Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


The LEGO Movie 2 - Opinião

por baixinho, em 06.01.20

The LEGO Movie 2 - Microscale Spaceships

Vi ontem o The LEGO Movie 2.

Yeps, sou um desnaturado. Mas a verdade é que depois do entusiasmo inicial com o primeiro filme, o interesse diminuiu imenso. Talvez para isso tenha contribuído um argumento que até estava muito interessante mas que a execução torna-se um muito irritante depois de se ver duas ou três vezes devido à acção demasiada eléctrica.

No segundo a acção deixa de ser tão eléctrica para quase entrar numa onda de musical pop.. o que sinceramente ainda me desagrada mais. O argumento é mais rebuscado e duvido que os mais novos o entendam. Gosto das mil e uma referências à cultura pop que fazem empalidecer até uma Comic Con mas não são suficientes para tornar filme interessante.

No fundo é um filme engraçado para AFOLs mas duvido que cause grande interesse aos interessados na sétima arte.

Imagem de BrickinNick.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:14

Monstrinho

por baixinho, em 05.01.20

Rock Raiders - UCS Rock Monster

Este monstrinho é facilmente reconhecível por qualquer AFOL já que é uma versão gigante de um habitante das profundezas exploradas pelos Rock Raiders, tema LEGO do final do século passado.

Não lhe chamaria propriamente um clássico como o caracterizou o autor, Peter Carmichael da dupla SP Design.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:05

OKZ Nachtigall

por baixinho, em 04.01.20

"OKZ Nachtigall" orbital comms relay

MOC de Onkel Ton construído apenas com as peças do excelente 10266.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:26

Raposa de nove caudas

por baixinho, em 03.01.20

Kyuubi no Kitsune (Japanese Nine-tailed Fox)

Se não fosse o pormenor das nove caudas, iria pensar que a Jessica Farrell estaria a representar a raposa que andar a rondar aqui a casa que deve andar bem redondinha com o cordeiro que abocanhou no outro dia  :)

Como sempre a construção da Jessica é brilhante. Fico sempre maravilhado com a forma como ela distribui os vários componentes pelo MOC e utiliza técnicas variadas. Aliás, é mesmo neste ponto que a Jessica é brilhante, não se coíbe de utilizar técnicas simples onde elas são eficazes (água, terreno e vegetação) para depois ir ao limite onde é necessário (raposa).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Inverno Russo

por baixinho, em 03.01.20

DSCN9165

Este gigantesco mech situado algures num início de século XX alternativo fez lembrar-me a arte que acompanha um jogo de tabuleiro bastante conhecido, o Scythe. Ao seguir a galeria do autor, ::baz::, dei com esta imagem que aumenta ainda mais a minha crença que é baseado no jogo. Como só o joguei duas vezes não me lembro de todas as imagens que aparecem no jogo, mas que está em linha com o que conheço, está.

DSCN9149-2

De qualquer forma a construção está muito interessante apesar de as fotos pedirem mais qualidade. Gosto especialmente da imponência do mech, da desolação da paisagem e da disposição dos minifigs.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:44

Ilhas Imaginárias

por baixinho, em 02.01.20

The Imaginary islands

Esta construção do ForlornEmpire inspira não só beleza mas também uma sensação de um futuro melhor. Claro que podemos indagar de onde vem aquela água toda, mas o que isso interessa quando o efeito é lindo?

Bom 2020!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32

2019, um ano LEGO em revista

por baixinho, em 31.12.19

Arte em Peças 2019 | Paredes de Coura | Montagem

Fazer um resumo do ano que está a terminar é sempre um exercício interessante. A memória não é nada linear e alguns acontecimentos surgem mais vivos que outros. Já cheguei à conclusão que não é a importância que os classifica mas muitas vezes a conjunção de várias pequenas características e sensações que fazem com que esses acontecimentos sejam mais facilmente recordados que outros.

Isto apenas para dizer que sim, nesta pequena revisão do ano inadvertidamente vou esquecer-me de relatar algumas coisas, outras até propositadamente. O ano foi tão intenso em LEGO que seria impossível escrever sobre tudo.

Primeiro a minha ligação à Caixa de Brinquedos em Paredes de Coura(1) torna o LEGO presente em praticamente tudo o que faço profissionalmente. Pode parecer chato tornar o nosso hobby numa profissão, mas na verdade não é bem assim. As minhas funções são bem diferentes do que eu faço no hobby, a parte comum é apenas a ferramenta, neste caso as peças LEGO. Sinto-me muitas vezes mais próximo da minha antiga profissão (professor) do que a posição de um designer instalado nas terras Danesas.

Há um encanto próprio nessas funções. Neste ano a minha percepção do que é um brinquedo de construção evoluiu imenso. Observar a forma como as crianças e até adultos interagem com as peças LEGO fez-me descobrir algumas particularidades deste brinquedo. Algumas já suspeitava, outras foram uma descoberta. Isso fez-me evoluir principalmente profissionalmente já que, por exemplo, alterei bastante a forma como preparo os workshops, como planeio novas actividades e até como converso com as crianças e/ou adultos quando lhes explico algo relacionado com as peças LEGO.

A versatilidade das peças LEGO tem uma potencialidade enorme a nível lúdico/pedagógico mas cada vez fico mais deslumbrado com a força da primeira parte desta equação. As peças LEGO são, acima de tudo, um brinquedo, um brinquedo de construção. Perder a noção disso é simplesmente esquecer a sua função primordial e a base de todo este fenómeno. Tudo o resto são efeitos secundários do brinquedo em si.

Arte em Peças 2019 | Paredes de Coura | Montagem

Chegar a estas conclusões serve de ligação ao segundo ponto desta revista.

A LEGO mais uma vez apresentou lucros, mais uma vez assinalou um qualquer aniversário e mais uma vez afirmou que está na crista da onda devido a isto ou aquilo. Mas também está cada vez mais longe de uma das premissas que a salvou da falência há década e meia atrás. O back to the basics.

Sim, continuam a serem lançados conjuntos que são LEGO de uma ponta à outra. Mas são cada vez mais os conjuntos que, pessoalmente, não os consigo ver como um brinquedo de construção.

Sim, isto não é de agora. A aposta da LEGO na jogabilidade, no coleccionismo(2), nas luzes da ribalta que brilham em alguns temas licenciados e noutras coisas que não são de todo essenciais no brinquedo de construção, vem crescendo ao longo das últimas décadas.

No entanto foi durante este ano que senti que estamos a chegar a uma espécie de ponto de não retorno. A descaracterização da LEGO como brinquedo de construção já começa a ser tão grande que está a criar um espaço vazio na oferta de conjuntos com características que antes víamos apenas na marca.

Sim, no futuro esse espaço vai ser tão aliciante que acabará por ser ocupado.

Sim, eu sei que a LEGO continua a ser cada vez mais popular, que se ignorarmos alguns temas continua a lançar sets(3) cada vez maiores e impressionantes e que, acima de tudo, continua a ter lucros. Provavelmente é esse último factor que a faz trilhar os caminhos que me assustam.

No entanto a LEGO não se esquece dos AFOLs e a compra do Bricklink é provavelmente a maior prova disso mesmo. Muito se especula das reais intenções e de como isso vai afectar todo ecossistema deste hobby. As variáveis são tantas que neste momento desisti de qualquer futurologia e apenas vou estando atento conforme os efeitos vão surgindo.

Mas deixando de lado estas macro considerações sobre o hobby e mergulhando nas micro considerações, o meu filho está cada vez mais perito com peças LEGO. A facilidade com que interpreta as instruções e a destreza para criar algumas formas com as peças LEGO fazem com que o olhe com bastante orgulho. Claro que também adora as minifigs (principalmente as de super-heróis) e claro que também devora episódios NinjaGo no Netflix. Mas penso que estas divagações ainda estão dentro dos limites do controlável :D

Pessoalmente continuo sem LegOficina em casa. Isso faz com que o hobby esteja numa espécie de letargia onde aqui o blog é que vai aguentando as pontas. O blog que continua a incidir principalmente em destaques de construções alheias, algo que não era de todo o objectivo principal. No entanto também é verdade que na impossibilidade de andar a brincar com as peças LEGO faz com que invista mais tempo vendo o que os AFOLs vão fazendo, principalmente através do Flickr.

Claro que vou construindo e analisando sets e estando atento às evoluções do fenómeno AFOL, mas vinte anos de hobby fazem com que muitas vezes desvalorize muitos dos acontecimentos.

Talvez por isso não esteja tão expectante quanto ao novo ano quanto ao hobby LEGO. Com certeza que, fruto da minha profissão, afinarei mais a minha visão do brinquedo de construção LEGO, com certeza que ainda estarei à espera da minha LegOficina e com certeza que continuarei com destaques, reviews e algumas divagações pontuais aqui no blog.

 

Ficam aqui o link para outros anos em revista: 2008, 2009, 2013, 2014, 2015 e 2017.

As imagens foram retiradas desta galeria do Ricardo "Biczzz" Prates com fotografias da montagem décima edição do Arte em Peças em Paredes de Coura.

 

(1) Podem seguir algumas da actividades da Caixa de Brinquedos através do Instagram: https://www.instagram.com/caixadebrinquedos_pdc/

(2) Segundo o Brickset este ano a LEGO lançou mais novas minifigs (843) que sets (792)!! Então, é um brinquedo de construção ou de action-figures?

(3) Como é hábito, daqui a uns dias devo escrever um post com os melhores sets e peças do ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:28

Sónia Vermelha

por baixinho, em 31.12.19

Red Sonja

Não sou tão esclarecido assim para poder afirmar com certeza, mas parece-me que é possivelmente a primeira personagem feminista da banda desenhada :D

Claro que podem sempre refutar que as suas vestimentas indicam uma visão muito machista de uma heroína bárbara, mas que é uma mulher de armas, é.

Construção brilhante do brilhante Letranger Absurde que continua a levar ao limite as peças LEGO em construções bem originais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:18

Interplanetary Expedition Alliance ship Vanguard

por baixinho, em 30.12.19

I.E.A. Vanguard

O autor deste MOC, Chris Malloy, refere que esta nave espacial está desenhada como realmente poderá parecer uma quando for a altura de viajar pelo nosso sistema solar. Bem mais complexa que a antiguinha Discovery do 2001, Odisseia no Espaço, é também verdade que o conhecimento avançou imenso desde a altura que o Arthur C. Clarke decidiu levar alguns dos seus personagens a dar uma volta pelo sistema solar.

Sim, no livro os personagens vão até a uma das luas de Saturno enquanto no filme ficam-se pela órbita de Júpiter. Kubrick achou que assim o argumento ficaria mais simples... :)

Mas parando de divagar à volta daquele incontornável filme/livro, esta construção é daquelas que não me importava de ter algures na minha futura LegOficina. Não seriam poucas a vezes que me iria imaginar algures nela.

Ou nela algures.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38

Colagens 2019

por baixinho, em 29.12.19

Norton74 2019 Line-up

2019 está a acabar e como é hábito o pessoal faz umas colagens com imagens dos MOCs que construiu e/ou apresentou ao longo do ano.

2019 in review

Além de ser interessante ver estas retrospectivas rápidas, é engraçado verificar o estilo de construção em que em alguns casos é notoriamente vincado.

2019 Eínon´s MOCs

Se gostarem deste exercício aconselho a seguir este grupo no Flickr!

Não, não fiz a minha colagem.. iria ter apenas um pequeno MOC :)
Mas já cheguei a fazer noutros anos. Aqui, aqui e aqui e provavelmente até terei outros que não encontrei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

Alerta!

por baixinho, em 29.12.19

Alert!

Sim, sou grande admirador destas edições fotográficas que colocam construções LEGO em cenários realistas. Por isso que fico encantado em navegar pela galeria do Cyh Naan onde várias criações Star Wars estão tão bem ambientadas.

See you Gold Squadron

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:31

A Cidade (outra vez)

por baixinho, em 28.12.19

Microville 2020 - vue d'ensemble

Já tinha falado da Microville do Christophe Pujaletplaa em Abril (aqui) mas não podia deixar de destacar mais esta fotografia deste grandioso e massivo projecto.

Como disse antes, bem melhor que jogar SimCity ou um qualquer dos seus derivados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:53

Through the Ages - A New Story of Civilization em LEGO!

por baixinho, em 27.12.19

Depois de ter praticamente abandonado os jogos de computador em detrimento dos de tabuleiro, não demorou muito tempo a começar a gostar de temas semelhantes no jogos em cima da mesa aos que encontrava no ecrã.. ou seja, do género do Civilization do Sid Meier.

O Through the Ages é provavelmente um dos jogos mais interessantes desse género e por ser um pouco difícil de ir à mesa (+ de 3 horas de jogo) lá faço uma batotice de vez em quando e jogo-o no computador. Ou pior, no telemóvel. :)

Hoje um amigo enviou-me um link para uma publicação da editora deste jogo que me captou logo a atenção. Alguém tinha construído algumas das "maravilhas" (yeps, exactamente como o Sid fazia) com peças LEGO.

Ahh, e o efeito estava mesmo muito bom!

Algumas delas são facilmente reconhecíveis e estão numa escala bastante óptima para ficarem bem em qualquer secretária.

Ou mesa de jogo :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52

Review do 40375 Botanical Accessories

por baixinho, em 27.12.19

40376 Botanical Accessories 1

Tema: xtra

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 32/-

Preço LEGO®: ?.??€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/40376

Quando abri a encomenda e vi este polybag pensei: "agora é que vai ser". É que os meus anteriores reviews do tema xtra não foram nada de especial (aqui, aqui e aqui), mas este tão verdinho prometia estar mais em sintonia com os meus gostos.

Não vou tecer muitos comentários quanto ao número de peças, já que merecia mais uma boa quantidade delas para tornar o PPP interessante. No entanto também tenho que referir que praticamente todas as peças são interessantes e úteis.

"Praticamente"? Todas!!

São árvores, flores, folhas mas também cercas, meio-arcos, jumpers 2x2 e plates arredondadas. Sim, coloco no plural que este conjunto pede mesmo que se compre várias unidades.

40376 Botanical Accessories 2

É que este conjunto é um must have para muitas construções já que pode complementar algumas das folhagens que temos lá para casa ou mesmo, com várias unidades, ser suficiente para ajardinarmos um pequeno chalet.

Por isso considero este o melhor dos xtras já que além de ser mais genérico, é daqueles em que as peças não vão esperar muito para entrarem numa qualquer construção.

Conclusão 9/10

 

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:41

Presidente

por baixinho, em 26.12.19

The Portrait of the President

Esta construção do Eero Okkonenn englobada no Parts Festival promovido pelo New Elementary torna não só original a utilização das peças na moldura mas como todo o conceito em si. Gosto particularmente do pormenor das plates da moldura ao contrário, dos óculos e, claro, a cara bem realista do presidente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:12

Review do 40375 Sports Accessories

por baixinho, em 26.12.19

40375 Sports Accessories 1

Tema: xtra

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 36/-

Preço LEGO®: ?.??€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/40375-1/Sports-Accessories

Um pouco inesperadamente recebi este e o mano 40376 para uma pequena análise de final de ano. Apesar de achar imensa piada a estes conjuntos de peças extra, a verdade é que os meus reviews anteriores de polybags deste tema (aqui e aqui) foram apenas satisfatórios.

Em termos de preço por peça o já esperado. Algo caro para um conjunto que pretende ser constituído apenas por peças que complementam outras construções. Uma parte significativa das peças são acessórios de minifig relacionados de algum modo com o desporto. A generalidade deles até desportos de inverno. Com uma utilidade assim tão específica, torna a sua utização algo limitada. No entanto também devo referir que alguns dos componentes do polybag são de utilização bem genérica, portanto muito mais úteis.

Achei curioso que o pequeno folheto contêm as instruções para a mesa com o alvo mas não para as balizas. Sim, são simples de construir, mas também digo o mesmo do alvo :)

40375 Sports Accessories 2

As 5 peças da direita são extra. Normalmente não ligo a isso, mas neste pequeno set parecem-se significativas.

O conjunto peca de algum modo por ser demasiado específico com algumas das peças, no entanto devo também referir que praticamente tem tudo para alguns dos desportos representados.

Conclusão 7/10

 

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:41

Pegasus

por baixinho, em 26.12.19

Pegasus

Brilhante construção do Grantmasters que segue muito a linha de um MOC do mesmo autor que destaquei aqui há já quase dois anos. No entanto este além de uma melhoria geral, tem as asas que lhe adicionam não só espectacularidade como também um ambiente mais mítico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58

Presépio

por baixinho, em 24.12.19

LEGO The Birth of Jesus 耶穌降生

Estamos naquela época em que é difícil evitar construções celebrando de algum modo o Natal. Por isso não consegui resistir e aqui está uma que tem uma aproximação bem interessante ao tema.

Construído pelo alanboar que, como eu, deve desejar boas festas a todos! :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34

Roma Antiga

por baixinho, em 23.12.19

SPQR - Imperial Rome

Há uns dias atrás quando vi este MOC no Flickr julguei que era digital. Como não estava com tempo disponível para o analisar melhor, deixei um separador no browser aberto para mais tarde me lembrar de descobrir mais. Coisa que faço demasiado amiúde.

Hoje com mais tempo lá fui ver melhor a construção do Rocco Buttliere e logo reparei que além de não ser digital, é muito mais rica do que à primeira vista parecia.

Setting the Stage

O realismo é brutal, as cores escolhidas e a simplicidade de algumas soluções é arrebatadora. As formas conseguidas tanto na parte edificada como na forma como acompanha o relevo da zona é qualquer coisa de fenomenal.

A escala monumental do trabalho faz com que valha a pena percorrer as várias fotos desta galeria e, sim, ler a descrição de cada uma delas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:36

Tudo arrumadinho

por baixinho, em 23.12.19

omg i did it

Sim, estas é daquelas imagens que é um sonho para um AFOL. Não, não estou a falar da quantidade de peças, mas sim de estarem todas organizadas.

Para terem uma ideia, o autor da imagem, CheeseyStudios, declara que começou a senda da organização das suas peças há 11 anos! Claro que a demora não se deve simplesmente à falta de tempo já que se vão adquirindo novas peças regularmente o que faz com que o fim fique novamente mais longe.

Sinceramente não sei se vou ser capaz de o fazer quando tiver o meu novo espaço. Provavelmente vou parar imensas para construir coisas novas... desarrumando ainda mais no processo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds