Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A estrada para o Oeste

por baixinho, em 31.01.19

The Road West

Muitas vezes os MOCs não são apenas técnicas elaboradas, construções majestosas ou peças/minifigs raras. É o caso desta pequena construção de Colin onde a cena retratada facilmente consegue transmitir uma história.

Ahh, sim, adorei aquele telhado bem como o esquema de cores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

50º aniversário do DUPLO! (parte 2 de 5)

por baixinho, em 31.01.19

LEGO DUPLO 50th Anniversary

Para a comemoração do quinquagésimo aniversário da DUPLO, a LEGO disponibilizou algum material sobre a marca. Um desses materiais foi esta imagem com alguns dos passos mais importantes nestes 50 anos de existência.

Claro que a grande característica e novidade da DUPLO é o facto que de alguma forma "está no sistema"*, mas hoje vou concentrar a atenção nas várias minifigs que habitaram os conjuntos DUPLO.

Quando era miúdo cheguei a ter em casa algumas das primeiras (1977), muito provavelmente eram da minha irmã.. mas naquele tempo não havia quantidades para haver os "meus" brinquedos e os brinquedos "dela". O engraçado é que me lembro perfeitamente que o facto de não terem braços ou pernas não eram de alguma maneira problema para as aventuras em que se metiam :)

Já não passei pelas minifiguras seguintes (1983), que são uma boa adaptação das minifigs system à realidade DUPLO. Tinham como grande novidade a cor da pele, muito mais próxima à real. Não, as minifigs system são amarelas não por qualquer problema ético mas porque na altura em que foram desenvolvidas a palete de cores disponíveis na LEGO eram muito mais limitada. De qualquer forma o primeiro contacto que tive com estas minifigs DUPLO já foi perto do fim do período delas, já com a minha filha. Mas disso falarei mais à frente.

Mas voltando atrás a LEGO teve duas incursões que, felizmente, resultaram em fracassos. Primeiro foram aquelas coisas de 1991 que só posso afirmar que eram um passo atrás. Sim, foram desenvolvidas para uma faixa ainda mais nova que os habituais 2-5, mas não consigo gostar delas apesar de relativamente parecidas às de 1977. A seguir são as dolls de 2001. Lançadas num dos períodos mais negros da LEGO, são reflexo do desnorte criativo em que a empresa estava metida na altura. Apesar de terem um sistema vencedor, queria a todo custo aproximar-se de outros brinquedos esquecendo-se das suas próprias origens.

Em 2004** a LEGO fez um notório refit às suas minifigs DUPLO. Lembro-me perfeitamente disso já que a minha filha apanhou a mudança e, portanto, teve figuras dos dois tipos a conviverem alegremente nas mesmas brincadeiras. Sim, para ela eram minifigs iguais e não notava que tinham ligeiras diferenças. No entanto devo notar que as novas são bem mais giras que as antigas e a LEGO foi sublime em fazer com que as alterações não mexessem nos vários pontos de encaixe e mantivesse a proporção geral.

Claro que esta evolução da minifig DUPLO deverá ter feito com que alguns designers da LEGO pensassem se não valeria a pena fazerem algo semelhante com a minifig system. Yah, iria cair o Carmo e a Trindade no mundo AFOL (e não só) se a LEGO fizesse isso. Mas depois de tantas mudanças a que já assisti (inclusive a dos cinzentos e castanhos também em 2004 ou a introdução de cores de pele nas minifigs), pergunto-me se tivessem arredondado as formas da minifig nessa altura, exactamente como fizeram às DUPLO, se hoje não acharíamos que tinha sido uma evolução natural.

E hoje teriamos minifigs mais bonitas...

 

* uma expressão muito utilizada na LEGO.

** engraçado que na imagem não se vê em grande plano nenhuma minifig duplo adulta actual

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30

Heroica Redux, novamente

por baixinho, em 31.01.19

Micro Castle

Kale Frost continua a trabalhar na temática Heroica (como já tínhamos visto aqui) e desta vez não consegui deixar de destacar este WIP. Estou mortinho para ver a versão final e fiquei com vontade de abrir novamente os sets Heroica que tenho em casa. Humm, seria boa ideia experimentar jogá-los novamente?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:56

Em manutenção

por baixinho, em 30.01.19

Maintenance

Não consegui perceber se é um MOC concluído, mas não quis deixar de destacar esta construção do GunnBuilding onde a pequena escala não parece ser problema para tantos pormenores por cm cúbico. Mas nem só de detalhes vive esta construção, já que o invulgar esquema de cores também é bem atraente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Eli, the survivor

por baixinho, em 30.01.19

Eli the Survivor

Esta criação do Leonid An além de estar impecável nas formas gerais, consegue ter pormenores bestiais. Posso começar por destacar a utilização de cinzento antigo, passando pelas lupas vermelhas como óculos e acabando nas geringonças nas costas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:39

Afinal eles não são tão pacíficos como parecem

por baixinho, em 30.01.19

Fabuwars - Brutal Birdie

Andreas Lenander começou uma série bem colorida e bélica intitulada de Fabuwars.

Fabuwars - Bunny Slayer

Já temos dois participantes nesta batalha que tem tudo para ser sangrenta. Apesar do olhar simpático dos tripulantes destas bestas assassinas, não esperem piedade na hora final.

Ahh, tudo indica que aquelas flores vermelhas sejam de sangue...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58

50º aniversário da DUPLO! (parte 1 de 5)

por baixinho, em 29.01.19

Pois, a Duplo faz hoje 50 anos.

Este é, porventura, um dos temas mais estáveis* e ricos da LEGO. Apesar de muitas vezes esquecido pelos AFOLs**, é obrigatório para aqueles que tenham miúdos em casa. É quase um ponto de honra atafulhar os miúdos com peças DUPLO para ver se eles não se esquecem de gostar e venerar a marca LEGO :)

O mais interessante é que apesar de ter como alvo uma faixa etária bem limitada (3, 4 anos de espaço) continua a vender bem. Sinónimo que muitos pais consideram o brinquedo DUPLO (e não só) muito importante para o desenvolvimento das suas crianças. Como profissionalmente estou cada vez mais ligado a essa vertente (a brincadeira como ferramenta pedagógica) vejo com interesse elevado o material que a LEGO produziu para comemorar esta data.

Sendo assim nos próximos dias irei criar quatro pequenos posts sobre o DUPLO. Claro que não só sobre a sua influência na aprendizagem dos mais novos, mas também sobre a história da própria marca.

 

* Durante um par de anos foi renomeado para Explore, mas penso que tanto nós como a LEGO gostariam de esquecer isso...

** Por acaso já vi um display construído com peças DUPLO que na altura faria babar muitos AFOLs construtores de displays system. Sim, isto é DUPLO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:01

Tumble House

por baixinho, em 29.01.19

Tumble House (front)

As construções no standard Micropolis não precisam ser todas prédios e outros volumes de grande dimensão. Podemos também ver obras arquitectónicas como esta casa construída pelo Christian Benito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:43

Triceratops

por baixinho, em 28.01.19

Triceratops LEGO Model

Animais em LEGO (falando em escala minifig) é sempre uma coisa que nunca fico realmente satisfeito. Os brick-built por norma são demasiado "quadradões" para parecerem satisfatórios. Os criados pela LEGO com peças próprias são por norma muito infantis os que os torna ridículos quando os queremos utilizar numa situação mais séria.

Mesmo assim consigo ficar bastante agradado com algumas soluções que os AFOLs vão partilhando, como é o caso desta colecção de dinossauros que o Luis Peña nos mostra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Walkman

por baixinho, em 28.01.19

It's a Sony - no, a Lego!

Se não tive dúvidas em identificar o walkman como uma brilhante construção com peças LEGO, o mesmo não se passou com os auscultadores que ainda tive que olhar duas vezes :)

Excelente construção do Ralf Langer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Washington Monument

por baixinho, em 28.01.19

All the streetlights around the Washington Monument Grounds

Já há meses que sigo o desenrolar dos trabalhos de wrtyler em micro-escala tentando criar uma réplica realística de uma zona em Washington. Apesar de ainda não estar pronto, não consigo resistir em destacar esta imagem deste excelente trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:23

Lampadinha

por baixinho, em 27.01.19

Little Helper 2.0

Sim, o Lampadinha (eterno ajudante do Prof. Pardal) foi um personagem que habitou a minha infância e que acabou por ficar esquecido. No entanto esta construção do Oliver Becker imediatamente fez lembrar-me deste personagem mudo mas cheio de personalidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

Navios, mais navios

por baixinho, em 25.01.19

Haan-class Colonial Aviso

Pode não ser uma tendência com muitos fãs, mas adoro ver navios pré II Guerra Mundial em micro escala (como já destaquei aqui e aqui). O utilizador do Flickr Merrie Monarch tem na sua galeria material que o tornam perito neste tema.

Turret Ironclad Chincha

HMS Kaimiloa (front)

Sim, são todos modelos digitais e isso permitem algumas liberdades que o ABS não dá.

Não são propriamente a minha área, mas adoraria tentar construir um. Agrada-me imenso o esquema de cores e as formas. Bem, talvez depois de terminar os projectos em que estou envolvido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:03

Salmão Rosa

por baixinho, em 24.01.19

Oncorhynchus gorbuscha

Este salmão do Aaron Newman tem a particularidade de apesar ter um aspecto bem LEGO (imensos studs à vista) está bem real e orgánico. Talvez ajude a excelente fotografia e a introdução de água real.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:47

A Grande Onda de Kanagawa

por baixinho, em 24.01.19

Hokusai - Great wave off Kanagawa - right

Além de ser um quadro extremamente conhecido, a Grande Onda de Kanagawa de Hokusai faz lembrar aos ocidentais que a arte não é exclusiva de uma certa região do mundo. Nada que no mundo AFOL já não se saiba, já que é usual termos MOCs vindos um pouco de todo mundo.

Não é bem o caso do koffiemoc, que é holandês, que com esta construção mostra que pode-se ir além do esperado (poderia fazer um simples mosaico) e oferecernos uma visão única e original de um conhecido quadro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:46

Review do 10734 Demolition Site

por baixinho, em 23.01.19

 

Tema: Juniors

Ano de Edição: 2017

Número de Peças/Minifigs: 175/3

Preço LEGO®: 32.99 €

Link Brickset: https://brickset.com/sets/10734-1/Demolition-Site

 

Uma das imensas conversas no Fórum 0937 criou em mim alguma curiosidade nos conjuntos do tema Juniors. Nunca tinha conseguido olhar para este tema já que me fazia lembrar imenso a “juniorização” que a maior parte dos conjuntos LEGO sofreu na passagem do século. Temática que ainda continua a causar bastante celeuma entre os AFOLs.

Mas ouvindo outros AFOLs a descreverem estes conjuntos como interessantes para os miúdos mais novos, fez com que quisesse experimentar comprar um para o Artur.

Depois de comprado, ficou num dos baús de jogos de tabuleiro durante um mês (ou seja, onde o Artur o via quase todos os dias) e só o decidimos abrir quando eu disse que era para ele… é o mal de haver muito LEGO lá por casa que não é para ele. :)

A festa foi imediata já que visualmente a caixa é muito apelativa e os temas de construções são-lhe muitos queridos.

10734 Demolition Site (4)

Confesso que fui abrindo o set com bastantes dúvidas já que mesmo tendo o comprado, não estava convencido quanto à sua qualidade. A primeira impressão não foi muito boa já que o PVP recomendado não é lá muito atraente tendo em conta o número de peças do conjunto. Um PPP de mais de 18 cêntimos é demasiado mesmo tendo em conta as peças gigantes. Aliás, são mesmo essas peças que fazem qualquer AFOL torcer o nariz.

Mas a verdade é que o Artur soltou um wow quando viu essas peças. Penso que porque conseguiu visualizar logo para é que serviam. De qualquer forma o Artur adorou as peças do conjunto já que a maior parte tinham uma utilização evidente mesmo sendo na sua maior parte básicas. Pessoalmente penso que uma boa parte das peças são realmente úteis mas não justificam aquele PPP. De notar que o set, segundo o Brickset, traz três peças exclusivas, mas duvido que hajam AFOLs que se matem por elas.

10734 Demolition Site (5)

A montagem está bem encadeada e foi fácil o Artur seguir.. Com a minha ajuda a separar as peças. Ele praticamente montou o conjunto todo, sendo ajudado apenas em alguns passos mais complexos e a acabar de encaixar as peças até ao fim. Sim, as instruções estão simplificadas ao máximo. As divisões entre as saquetas (três) foi perfeita, porque assim brincou sempre um bocadinho com as partes que entretanto ficavam construídas. Para a idade dele (4) essa parte é importante já que não tem capacidade de fazer a mesma tarefa durante muito tempo. Foi engraçado ouvir do Artur que algumas peças já vinham montadas. Claro que estava a referir-se àquelas peças gigantes que podiam ser facilmente construídas a partir de outras peças. Ah, foi giro notar que um dos veículos tem um painel de controlo que é de aviões!

Depois do conjunto totalmente construído não posso negar que o set é visualmente interessante, claro que descontando o factor de ser um conjunto para miúdos entre os 4 e 7 anos de idade. O esquema de cores é bonito e os veículos e as ruínas funcionam bem em conjunto. No entanto tenho que referir que a cabine do camião fica com um aspecto bem esquisito e aquela retro-escavadora ou lá o que é tem um aspecto geral bem fraco.

10734 Demolition Site (1)

Mas mal aquilo ficou construído o Artur não quis lá muito saber dos aspectos de design e começou a brincar. Manda muro abaixo, transporta casinha para outro lado, leva peças para outro, etc. Até que começou a desmontar tudo para fazer outras coisas.. Parecidas. Já montamos este set há quase uma semana e ele continua a brincar com ele, desmontando, montando, brincando.

Seguem-se as avaliações que, devo notar, são baseadas nas minhas impressões tanto como AFOL como pai

 

As Peças 6/10 (peças úteis mesmo tendo em conta as "juniorizadas", mas mesmo assim com um PPP elevado)

A Construção 8/10 (simples e agradável sendo perfeita para quem está a entrar em system)

O Desenho 8/10 (os modelos são bem reconhecíveis e jogáveis, mas alguns deles poderiam ter sido melhor trabalhados em termos design)

Jogabilidade 9/10 (imensa e penso que facilmente se juntam outras peças)

 

 

É um conjunto que peca mais pelo preço que tem do que propriamente as peças “juniorizadas”. De qualquer forma revela-se excelente para miúdos do pré-escolar sendo bastante fácil de construir e um bom potenciador de brincadeiras.

Conclusão 8/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Ilha

por baixinho, em 23.01.19

The Little Island

Acho que o ForlornEmpire conseguiu por em peças LEGO exactamente a ideia que temos de ilha idílica. 

Claro que o MOC não vale apenas pelo resultado final, estão ali pormenores que puxam mais além as capacidades de algumas peças LEGO. Reparem, por exemplo, no poste da bandeira, na lancha, nos telhados e nas árvores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Os 10 melhores sets LEGO de 2018

por baixinho, em 22.01.19

Como fiz para a lista das 10 melhores peças LEGO de 2018, começo por declarar novamente que estas listagens reflectem os meus gostos e interesses pessoais. Não conheço todos os itens que a LEGO lançou durante o ano, mas tendo em conta a minha experiência, a minha forma de encarar o hobby e a minha análise geral a escolha recai sobre estes 10 sets.

 

Sem qualquer ordem em especial, ficam aqui os 10 sets que a LEGO lançou em 2018 que eu considero mais interessantes.

 

75218 - X-wing Starfighter

Sim, esta é enésima versão que a LEGO lança e que a Comunidade 0937 brilhantemente expôs quase todas na última edição do Arte em peças. Sim, não é propriamente barata para o tamanho que tem. Sim, existe uma versão UCS recente bem mais realista. Sim, muito provavelmente a LEGO vai lançar outra X-Wing nesta gama de preços daqui a uns anos. Mas continua a ser linda, continua a ser extremamente jogável e, acima de tudo, continua a despertar agradáveis memórias a qualquer “jovem” como eu.

Mas claro que a minha escolha não se deve apenas a isto. A LEGO fez um excelente trabalho e está muito bem conseguida para a escala utilizada. Mistura técnicas interessantes com um cuidado na solidez geral que possibilita um fantástico swoosh factor.

Sim, está na minha lista de compras. Duas até, para assim utilizar as duas minifigs :)

 

 

71043 - Hogwarts Castle

Gosto muito deste conjunto, acho que a construção é imponente, muito semelhante ao modelo original e, para quem não liga tanto às aventuras do pequeno feiticeiro, traz imensas peças interessantes. No entanto acho que gostaria de vê-lo sem interiores, para assim melhor apreciar as suas características arquitectónicas. Aqueles interiores podem ser engraçados de ver a esta escala, mas penso que são cansativos e diminuem a imponência do edifício.

Sim, até gostaria de saber qual é a percentagem de compradores deste conjunto que depois realmente brincam com aquelas nanofiguras?

 

31084 - Pirate Roller Coaster

Eu sei que o preferido de todos é o 10261 Roller Coaster, mas eu não consigo deixar de olhar para ele e achar que foi uma oportunidade perdida de fazer algo temático. Algo que a LEGO soube fazer de forma excelente neste Pirate Roller Coaster. O set tem um preço relativamente comportável; não é motorizado, mas está impecável para ser “jogável”; tem duas construções alternativas muito interessantes; é excelente para fazer modificações e aumentos; aplaca a nostalgia de muita gente com uma representação bem interessante do tema Piratas ao estilo do final dos anos 80 e traz peças muito interessantes.. Incluindo os novos carris em cinzento!!

 

10260 - Downtown Diner

O aspecto deste set foi e ainda é algo que sobressalta muitos AFOLs fãs dos modulares. Tem formas, linhas e estilos que saem um bocado fora do que a LEGO nos habituou nesta série. No entanto este conjunto é uma caixinha de surpresas e penso que é para ser bem apreciado por um AFOL entendedor. Construí-lo e vê-lo a crescer através das mais variadas e rebuscadas técnicas é como beber um bom vinho. Um deleite que deve crescer calmamente e sem pressas para melhor apreciar cada ponto deste magnífico set.

Ok, como escrevi no início, eu sei que o resultado final tem um estilo não muito apreciado, mas olhem para ele como uma garrafa de vinho com um design fraco e que depois se revela algo excelente para um connoisseur.

 

42077 - Rally Car

Não podia deixar passar em branco um tema tão apreciado e importante como o Technic. Depois de ter andado a ver cada um dos sets, não posso negar que a originalidade do 42074 Racing Yacht e a beleza 42083 Bugatti Chiron são bem atractivas. No entanto acabei por escolher este Rally Car por achar que por um preço relativamente mais acessível alia três características importantes de forma bem satisfatória. Beleza, complexidade e jogabilidade.

Além disso tudo, não é apenas mais uma máquina de trabalho que a LEGO lança neste tema. Atenção, não quero dizer com isto que acho que a LEGO não deveria lançar tantas máquinas neste tema. São o âmago do tema, mas acho que estes sets diferentes dão mais vida ao Technic.

 

10713 - Creative Suitcase

Quando abri este conjunto, para fazer uma análise inserido numa série reviews de sets de 20 euros, fiquei maravilhado com as possibilidades que apresentava. Não era um mero conjunto onde a atenção se centrava na maleta, mas um conjunto com o seu próprio valor. A maleta é que era o extra.

Aqui em casa fez as delícias do Artur durante semanas e despertou tanto o meu interesse que depois fiz uma série de reviews centrada apenas no tema Classic. Resultado, agora o Artur brinca regularmente com LEGO System à custa deste set e de alguns outros do mesmo tema. Quando, por exemplo, vai passar uns dias à casa da avó, é garantido que a maleta será cheia com peças para brincar enquanto está fora.

 

21313 - Ship in a Bottle

Este set do Ideas foi desenhado pelo português Tiago Catarino que fez hastear a bandeira do nosso país de modo nada subtil no navio. Não deve ser nada difícil imaginar que desenhar este conjunto deve ter sido um bom quebra-cabeças tendo em conta os parâmetros que a LEGO obriga. Mesmo assim o resultado é extremamente bonito de ver e aposto que nunca ninguém tinha imaginado a LEGO lançar um conjunto semelhante (aí o mérito é do autor original, Jake Sadovich).

 

31076 - Daredevil Stunt Plane

Eu sei, é pequeno e passa despercebido entre tantos matulões que a LEGO lança directamente para os anseios dos adultos acumuladores de sets. No entanto quando fiz o review dele (aqui) senti exactamente o que escrevi na altura, “este é daqueles conjuntos que respira o conceito LEGO por todos os lados”. Pequenito, versátil, peças muito boas, construção muito interessante e que tanto as peças como os modelos são facilmente integráveis noutras situações.

Na altura dei o conjunto (e pelo que sei o miúdo adorou) e fiquei mesmo com a sensação que seria uma prenda perfeita para crianças do primeiro ciclo.

Sim, agora se calhar gostaria de ter um para mim… claro que para peças.

 

70657 - NINJAGO City Docks

Acho que nem a própria LEGO imaginava o sucesso em que o tema NinjaGo se tornou. O filme foi a confirmação (ok, esse não foi bem um sucesso) que o tema se tornou incontornável no mundo LEGO e que deu origem a imensos sets. Um deles foi o aclamado 70620 NinjaGo City e com o seu sucesso a LEGO não se fez arrogada e, de forma muito semelhante aos modulares, editou este City Docks que o acompanha. O conjunto está recheado de vários pormenores que o colocam ao mesmo nível que os modulares. Aliás, segue mesmo a linha de utilizar técnicas e peças incomuns tornando-o apetecível para os pessoal que gosta de aprender técnicas novas. Apesar de um aspecto mais fantasioso, está detalhado o suficiente e facilmente se pode tornar em algo mais “sério”. Pena não haver previsões que a LEGO vá continuar com esta linha de modulares NinjaGo. :/

 

41193 - Aira & the Song of the Wind Dragon

Não podia deixar de destacar um set direccionado mais para um público feminino e ao fazê-lo não podia esquecer que 2018 foi o último ano de Elves. Para muitos o único tema actual com laivos de medieval da LEGO e que, também, nunca foi muito consensual já que a fantasia infantil era demasiado evidente.

Este conjunto tem algumas particularidades que o tornam bastante interessante para o preço que tem. Destaco essencialmente a casa (adoro as cores) e os vários gadgets que fazem com que se torne atractivo em termos de jogabilidade. Sim, sou praticamente cego em relação à presença das minidolls e respectivos animais de estimação.

 

Claro que esta lista é muito pessoal e sei que deixei muitos sets exclusivos, grandes e por vezes licenciados, de fora. Mas não consigo deixar de dar valor a conjuntos dos temas mais vulgares que muitas vezes tem muitas características interessantes de forma bem concentrada e a um preço mais acessível. Sendo assim, tentei abarcar o máximo de temas, faixas de preços e tipos de sets nesta pequena lista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Construir rochedos com peças LEGO

por baixinho, em 22.01.19

A Guide To: Rockwork Techniques

Tenho que me habituar que agora cada vez mais se usa o vídeo para tutorias e não os textos ilustrados de "passo a passo". Claro que pessoalmente prefiro os textos com fotografias, mas a moda são mesmo os vídeos e não posso ignorar que alguns deles são muito bons.

Este criado pelo Ben Cossy é bem interessante para quem vai fazer rochedos pela primeira vez. Não entra muito nas técnicas avançadas, mas dá bons conselhos para iniciantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Cuba Hotel

por baixinho, em 21.01.19

Cuba Hotel

A qualidade das construções do Łukasz Libuszewski já é bem conhecida, portanto não vale a pena andar a descrever todos os pormenores que esta construção tem. Basta dizer que segue a mesma linha que alguns dos últimos modulares tem seguido, levar ao limite a utilização e peças em situações incomuns.

Ahh, sim, a construção é digital. Mas os trabalhos de Łukasz são conhecidos por serem passíveis de passar ara ABS.

ps. Sim, eu reparei na miúda a olhar para nós no segundo andar. Priceless.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:25

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds