Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As 10 construções favoritas na Galeria 0937

por baixinho, em 29.05.17

galeria da Comunidade 0937 já possui cerca de 3000 construções, número que torna praticamente impossível a experiência de conhecer todas os MOCs interessantes que lá habitam. Para realçar bons MOCs que podem ter sidos esquecidos nestes mais de dez anos de existência, criou-se o desafio de os próprios utilizadores do Fórum indicarem os seus dez favoritos. Já cumpri esta tarefa com o seguinte texto.


Bem, a ideia é gira mas a tarefa é mesmo difícil. Primeiro tratei de escolher métodos e traçar alguns limites para facilitar o meu trabalho. Sendo assim decidi que apenas escolheria uma construção por ano (portanto só de 2006 a 2015, deixando 2016 e 2017 de fora), que não iria repetir autores, que não poderia nomear as minhas próprias construções e que me concentraria em construtores “portugueses”. Coloquei entre aspas porque não resisti em dar um desvio a essa limitação auto-imposta numa das minhas últimas escolhas.
A maior parte das minhas escolhas recaem não na procura da melhor construção (daquele ano), mas mais na inovação ou arrojo.. Já que muitas vezes o que achamos normal de ver, não o era há uns anos atrás e alguém teve que ser o primeiro a avançar para outros continuarem e até melhorarem a obra.
Claro que tenho a noção que a escolha não é perfeita e acredito que se fosse obrigado a fazê-la de novo, os resultados poderiam ser inteiramente diferentes. Aliás, tenho a plena consciência que deixei excelentes construções e construtores de fora que estariam nesta lista se escolhe-se outros métodos. Por exemplo, deixei de fora uma certa construção do Miguel Oliveira por já não haver imagem da mesma.


A primeira escolha recaí sobre a Demag TC 2800-1 do Pedro Agnelo. Uma grua feita à escala e com uns impressionantes 5 metros e 40 centímetros de altura impressionou na altura que foi construída e continua a impressionar agora. Além da dimensão, mostrou que era possível construir Technic de forma realista não só a nível dos mecanismos como da forma, contribuindo para que as peças  LEGO não fossem olhadas apenas como algo para brincar, mas algo funcional.


A escolha seguinte vai para algo completamente diferente, o Heavy Water Ruins da Tânia. Apesar de ser um add-on a um MOC mais antigo (Heavy Water), transmite na perfeição a ideia de um landscape que vai crescendo e sendo adaptado. Além de ter provado (principalmente a mim) que é possível fazer MOCs de landscape com uma área generosa sem gastar imensas peças, foi este a origem dos vários layouts (medievais e não só) que a Comunidade 0937 foi apresentando ao longo de muitos anos. Além disso a versão original deste MOC foi a primeira a da C0937 ser destacada internacionalmente (não digo portuguesa porque tive um MOC a ser destacado ainda antes do aparecimento da C0937).
 

A minha terceira escolha vai para um inusitado Go Downhill Miniman Go do Rupi. Em 2008 a LEGO decidiu comemorar os 25 anos do minifig (batizado de forma efémera como Miniman na altura) com um concurso internacional. Pelo que me lembro dois portugueses participaram neste concurso, o Rupi com esta construção e o Evildead com esta. Já não me lembro dos resultados (o Evildead ganhou alguma coisa?) mas lembro-me que ambas as participações foram muito bem recebidas internacionalmente com vários destaques. Pessoalmente achei a construção do Rupi algo único não só pela habitual piada que o autor nos habituou, mas também pelo arrojo na forma como o landscape é formado e na naturalidade em que a figura sagrada do miniman (minifig) é alterada para conseguir-se o efeito pretendido.
 

Chega agora a vez de destacar uma construção do agora famoso MarcosBessa. No meio do esforço colectivo que foi o 2º TomarLEGO, apareceram várias construções notáveis e o Cinema - uma antestreia na cidade… foi um dos mais vistosos. Mas além de ser vistoso foi provavelmente aqui que o Marcos começou a aliar a classe de uma arquitectura apurada com manancial de mil e um pormenores inovadores e de abrir a boca a qualquer AFOL. Estilo que o Marcos foi apurando durante algum tempo como AFOL e mais tarde como LEGO Designer de reconhecido valor.


É bem conhecida a vontade com que o Biczzz sempre tentou alcançar a perfeição para os seus modelos. No entanto a Chopper “Black Velvet” elevou o significado da própria palavra perfeição a novos e não esperados patamares. Não são só as técnicas de construção inovadoras e excelentes, há também todo um cuidado fotográfico que consegue mostrar tanto o peso como a leveza desta modelo única. A principal fotografia desta construção é, para mim, a mais merecedora de uma capa de revista de todas as construções na Galeria 0937.
 

O Hospital do mguerreiro é um marco no meio das dezenas de edifícios que ele foi construindo ao longo de vários anos. Basicamente é a prova de que se pode aliar a quantidade à qualidade passando pela resistência e simplicidade sem deixar escapar um sentido estético agradável. Aliás, um estilo de reconhecido valor que deu origem à expressão “construir à Guerreiro”. Pena ele não apresentar no fórum um décimo do que constrói.
 

Durante algum tempo MigBarroso presenteou os AFOLs portugueses com séries de minifiguras de personalidades nacionais. Como sempre, destaco a primeira vaga da série onde ficamos a conhecer versões LEGO de pessoas como António Variações, Fernando Pessoa ou Vasco da Gama. As quatro séries são tão boas que de certeza seriam um sucesso em território nacional!
 

Unity is Strengh, um trabalho que o 0937 Superfan fez para um concurso da LEGO ligado ao The LEGO Movie, é uma construção singular nesta lista já que é uma curta metragem. Ou seja, além de se construir nas três habituais dimensões há que ter em conta a quarta, o tempo. O filme foi produzido de uma forma excelente o que lhe mereceu um prémio no concurso e prova que os portugueses também podem dar cartas no stop motion em LEGO (aka BrickFilms). De notar que nem imagino a tarefa que deve fotografar centenas de vezes para produzir uns meros segundos de filme.
 

A construção que me fez desviar na regra auto-imposta foi a Lego Cars Islands do nosso galego Pabloglez. Esta gigantesca construção foi criada propositadamente para ser brincada pelo filho do criador e mostra que este hobby também pode ser um bom elo de ligação entre os AFOLs e os seus filhos. Eu que o diga que também cheguei a fazer várias construções para a minha filha brincar.
 

O meu último destaque vai para o BlueWater Castle do CesBrick que, em termos de MOCs, dominou todas as atenções no Fórum 0937 durante mais de um ano. Pegando nas tradições que a Comunidade 0937 sempre teve no medieval (lembro-me assim de repente dos trabalhos da Tânia, Bacvs, Ztp e Naneto) e indo buscar os últimos estilos lá fora, CesBrick subiu a fasquia a níveis nunca dantes imaginados e, ainda por cima, com uma cadência espectacular. O culminar deste trabalho foi o display The Enchanted Forest construído com o hugosantos (e que tive a honra de ter colocado um brick algures) que simboliza muito do que se quer para a Comunidade 0937. Que o céu seja o limite da nossa criatividade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds