Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Set: 7892 Hospital

por baixinho, em 07.07.06



Referência: 10170
Nome: Hospital
Tema: City
Ano de Edição: 2006
Número de peças: 382
Preço LEGO®: 49,99€
Dados de Compra (local, data): Mini, Abril de 2006
Instruções: 3 Instruções separadas. Um folheto A4 para o carrinho, Um livrinho A6 com 20 páginas para o helicóptero e um livro A4 de 76 páginas para o hospital e informações adicionais.
Autocolantes: Sim
Modelos alternativos: Sim
Lista de peças: Sim
Links: Brickset, Imagens da construção

Os minifigs:
4 minifigs, um civil, um médico e dois paramédicos/enfermeiros. Tudo macho que neste hospital não há lugar para o sexo feminino. Eu sei que a linha City é direccionada para os meninos mas isso não quer dizer que não possa haver minifigs femininos!
Os torsos que equipam os enfermeiros e o médico são relativamente fáceis de arranjar em outros conjuntos. O torso do civil já é uma pequena preciosidade por ser incomum e de fácil utilização.
De resto acho que são poucos minifigs para uma construção desta envergadura. Mais um civil só ficaria bem!
5/10

As peças:
O preço por peça é de 13 cêntimos, relativamente caro se ignorarmos a baseplate elevada. Mesmo assim o efeito de grandeza do hospital é relativamente bom tendo em conta o preço e ajudado pela presença da baseplate. Esta peça ajuda em muito o porte do edifício mas tenho a impressão que não é ao gosto de muitos dos AFOLs.
Mas além da baseplate, também as janelas, portas, tile com o teclado e o tile com o monitor poderão ser consideradas peças caras e raras. E apesar das portas e janelas serem em vermelho, são de bastante utilidade. Outra peça rara e de grande utilidade é a enorme tile 8 x 16 em cinzento escuro, que aparece em dose dupla neste conjunto.

As restantes peças são mais ou menos vulgares e de utilidade diversa. Ter flores, árvores e arbusto no mesmo conjunto actualmente não é vulgar e parabéns à LEGO pelo feito!
Não sei se é erro habitual neste conjunto, mas faltava uma peça brick round 2 x 2 e vinha a mais algumas peças que não é hábito... antena, planta...
7/10

A construção:
A construção é dividida em cinco fases: Carrinho, Helicóptero, Entrada de veículos, Edifício e Escadas/Base de para o heli. Cada uma das fases tem as respectivas peças juntas em saquinhos numerados.
Saltando a construção básica do carrinho e helicóptero, saliento a dificuldade que é construir em cima das partes elevadas da baseplate. Ela dobra no encaixe de algumas peças e a solução que encontrei foi pressionar a parte inferior com os dedos.
A construção alternativa é também um hospital/clínica mas de desenho bem mais fraco que o original.

4/10


O desenho:
Existem vários pontos positivos e negativos que caracterizam este conjunto. Para facilitar a ordem de ideias vou separar as críticas pelas várias fases.
Carrinho: Desprezível. Acho que mais valia não o ter de todo e levar as pessoas a comprar a Ambulância (7890), ou aumentar o preço do conjunto e adicionar algo semelhante à ambulância. O próprio desenho (de ar inacabado) é demasiado parecido com os 4914 e 7241 para se tornar aliciante.
Helicóptero: Miserável. Funciona mesmo só para aumentar a jogabilidade do conjunto. O desenho não é péssimo, mas também não acrescenta nada ao mundo LEGO. O aspecto demasiado “brinquedo” torna-o inútil para ser utilizado num display para aficionados adultos.
Garagem: Demasiado simples. Dou sinal positivo à cobertura, mas de resto leva uma negativa. A elevação, o tamanho (pequeno para a ambulância 7890) e a falta de um bom acesso ao hospital propriamente dito.
Edifício: O ponto forte do conjunto. Apesar de relativamente pequeno para um hospital, possui a zona de atendimentos, internamento e cirurgia. Cada um deles bem equipado... bem o equipamento da cirurgia é no mínimo estranho: Rebarbadora, moto serra, etc :). Gostei da forma como foram feitas as paredes frontais que são de fácil remoção para podermos aceder ao interior mais facilmente!
Zona de aterragem do heli mais acessos: Cumpre o objectivo. O quadrado de aterragem do helicóptero é demasiado pequeno. Desconfio que os pacientes gostem de subir aquela escadaria para irem às urgências ou consultas.
A inserção de alguns verdes é outro ponto a favor!
5/10

A jogabilidade:
Para uma criança o conjunto cumpre o objectivo totalmente. Claro que a inserção de pelo menos mais um minifig civil seria muito bom para quem não tem mais conjuntos LEGO. Os veículos, apesar de desnecessários para um fã adulto, tornam o hospital um brinquedo mais apetecível pelo movimento que adiciona. A elevação torna-o “maior” e mais desejável aos olhos dos mais novos.
Mas para os adultos acho que o efeito é exactamente o contrário. Os veículos nada acrescentam ao conjunto que praticamente só vale pelo edifício propriamente dito. A elevação além de o tornar um pouco irrealista, dificulta a integração num layout.
4/10




A conclusão:
Este é um conjunto relativamente bom para os mais novos. Imponente, boas peças e com jogabilidade q.b.
Para os mais velhos já não é bem assim. Não é um conjunto que encaixe bem num layout de cidade nem realista o suficiente para agradar. Poderá ter peças interessantes para a construção de outros MOCs ou mesmo para a adaptação para um hospital/clínica mais real, mas penso que não basta para o tornar num bom conjunto.
5/10

LBaixinho


Nota: As pontuações reflectem a minha opinião como entusiasta de LEGO adulto, visto que este conjunto em particular até mereceria uma pontuação diferente se o objectivo seria oferecer a uma criança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:32


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds