Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pronto, agora já podem saber afinal o que é o LEGO VIDIYO

por baixinho, em 26.01.21

A LEGO forma mais uma parceria, desta vez com a Universal Music Group.

Antes mesmo de saber o que significava esta parceria ou saber mesmo que conjuntos é que daqui vão sair, fui dar uma vista de olhos ao portefolio da empresa para saber se lá estavam os The Beatles. Yeps, nunca sei dessas coisas.

Depois de confirmar a presença dos Fab Four, lá vou mais descansado ver afinal o que é que é afinal isto do Vidiyo e se vai interessar de alguma forma o miúdo beatlemaniaco lá de casa.

O GRUPO LEGO E O UNIVERSAL MUSIC GROUP ANUNCIAM LEGO® VIDIYO –

UMA NOVA EXPERIÊNCIA PARA GRAVAR VIDEOCLIPS E CAPTAR A BATIDA DO TEU MUNDO!

 Desenhado para ajudar as crianças a soltar a sua criatividade, LEGO® VIDIYO deixa-te dirigir, produzir, protagonizar e partilhar videoclips únicos, num ambiente social seguro

O Grupo LEGO e o Universal Music Group (UMG) anunciaram LEGO® VIDIYO, uma experiência inovadora e divertida de criação de videoclips, desenhada para celebrar e expandir a criatividade e a paixão das crianças por música. LEGO VIDIYO é uma nova forma de brincar que ajuda as crianças a sonhar em grande, ao dirigirem, produzirem, protagonizarem e partilharem os seus videoclips, usando músicas de todo o Mundo, com hits dos artistas sem igual do UMG.

LEGO VIDIYO é dirigido principalmente a crianças entre os 7 e os 10 anos, proporcionando-lhes um universo seguro que atravessa o mundo físico e o digital. A plataforma permite às crianças experimentar e brincar com a música, uma combinação poderosa que é fundamental para o seu desenvolvimento, aumentando a sua capacidade de se ligar emocional e criativamente a outras pessoas.

Aliando novas tecnologias, com o sistema LEGO e música de alguns dos artistas líderes das tabelas a nível mundial, cobrindo vários géneros musicais, LEGO VIDIYO oferece às crianças uma oportunidade de se expressarem de forma criativa e divertida. Ao deixar os mais novos criar os seus videoclips, as crianças podem descobrir a música e mergulhar na sua paixão de forma positiva e num ambiente social seguro. LEGO VIDIYO exige consentimento parental (além de anonimato) e tem moderação externa de todo o conteúdo carregado por utilizadores na App, assegurando, desta forma, aos pais que os seus filhos estão a dar asas à sua criatividade num ambiente online seguro.

Criada através de uma junção única de elementos LEGO, minifiguras, música, realidade aumentada e uma app vibrante, LEGO VIDIYO está repleto de combinações e opções de edição, desbloqueadas através de um novo efeito especial “BeatBits”. Os jovens criadores podem fazer experiências com o seu próprio estilo individual para encontrar a sua forma de trazer os seus videoclips à vida. Funciona assim:

  • Escolhe uma canção da app, que conta com uma grande variedade de artistas conhecidos – tanto hits atuais como clássicos instantaneamente reconhecíveis.
  • Cria a tua banda, com uma vibrante coleção de novas minifiguras físicas, que podem ser personalizadas e trazidas à vida em diferentes escalas através da tecnologia de realidade aumentada da app VIDIYO.
  • Escolhe os efeitos especiais, na forma de “BeatBits” e faz o scan dos selecionados. Os “Beatbits” são quadrados LEGO 2x2 físicos decorados, que com o scan desbloqueiam efeitos digitais na app que permitem controlar tudo, desde o estilo de vídeo e de música aos efeitos especiais. Os criadores podem escolher tudo, desde efeitos a preto e branco, chuvas de confettis ou até visão raio-x. Podem ainda adicionar efeitos áudio, como o Scratch do DJ, voz de rato ou um solo de saxofone, bem como, movimentos de dança de assinatura das personagens, desde breakdance a surfar um tubarão…
  • Escolhe o cenário: o teu quarto, quintal ou até modelos construídos em LEGO. Os videoclips LEGO VIDIYO podem ganhar vida em qualquer lugar. Em apenas 3 segundos é feito o scan do local escolhido e a contagem decrescente é iniciada.
  • Ao carregar nos Beatbits selecionados na app, as crianças ganham controlo criativo do seu videoclip, acionando movimentos de dança e efeitos áudio/vídeo numa performance de 60 segundos sem igual, que pode ser cortada para clips partilháveis de 5, 10, 15 ou 20 segundos.
  • Pode ser feito o upload dos clips para o feed da app, mas só após os conteúdos passarem pela moderação. Qualquer conteúdo que contenha informação pessoal identificável, como crianças a protagonizar o vídeo não será aprovada para aparecer no feed, mas pode ser gravada, para mais tarde mostrar à família e aos amigos.

Ao juntar estes elementos, as crianças podem experienciar LEGO como nunca antes. Com a tecnologia de realidade aumentada, vai ser a primeira vez que as crianças podem interagir com minifiguras, tanto numa escala real como aumentada, até ao tamanho delas ou ainda maiores. A app permite às crianças dar o estilo que querem aos membros da sua banda, escolher o seu nome, desenhar a capa do álbum e muito mais!

Novas músicas, desafios e conteúdo de inspiração serão adicionados regularmente na app, para manter a experiência atualizada e encorajando as crianças a continuar a desenvolver as suas capacidades criativas. Os desafios são pensados de forma a ajudar os jovens criadores a transformar os seus vídeos de performances simples em produções entusiasmantes e dinâmicas, enquanto asseguram que estão a aproveitar as várias possibilidades que LEGO VIDIYO tem para oferecer através dos seus BeatBits.

“Queremos continuar a alimentar a imaginação da próxima geração de criativos, oferecendo às crianças uma tela para se expressarem de forma criativa”, diz Julia Goldin, Chief Marketing Officer no Grupo LEGO. “Estudos mostram que três quartos dos pais globalmente querem que as suas crianças desenvolvam a confiança criativa e, por isso, estamos a lançar LEGO VIDIYO para as ajudar. Sabemos que as crianças estão sempre a perseguir novas oportunidades de experimentar a sua criatividade e LEGO VIDIYO está cá para ajudar as crianças com paixão por música a libertar a sua imaginação, através da construção LEGO e da produção de videoclips. Mal podemos esperar para descobrir o que criaram.”

 A música e a criatividade são incrivelmente importantes na vida das crianças, como revelado num estudo conduzido pelo Grupo LEGO e o UMG:

  • 89% dos pais diz que a música ajuda a desenvolver competências criativas, enquanto 83% acredita que ajuda a melhorar a confiança
  • 94% dos pais acredita que brincar com LEGO ajuda a desenvolver a criatividade, 91% diz que ajuda na resolução de problemas e 89% no aumento da confiança
  • 74% das crianças entre os 5 e os 12 anos diz que a música os ajuda a criar ligação com os amigos com metade das crianças entre os 6 e os 10 a afirmar que ouve música todos os dias.
  • 76% dos pais e crianças entre os 5 e os 12 acredita que a música os ajuda a expressar-se.
  • 81% dos pais diz que a música aproxima a família e os ajuda a criar uma ligação com os filhos.
  • 92% dos pais e 95% das crianças entre os 5 e os 12 dizem que brincar com LEGO é divertido para toda a família.

Ao juntar LEGO e o poder da música, num ambiente social seguro, LEGO VIDIYO procura respeitar estas descobertas, permitindo às crianças expressarem a sua criatividade.

LEGO VIDIYO é a primeira colaboração entre o Grupo LEGO e o UMG, depois de ambos terem anunciado a sua parceria em Abril de 2020. Como líder mundial da industria musical, o UMG influencia a cultura em todo o Mundo através do poder da música. O UMG traz artistas locais e superestrelas globais, com um catálogo sem rival de música gravada, de todos os géneros e línguas a LEGO VIDIYO. O Grupo LEGO trabalha para inspirar e desenvolver as crianças desde 1932 e juntas, trazem a esta parceria uma experiência sem limites na inovação e desenvolvimento de brincadeira para as crianças e para as suas famílias em todo o Mundo, geração após geração.

Oliver Robert-Murphy, Vice-Presidente Executivo do Universal Music Group diz “Através desta parceria inovadora – com o poder da música e da brincadeira aliados para ajudar o desenvolvimento da criatividade – as crianças de todo o Mundo vão poder expressar-se, enquanto dirigem, protagonizam e partilham os seus videoclips. LEGO VIDIYO é uma excelente forma de as crianças descobrirem a música e se aproximarem dos seus artistas favoritos, enquanto aprendem através da brincadeira”.

 LEGO VIDIYO apresenta uma nova e vibrante identidade visual que a distingue de todas as outras linhas LEGO. É uma gama colorida, que inclui uma experiência digital, sets LEGO e produtos de lifestyle que estão a ser desenvolvidos em parceria com a Bravado, a empresa de Merchanside e Gestão de Marca do UMG.

Os primeiros produtos LEGO VIDIYO serão lançados na maioria dos países a 1 de Março.

Mais informação sobre LEGO VIDIYO neste link: https://www.lego.com/aboutus/news/2021/january/lego-vidiyo

Ok. Apesar de nunca ter tocado um instrumento na vida (pelo menos de forma condigna), rapidamente afirmo que a música é extremamente importante para o desenvolvimento das crianças, tanto a nível emocional como intelectual. No entanto esta parceria vai um pouco além daquilo que acho necessário já que se apoia (demasiado até) nas novas tecnologias e nas interecções sociais online.

Confesso que estou curioso e provavelmente até vou experimentar.. mas provavelmente não será disponibilizada ao mais pequeno. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35

Terça-feira do Ideas: Jazz Quartet

por baixinho, em 12.01.21

Já estava com saudades de escrever nesta rubrica.

Então hoje tive um tempinho (e vontade) de dar uma vista de olhos no Ideas e não demorei muito a escolher uma construção para destacar. É que mal vi este projecto do Hsinwei Chi simplesmente não consegui desviar os olhos.

Está simplesmente magnífico. Adoro as técnicas utilizadas, o realismo e, acima de tudo, como recria de forma perfeita o ambiente gerado por um grupo de jazz.

Neste momento tem 1 633 apoiantes e ainda tem 597 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Quero acreditar que sim. Vai bem lançado para os primeiros dias e penso que se chegar aos meios certos, é capaz de gerar o barulho suficiente para ter os 10 000 apoiantes.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

O único impedimento que estou a ver que possa existir para este projecto não virar um set oficial é mesmo não ser possível reproduzi-lo tendo em conta as limitações de construção. O que aparentemente até nem acontece.

Por isso sim, acredito que se torne num set caso chegue aos 10 000.

A ser um set oficial, entraria na minha wishlist?

Apesar de não ser admirador de jazz, acho que o projecto está brutal. Portanto sim.. não sei é se depois manteria-se na prateleira ou não.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:50

Review: LEGO 31198 The Beatles

por baixinho, em 07.10.20

31198 The Beatles

Tema: Art 

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 2933/-

Preço LEGO®: 119,99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/31198-1/The-Beatles

 

O tema LEGO Art pode não ter animado a comunidade de AFOLs, mas o efeito criado por estes sets e mostrado nas imagens promocionais é, a meu ver, espectacular. Aproveitando que o meu filho (a fazer 6) é fã dos The Beatles não resisti à oportunidade de analisar o set dedicado à banda de Liverpool. Desta vez apenas tenho a acompanhar este texto o vídeo de análise que podem ver aqui ou no fim deste artigo. Este conjunto também é abordado no episódio 7 do podcast Conversas em Construção do qual faço parte e que pode ser ouvido aqui.

Antes de mais devo dizer que este conjunto da LEGO é diferente do que esperamos ver de um brinquedo de construção. Ok, constrói-se, mas a experiência de construção, fora a moldura, é de simplesmente assentar tiles. Nem há aquela procura da peça certa como acontece nos puzzles, simplesmente seguimos a folha de instruções, escolhemos a peça na cor correcta e colocamos no sítio. Ainda tentei em vez de construir linha a linha construir cor a cor para ver se “apimentava” a experiência e… nada. Não há magia alguma naquilo. Sim, é relaxante, mas pessoalmente e provavelmente por construir em demasiada conjuntos e MOCs, este conjunto não me satisfaz nesse critério.

Mas se calhar adiantei-me e deveria ter primeiro explicado como é composto este set. Temos perto de dois milhares e meio de tiles round 1x1 em quinze cores diferentes (várias delas exclusivas deste set) que são colocadas em nove gigantescos bricks 16 x16. Estes bricks fazem lembrar um pouco uns antigos que existiam nos longínquos anos 70 já que, como seria de esperar, a parte inferior não está totalmente preenchida pelos famosos tubos da LEGO. Além da novidade deste gigantescos bricks, temos um novo separador de peças maior que o habitual e duas peças technic que servem de suporte para os pregos ou parafusos para pendurarmos o mosaico na parede.

Depois de assentar as 2 304 tiles necessárias (sobram várias dezenas para se conseguir construir as outras iterações), pode-se finalmente construir a moldura para termos então o quadro completo. No caso deste set temos instruções e peças para montar uma de quatro possibilidades, ou seja, um dos quatro fab four.

Sim, se quisermos desmontar o quadro para montar a imagem de outro beatle, temos que obrigatoriamente desmontar a moldura. 

Para acompanhar a construção temos um podcast num inglês que para mim estava algo puxado. Conta alguns factóides do famoso álbum branco (na verdade o álbum é intitulado simplesmente The Beatles) e peripécias dos locutores. Nada de transcendente mas sem deixar de ser interessante.

Mas se a experiência não é nada de especial, achei o efeito o máximo. Já tinha construído mosaicos e posso dizer que o efeito final deste é muito bom. Estou ansioso para pendurá-lo na futura LegOcifina ou mesmo na sala de estar. Isto se o Artur não se apropriar dele primeiro para o colocar no quarto dele. :)

Pena que para ter os quatro beatles teria que fazer um grande investimento e aqui vou a outra característica que me desagrada. O preço. Sim, podem referir que o custo de produção é alto.. Mas a verdade é que 120 euros é mesmo muito dinheiro por um mosaico. Dava quase para comprar a discografia (que de qualquer forma é obrigatória para qualquer apreciador e de música moderna) da banda. Então se quisermos ter os quatro.. :/

Devo também referir o livro de instruções é uma pequena maravilha (apesar de insistirem no preto). Contém alguns pormenores da banda incluindo as fotografias originais destes mosaicos e que originalmente estavam na parte central do LP The Beatles.

Como devem compreender, desta vez não vou fazer uma avaliação às várias características ficando-me apenas por uma avaliação geral não só deste conjunto em especial mas do próprio tema.

 

Esta série de conjuntos é, de certa forma, algo já há muito esperado pela LEGO. No entanto não penso que sejam indicados para um fã da marca, mas mais para os fãs dos temas representados. Apesar de serem algo caros e com uma experiência de construção reduzida, dão um efeito final extremamente interessante.

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:47

The Dark Side of the Moon

por baixinho, em 25.09.20

Pink Floyd's Dark Side of the Moon

Estava a navegar pela galeria do KitKat1414 devido a um MOC recente, quando dou com esta maravilha. Uma representação bastante interessante da estonteante capa do The Dark Side of the Moon dos Pink Floyd.

Pink Floyd's Dark Side of the Moon

Como refiro no "sobre mim", sou um ouvinte dos álbuns dos Pink Floyd desde a minha adolescência e o Dark Side é o meu álbum preferido do grupo. Não me importaria nada de ter uma versão deste MOC numa parede da minha futura LegOficina :)

Só falta saber se também é possível construir em LEGO a parte central do álbum. :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

In the land of submarines

por baixinho, em 13.08.20

Tendo o filho que tenho nunca poderia deixar passar uma construção do Submarino Amarelo. Esta nano construção do Gonkius está bastante reconhecível mesmo apesar do tamanho. No entanto confesso que não consigo dizer quem é quem quanto às figuras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:08

David Bowie

por baixinho, em 18.07.20

David Bowie : The Jean Genie ( 1972 official music video )

O David Bowie não é propriamente um desconhecido neste blog apesar de não ser dos meus músicos preferidos (mesmo assim conheço muita da sua discografia e reconheco-lhe qualidade*), isso provavelmente porque as várias encarnações deste artista são tão singulares que facilmente se tornam identificativas. É o caso deste Jean Genie de 1972 que aparece aqui construído pelo red 2 de forma aparentemente simples, mas muito eficaz.

* Bem, fui ver os meus registos e na última década e meia está no 22º no meu top de temas mais ouvidos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:45

LEGO e Universal Music Group

por baixinho, em 27.04.20

LEGO e Universal.jpg

Antes de mais, o press release português:

O GRUPO LEGO E UNIVERSAL MUSIC GROUP ALIAM-SE PARA EXPANDIR A CRIATIVIDADE DAS CRIANÇAS ATRAVÉS DO PODER DA MÚSICA

Parceria global exclusiva encoraja o Mundo a ser mais criativo com uma iniciativa musical inovadora, que combina a paixão pela música com o icónico sistema de brincadeiras LEGO.

O Grupo LEGO anunciou uma parceria global exclusiva com o Universal Music Group (UMG), a companhia de entretenimento líder no sector da música a nível Mundial, que vai possibilitar que crianças de todo o Mundo possam explorar a sua criatividade a brincar, enquanto se expressam através da música.

A parceria é baseada no desenvolvimento de uma nova linha de produtos LEGO®, que serão lançados em 2021, criados para encorajar e inspirar a próxima geração de músicos, criativos e fãs. Esta iniciativa visa o desenvolvimento das crianças, através dos benefícios mentais e criativos da música e de brincar com LEGO.

Como líder da indústria global, o UMG tem um grande impacto na cultura mundial, através da música. O UMG traz-nos celebridades locais e globais, com um catálogo de música gravada e publicada sem rival, dentro de todos os géneros e línguas, incluindo os programas do Grupo LEGO.

Igualmente, o Grupo LEGO, que trabalha para inspirar e desenvolver as crianças através da brincadeira desde 1932, junta a esta parceria uma sólida experiência em inovar e desenvolver produtos para as crianças e as suas famílias em todo o Mundo, geração após geração.

Combinando a música e o sistema LEGO®, esta colaboração vai trazer uma excelente oportunidade às crianças para se ligarem e se expressarem de forma criativa através do poder da música. Recorrendo a brincadeiras imersivas e interativas e experiências sociais seguras, a parceria procura inspirar e apoiar o desenvolvimento criativo.

Olivier Robert-Murphy, Global Head of New Business, no Universal Music Group diz: “A música é um elemento integral da vida de todas as crianças, desde que nascem e ao longo de todo o seu desenvolvimento. Ao longo de várias gerações, as crianças continuaram a explorar a sua paixão via vinil, rádio, cassete, videoclips, CDs e streaming. Agora, através da parceria entre a LEGO e o UMG, vamos dar uma nova forma interativa de inspirar as futuras gerações de criativos e visionários.”

Sobre a parceria, a CMO do Grupo LEGO, Julia Goldin, diz: “Sabemos que a música é uma grande paixão para muitas crianças e tem a incrível capacidade de envolver e unir as crianças e as suas famílias, tal como as peças LEGO. Esta parceria vai juntar o poder da música e do sistema LEGO, dando às crianças uma nova maneira de se expressarem e de darem vida à música no seu próprio Mundo, à sua maneira.”

Quem quiser saber mais sobre esta iniciativa, terá de permanecer atento até ao final deste ano, enquanto todos os detalhes desta nova experiência serão revelados..

Como adoro (ouvir) música fiquei logo curioso sobre esta parceria. No entanto ao ler "brincadeiras  imersivas e interactivas e experiências sociais seguras" fiquei logo com um pé atrás. Cheira demasiado a aplicações de telemóvel ligadas de algumas forma a versões hi-tec de peças LEGO para o meu gosto. Logo eu que estou cada vez mais virado para as coisas simples e que, inegavelmente, não conseguem sair de moda.

De qualquer forma mesmo com o pé atrás, continuo com alguma curiosidade e até acredito que possa sair algo interessante em termos de educação (que já estou para o farto de limitarem a LEGO na educação apenas à matemática). Resta esperar pelo final do ano para começar a perceber realmente o que isto é e se me interessa enquanto AFOL e/ou enquanto material passível de utilizar no meu trabalho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55

As quatro estações

por baixinho, em 17.04.20

The Four Seasons

Encontrei esta lindíssima interpretação das Quatro Estações de Vivaldi através da Play Well Portugal e não consegui deixar de também a referir aqui. ArmoredBricks utiliza diferentes árvores para representar cada uma das estações mas dá-lhe um toque especial ao dar-lhes movimento como podem verificar no vídeo seguinte.

Sim, é digital, mas não é difícil disto tudo a funcionar direitinho.

Também si, não posso esquecer-me de referir os instrumentos de cordas que estão bestiais!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04

Elvis

por baixinho, em 13.04.20

Elvis

Este foi outro dos vários projectos que construí para uma actividade da Caixa de Brinquedos e que depois não aproveitei. Neste caso não foi a complexidade mas o tema que me pareceu demasiado específico para o público alvo.

Depois de fotografar o MOC surgiram-me várias ideias para o melhorar, mas como não tinha todas as peças necessárias, ficou como está.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

LEGO Led Zeppelin

por baixinho, em 08.04.20

Led Zeppelin

Se não fosse o meu filho andar completamente obcecado com The Beatles nos últimos tempos, esta seria a banda que estaria no top do meu Spotify dos últimos meses. Claro que conheço Led Zeppelin desde a minha adolescência, já que os meus irmãos mais velhos tinham o I, II e IV. O primeiro álbum do grupo foi sempre um dos meus preferidos, mas fora estes três álbuns, conhecia apenas um ou outro tema mais conhecido. Os meus gostos foram andando por outros lados e nunca tive muita curiosidade em explorar melhor esta banda.

No início deste ano, não sei bem porquê, decidi começar a ouvir novamente Led Zeppelin e ir conhecendo os restantes álbuns. É um trabalho em progresso já que a banda possui um portefólio invejável.

Mas voltando ao LEGO, esta construção do Castor Troy não vale apenas pela representação de uma banda de superior qualidade. Os membros da banda estão facilmente reconhecíveis, os instrumentos estão bem conseguidos e o conjunto consegue captar o ambiente "heavy rockeiro".

Será que o Castor Troy vai continuar por outras bandas da altura?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:21

Caixa de Música em LEGO

por baixinho, em 04.04.20

Lego Music Box

Eu sei que o título para ser correcto deveria ser "Caixa de Música construída inteiramente com peças LEGO" mas acho que perde o impacto. Este MOC do Peter Carmichael construído para o concurso Music To Our Ears no LEGO Ideas é simplesmente uma caixa de música funcional e configurável. Como podem ver no vídeo seguinte, o som teve que ser editado já que a LEGO nunca produziu os bricks de som necessários para este efeito.

Lego Music Box In Action!

Bom projecto, mas também podem apoiar esta ideia do Alexis que além de ser funcional, é portuguesa :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:50

Café e Cigarros

por baixinho, em 09.02.20

Coffee and Cigarettes

Esta é provavelmente das construções que mais me surpreendeu nos últimos tempos. timofey_tkachev retrata os músicos Iggy Pop e Tom Waits de uma forma original e extremamente realista. Sim, não há intenção em disfarçar as peças LEGO, no entanto as formas conseguidas, as orientações utilizadas e a tridimensionalidade da construção recriam de forma fiel e única o momento.

Sem dúvida alguma uma aproximação bastante interessante em que não duvido que apareçam novas construções no mesmo estilo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30

Slash!

por baixinho, em 09.09.19

Slash

Esta representação do guitarrista dos Guns 'n' Roses do LEGO 7 além de bastante bem conseguida em termos de formas, cores e proporções, consegue espantar pela pose que além de desafiar a gravidade, dá um toque de movimento e até humor ao MOC.

Não, nunca apreciei Guns.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

No telhado!

por baixinho, em 11.12.18

3 Savile Row

Muitos anos antes dos U2 andarem a cantarem no telhado que as ruas não tem nome, os The Beatles deram o seu concerto final no topo do mítico edifício dos estúdios da Apple (não essa Apple). E sim, praticamente não dava para ver da rua.

David Guedes imortalizou em peças LEGO esse momento já de si imortal conseguindo captar bem os estilos da época num rigor muito interessante. Ahh, e não se ficou apenas pelo telhado!

3 Savile Row

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:00

Violino construído com peças LEGO

por baixinho, em 20.11.18

Violin

Esta construção pode ter quase dois anos, mas delayice publicou-a agora e penso que não seja razão para a deixar de lado. Gosto particularmente do trabalhado da madeira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:55

Terça-feira do Ideas: Queen - I Want to Break Free

por baixinho, em 16.01.18

Aqui está um projecto que está bem fora do que esperaria no Ideas. O utilizador Han Sbricksteen apresenta este Queen - I Want to Break Free que representa um dos videoclipes mais conhecido desta banda. Pelo que me lembro de ver na televisão quando era ainda criança, a construção está bastante reconhecível e, com certeza, irá fazer as delícias dos fãs da banda.

A construção é relativamente simples mas bastante interessante já que mostra muitos dos detalhes do cenário do videoclipe. Pessoalmente não consigo gostar da inconsistência de alguns elementos (por exemplo a altura da mesa da esquerda é da altura de um minifig) nem da quantidade de espaço inútil e aspecto pesado de todo conjunto. Tiraria as últimas 6 linhas de bricks e reduzia o espaço de cada uma das divisões.

Neste momento tem 1055 apoiantes e ainda tem 468 dias para chegar aos 10 000. Aqui ficam as minhas previsões:

Chegará aos 10 000 apoiantes?

Sim. É um tema que, como aconteceu com algumas séries de televisão, agrada a um vasto público e que facilmente poderá levar a muitos não-AFOLs a apoiar. Basta tornar-se viral em certas redes sociais.

Se chegar aos 10 000 apoiantes, a LEGO irá torná-lo num set oficial?

Talvez e com certeza dependerá de quem tiver os direitos do videoclipe e não da própria LEGO. Com várias adaptações facilmente ficará com um aspecto próximo do 21302 The Big Bang Theory e acredito que iria haver uma "corrida" entre os LEGO Designers para a escolher quem ficava com a tarefa dessa adaptação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:42

Trompetista

por baixinho, em 28.04.16

Jack Johnson Sessions' Miles Davis


Excelente representação que o Pedro Vezini criou de uma fotografia do Miles Davis. Gosto particularmente da forma conseguida para as calças e do trompete.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51

[MOC] The Wall (without sticker)

por baixinho, em 17.04.16

The Wall (without sticker)


Na passada quinta-feira fiz um post que resultou em alguns comentários interessantes sobre o que afinal estava a construir. Claro que o próprio título indicava uma hipótese, a capa do álbum dos Pink Floyd, The Wall.

Como tenho que cumprir o desafio deste mês do Grande Jogo, aproveitei a deixa e aqui está uma interpretação em LEGO da capa do álbum na sua versão pura (na versão original do LP, as letras que aparecem estão num autocolante transparente).


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:53

Led Zeppelin IV

por baixinho, em 10.04.16

Led Zeppelin IV


Excelente representação em LEGO da capa do famoso Led Zeppelin IV.


Agora fica difícil pensar noutras soluções para o desafio de abril do Grande Jogo 0937 (fazer um mosaico).


Via TBB.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:53

Camaleão

por baixinho, em 11.01.16


Não sou propriamente um fã do David Bowie, mas é um músico que sempre esteve presente na minha coleção de álbuns ao longo dos tempos e plataformas (vinil, k7, cd, minidisc, mp3 e agora Meo Music).


Fica aqui uma construção do Gabe apresentada no Eurobricks em abril de 2014 em jeito de singela homenagem a uma figura incontornável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds