Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Review do 60228 Deep Space Rocket And Launch Control

por baixinho, em 20.08.19

60228 Deep Space Rocket And Launch Control (8)

Tema: City

Ano de Edição: 2019

Número de Peças/Minifigs: 837/7

Preço LEGO®: 109.99€ (99.99€ na Alemanha)

Link Brickset: https://brickset.com/sets/60228-1/Deep-Space-Rocket-and-Launch-Control

O último review desta série é dedicado ao segundo maior conjunto do tema e, talvez, aquele que pode chamar mais a atenção aos AFOLs devido à evidente presença de segmentos dos novos carris em LBG.

À semelhança dos restantes conjuntos do tema, o PPP não é nada simpático situando-se acima dos 13 cêntimos. Preço que pode ser parcialmente justificado pela presença de sete minifigs, várias peças de grandes dimensões e algumas exclusivas ou semi-exclusivas. Destaco a 6269132 que está mesmo a pedir para ser utilizada num qualquer projecto espacial, as duas unidades da 26021 em azul (penso que para já é a cor mais interessante desta peça), duas unidades do domo 4x4 em branco (35320) e, claro, três unidades em cinzento claro do segmento maior de recta, a 25059. Os minifigs contam com a presença de um casal de astronautas, quatro elementos do pessoal de terra e um robô em rodas bastante interessante. Aliás, devo referir que todos os robôs deste tema são interessantes. Alguns minifigs são exclusivos deste set, mas sem ter qualquer peça exclusiva.

60228 Deep Space Rocket And Launch Control (14)

A construção desenrola-se durante oito fases (sete livros já que a sexta e sétima fase estão no mesmo). Na primeira são montados dois minifigs, um pedaço da superfície de um qualquer planeta ou lua, o robô e um veículo que definitivamente não pode ser utilizado no pedaço acima citado já que é bem maior. Adorei a construção e desenho do robô. O veículo apesar de ser relativamente interessante, muito devido à forma como se movimenta e à presença do braço mecânico, parece incompleto não só pela presença de inestéticos studs como pelo facto dos suportes das rodas ficarem soltos (na vertical). A segunda fase compreende a astronauta, um telescópio espacial e a cápsula que será colocada no topo do foguetão. O satélite telescópio é uma boa surpresa já que a presença da lupa dá um efeito engraçado que o meu filho adorou. Fiquei também agradado com a construção e desenho da cápsula (algo parecida com algumas Millennium Falcons) onde aponto apenas uma falha, só dá para colocar um astronauta. Sim, adoro a peça impressa e várias delas dariam jeito para um bom display temático. Na terceira fase constrói-se a secção inferior do foguetão. Sim, também me perguntei porque é que se passou do topo para o fundo sem se dar cavaco à parte intermédia. A construção é relativamente linear onde são criados três espaços interiores. O maior foi logo utilizado pelo meu filho para colocar o segundo astronauta. É espaçoso mas bem espartano. O segundo espaço (na parte inferior) intrigou-me mas a sua utilidade foi explicada numa das fases seguintes (serve para estabilizar o foguetão na plataforma de lançamento). O terceiro espaço (na parte superior desta secção) ficou por explicar e o mais provável é que seja um vazio da estrutura que ficaria dispendioso preencher. Pessoalmente e como gosto de aproveitar todos os cantos, é uma oportunidade desperdiçada. Gostei dos pequenos foguetes na parte inferior. Na quarta fase temos finalmente a oportunidade de construir a secção intermédia bem como os dois boosters laterais. A secção central é simples e com porão semelhante ao da secção inferior. Tem algumas peças no interior para acomodar convenientemente o telescópio espacial construído na segunda fase. Os boosters laterais não acrescentam grandes novidades mas cumprem a função. Ao fim desta fase monta-se o foguetão inteiro e apesar de ter alguma imponência tem um aspecto talvez de demasiado “brinquedo”. No entanto gosto da presença de dois porões de transporte (os quais o meu filho tem alguma dificuldade em abrir) e, como disse acima, da cápsula apenas me posso queixar do espaço para um astronauta. A construção da base de lançamento do foguetão revelou-se mais interessante do que suponha já que inclui um gadget com um efeito bem porreiro. As torres de suporte descaem quando o foguetão descola.

60228 Deep Space Rocket And Launch Control (9)

A sexta e sétima fase concentram-se na construção do centro de controle. Não tinha grandes expectativas quanto a esta secção do conjunto (sim, confesso que o meu grande interesse neste tema é a parte espacial!) mas a adição de meios para uma maior jogabilidade é notória. A sala de controle é relativamente espartana apesar da presença de duas secretárias com os respectivos computadores. A cobertura de vidro sai facilmente apesar de ter ficado com um extras inestéticos na parte da frente em baixo. No entanto as estrelas vão para o grande ecrã composto por dois 35286 transparentes onde são aplicados dois grandes autocolantes. Com esses autocolantes e com dois pequenos gadgets que ficam nas traseiras, são criados pequenos e engraçados movimentos que podem ser vistos nos ecrãs. Duvido que uma criança brinque muito tempo com estes efeitos, mas o resultado é mesmo muito bom. Mas se não for suficiente, a construção permite a colocação de um smartphone e existe uma app para animar as coisas. O meu filho ficou colado um bom tempo já que lhe dava vida à construção. A principal função da aplicação (tem várias) é servir de fundo (sonoro e de imagem) para o centro de controle sem necessitar de qualquer interacção.60228 Deep Space Rocket And Launch Control (6)

A oitava e última fase limita-se à construção dos tão esperados carris e dos dois vagões que o percorrem. Apesar de simples, acrescenta imenso à jogabilidade do conjunto. Não é a primeira vez que construo algo com estes carris e ainda continuo a ficar maravilhado com a suavidade que os vagões se deslocam. Por fim devo destacar que o conjunto disponibiliza uma variedade interessante de situações que despoletam oportunidades de brincadeira. Temos o foguetão com a sua cápsula, porões e secções destacáveis; uma base de lançamento com um efeito divertido; o veículo de testes que apesar de não não poder ser transportado pelo foguetão, serve sempre para algumas tarefas; os vários minifigs e um bem interessante e robô; um centro de controle que acrescenta uma nova dimensão à brincadeira da exploração espacial; e por fim um pequeno segmento de carris que pode servir para várias aventuras.

As Peças 7/10 (PPP algo caro)

A Construção 7/10 (agradável mas sem brilhar)

O Desenho 7/10 (competente com bons pormenores)

Jogabilidade 9/10 (variada e cheia de potencialidades)

60228 Deep Space Rocket And Launch Control (15)

Apesar de um pouco caro, o set oferece bastante jogabilidade com um design competente mas que não brilha. Este e o 60229 podem ser considerados um pouco redundantes entre si.

Conclusão 7/10


(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Computadores antigos

por baixinho, em 20.08.19

Vintage Computer Room

Aqui está uma representação que facilmente nos remete para filmes e documentários dos anos 60/70 onde aparecem computadores. Gosto particularmente da cadeira, monitores, bobinas e de alguns bricks com letras e números que são mesmo daquela época!

Não podia deixar de destacar outro trabalho do Johan "Jalex" Alexanderson também representando algo nostálgico. Uma sala dos anos 70 com uma nova adição, um televisor!

A family has bought a new TV during the 70s

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds