Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais um X-Wing...

por baixinho, em 23.07.06
Está confirmado, vai sair mais um X-Wing.





Parece ser uma versão ligeiramente modificada do 4502. A cabana do Yoda desaparece completamente e são incluídos outros minifigs à semelhança do que aconteceu este ano com a edição da Slave I (6209).
A LEGO® finalmente está a compreender o valor do coleccionismo. Existem muitos aficionados que procuram exclusivamente as minifiguras para criar layouts ou simplesmente expor! Como não é possível fazer conjuntos só com minifiguras (questões de contrato), começa a fazer conjuntos com muitas minifiguras.
Mas parece que exagera no preço. Colocar o preço de referência deste novo conjunto em 70€ (esta foto foi tirada num Toys'r'Us Holandês e os TRU costumam utilizar os preços de referência da LEGO) é demasiado elevado. O 4502, pelo menos na península Ibérica, não foi um sucesso de vendas, até consegui alguns a preços ridículos!
Será que vai haver grande procura deste conjunto? Claro que os grandes aficionados LEGO Star Wars terão que comprar mais um conjunto (para ter a colecção completa); Os novos terão finalmente uma oportunidade de ter a X-Wing sem gastar balúrdios no Bricklink ou eBay; E os outros? Vale a pena comprar uma nave ligeiramente diferente daquela que já tem (e às vezes até várias cópias como eu) e mais umas minifiguras. O valor das minifigs até nem parece ser consensual visto que só uma delas  parece ser completamente nova (o 2º piloto), o Han está com calças diferentes do que aparece na Millennium Falcon (4504) e a Leia parece que tem cabelo diferente. Luke, Chewie e R2D2 são relativamente vulgares. O Valor da nave por si só deve andar por volta do 40 a 50€. As restantes minifiguras valem 20€? Para mim, não!
É certo que a política de preços da LEGO está a mudar. Desde 2003 que existia um claro aligeirar nos preços. Verificava-se perfeitamente que os conjuntos dessa altura saiam um pouco mais baratos que os dos anos anteriores (quando comparando o nº de peças e tamanho da caixa). Isso está a mudar e pode-se verificar perfeitamente na Shop@Home da LEGO. O novo ISD (6211) que quando saiu estava com o preço referência em 99€, passado poucos meses (semanas?) passou para 150€!!! E isso não acontece nos EUA! Pressões dos revendedores, diz a LEGO! Não sei as razões... mas vai pesar nas minhas compras e nas de muitos :(
Agora voltando ao X-Wing, talvez a compre se a conseguir apanhar em saldos. Pela nave e também pelo novo piloto, mas nunca pelas restantes minifiguras.

LBaixinho

Nota: discussão muito interessante sobre a mesma temática neste thread no Eurobricks.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:35


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Rafael a 23.07.2006 às 12:02

Bem, eu cá não me importava nada de deitar a mão às minifiguras SW, verdadeiras raridades que chegam a custar 90$/€ no Bricklink (caso da princesa Leia). Mas pagar 70€, 99€ ou 150€ (!) por um conjunto é demasiado para um brinquedo cujo público alvo são as crianças. Por um pouco mais, pode-se comprar uma PS2 em segunda-mão que, lenta mas inexoravelmente, por este caminho, substituirá completamente os brinquedos tradicionais (Lego incluído). Se a estratégia é obter maiores ganhos por conjunto, não me parece que vá ter o efeito pretendido. Muito pelo contrário.


Rafael
Sem imagem de perfil

De LBaixinho a 23.07.2006 às 18:03

Olá Rafael!
No caso deste novo X-Wing, acho que a LEGO apercebeu-se que os conjuntos Star Wars não são só vistos como brinquedos para crianças, mas também como objectos de colecção. Entre as várias vantagens e desvantagens que aparecem por causa desta razão, destaco como grande vantagem a boa qualidade de alguns dos últimos conjuntos e como desvantagem o "carregar" nos preços.
Quanto à substituição dos brinquedos "à moda antiga" pelos jogos em consolas, estou de acordo. Mas acho que é uma coisa para levar gerações, a influência dos pais ainda é relevante e eles ainda acham que os brinquedos "normais" tem as suas vantagens.
Mas atenção, a substituição está aí e a ocorrer relativamente rápido!
Mas não é só provocada pela subida de preços! Mas pelo próprio andar das coisas na sociedade. É muito "melhor" ter os miúdos colocados à televisão, numa dada área da casa, do que estarem a brincar com alguma coisa que os faça andar pela casa. Ou pior, "andar pela rua", coisa que hoje em dia é cada vez mais visto como um perigo!
Referindo agora a subida de preços, esta até se pode revelar boa para a LEGO. Os conjuntos LEGO Star Wars já tem uma faixa de mercado estabelecida, que comprará anualmente x conjuntos. Os revendedores (nomeadamente a TRU , já é conhecida a boa cumplicidade LEGO TRU ) sabem disso e ao obrigar a subida dos preços de referência (não o preço de custo) a margem de lucro é maior e a manobra para os saldos também. Já li um artigo algures onde os próprios AFOLs consideram a subida de preços uma boa medida! (tenho que encontrar isso).
O bom é que este tipo de conjuntos vão colocar mais minifiguras em circulação e, em princípio, baixar o preço das mesmas :)
Este é um conjunto que não precisa de ser um sucesso de vendas para ser um sucesso monetário. O desenho dele não deve ter custado muito. Basicamente só uma ligeira adaptação e inclusão à força de minifiguras. Qualquer um que seja vendido será mais um "extra" para a LEGO num desenho que afinal não está esgotado! E desconfio que até vá ser um sucesso. Estamos perante a terceira versão do X-Wing , uma nave muito mais carismática que a Slave I. Esta é também teve a sua terceira versão (eu sei que a de 2002 está com um esquema de cores diferente devido ao episódio 2) editada este ano e recheada de minifigs
e é campeã de vendas só ficando atrás da TIE Interceptor. E ter uma Slave I na colecção é suficiente... mas ter uma X-Wing pode não ser...
Sem imagem de perfil

De GONZA a 18.12.2006 às 12:26

ESSE POSTE TA COOL. EU JA JUNTEI A X-WING COM UMA NAVE DO VATHER.



GONZA

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog