Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



2020, um ano em revista

por baixinho, em 31.12.20

Pelas razões que toda a gente conhece, este ano foi diferente de tudo o que se estava à espera. Não vou debruçar-me particularmente sobre a pandemia, mas é lógico que muito do que aqui vou escrever tenha sido afectado por esse fenómeno.

Tudo indicava que ia ser um ano normal, exactamente como eu estava a prever no final deste artigo. Nos dois primeiros meses as coisas estavam a ir normalmente e até posso destacar a minha participação em duas iniciativas onde misturo as peças LEGO com outro dos meus hobbies, os jogos de tabuleiro. Dinamizei dois pequenos concursos/workshops, primeiro no café A Jogar É que a Gente se Entende durante o mês de Janeiro e logo a seguir nos primeiros dias de Fevereiro na convenção de jogos de tabuleiro em Viana do Castelo.

CB na VianaCon 2020 5

Mais ou menos na mesma altura apareceu um artigo sobre mim no Jornal de Notícias. Apesar de ser muito resumido, dá uma visão geral bastante simpática da minha relação com as peças LEGO. 

Então chegamos a Março e as coisas ficaram diferentes. Bem diferentes. A nível profissional tive uma viragem de 180º já que o meu trabalho baseava-se essencialmente em actividades presenciais. O resultado foi direccionar uma boa parte das actividades da Caixa de Brinquedos para o mundo online. Ao nível do hobby foi esquisito. Durante o confinamento tinha imensas peças em casa, mas primeiro há que realçar que estavam completamente desorganizadas. Depois de semanas a organizá-las, o resultado foi relativamente deficiente. Claro que serviu para criar algumas coisas para o trabalho mas não chegou a ser suficiente para criar algo como deve de ser para mim. Em termos online já foi diferente. O blog tornou-se mais regular e tive a oportunidade de abraçar dois projectos que me são bem queridos. O primeiro é o podcast Conversas em Construção em parceria do João Rodrigues da Play Well Portugal (que ultimamente tem sido substituído pela Rita Caré) e do Tiago Catarino que não necessita de grandes apresentações. Neste projecto vamos fazendo alguns episódios em podcast que mais não são gravações de conversas de entusiastas das peças LEGO. Pessoalmente acho que tem resultado em episódios bem interessantes e, segundo o que conheço, é iniciativa única em português no hobby . O segundo é um anseio que já tinha há já algum tempo. Um canal de Youtube. Durante anos queixei-me que não havia praticamente nada em termos de conteúdos em português sobre LEGO no Youtube. Assim decidi dar o meu contributo e avançar com um canal próprio. Confesso que este passo foi dado um pouco porque o meu amigo Pedro Felício decidiu ele próprio também avançar com um canal próprio, claro que sobre Jogos de Tabuleiro Moderno. Sinto sempre alguma inveja do pessoal dos jogos de tabuleiro quanto a isto, já que existem bastantes canais de Youtube com conteúdos em português, alguns deles bastante bons e que sigo religiosamente. É pena e até algo incompreensível que o mesmo não aconteça com o LEGO. Espero que este meu avanço contribua para o aparecimento de alguns canais deste meio de comunicação já bastante estabelecido.

Claro que o canal tem dado imenso trabalho. Apesar de academicamente ser da área de informática, sou completamente verde em multimédia. Mas lá fui aprendendo e neste momento já produzi 61 vídeos! Estes vídeos resumem-se a três tipos. Abrir e Montar, Analisar e Desconstruir. Os dois primeiros tipos são relacionados com os sets LEGO e de certa forma acompanham os meus tradicionais reviews. No último faço a explicação de alguns dos meus MOCs. Tenho mais outros tipos de vídeos na manga, mas ainda não tive tempo de os pôr em prática.

Mas por falar em reviews, acho que este ano exagerei já que fiz mais de 50. Adoro fazer reviews mas decididamente tenho que diminuir um pouco a cadência, já que afecta todo o meu hobby. Conto este ano baixar um pouco o ritmo.

A Peculiar Estalagem da D. Gertrudes 2

É que pretendo começar a ser mais regular na construção de MOCs. Este ano consegui colocar o meu stock de peças de LEGO mais ou menos organizado num espaço emprestado. Claro que não é o mesmo que estar em casa, mas pelo menos posso estar uma horitas por semana na organização das peças e fazer um ou outro MOC. Este ano apresentei oito construções originais, um verdadeiro feito tendo em conta o panorama dos anos anteriores. Claro que nenhuma delas de grande dimensão, mas todas deram-me imenso prazer em criar. Quero mesmo ver se em 2021 consigo ter um ritmo de pelo menos um MOC mensal. Aos oito MOCs deste ano devo somar todas as criações originais que fiz em contexto de trabalho, assim já posso dizer que foi um ano muito produtivo.

Mas o hobby não se limita apenas aos feitos individuais. Tenho estado regularmente na oficina da 0937 com o Venceslau Teixeira e com o Miguel Guerreiro. Por norma a terça à noite é reservada para estar com eles os dois a separar/organizar peças e até fazer uma ou outra construção. Boas alturas para por a conversa em dia, seja a partilhar novidades do mundo LEGO ou a discutir aquela técnica especial.

Devo falar também na minha participação no Arte em Peças deste ano que deu uma trabalheira descomunal. A ideia de passar a exposição para as montras da vila de Paredes de Coura resultou num efeito muito giro e envolvente. Um formato que penso que ainda pode crescer imenso.

Por fim devo referir que para mim o grande acontecimento LEGO deste ano foi a empresa ter criado a “marca” 18+. A cadência de sets para adultos além de ter aumentado em quantidade, aumentou também a variedade de tipos e mesmo a qualidade de técnicas utilizadas. Claro que muitos destes conjuntos não são propriamente para AFOLs, no entanto sinto que a comunidade não tem sido esquecida e que começam a ser tantos os conjuntos interessantes que é praticamente impossível tê-los todos.

Portanto a ver se para o ano a normalidade regresse e com isso que o hobby fique fortalecido.

Bom ano a todos!!

 

Ficam aqui o link para outros anos em revista: 2008, 2009, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2019.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds