

Nick Trotta mais uma vez leva ao extremo as possibilidades de criar diagonais com peças LEGO. Mas além de levar ao limite as possibilidades da geometria LEGO, o raio da nave é mesmo bonita!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:35

Panela Perigosa

por baixinho, em 28.10.18

Padda

Veículos galináceos há muitos, como o AT AT do Star Wars ou o Mad Dog do MechWarrior. Mas este criado pelo SweStar tem a particularidade de ter um aspecto bem dieselpunk que faz com que caia imediatamente nas minhas graças.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:46

Hobbits é em Hobbiton!

por baixinho, em 27.10.18

Hobbiton

Esta impressionante construção é fruto da colaboração do Jake "Mountain Hobbit" Hansen e Cole Blood como facilmente podem constatar pelas letras algo grandes na fotografia. O cenário é bucólico, agradável e, pessoalmente, encanta-me os vários desníveis do landscape.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:36

Bomba Relógio

por baixinho, em 27.10.18

Time bomb

Bomba relógio criada com peças LEGO (podemos considerar as peças do relógio como LEGO, certo?) pelo nobu_tary.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:30

Diagonais

por baixinho, em 24.10.18

新竹活動中心

Este trabalho do yu chris revela-se interessante aos olhos de um aficionado das peças LEGO pela forma como as várias diagonais batem todas certo criando assim uma construção nada vulgar.

新竹活動中心

 

新竹活動中心

Mas a beleza deste MOC não reside apenas nas diagonais e vale por si mesma, por isso mostro todas as fotos com as várias perspectivas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:00

Tiny Epic Dragons

por baixinho, em 23.10.18

Micro Fable

MOC simples mas com todos os componentes para ser cativante ao olhar de um qualquer AFOL.. e não só. Linhas bem conseguidas com peças bem escolhidas e dragões bem interessantes para a escala. Trabalho de Lubeee ..

 

Via TBB.

ps. O título com que o The Brothers Brick destacou este MOC fez lembrar-me uma série de jogos de tabuleiro muito conhecida, os TIny Epic. Daí o meu título.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:00

Review do 40290: 60 Years of the LEGO Brick

por baixinho, em 22.10.18

40290 60 Years of the LEGO Brick (a)

Tema: Promotinal

Ano de Edição: 2018

Número de Peças/Minifigs: 421/-

Preço LEGO®: N/A

Link Brickset: https://brickset.com/sets/40290-1/60-Years-of-the-LEGO-Brick

 

Quando este conjunto foi anunciado confesso que fiquei bastante entusiasmado. É, sem dúvida alguma, uma bonita homenagem a alguns dos sets mais icónicos que a LEGO produziu no passado. Nunca tive nenhum deles na minha infância e só um deles, o Barracuda, é que alguma vez o montei. Comprei-o em segunda mão há uns quinze anos atrás quando ainda sonhava ter uma colecção significativa dos sets mais importantes da LEGO.

Para os mais desatentos, os sets representados são:

375 Castle de 1978

928 Space Cruiser and Moonbase de 1979

6285 Black Seas Barracuda de 1989

6399 Airport Shuttle de 1990

A caixa é volumosa para umas construções em micro-escala e vem bem recheada. Os quatro modelos estão em saquetas numeradas, uma para cada modelo. A maior parte das peças são básicas onde as plates são rainhas. Não é propriamente um set que se adquire com as peças em mente por isso não há grande importância dizer que as peças são todas relativamente comuns e apenas a tile 2x4 gravada é que apresenta alguma raridade.

40290 60 Years of the LEGO Brick (h)

A construção de todos os modelos é relativamente simples e sem técnicas interessantes. Talvez a construção que me tenha agradado mais tenha sido a do Barracuda já que era a que tinha mais do que o simples empilhar peças.

Quanto ao desenho posso dizer que é de qualidade desigual. Adoro o Barracuda já que me parece que tem um bom compromisso entre a escala e os detalhes. Claro que ter os mastros “soltos” faz com que eles nunca estejam no sítio.. Mas o meu filho adorou que seja assim (?). O castelo amarelo está bem reconhecível apesar de achar que poderia ter sido melhor trabalhado nas torres e ameias. De qualquer forma o resultado final é bem satisfatório. O Space Cruiser and Moonbase é reconhecível mas não consigo gostar do resultado final. Entre a desproporção passando pela falta de qualidade geral penso que este é o pior dos quatro modelos. Sobra o Airport Shuttle, mais conhecido como o monocarril de cidade, gosto do resultado mas não me admiraria nada que a maior parte das pessoas que não conheçam o original se perguntem o que raio aquilo é. Penso que poderiam ter caprichado um pouco mais nos detalhes.

40290 60 Years of the LEGO Brick (p)

 

As Peças 6/10 (definitivamente não é um set que se possa pensar em adquirir para peças)

A Construção 7/10 (simples e agradável mas sem grandes surpresas)

O Desenho 9/10 (os modelos são bem reconhecíveis, mas alguns deles poderiam ter sido melhor trabalhados)

Jogabilidade -/10 (penso que não é aplicável)

 

Pode não ser um conjunto que brilhe pelas peças ou mesmo técnicas de construção, mas cumpre inteiramente o objectivo de homenagear alguns sets que foram um marco na altura que foram lançados.

Já tem como destino fazerem-me companhia na minha secretária.

Conclusão 8/10

 

Mais imagens algures nesta galeria.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:00

Até onde?

por baixinho, em 21.10.18

LEGO TOKYO - ASSAULT

Esta construção/fotografia que resulta da colaboração do Shobrick e do Cole Blaq pode estar além do limite do que é uma construção LEGO. Os efeitos da edição fotográfica, a quantidade de elementos não LEGO, as posições nada naturais dos minifigs com certeza que chocam qualquer AFOL.

Mas a verdade é que o resultado é bestial.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:31

Primeira Linha de Defesa

por baixinho, em 21.10.18

CAMEL

Estamos em Maktober e este ano com tantos afazeres o SHIPtember passou-me mesmo ao lado. Bem, a verdade é que também não vi muita coisa por aí. De qualquer forma os meses são 12 e os AFOLs lembram-se sempre de alguma coisa para os tornar temáticos.

Aqui temos uma construção do Chris Perron bem ao estilo de um bom dieselpunk. Além do formato nada habitual para um mech, gosto particularmente da cockpit bolha e ao pormenor interessante de poder conter dois tripulantes. Ahh, e os greeblies, os greeblies....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:39

Olha quem são eles!

por baixinho, em 20.10.18

Wolverine vs The Sentinels

Não sou propriamente um aficionado nos comics mas esta construção do I Scream Clone despertou as memórias de alguns livros de "quadrinhos" num formato bem brasileiro com algumas aventuras em que os sentinelas apareciam. Estranhamente não me lembro se era o Wolverine que os combatia.

Tenho andado um pouco afastado do blog e da Internet em geral já que durante a semana não tenho conseguido ter acesso :/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:01

Tudo em um

por baixinho, em 15.10.18

Wizard Isle

Esta construção do Galaktek impressiona pela dimensão e pela variedade de situações apresentadas. Apesar de ter um pouco o aspecto de banda desenhada não é uma história sequencial, mas mais uma colecção de pequenas vignettes de algum modo relacionadas.

Este é um daqueles casos que é mesmo obrigatório ver as várias fotos que o autor disponibilizou do MOC. Apesar do tema global ser a fantasia medieval (sim, está ali uma nave), a variedade de sub-temas é mesmo apreciável.

Wizard Isle - Alchemist

Wizard Isle - Quarry

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:19

Estrelas, o meu destino

por baixinho, em 14.10.18

Xylethrus AMV-1 Space Scene

Esta construção do halfbeak consegue captar bem um dos aspectos prováveis de uma nave interestelar. Apesar da cor escolhida ser discutível, a forma e o texto descritivo estão excelentes.

Vale também a pena analisar a seguinte imagem onde o autor revela os principais pontos deste fantástico veículo.

Xylethrus AMV-1

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:24

O futuro está na classe

por baixinho, em 14.10.18

"Advocate" Hovercar

É normal os desenhos conceptuais irem acompanhando os tempos. No entanto de vez em quando aparecem algumas ideias que utilizam linhas mais clássicas misturadas com alguns conhecimentos actuais. É o caso desta construção do Tammo S. que, se calhar, teria mais respeito se utilizasse outro media.

Gosto particularmente do esquema de cores que jogam bem com as curvas suaves mas firmes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40

Mais peças

por baixinho, em 13.10.18

LUGBulk 2018

Hoje tive tempo de verificar as peças que encomendei através do LUGBulk deste ano. Como o plafond disponível era baixo, apostei mais na variedade do que na quantidade.O objectivo era ter alguma quantidade de peças relativamente recentes para assim, e como não gosto de construir digitalmente, terei sempre pelo menos algumas à mão para experimentar novas soluções.

Depois da fotografia, arrumei as peças num saco para esperarem por uma altura melhora... com uma LegOficina disponível :/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:16

Em construção

por baixinho, em 13.10.18

Falcontop Keep

Este MOC em plena construção do Ayrlego consegue cativar, com a sua aparente simplicidade, qualquer fã das peças LEGO. Não foram necessárias técnicas rebuscadas para a construção ter um aspecto bem agradável e realista mas o ar de brinquedo não escapa. Quase como um "Neo Classic Castle".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:18

Falcão Cinzento

por baixinho, em 10.10.18

TG-17 Barracuda Destroyer-Class Ship "Grey Falcon"

John Klapheke tem nesta nave espacial de combate uma prova que as peças LEGO podem ser excelente para a concepção deste tipo de veículos. Parece mesmo que não há limites para as formas que as peças podem conseguir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:23

LEGO Classic é Clássico? (parte 14: conclusão)

por baixinho, em 09.10.18

Eu a pensar que já tinha fechado esta série de reviews quando dou com a aba do rascunho aberta. Falta uma conclusão para estas 12 reviews de sets bem diferentes do que estava habituado a construir.

LEGO Classic

Antes de mais devo referir que fiquei muito admirado com a variedade de peças, onde dominam as básicas mas com uma quantidade interessante de peças mais específicas como portas, janelas, rodas, etc e sem esquecer alguns acessórios de minifig. Há também que referir as cores. Não deixam de ser arco-íris, mas muito mais esbatido (e bonito) devido à presença de várias tonalidades próximas. Por fim, e apesar de qualidade variável, há que referir os modelos propostos, que são óptimos para pequenas brincadeiras e também excelentes como pontos de partidas para construções originais. E as peças presentes ajudam isso mesmo!

No entanto não é só pontos positivos. Não gostei que em alguns conjuntos metade das instruções dos modelos propostos só se encontrassem na Internet. É que por cima em formato PDF o que apenas dá jeito ver no computador, algo que a população em geral nos dias de hoje evita um pouco. Ainda procurei se existia uma app (algo mais indicado para os dias de hoje) e nada. Não vejo como errado ter instruções extra na Internet, mas não com parte dos modelos indicados na caixa. Por outro lado, poupa-se no papel.

Destaco os quatro conjuntos pequenos das cores (10706, 10707, 10708 e 10709) por formarem um conjunto muito bom e bastante barato. Se querem introduzir uma criança ao mundo LEGO System (o das peças pequenas), estes quatro conjuntos são o ideal!

Claro que quem adorou mais esta série de reviews foi o Artur. Ficou com parte dos conjuntos (dei metade) e fiz uma revisão no stock de peças que ele tinha. Retirei todas as peças de outros conjuntos fora do tema (sets meus que ele se tinha apropriado). Com uma variedade de peças mais equilibrada com abundância de peças básicas, a criatividade dele aumentou e consegue fazer mais construções reconhecíveis.

 

Por fim, mas afinal LEGO Classic é Clássico?

A resposta é não. Não podemos dizer que seja o clássico que está nas nossas memórias, principalmente pelas cores. No entanto é um upgrade muito interessante já que é excelente como “entrada” ao mundo system e é um bom complemento ao stock de peças já que dá um boost interessante nas peças básicas.. Algo que começa a falhar nos conjuntos de outros temas. É definitivamente um tema a ter em conta para os mais novos e para peças.

 

Índice de reviews LEGO Classic é Clássico?

parte 1: introdução

parte 2: review do 10706 Blue Creativity Box

parte 3: review do 10709 Orange Creativity Box

parte 4: review do 10712 Bricks and Gears

parte 5: review do 10692 LEGO Creative Bricks

parte 6: review do 10707 Red Creativity Box

parte 7: review do 10715 Bricks on a Roll

parte 8: review do 10403 World Fun

parte 9: review do 10696 LEGO Medium Creative Brick Box

parte 10: review do 10405 Mission to Mars

parte 11: review do 10708 Green Creativity Box

parte 12: review do 10698 LEGO Large Creative Brick Box

parte 13: review do 10401 Rainbow Fun

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:01

Mercador voador

por baixinho, em 09.10.18

The Merchant of Zambarau

Há algo na palavra "mercador" que a torna mais clássica que o mais contemporâneo "comerciante". Por isso penso que é mais adequada para este pequeno MOC do Andrew JN e que muito bem caí nas minhas preferências de tema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:39

Templo

por baixinho, em 08.10.18

Aslanic Temple in Barqa

O resultado final pode ser impressionante mas acho o que realmente conta nesta construção do Jonas Wide "Gideon" é mesmo a quantidade de pormenores que "batem certo". A água, as (várias janelas), a própria superfície, as cores, as estátuas, os ornamentos, a porta, a cúpula em construção (noutra imagem)..

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:53

Força Centrífuga

por baixinho, em 03.10.18

The future is bright - Part 1 Hybris

Uma imagem semelhante a esta habita as minhas memórias desde que me lembro de ler livros. Estava presente num qualquer livro de exploração espacial e sei que tropecei várias vezes nela depois disso. Tropecei também em livros (Rendevouz com Rama) e filmes (Interstellar) em que o mesmo conceito foi explorado.
Portanto ver esta construção do Ralf Langer despoletou sentimentos únicos no meio dos wows relativos à qualidade da construção.
Não sei se será tão impressionante ao vivo, mas que a imagem daria um bom poster, daria.

 

ps. Sim, faltam os espelhos exteriores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds