Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Review: LEGO 21332 The Globe

por baixinho, em 18.01.22

21332 The Globe (01)

Tema: Ideas

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 2585/-

Preço LEGO®: 200€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/21332-1/The-Globe

 

Mal recebi a caixa fui dar uma vista de olhos ao projecto original (ver aqui) e fiquei agradavelmente admirado pela qualidade da proposta. Já não me lembrava muito bem como era e ao analisar as várias imagens, gostei do que vi e fiquei contente por a LEGO ter respeitado várias das principais características do projecto do Disneybrick55. 

21332 The Globe (02)

No momento em que escrevo estas palavras ainda não tenho confirmação oficial quanto ao preço de venda ao público deste set. Mas a verdade é que em termos de peças há vários detalhes com que fazem que seja uma compra interessante. Claro que poderia referir a existência de 32 unidades das plates 1x5 em preto, mas julgo que rapidamente se vão tornar vulgares para lhe dar muita importância agora. Dou mais importância à variedade de peças castanhas (sim, salivei com tiles e slopes curvas), às plates wedges de várias formas e cores (incluindo várias 6x2), tiles cortadas, n plates 6x6 azuis escuras, peças em dourado metálico entre outras peças nada comuns. De destacar as peças gravadas que apesar de bem temáticas, julgo que facilmente poderão ser encaixadas em MOCs. Claro que há uma catrefada apreciável de peças Technic e muita delas repetidas até à exaustão, mas dá para perceber que não havia grande coisa a fazer para termos um globo como deve de ser.

21332 The Globe (05)

O livro de instruções tem 232 páginas e as primeiras, como habitualmente, são dedicadas a uma introdução aos globos terrestres, referência ao autor original, designers da LEGO e, por fim, um artigo “Together, We Can Rebuild The World” que refere os planos de sustentabilidade por parte da empresa. São 16 as fases que, por sua vez, podem ser divididas em quatro grandes secções. Suporte do globo, equador, hemisfério norte e hemisfério sul. Adorei a construção da primeira secção já que o suporte é construído de forma estável e resistente sem utilizar peças Technic. As soluções encontradas são elegantes e conseguem um bom equilíbrio entre o “brinquedo” e o “clássico”. Fiquei admirado com a utilização de pneus na base como anti-derrapantes. Funciona na perfeição e acho que esta solução não vai demorar a ser utilizada mais vezes. A construção da segunda secção já foi algo mais monótono onde tive que montar 16 secções muito parecidas. O que vale é que a parte mais interessante foi deixada para o fim, “pintar” as massas continentais no mar azul-escuro. A construção dos hemisférios são algo agridoce. Por um lado temos a monotonia da montagem de 32 fatias, 16 mais 16 iguais onde fiquei farto de enfiar peças em eixos Technic. Por outro temos a colocação das massas continentais, que é sempre um momento giro. Além de “desenhar” as linhas das Terra, temos também uma ou outra surpresa para colocar na face do globo. A décima-sexta fase é dedicada apenas aos pólos e colocação dos eixos. Não me posso esquecer de referir que são colocadas 4 rodas dentro do globo e que não consegui perceber a função. Suspeito que tem que ver com a estabilidade. Pode ter-me escapado alguma referência no livro, mas com certeza que vou tentar saber mais! De qualquer forma aconselho a dividir a construção ao longo de dias, para esbater a sensação de monotonia.

21332 The Globe (06)

Em termos de design o globo é simplesmente espectacular. O efeito é excelente tendo em conta que estamos perante uma construção com peças LEGO. Claro que os espaços entre as peças são notórios e, em certos ângulos, até é possível ver de um lado para o outro. O desenho dos continentes é também o possível tendo em contas as peças LEGO existentes, mas mesmo assim é bastante reconhecível e, apesar de torcer o nariz a alguns detalhes (não deveria ser Oceania em vez de Australia?), o efeito geral é muito, muito bom. De forma surpreendente, adorei o suporte. Cumpre na perfeição a função com o bónus de ter o charme de não utilizar peças Technic!

21332 The Globe (08)

A jogabilidade também foi algo que me surpreendeu, já que não estava à espera que o movimento rotativo do globo fosse tão suave e que a utilização de pneus na base ajudasse imenso à fixação nas superfícies. É um objecto que fica bem em qualquer secretária, prateleira ou mesmo outro móvel lá de casa. De preferência ao pé de um bom set LEGO como o 21313/92177 Ship in a Bottle.

As Peças 9/10 (boa variedade a um preço justo)

A Construção 8/10 (agridoce, alguns momentos excelentes, outros muito repetitivos)

O Desenho 10/10 (lindo!)

Jogabilidade 10/10 (excelente presença em cima de uma mesa)

21332 The Globe (10)

A construção monótona não impede que este conjunto seja simplesmente excelente em termos de design. É, provavelmente, dos sets mais bonitos que construí nos últimos anos!

Conclusão 10/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Review: LEGO 71761 Zane's Power Up Mech EVO

por baixinho, em 29.12.21

71761 Zane's Power Up Mech EVO (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 95/2

Preço LEGO®: 10€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71761-1/Zane-s-Power-Up-Mech-EVO

 

Para o último desta série de reviews ficou o mais pequeno dos 6 sets que recebi. Mais pequeno e, aparentemente, o mais desinteressante. Será que isso se confirma?

71761 Zane's Power Up Mech EVO (2)

São 95 peças, o que faz com que o PPP esteja muito próximo dos 10 cêntimos. Nada que entusiasme, mas que, infelizmente, começamos a estar habituados nos sets pequenos. O esquema de cores é agradável e contêm uma variedade de peças relativamente interessante onde destaco as novas plates em ângulo e várias plates normais e modificadas. Claro que como é um set relativamente pequeno também não há muito por onde olhar.

71761 Zane's Power Up Mech EVO (3)

O mesmo acontece com a construção já que rapidamente chegamos ao fim. O livro de instruções tem a habitual banda desenhada desta série mas que ao fim de algumas olhadelas torna-se inconsequente. Tanto em termos de construção como design, este mech do Zane é muito semelhante ao vermelho do Kay que aparece no Dojo, o maior set desta série.

Quanto ao design, não posso apontar muito já que o resultado da construção torna-se num mech bastante reconhecível e com as articulações necessárias para umas boas poses. Outro detalhe é que acho que há um bom equilíbrio entre a complexidade de algumas técnicas e a simplicidade da construção em geral. Isso torna o mech algo longe da simplicidade dos 4+, mas sem ser algo que dê vontade de colocar na estante porque irá partir-se todo nas mãos de uma criança. O meu filho adora-o e fartou-se de dizer que este era o set que gostou mais da série!

As Peças 7/10 (nem mau, nem entusiasmante)

A Construção 7/10 (simples e rápida)

O Desenho 8/10 (boa mas sem brilhar)

Jogabilidade 7/10 (mech vs mauzão =  muita porrada)

71761 Zane's Power Up Mech EVO (4)

Um set que cumpre bem a função de proporcionar um bom entretenimento de forma algo barata. Cumpre sem brilhar. 

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

Review: LEGO 21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone

por baixinho, em 28.12.21

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (1)

Tema: Ideas

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 1125/1

Preço LEGO®: 70€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/21331-1/Sonic-the-Hedgehog-Green-Hill-Zone

 

Pera aí, 1125 peças por 70 euros? Ou este set é um achado ou há aqui algum erro!?

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (2)

Na verdade o que acontece é que a grande maior parte das peças são relativamente pequenas e comuns, como é o caso das mais de duzentas plates 1x1. O que significa que tive que andar mais de duzentas vezes a colocar aquelas pecitas pequenas e que se no início é gratificante, rapidamente se torna bestialmente monótono. Mas nem tudo se resume a essas peças, vamos descobrir mais.

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (3)

Nunca fui fã do Sonic (ou sequer de jogos de consola em geral) e isto resulta em que vou analisar algo que, sinceramente, não me causa grande interesse fora o ser LEGO. No entanto acho curioso que cada vez goste mais da experiência de construir algo que nunca compraria ou, sequer, colocasse na minha wishlist. Dá a sensação que tenho que equilibrar bem o meu gosto pelas peças LEGO e o meu desinteresse e, por vezes, aversão do tema tratado.

O projecto original do Ideas pode ser encontrado aqui e como podem ver, alguns elementos foram aproveitados mas fora a ideia geral, pouco ficou. Mesmo não sendo um grande entendedor do tema, julgo que a representatividade foi mantida e no geral a complexidade de construção também.

A construção é dividida em 6 fases onde apenas a última é composta por dois sacos. Em cada uma das fases vamos colocando uma jóia no stand do Sonic, quase que a lembrar o completar de níveis ou ganhando vidas. Achei engraçado, mas na verdade não acrescenta nada de significativo à experiência de construção. Experiência de construção que é relativamente básica com o contra que uma boa parte dela é, como indiquei acima, empilhar plates 1x1. Ok, são de cores bem giras e úteis, mas isso não entra neste ponto :).

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (4)

Achei curioso o facto que a construção é aparentemente modular, já que nas primeiras 4 fases criamos 4 secções do cenário, mas que durante a quinta unimos todas essas partes. Claro que ficam uns buracos technic no princípio e uns pins no fim do cenário que podem sugerir a opção de colocar vários sets iguais em linha ou a possibilidade de aparecerem mais sets deste estilo.

O desenho é mehh. Parece-me que capta a essência de alguns pontos chave do jogo mas ,para um fã de LEGO, não acrescenta nada de novo ao panorama actual. Não existem propriamente técnicas ou soluções novas e o pouco de SNOT de jeito que aparece (curiosamente apenas na última fase) não entusiasma por aí além. Devo referir que alguns detalhes são completamente dependentes dos autocolantes. Como não aplico-os, o efeito é mesmo fraco. Creio que ficará bem na estante de um entusiasta desta série de jogos e no dos coleccinadores ávidos de sets Ideas e pouco mais.

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (5)

Quanto à jogabilidade é para mim uma grande incógnita e estou curioso como é que o meu filho irá brincar com este set. É que se por um lado temos um um pequeno percurso que faz lembrar perfeitamente o jogo, será que alguém consegue dar-lhe uso mais que três vezes? Pronto, temos o tal Doctor Eggman para servir de inimigo para algumas aventuras. Se me perguntarem se dá para fazer alguma coisa de jeito apenas com as peças deste conjunto, a resposta será rápida. Duvido!

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (6)

O PPP das peças é bastante bom e o lote tem várias peças muuiiito interessantes (dark-orange, hummmm), mas o grande destaque vai para as minhas primeiras plates 1x5. Estranhamente não dei por elas até a altura de estar a utilizá-las na construção. Pareceu-me que eram 1x6 tanto no livro de instruções como quando peguei nelas. Claro que não estava à espera delas e creio que não volte a confundir, no entanto acredito que com as crianças cause confusão, principalmente se estiverem com 1x6 no mesmo lote.

As Peças 9/10 (bom preço, peças interessantes)

A Construção 6/10 (algo monótona com alguns bons pormenores)

O Desenho 8/10 (vou crer que será interessante para os aficionados dos jogos)

Jogabilidade 7/10 (pequeno circuito com boss final também deve funcionar aqui)

21331 Sonic the Hedgehog Green Hill Zone (7)

Um set recheado de um bom lote de peças e que é relativamente fiel à essência deste jogo decano. Pode ser entusiasmante para os fãs do tema, mas não acrescenta nada de essencial para um AFOL que não ligue nada a consolas.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14

Review: LEGO 71767 Ninja Dojo Temple

por baixinho, em 28.12.21

71767 Ninja Dojo Temple (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 1394/8

Preço LEGO®: 100€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71767-1/Ninja-Dojo-Temple

 

O quinto conjunto desta série é também aquele que mais curiosidade me despertou quando as imagens desta vaga foram conhecidas. Não sou muito fã da amálgama que o tema NinjaGo se tornou, mas gosto quando, de certa forma, regressam às origens.

71767 Ninja Dojo Temple (6)

A primeira nota está para o preço do conjunto. 100 euros para uma caixa relativamente grande e com quase 1400 peças? Hum, isto tem tudo para valer a pena! São pouco mais de 7 cêntimos por cada peça e nesta vaga isso é um feito. Mas o melhor em relação às peças nem foi isso. Foi o facto que sempre que abria uma nova saqueta, ficava ainda mais agradado com a seleção de peças que se espalhavam à minha frente. A proporção de peças básicas (mais) e peças específicas (menos) era a ideal, as cores utilizadas eram quase todas do meu agrado e fiquei com a sensação que a grande maior parte delas facilmente iriam para as minhas construções originais. Isto se andasse com tempo para as fazer :)

71767 Ninja Dojo Temple (8)

Além disso gostei da presença de algumas peças novas (para a minha colecção), o que pode causar alguma admiração para quem me conhece. Fiquei agradado porque eram peças que posso considerar de básicas, que preenchem lacunas na LEGO e que, talvez principalmente, tem tudo para serem utilizadas por mim com regularidade. Tem também uma variedade de peças raras e incomuns muito interessantes. Várias delas não tinha nenhum exemplar no meu stock ou eram escassas. Quando desmontar este conjunto, fico com a certeza que vou ficar com uma melhor colecção de peças. É daquelas alturas em que ter vontade de desmontar um set é um sinal de apreço para o próprio set!

71767 Ninja Dojo Temple (10)

Em termos de minifigs a seleção é a habitual neste tipo de conjuntos. Temos a qualidade habitual nas impressões e formas, acessórios bestiais e a presença da Pixal, personagem que não teve direito a tantas aparições como isso.

71767 Ninja Dojo Temple (13)

A construção é dividida em 12 fases, todas elas relativamente curtas e com uma quantidade de peças que diria na média. Ignorando as minifigs, a primeira fase é o ariete motorizado dos malvados homens (bem, na verdade, minifigs) cobra; depois passamos para o pequeno mech do Kai e só na terceira fase é que chegamos ao dojo. São nove as fases que dedicamos ao dojo e posso dizer que passaram num instante. Apesar de termos uma ou outra zona repetida e apesar de não ser propriamente uma maravilha de técnicas ousadas, a verdade é que a construção é deliciosa. A quantidade de formas diferentes, de zonas alternadas e detalhes interessantes faz com que este set seja uma excelente experiência de construção tendo em conta que é direccionado para os mais novos. Além disso a construção é intercalada entre vários detalhes o que faz com que o “levantar paredes” nunca se torne numa tarefa chata. A décima-segunda fase é dedicada ao pequeno acrescento lateral e respectiva ponte de ligação.

71767 Ninja Dojo Temple (15)

O resultado final é completamente do meu agrado. O dojo tem um aspecto fantasioso qb onde não são esquecidos detalhes realistas. Existem vários pormenores que o tornam bastante jogável e até arrisco dizer que algumas coisas giras ficam tão escondidas que depois não vão chegar a ser utilizadas. Claro que a construção com a traseira aberta não é propriamente do meu agrado, mas facilita imenso a brincadeiras dos mais novos. Adorei a forma como é alcançada uma dimensão considerável para esta faixa de preço sem se recorrer a peças demasiado grandes (as POOP como se falou no último do podcast Conversas em Construção).

71767 Ninja Dojo Temple (2)

71767 Ninja Dojo Temple (3)

Quanto à jogabilidade, temos um templo recheado de locais de brincadeira, apesar de a maior parte deles serem demasiado pequenos para os meus dedos. Depois temos os mauzinhos que acrescentam as habituais possibilidades de aventura.

As Peças 10/10 (excelente variedade e preço)

A Construção 9/10 (agradável de princípio ao fim)

O Desenho 9/10 (templo bastante identificável recheado de vários detalhes )

Jogabilidade 9/10 (oferecer o potencial de jogabilidade habitual)

71767 Ninja Dojo Temple (16)

Este é um excelente conjunto LEGO. Excelente variedade e distribuição de peças, experiência de construção muito boa que resulta num design interessante e com um grande potencial de brincadeira.

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:00

Review: LEGO 71762 Kai's Fire Dragon EVO

por baixinho, em 20.12.21

71762 Kai's Fire Dragon EVO (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 204/3

Preço LEGO®: 30€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71762-1/Kai-s-Fire-Dragon-EVO

 

Ok, voltamos a ter um preço estapafúrdio. Como disse no vídeo, acredito mesmo que isto tenha sido um engano. É que este set e o 71763 tem o mesmo preço e o tamanho da caixa e a quantidade de peças é bem diferente. Será que o preço irá mudar? Por acaso é mesmo uma coisa com que fiquei curioso e até coloquei uma nota na agenda para verificar isto algures a meio de Janeiro. 

O livro de instruções tem 92 páginas e divide a construção em quatro fases. De notar que voltamos a ter níveis (ver reviews anteriores) e neste existem três. Apesar de ter sido eu a montar, mostrei e expliquei este novo conceito ao meu filho (7 anos). Achou piada, mas deu mais valor às vinhetas de banda desenhada nas instruções do que propriamente ao detalhe de haver um desenvolvimento dos personagens.

71762 Kai's Fire Dragon EVO (2)

71762 Kai's Fire Dragon EVO (3)

71762 Kai's Fire Dragon EVO (4)

A experiência de construção é então diferente já que existem vários momentos onde temos que alterar construções já feitas. Talvez o pormenor mais simples é mesmo colocar acessórios nas minifigs, tendo que retirar e colocar novamente a cabeça. Fora isso, nada de novo.

71762 Kai's Fire Dragon EVO (5)

71762 Kai's Fire Dragon EVO (6)

O resultado final é um dragão melhorzito do que o do set 71760 mas que no fundo segue as mesmas formas. Se no 71760 tinha achado o local de onde saem as asas, neste acho estranha o formato geral das asas, já que ficam muito para a frente e quase que fazem lembrar umas garras. Pessoalmente não gosto nada do efeito. 

71762 Kai's Fire Dragon EVO (7)

A jogabilidade é garantida pela presença de dois mauzinhos e um par de acessórios. A história introduzida pelo livro de instruções é algo giro, mas que rapidamente é colocado de lado.

71762 Kai's Fire Dragon EVO (8)

Em termos de peças, as mais interessantes já são conhecidas nossas de outros conjuntos desta vaga. Gosto de algumas das peças douradas, peças impressas e de alguns dos acessórios.

As Peças 6/10 (caro para o que oferece)

A Construção 7/10 (vulgar, exceptuando a história simples que é introduzida ao longo das páginas)

O Desenho 6/10 (o esperado)

Jogabilidade 6/10 (dragão contra dois mauzinhos…)

71762 Kai's Fire Dragon EVO (9)

71762 Kai's Fire Dragon EVO (10)

No fundo é um pequeno brinquedo onde a jogabilidade resulta mais das construções do que do ato de as construir ou mesmo das possibilidades que as peças proporcionam. Qualidade habitual da LEGO, mas pouco para os 30 euros que custa.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:45

Review: LEGO 71766 Lloyd's Legendary Dragon

por baixinho, em 08.12.21

71766 Lloyd's Legendary Dragon (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 747/4

Preço LEGO®: 60€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71766-1/Lloyd-s-Legendary-Dragon

 

Depois de ter ficado algo assustado com o preço do conjunto que analisei anteriormente (71760), a caixa e quantidade de peças deste já me parecem mais ajustados.

71766 Lloyd's Legendary Dragon (2)

O PPP é de 8 cêntimos, o que o torna no mais barato dos 3 sets desta vaga que analisei até ao momento. Das peças destaco as seis unidades da 6362975 que julgava que era nova, as 3 unidades da plate 1x3 com dois clips que já tínhamos visto no review anterior, as várias quarto de domo em azul escuro, entre várias outras peças. De notar que fiquei agradado com a quantidade de peças em tons de verde e também a quantidade agradável de plates para SNOT. Por outro lado, a quantidade de peças technic é considerável e, sinceramente, é para mim um ponto negativo (sim, mesmo aquelas novas technic click hinges). Curiosa a utilização de onze plates 2x2 round em azul claro que acabam por ficar todas escondidas! Por fim, devo referir o tecido das asas, que é bastante maleável e que é evidente no vídeo de unboxing e speedbuilding que está no fim do artigo.

71766 Lloyd's Legendary Dragon (3)

Os minifigs estão em linha com os outros conjuntos desta vaga. Se no início achava que as cabeças das cobras eram demasiado grandes, agora já começo a achar piada, principalmente porque começam a ser muitas :)

71766 Lloyd's Legendary Dragon (4)

As 132 páginas do livro de instruções proporcionam uma construção relativamente agradável. Digo relativamente porque apesar de ter vários detalhes muito interessantes, a verdade é que muitas vezes temos que fazer secções em duplicado.. Sendo que algumas delas tem uma componente technic muito forte. Sim, coisa que dispensava. Ficam para a memória o gadget para mover as asas, a intricada cabeça e os membros posteriores.

71766 Lloyd's Legendary Dragon (5)

O livro de instruções faz lembrar um pouco os do Monkie Kid do ano passado, já que contém uma barra de progressão na parte inferior, alguns efeitos de realce em situações chave e algumas vinhetas num estilo comics que continuam a agradar-me. Apesar do Lloyd ir evoluindo ao longo das instruções, isso não é realçado nem na caixa, nem no livro de instruções como acontece com os outros dois sets que analisei desta vaga.

71766 Lloyd's Legendary Dragon (6)

Quanto ao desenho, há aspectos que me agradam e outros nem por isso. De forma geral gosto muito da metade frontal do dragão, mas os quartos traseiros são extremamente pequenos. Dá a sensação que só se dedicaram ao que se vê, deixando apenas o mínimo essencial para o resto. Isso faz com que, no meu entender, o animal esteja desproporcional. Apesar do provérbio, gosto do esquema de cores. Gosto também das possibilidades que as articulações nos oferecem em termos de poses, mas acho que nisso já estamos habituados à qualidade da LEGO.

71766 Lloyd's Legendary Dragon (7)

Em termos de jogabilidade, temos um combate desigual entre um dragão com dois heróis e dois rufias com uma espécie engraçada de balista. Para os miúdos é diversão garantida até ao momento que desmontarem isto e tentarem fazer outra coisa qualquer.

As Peças 8/10 (boa variedade a um preço aceitável)

A Construção 8/10 (sempre intricada mas com algumas repetições)

O Desenho 7/10 (imponente mas desproporcional)

Jogabilidade 8/10 (enquanto voar, é diversão garantida)

71766 Lloyd's Legendary Dragon (8)

Não consigo dizer que não gosto deste dragão. É verdade que acho que tem um corpo desproporcional, mas a experiência de construção foi deveras gratificante e fica bem numa prateleira.

Como sempre, pergunto-me o que os miúdos fazem com as peças depois de desmontado.

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:30

Review: LEGO 71760 Jay’s Thunder Dragon EVO

por baixinho, em 07.12.21

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 140/2

Preço LEGO®: 20€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71760-1/Jay-s-Thunder-Dragon-EVO

 

Não é só a caixa ser pequena que chama a atenção, a quantidade de peças também. É que não estou a ver caixas tão pequenas (e finas) a atingirem o patamar dos 20 euros e se ao início pensei que poderia ser uma medida de sustentabilidade (caixa + pequena, - desperdício de recursos), a verdade é que a quantidade de peças acompanhou a diminuição do tamanho. Haverá um engano no preço (que está no próprio site da LEGO)?

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (2)

Os mais de 14 cêntimos do PPP podem ser disfarçados pela quantidade de peças novas ou muito recentes. Asas e cabeças de dragão podem ser fáceis de ignorar, mas há duas peças que despertaram o meu interesse. Primeiro as quatro unidades da 6365678 que é uma peça curiosa. Primeiro porque é uma mistura de plate com brick com duas plates de altura. Segundo porque tem aquele ângulo estranho, que poderá dar a possibilidade de construções únicas em hexagonos. É, com certeza, uma peça que quero explorar mais. A segunda peça é, obviamente, a plate 1x3 com dois clips (6365692). Adoro a conexão clip+bar e todas as peças “básicas” que aparecem para este tipo de ligação são sempre uma mais valia para mim. De resto há que destacar as peças em azure e as em amarelo deslavado.

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (3)

São duas as fases de construção (e níveis) que decorrem ao longo das 76 páginas do livrinho de instruções. Na primeira montamos o Jay, o malvado Cobra Mechanic (verificar) e uma versão terrestre e mais curta do dragão. Na segunda parte o Jay ganha a “carapuça” ninja e a ceninha para colocar a catana. Já o dragão ganha duas secções intermédias que o torna um pouco mais comprido. Uma no torso e outra no início da cauda. Além disso, ganha uns raiozitos na cauda, umas protecções douradas, uma sela miserável e umas asitas (nas patas!) que tem todo o aspecto de serem ornamentais. Por fim e se conseguirem completar a missão, recebem a bandeira para hastear algures no dragão. Isto tudo é ilustrado com alguns desenhos com um estilo bem comics que, surpreendentemente, agradaram-me.

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (4)

Claro que isto faz perguntar-me se, porventura, haverá crianças que não conseguem ganhar a bandeira. Yeps, que não conseguem construir completamente um pequeno conjunto como este! :/

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (5)

O desenho é simplista, sem grande técnicas e, de certa forma, previsível. No entanto acho que com as extensões colocadas na segunda fase, o dragão fica demasiado magro. A jogabilidade é a esperada se ignorarmos o detalhe dos níveis da construção.

As Peças 6/10 (algumas novidades interessantes, mas que não compensam o preço)

A Construção 6/10 (ultra-rápida)

O Desenho 5/10 (demasiado simples, demasiado magricela)

Jogabilidade 7/10 (expectável)

71760 Jay's Thunder Dragon EVO (6)

É um conjunto regular com um dragão nada surpreendente. Algumas peças interessantes, construção vulgar e com uma boa jogabilidade. Algo caro para o que é.

Conclusão 6/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Review: LEGO 71763 Lloyd’s Race Car EVO

por baixinho, em 06.12.21

71763 Lloyd's Race Car EVO (1)

Tema: NinjaGo

Ano de Edição: 2022

Número de Peças/Minifigs: 279/3

Preço LEGO®: 30€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/71763-1/Lloyd-s-Race-Car-EVO

 

Este é o primeiro de seis reviews que vou fazer sobre os conjuntos da nova vaga de NinjaGo. Por pouco falho a totalidade dos 8 sets previstos deste tema para Janeiro de 2022.

Apesar de ter ficado relativamente agradado com as vagas do ano passado (analisei uma boa parte de duas das três vagas), a primeira impressão que tenho desta vaga não é a melhor. Claro que essa impressão foi obtida por uma vista geral nas caixas e, provavelmente, irá modificar-se consoante vou analisando os conjuntos que tenho.

71763 Lloyd's Race Car EVO (2)

Invulgarmente desta vez vou falar da caixa. Apesar de achar piada ao aspecto comics da frente, acho que não dá uma leitura clara do que realmente a caixa contém. Mas o que mais me intrigou foi a traseira onde o set é mostrado em vários estágios de montagem com as legendas “Sobe de nível para completar a missão”; “Cruzeiro”; “Aceleração” e “Aceleração”. Sim, esta última aparece duas vezes. Só depois de montar o conjunto é que percebi o que isto tudo significava, mas deixo isso mais para a frente.

No momento que fiz o vídeo e esta review, a informação no BrickSet não era muita. Portanto, sem uma bengala fundamental das minhas análises há algumas coisas que não vou abordar. 

71763 Lloyd's Race Car EVO (3)

Em termos de peças começo por dizer que o PPP de 10,75 cêntimos é mais ou menos o que começo a esperar nestes conjuntos mais pequenos do tema NinjaGo. Não é um set licenciado, mas acredito que a quantidade de peças exclusivas do tema fazem que a produção seja um pouco mais cara. Há algumas peças novas (armas) e várias outras que tem o seu interessante. Mas numa apreciação global, nada que me chame grandemente a atenção. Aliás, confesso que o que me chamou a atenção foi uma das minifigs dos “maus”, não por si própria, mas por aparecer em todos os conjuntos que recebi. Yeah, vou ter um exército de seis homem-cobra laranjas mais ou menos iguais!

O livro de instruções tem 128 páginas, todas com um fundo num tom próximo ao de pele (de um caucasiano, ok) que fica muito agradável e, penso eu, facilita a leitura dos passos. A construção está dividida em 4 fases, sendo que no final da segunda, terceira e quarta “subimos de nível”. Mas o que é isso de “subir de nível”?

71763 Lloyd's Race Car EVO (4)

Basicamente no final de cada nível a construção está preparada para servir de cenário para uma aventura. Ao longo da construção, a aventura, o modelo e os personagens vão evoluindo. Acredito que isto tenha sido feito para tornar a construção divertida, mas sinceramente, não vejo a existência dessa necessidade. A construção é simples e rápida (cada um destes passos demorou em média 60% do tempo que demoro noutros sets) e estas “paragens” só fazem com que haja uma quebra no processo. Claro que percebo que as crianças de hoje em dia não conseguem estar numa mesma tarefa durante muito tempo e isso pode explicar a introdução deste mecanismo. No entanto eu vejo essa incapacidade das crianças de hoje como um problema que deve ser resolvido e não deve ser encarado como algo que não se deve combater.

Depois da construção completa e termos obtido a bandeira de reconhecimento, o conjunto é aquilo que se espera de um veículo NinjaGo. Construção robusta, vários ornamentos para lhe dar um ar “ninja” e sempre algo para disparar. Há tanta coisa assim no tema que já me causam alguns bocejos, exactamente como acontece com Star Wars.

As Peças 7/10 (nada memorável)

A Construção 6/10 (linear com uma tentativa de níveis que simplesmente não me convence)

O Desenho 8/10 (o esperado, mas cumpre)

Jogabilidade 8/10 (a esperada, mas também cumpre)

71763 Lloyd's Race Car EVO (5)

O maior problema deste conjunto é que é mais do mesmo, apenas com a inovação de subir de nível conforme vamos construindo, processo que não me convenceu. De resto, cumpre na perfeição a sua missão.

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Review: LEGO 41690 Friends Advent Calendar

por baixinho, em 30.11.21

41690 Friends Advent Calendar (a)

Tema: Friends

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 370/5

Preço LEGO®: 25€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/41690-1/Friends-Advent-Calendar

 

Este conjunto foi uma oferta da LEGO através da Suit.pr há algumas semanas atrás. Oferta que levantou um desafio bem interessante porque não tinha qualquer plano nem para fazer uma análise a um Advent Calendar nem a outro conjunto Friends.

Como fazer um review de um Advent Calendar onde há algum interesse em não mostrar aquilo que vai ser uma surpresa diária durante uma boa parte do mês? Poderia simplesmente dividir o artigo em duas partes, deixando os spoilers para a segunda (que seria lida por praticamente toda a gente). No entanto opto por um artigo mais pequeno e geral e depois vou revelando diariamente o conteúdo deste calendário do advento (existe esta expressão?).

41690 Friends Advent Calendar (b)

A caixa tem o formato habitual para este tipo de sets e talvez a única novidade para uma pessoa que há anos não abre um Advent Calendar, é que o insert interior é feito numa espécie de pasta de papel ao contrário dos antigos de plástico. Claro que isto levou-me a uma pergunta que não tem nada que ver com LEGO. Quem está habituado a ir a mercearias nas aldeias sabe perfeitamente como são guardadas as mudas (de plantas). Será realizável mudar esses recipientes de plástico (seja esferovite ou outro) para algo em pasta de papel? Tendo em conta que as mudas têm que ser regadas e muitas vezes até estão cá fora ao tempo, duvido que isto seja uma solução.

Voltando ao tema, a caixa apesar de algumas coisitas bem estereotipadas quanto ao público alvo (meninas), a verdade é que olhando bem até está menos que os sets dos anos anteriores. Tendo em conta o palavreado da LEGO em resultado destes estudos, podemos ver que vão na direcção certa mas, no entanto, há ainda um longo caminho a percorrer. Coisa que será sempre difícil de alcançar se mantiveram esta linha como referência a 5 jovens amigas que possuem claramente o estilo de séries juvenis norte-americanas. De qualquer forma a verdade é que ignorando estas particularidades, os conjuntos Friends conseguem ser agradáveis e interessantes. Será que este calendário de advento consegue o mesmo efeito?

41690 Friends Advent Calendar (c)

Construí os 24 modelos de uma assentada e posso dizer que não me senti nada aborrecido com a tarefa. É verdade que nada me espantou em termos de técnicas de construção, no entanto a grande maioria das construções são boas e, fora um detalhe ou outro, facilmente utilizáveis em interiores. Claro que a maior parte das coisas são relacionadas de alguma forma com o natal, mas não senti que fossem unicamente dedicadas ao que eles pensam que as meninas gostam. Gostei particularmente dos modelos que podem ser utilizados nos interiores das casas e achei muita piada a alguns dos brinquedos, principalmente dois que estão ligados a uma história tradicional. Sim, as minidolls são algo assim para inútil para mim, mas a ver se dou a alguém.

Em termos de peças este set é uma pequena preciosidade. As únicas peças exclusivas são as minidolls, mas a quantidade de peças é muito boa e a grande maior parte delas são interessantes, apesar de pequenas. Fiquei também espantado com a quantidade de peças extras. Claro que isto deve-se à quantidade de saquetas, mas é sempre estranho ver tantas peças extras num conjunto de 25€.

41690 Friends Advent Calendar (d)

No fundo acho que este set proporciona uma pequena actividade diária cativante e com um  resultado final interessante e com algum potencial de jogabilidade. Depois de uma análise rápida, este é o meu preferido dos cinco (!) deste ano. Sim, os meus princípios mandam os licenciados logo para os últimos lugares :D

As Peças 8/10 (muitas interessantes mas na maior parte pequenas)

A Construção 7/10 (sem espantar mas também sem aborrecer)

O Desenho 8/10 (a maior parte dos modelos são queridos :) )

Jogabilidade 9/10 (24 dias divertidos)

41690 Friends Advent Calendar (e)

Um calendário de advento que promete e cumpre. Um pequeno brinquedo todos os dias que no final resulta num bom conjunto de modelos.

Conclusão 8/10

 

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:40

Review: LEGO 31120 Medieval Castle

por baixinho, em 29.11.21

31120 Medieval Castle (01)

Tema: Creator

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 1426/4

Preço LEGO®: 110€ (100 na Alemanha)

Link Brickset: https://www.lego.com/pt-pt/product/medieval-castle-31120

 

Este é daqueles sets que é difícil de não o considerar excelente logo à partida e essa é uma tarefa que nem sequer vou tentar. Sou um fã incondicional deste tipo de conjuntos que podem ser chamados verdadeiramente de jogos de construção. Onde as possibilidades não se esgotam num único modelo e que com as peças disponibilizadas, existe um potencial enorme de ajudar a criatividade de qualquer um, seja criança, seja adulto.

31120 Medieval Castle (03)

Poderia ficar por aqui, no entanto este conjunto é também excelente na forma que gera conteúdo para discorrer várias linhas de texto aqui no blog. :)

31120 Medieval Castle (11)

Apesar de ser uma compra com um custo de apenas 110 euros para o conteúdo que tem, a verdade é que me irrita um pouco a diferença de preços em relação aos praticados noutros países da União Europeia. Ok, a Alemanha tem um mercado extremamente superior ao nosso e logo é natural que os preços sejam mais baixos. Mas acredito que a LEGO poderia ter uma atenção nestas linhas mais básicas como o DUPLO, Classic, City, Friends e Creator e deixar essa diferenças de preços para os restantes temas.

31120 Medieval Castle (12)

Mas como indicado acima, os 110 euros não são tão caros como pode parecer para este conjunto Creator. Primeiro o Preço por Peça está nos 7,7 cêntimos, o que não é muito tendo em conta os dias de hoje. Claro que muita gente pode reclamar a ausência de peças raras (apenas temos algumas exclusivas que são peças relativamente básicas em novas cores), mas a verdade é que se a grande maior parte das peças são comuns, é também verdade que são todas extremamente úteis e fáceis de utilizar nos mais variados contextos. Basicamente é como digo algures no vídeo de unboxing e speedbuilding, alguém que construa MOCs com regularidade, vai utilizar a grande maioria destas peças em menos de um ano. Além disso, a distribuição entre peças básicas e peças mais específicas é como eu gosto. Muitas das primeiras, algumas das segundas. Isto nas mãos dos mais novos é ouro, já que por norma é com esta distribuição que eles constroem. E fora os AFOLs mais avançados, isso acontece com a maior parte de nós. Além disso devo referir que a maior parte das peças específicas não são indicadas apenas para construções medievais, já que podem ser utilizadas facilmente noutros temas.

31120 Medieval Castle (13)

No fundo, este conjunto é provavelmente o melhor pack de peças que anda por aí. 

31120 Medieval Castle (14)

Não, não me esqueci das minifigs. Com a parca oferta de minifigs verdadeiramente medievais (ou pelo menos aquilo que eu acho que deva ser medieval) que actualmente a LEGO oferece, só pecam por ser poucas. :)

31120 Medieval Castle (15)

Construí os três modelos e sinceramente nenhum deles conseguiu enfadar-me. Não existem técnicas deslumbrantes e nem estava à espera disso. No entanto como é sempre variada e nunca estamos muito tempo na mesma secção, chega a ser divertida. Claro que há algumas coisas que me intrigam, como por exemplo em determinados passos estar a colocar peças que ficam em secções diferentes da construção, mas é uma experiência agradável apesar de não ser propriamente memorável.

31120 Medieval Castle (16)

O resultado de todos os modelos é impressionante por várias razões. Primeiro a escala, já que consegue ser imponente apesar dos pisos apenas terem entre 5 e 6 bricks de altura. Faz lembrar imenso os castelos dos anos 80 e para mim isso é excelente. Apesar desta escala permitir menos pormenores, a verdade é que é um exemplo muito mais replicável pelas crianças e AFOLs do que outros conjuntos mais “adultos” como os modulares ou mesmo alguns Ideas. É também impressionante porque os três modelos estão preparados para se conectarem entre si formando uma fortificação ainda maior. Claro que para isso seria necessário investir mais 220 euros em outros dois sets. No entanto como a grande maioria das peças são relativamente básicas, acredito perfeitamente que muita gente conseguisse replicar mais ou menos os modelos secundários apenas ajustando algumas cores e algumas peças. Esta é mais uma das razões porque adoro estes designs. Não é necessário abusar das peças específicas para chegar a um desenho reconhecível, brincável e bonito e assim conseguir-se replicar com as peças que temos lá em casa.

Claro que o set tem alguns pontos menos positivos em termos de design. Sim, refiro “menos positivos” em vez de “negativos” porque são isso mesmo. Por exemplo, o esquema de cores consegue ser brutal em alguns aspectos (adoro o amarelo, apesar de na verdade deveria ter sido utilizado o branco), no entanto o jogo entre o cinzento escuro e o cinzento claro não é propriamente do meu gosto, tornando o castelo mais escuro do que acho que deveria ser. Compreendo a escolha para evitar paredes monótonas e para disfarçar melhor a utilização dos painéis 1x4x3, mas mesmo assim não consigo ficar inteiramente satisfeito. Por outro lado acho algo inconsistente alguns interiores terem até algum detalhe e outros estarem simplesmente vazios. 

31120 Medieval Castle (17)

De qualquer forma, são detalhes que não são suficientes para deixar de olhar embevecido pela simplicidade de brinquedo do modelo principal deste set e, de certa forma, dar valor aos dois modelos secundários. 

31120 Medieval Castle (18)

O que faz ligação ao ponto seguinte, a jogabilidade. É que a simplicidade do desenho deste conjunto leva a que tenha um elevado potencial de ser adaptado, replicado, alterado entre outros “ados”, num elogio ao que é ser um verdadeiro brinquedo de construção. Os próprios modelos alternativos são uma prova disso, já que todos eles se conjugam facilmente. Estou a imaginar qualquer pessoa a fazer outro tipo de muralhas ou mesmo a juntar peças de outras cores para fazer mais umas casitas medievais. Claro que serão construções simples, mas apropriadas às crianças que são o público-alvo deste set.

31120 Medieval Castle (19)

Sim, além disso tudo, qualquer um destes modelos chama por mil e uma aventuras. Uns minifigs a mais poderia ser interessante, mas nada de grave que que não possa ser colmatado com uns NinjaGo ou uns polícias da City.

Ahh, o trabuco é um espetáculo!!

 

As Peças 10/10 (na maior parte básicas, mas sempre muito úteis)

A Construção 9/10 (excelente sem ser memorável)

O Desenho 10/10 (genialmente básico)

Jogabilidade 10/10 (enorme potencial de construção e brincadeira)

31120 Medieval Castle (04)

Querem oferecer um excelente brinquedo de construção? Este set é uma escolha acertada! Tem imensas peças úteis, uma jogabilidade excelente e um grande potencial de criatividade.

Conclusão 10/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:32

Review: LEGO 60300 Wildlife Rescue ATV

por baixinho, em 10.11.21

60300 Wildlife Rescue ATV (1)

Tema: City

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 74/1

Preço LEGO®: 10€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/60300-1/Wildlife-Rescue-ATV

 

Depois de ter analisado o 60307 Wildlife Rescue Camp, pegar neste set pode parecer algo... básico. No entanto acho que é óptimo para perceber uma coisa. Se a linha funciona bem em conjuntos grandes ou pequenos.

60300 Wildlife Rescue ATV (2)

Já montei este set duas vezes (no vídeo abaixo tinha sido a segunda vez) e se em termos de experiência de construção é demasiado pequeno para ser expressivo, o desenho é relativamente satisfatório. Por um lado temos a moto-quatro com um sistema que fica entre amortecedor e direcção utilizando para o efeito umas peças novas. Longe dos amortecedores que existiram no início dos anos 90, é um sistema que me confunde um pouco porque o eixo de amortecimento não é perpendicular ao terreno. De qualquer forma a moto-quatro tem um desenho reconhecível, a árvore cumpre a função e o drone poderia ser claramente melhor. Gosto dos macacos e o escorpião é o mesmo (ou semelhante que agora com tantas pequenas modificações nunca sei quando são novos moldes) que nos acompanha há mais de duas décadas.

60300 Wildlife Rescue ATV (3)

Gosto da jogabilidade proporcionada pelo set, já que vejo o tema como positivo e tratado  de forma simples mas sem cair no cliché dos maus da fita (caçadores furtivos, por exemplo). Em termos de utilizar as peças para outras construções… esqueçam isso e comprem conjuntos Creator ou Classic.

60300 Wildlife Rescue ATV (5)

Em termos de peças tem um PPP desgraçado de 13 cêntimos e meio, algo que não consigo encontrar grande justificação. Tem algumas peças interessantes como as castanhas, as duas folhas e pouco mais. Sim, os macacos são excelentes.

As Peças 5/10 (macacos e pouco mais)

A Construção 6/10 (nada a apontar)

O Desenho 7/10 (poderia ser melhor)

Jogabilidade 8/10 (boa e positiva)

60300 Wildlife Rescue ATV (4)

É um conjunto de baixo custo mas que sinceramente poderia oferecer mais pelo preço que custa. Gostei da jogabilidade proporcionada já que não necessita ter um “bad guy”.

Conclusão 6/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

Review: LEGO 60307 Wildlife Rescue Camp

por baixinho, em 08.11.21

60307 Wildlife Rescue Camp (01)

Tema: City

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 503/6

Preço LEGO®: 100€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/60307-1/Wildlife-Rescue-Camp

 

Já há algum tempo que o tema City é animado no segundo semestre de cada ano com um tema mais dedicado à exploração do que a vida citadina. Seja no espaço, seja no fundo do mar, seja nos pólos ou, como neste ano, seja ligado à vida selvagem. Estas séries são sempre do meu interesse já que por norma são ser uma lufada de ar fresco no panorama das caixas azuis da LEGO. Bem, na verdade estas séries ultimamente andam numa espécie de ciclo e passado alguns anos voltam à carga.. Portanto perde a sensação de frescura para quem anda aqui há anos.

Dos parcos quatro conjuntos desta série (fora polybags), este é o mais caro de todos e, aparentemente, é exclusivo de algumas superfícies comerciais. Apesar de ter um aspecto bastante infantil, aquela bicharada toda aguçou a minha curiosidade e portanto aqui fica a minha análise.

Começo pelo Preço Por Peça que roça os 20 cêntimos, o que torna este conjunto algo próximo do escândalo. Claro que aquele elefante deve pesar significativamente no preço e as 10 unidades da peça das árvores devem ajudar à festa. Não esquecer os outros animais e outras peças grandes que, sinceramente, até tem o seu interesse. A verdade é que no fim até temos um volume que quase que consegue justificar o preço. No entanto fica sempre a sensação de poucas peças por 100 euros.

Existem várias peças interessantes e que devo destacar. As novas plates 8x8 com cantos arredondados (6350709), as 12 unidades da macaroni em castanho (6322211), a vegetação, os 18 arcos em castanho (6055086) e claro, os animais. Todos eles. Deixo para o fim a 6350724 que me surpreendeu imenso. Basicamente é uma barra de 2 com o centro um pouco mais grosso. Yeps, uma barra de 2, algo que antes apenas era conseguido cortando as hose. Esta é uma peça que pretendo utilizar imenso nos meus MOCs!

60307 Wildlife Rescue Camp (06)

Quanto às minifigs, segundo o Brickset são todas exclusivas mas confesso que também não são propriamente dignas de nota. Mas se os minifigs não são dignos de nota, com os animais já não é bem assim. O elefante, os felinos, os macacos e a ave são todos excelentes. Quanto ao elefante ainda torço um pouco o nariz já que estou habituado à versão antiga. Tanto que pretendo fazer um vídeo a comparar os dois!

60307 Wildlife Rescue Camp (09)

60307 Wildlife Rescue Camp (10)

60307 Wildlife Rescue Camp (11)

Temos 4 livros para a construção que por sua vez está dividida em 6 fases. Em termos de técnicas não há nada que entusiasme, no entanto devo referir que a construção decorre de forma suave e nada monótona já que varia do princípio ao fim. 

60307 Wildlife Rescue Camp (02)

A primeira fase é dedicada à motorizada, ultra-leve e pequeno rochedo que vai entrar em chamas. Se não há nada a dizer quanto ao rochedo, posso dizer que fiquei agradado com o ultra-leve e, claro, com a motorizada.

60307 Wildlife Rescue Camp (03)

Na segunda fase temos aquele rochedo à Rei Leão com a árvore meia despida e, o que presumo ser, uma ave de rapina qualquer. Apesar das enormes peças para as árvores serem terrivelmente “juniorizadas”, a verdade é que ajudam a fazer crescer o arvoredo sem comprometer muito. O cenário não é muito entusiasmante em termos de detalhe, mas creio que serve perfeitamente para servir de base para algumas fábulas.

60307 Wildlife Rescue Camp (04)

O terceiro livro já teve direito a duas fases já que o camião é bem concentrado a nível de peças. O desenho é simples e, talvez, algo volumoso para um laboratório demasiado vazio. No entanto, o efeito exterior é porreiro e tem mesmo um aspecto robusto.

60307 Wildlife Rescue Camp (05)

60307 Wildlife Rescue Camp (07)

O quarto livro também teve direito a duas fases, uma para cada árvore. Em termos de construção não há nada a declarar mas o resultado final ficou mesmo aquém do que poderia ser. Grua demasiado simples sem se perceber como é controlada, árvores despidas e utilização desnecessária de peças Technic. Enfim, acho que poderia ser melhor e mais detalhado.

 

As Peças 7/10 (poucas, mas com várias coisas muito interessantes)

A Construção 7/10 (vulgar mas sem comprometer)

O Desenho 7/10 (desinspirado)

Jogabilidade 9/10 (animais e os seus protectores podem e devem dar boas histórias)

60307 Wildlife Rescue Camp (08)

É um conjunto que peca por ter poucas peças para o preço que tem e possuir um desenho algo simplista. No entanto, tem dois aspectos muito interessantes. Primeiro os animais, alguns deles exclusivos mas todos interessantes; segundo o potencial de brincadeira positiva.

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:19

Review: LEGO 31117 Space Shuttle Adventure

por baixinho, em 27.10.21

31117 Space Shuttle Adventure (1)

Tema: Creator

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 486/1

Preço LEGO®: 55€ (sim, menos 5 euros na Alemanha)

Link Brickset: https://www.lego.com/pt-pt/product/space-shuttle-adventure-31117

 

Este é o terceiro conjunto Creator com o tema espacial nos últimos tempos (31107 Space Rover e 31115 Space Mining Mech) e que, para meu agrado, partilham o mesmo esquema de cores. Não sei se a LEGO irá continuar com este tema com este esquema de cores no Creator, mas fiquei bastante contente com os primeiros dois e agora vamos saber o que penso do terceiro desta série. Principalmente tendo em conta que é enésima vez que a LEGO lança um Space Shuttle.

31117 Space Shuttle Adventure (2)

Antes de mais devo referir que me parece que a escolha dos três modelos deste conjunto é tudo menos aleatória, já que todos podem ser reflectidos em conjuntos maiores que ainda se encontram em produção. O 10283 NASA Space Shuttle Discovery, o 10266 NASA Apollo 11 Lunar Lander e o 92176 NASA Apollo Saturn V.

31117 Space Shuttle Adventure (3)

As 486 peças que compõem este conjunto parece-me algo escassas para o preço de referência já que resulta num Preço Por Peça de 11,3 cêntimos. Um PPP que acho elevado para um conjunto não licenciado, sem peças exclusivas (ok, tem aquela plate click hinge, mas isso deve-se à mudança da peça), apenas algumas raras que até são interessantes, mas sem peças de grandes dimensões que justifiquem o valor do conjunto. Aliás, em termos de dimensões dos modelos, a sensação de ser caro persisto já que os modelos são relativamente pequenos. Pequenos mas também densos, já que a grande maior parte das peças são plates, modificadas ou não. É nisso que as peças deste conjunto ganham, já que a grande maior parte são peças úteis e fáceis de utilizar noutros contextos. Destaco os enormes painéis curvos (6343076), as estranhas tiles 1x4 em trans qualquer coisa (6323618) e as sempre bem-vindas 8 unidades do brick 1x1x1 ⅔ com studs de lado (6218841), as também 8 unidades da útil plate 1x2 com uma plate 2x2 na perpendicular (6250019) e as 6 unidades da tile 2x4 (4560178) e da tile 2x2 (6217875) recortada.

31117 Space Shuttle Adventure (4)

Existem três livros de instruções, um para cada um dos modelos. 116 páginas para o shuttle, 64 páginas para o módulo de alunagem e 76 para o foguetão. As saquetas vem numeradas com três fases, que são dedicadas ao modelo principal. A construção de todos os modelos é interessante já que além do vulgar empilhar peças, existem várias situações em que são utilizadas técnicas mais avançadas. Claro que não há nada de surpreendente, mas a verdade é que nenhum dos modelos é monótono na construção.

31117 Space Shuttle Adventure (5)

O desenho do modelo principal é muito bom já que recorre a soluções que tornam o shuttle bastante fiel e ao mesmo tempo bastante brincável. Várias das soluções são originais e além de tornarem o modelo melhor, também melhoram a experiência de construção. Os modelos secundários são notoriamente isso mesmo, secundários. São modelos bem conseguidos, bastante reconhecíveis e não caem no erro de muitos modelos secundários Creator que ficam demasiado confusos na ânsia de se utilizar muitas peças. Gostei bastante do módulo de alunagem apesar de ser relativamente pequeno. O foguetão já não gostei tanto, mas parece-me que é um bom compromisso com as peças disponíveis.

31117 Space Shuttle Adventure (6)

Todos os modelos são excelentes para a brincadeira já que são veículos dados a várias aventuras. Ponto muito positivo para a ausência de antagonistas (o próprio espaço já o é) e para o facto de que as peças são excelentes para construir modelos originais (se bem que no mesmo tema).

31117 Space Shuttle Adventure (7)

31117 Space Shuttle Adventure (8)

As Peças 7/10 (bom sortido mas algo caro)

A Construção 8/10 (boa, mas sem espantar)

O Desenho 9/10 (modelo principal muito bom, os secundários cumprem)

Jogabilidade 10/10 (excelente em várias facetas)

31117 Space Shuttle Adventure (9)

Sim, o preço é o único senão deste conjunto que inclui boas peças e um potencial enorme de brincadeira, seja a construir outros modelos originais, seja a inventar histórias com a astronauta e um dos seus veículos.

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58

Review: LEGO 60298 Rocket Stunt Bike

por baixinho, em 22.10.21

60298 Rocket Stunt Bike (1)

Tema: City

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs: 14/1

Preço LEGO®: 8€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/60298-1/Rocket-Stunt-Bike

 

Ora aqui está uma surpresa que não estava à espera. Apesar de não fazer parte do público-alvo destas pequenas motas, confesso que estava curioso com o funcionamento delas. Será que faz a criança que há em mim dar um clique?

Em termos de peças, a atenção vai para a peça que contém o mecanismo de inércia. Fiquei deveras admirado por até achar que está bem conseguida, já que o volume está bem disfarçado e até houve oportunidade de incluir vários detalhes. Estranhei a dimensão da roda traseira, já que se nota que é bem mais pequena que a da frente. Provavelmente haverá alguma explicação técnica. Li algures que há problemas com a forma como é segurada a roda dianteira, já que passado algum tempo o encaixe deixa de conseguir segurá-la. Para já não senti esse problema e o meu filho já andou bastante com a mota :)

60298 Rocket Stunt Bike (2)

As restantes peças não são propriamente atractivas. Temos o minifig e parte de cima da mota que são exclusivos e o resto são peças relativamente comuns. Sim, até aquele cabelo que fica super bem com aquela cabeça.

A construção é... rápida. Isto para não dizer que é praticamente inexistente :)

Quanto ao design, como indico em cima, fiquei agradado com a peça central deste brinquedo e tudo o resto vem de arrasto. Com este tema, não se poderia esperar muito melhor.

60298 Rocket Stunt Bike (3)

A jogabilidade é bastante boa, apesar de ter algumas dúvidas se se pode considerar este set como um brinquedo de construção. A mota é de fácil utilização e o efeito é bastante bom e proporciona bastantes momentos, digamos, de acrobacias. Podem ver alguns no final do vídeo que está no fim deste artigo.

Ahh, se tivesse uma câmara de filmar quando era miúdo. Poderia recordar com mais nitidez os momentos quando testava a integridade dos veículos que eu criava...

As Peças 7/10 (as necessárias)

A Construção -/10 (não aplicável mesmo)

O Desenho 8/10 (competente)

Jogabilidade 10/10 (isto nas mãos de uma criança é magia)

60298 Rocket Stunt Bike (4)

Não é propriamente um brinquedo de construção, que é o que eu (adulto) espero da LEGO, mas sem dúvida alguma que tem potencial para ser divertido nas mãos dos mais novos.

Pelo menos o meu miúdo adorou!

Conclusão 8/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:33

Review: LEGO 51515 Robot Inventor

por baixinho, em 19.10.21

51515 Robot Inventor (3)

Tema: MindStorms

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 949/-

Preço LEGO®: 360€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/51515-1/Robot-Inventor

 

Este é a quarta geração do MindStorms, mas será que é tão entusiasmante como a primeira? Sim, falo da primeira, já que as suas várias versões foram durante anos recordistas de vendas.

Tive ou tive acesso a todas as encarnações do MindStorms. Comprei o velhinho RCX ainda estava fresquinho da universidade e como fazia parte da minha área de interesses, foi explorado até ao tutano. Cheguei mesmo a fazer alguns robôs originais, no entanto acho que isso aconteceu porque a maior parte das peças e suas conexões eram próximas do system. O NXT já não me causou tanto encanto, mas utilizei-o bastante no clube de robótica na escola onde trabalhava. Já era mais próximo dos beams technic e isso fez que praticamente não fizesse construções originais. No entanto, tanto eu como os miúdos do clube farta-mo-nos de experimentar construções que iam aparecendo na Internet. O EV3 apareceu numa fase em que já não estava tanto ligado à robótica. Construí vários modelos (nenhum original meu) e senti por muitas vezes que era um (bom) upgrade ao NXT, mas sem romper com algo propriamente novo.

Este Robot Inventor já não tem, pelo menos de forma evidente, um nome pomposo para o brick programável, referido muitas vezes apenas por hub

Olhando para a caixa a primeira impressão é que em termos de modelos propostos, não são propriamente um salto enorme em relação às gerações anteriores. No entanto, depois de abrir comecei a notar várias diferenças agradáveis no próprio hub. Primeiro não vem com suporte para pilhas vindo já com uma bateria (que vem já meia carregada) que é super simples de destacar; Segundo, é extremamente leve e mais pequeno o que facilita imenso na hora de criar, já que muitas vezes tem que ser “transportado” pelo próprio robô; Terceiro, vem com 6 portas (sim, o EV3 tinha 8), mas desta vez não há distinção entre portas de sensores e de motores. Vale tudo; Por fim, o habitual LCD foi substituído por uma simples matriz de 5x5 LEDs que acho que é simplesmente uma excelente obra de design de produto. Além de minimalista e simples de utilizar tem um efeito belíssimo!

Claro que temos as inevitáveis melhorias em termos de memória e processador e também da presença de sensores embutidos no próprio hub, um giroscópio e um acelerómetro. Mas estes desenvolvimentos acho que são os naturais tendo em conta a evolução tecnológica.

Quando montei o primeiro robô tive direito a habitual e demorada actualização do firmware do hub e fiquei surpreendido por os motores também terem direito à sua actualização. A montagem segue o que é já normal nestes pequenos robôs sem nada que me chamasse particularmente a atenção. De notar que no momento em que escrevo estas linhas só experimentei os dois primeiros modelos (Charlie e Tricky), mas uma vista geral nos outros três diz-me que não ficarei grandemente surpreendido.

51515 Robot Inventor (1)

Também na área das electrónicas, este conjunto vem equipado com 4(!) servo-motores, um sensor de distância e um sensor de cores. É um pouco parco a nível de sensores externos, mas as 4 unidades de servo-motores é, sem dúvida alguma, muito bom! É a primeira vez que um MindStorms traz tantos motores no conjunto base.

Quanto à programação eu apenas utilizei a aplicação do computador. O ambiente de programação segue um modelo muito semelhante ao Scratch, o que considero excelente já que facilita a passagem dos miúdos desta forma de programar para outras e vice-versa. Achei um pouco esquisito os modelos trazerem a programação já completa contendo apenas alguns comentários e a proposta de alterarmos alguns parâmetros para se ver os efeitos. Acho que prefiro a forma que aparece em outros sets (como por exemplo o WeDo) onde tínhamos que nós próprios fazermos o código, apesar de haver algo a guiar-nos.

Depois de programado o upload do programa para o hub pode ser realizado através de bluetooth ou cabo USB. O hub tem, à partida, 20 slots numerados para a colocação de programas, acabando assim a forma de guardar programas que existiam nas versões anteriores. Esta simplificação poderá ser algo irritante para o pessoal mais geek, mas pessoalmente achei algo positivo. Podemos dar início ao programa através do computador ou através do próprio hub. Mas além de dar início, o programa da LEGO tem vários outros e interessantes recursos tais como saber o estado actual dos sensores (embutidos ou ligados), acesso às várias slots, controle directo dos motores através de um gamepad virtual, etc.

Em termos de jogabilidade não há muito a dizer. Os cinco modelos propostos proporcionam dezenas de horas de exploração e brincadeira. Além disso, o conteúdo da caixa e o ambiente de programação podem, teoricamente, servir para milhares de horas de brincadeira!

As Peças 9/10 (boa selecção)

A Construção 8/10 (a habitual para este tipo de conjunto)

O Desenho 10/10 (minimalista e bastante actual)

Jogabilidade 10/10 (horas e horas de exploração)

51515 Robot Inventor (2)

O mais recente MindStorms é, naturalmente, uma evolução interessante em relação às versões anteriores. No entanto, além de manter a qualidade habitual dá um grande salto tanto a nível de ambiente de programação como de design geral. Obrigatório para quem gosta de andar a experimentar robótica e é uma excelente ferramenta de aprendizagem de várias áreas do saber como programação, inteligência artificial, mecânica, etc!

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:12

Review: LEGO 75267 Mandalorian Battle Pack

por baixinho, em 15.10.21

75267 Mandalorian Battle Pack (1)

Tema: Star Wars

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 102/4

Preço LEGO®: 14,99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/75267-1/Mandalorian-Battle-Pack

 

Às vezes pergunto-me porque é que mando vir isto. Bem, é relativamente barato e as quatro minifiguras são apelativas. Mas mesmo assim, valerá o dinheiro?

Em termos de construção é tão rápida que rapidamente cai no esquecimento. As dimensões do livro são minúsculas e só isso é que justifica as suas 44 páginas. Se o veículo voador até pode causar algum entusiasmo, aquela coisa (rocha com esconderijo?) é.. Apenas algo para justificar que o conjunto é um brinquedo de construção. É que nem é grande esconderijo nem nada.

75267 Mandalorian Battle Pack (4)

Há algumas peças interessantes, mas o PPP é para o assustador se não pensarmos nas minifiguras.

Minifiguras. São elas o cerne deste conjunto, não dá para disfarçar.

Assisti às duas temporadas do The Mandalorian (gostei, mas não achei nada por aí além) e este set representa a facção que até agora não tinha tido grande representação no mundo LEGO. Sim, existiram vários sets há cerca de 10 anos e um deles até foi um battle pack como este onde até tinha um speeder parecido. Mas a variação entre os mandalorians era praticamente nula.

75267 Mandalorian Battle Pack (3)

Este tem a capacidade de ser um battle pack onde todos os minifigs são diferentes (3 deles exclusivos). Além disso as impressões são bestiais e diferenciam bastante bem sem no entanto tirar-lhe o cunho de equipa ou mesmo clã. Pessoalmente o que fiquei mais triste foram as cabeças pretas. Ok, eu sei que nunca se vê as fronhas dos mandalorians, mas acho que uma cabeça normal daria-lhes mais personalidade para as aventuras dos mais pequenos.

Ficamos então com uma equipa de mandalorians com um pequeno speeder e uma coisa de rochas (recuso-me a chamar aquilo de esconderijo) com um enigmático clip. Acho que tem um bom potencial para combate...

As Peças 7/10 (mandalorians!!!)

A Construção 5/10 (...)

O Desenho 8/10 (mandalorians!!)

Jogabilidade 7/10 (mandalorians!!)

75267 Mandalorian Battle Pack (2)

É um pack de mandalorians, nem mais, nem menos :)

Conclusão 7/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:36

Review: LEGO 60249 Street Sweeper

por baixinho, em 12.10.21

60259 Street Sweeper (1)

Tema: City

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 89/1

Preço LEGO®: 9,99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/60249-1/Street-Sweeper

 

Este é o quinto set LEGO com este nome, mas acredito que já tenham sido lançados mais destes pequenos e úteis veículos. Destes cinco que citei acima, este é o primeiro que não é amarelo, mas para além da cor, será que é um conjunto que valha a pena ter na nossa cidade LEGO?

60259 Street Sweeper (2)

Em termos de peças tem um PPP que ultrapassa os 11 cêntimos, o que o torna algo caro. Claro que temos várias peças específicas, mas fora os bricks 1x4 com uma impressão original, tudo o resto é relativamente comum. Sim, é uma boa variedade de peças, mas nada que chame a atenção ou pareça incontornável.

A construção é tão rápida que facilmente se torna esquecível. Fora uma peça que é colocada em off-set para depois ficar escondida, é tudo do mais vulgar que há. Bem, na verdade o ser rápido também a torna indolor :)

60259 Street Sweeper (3)

Mas se as peças nem a construção são propriamente estimulantes, a verdade é que resultam num desenho simples mas eficaz. Sim, poderia ser muito melhor e utilizar técnicas e peças interessantes. Mas a verdade é que este veículo cumpre na perfeição aquilo para que foi desenhado. Fica bem numa cidade, mesmo com edifícios mais avançados em termos de técnicas, e aguenta bem as mãos de uma criança.

60259 Street Sweeper (4)

O potencial de jogabilidade é a esperada para um veículo que pode limpar as ruas das cidades LEGO. Talvez também possa servir de carro de fuga para um assalto :)

As Peças 6/10 (nada a apontar, mas sem brilhar)

A Construção 6/10 (indolor)

O Desenho 9/10 (bom para várias utilizações)

Jogabilidade 8/10 (a esperada)

60259 Street Sweeper (5)

É um pequeno veículo que não desilude em termos de design e jogabilidade.

Conclusão 7/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:24

Review: LEGO 70430 Newbury Subway

por baixinho, em 06.10.21

70430 Newbury Subway (1)

Tema: Hidden Side

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs:348/3

Preço LEGO®: 30€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/70430-1/Newbury-Subway

 

Há umas semanas atrás analisei o 70434 Supernatural Race Car deste tema, o Hidden Side, hoje vou analisar este conjunto e provavelmente não vou ter oportunidade de voltar a este tema. Temo que como era esperado, durou apenas dois anos e muito provavelmente vai ser esquecido rapidamente.

70430 Newbury Subway (2)

Este conjunto é mais um playset do tema onde a jogabilidade poderia ser parcialmente potenciada pela realidade aumentada com recurso a um telemóvel. Na altura cheguei a tentar instalar a app com 3 telemóveis diferentes e não consegui. Julgo que neste momento nem esteja disponível. Por isso, além de não referir essa faceta do set na minha análise, como é hábito, também não me vou alongar mais sobre estes passos “rumo ao digital” que acho desnecessário pela parte da LEGO.

70430 Newbury Subway (3)

A minha curiosidade em relação a este conjunto foi sempre dirigida às peças e sinceramente não fiquei nada desiludido. Apesar das peças exclusivas serem apenas a bicicleta daquela cor e as impressões do minifig, a verdade é que este conjunto vive de peças mais comuns mas em cores que fazem com que sejam facilmente utilizáveis numa boa montanha de estilos de MOCs. Temos peças com fartura em cinzentos, dark tan, dark orange, verde escuro e sand green. Sim, também há muitas peças pretas, mas pronto. Tudo isto com um PPP abaixo dos 9 cêntimos o que torna este conjunto um bom pack de peças. Os minifigs são giros, mas nada mais que isso.

A construção está dividida em três fases sendo que as duas últimas são relativamente curtas. O livro de instruções tem pouco mais de cem páginas e os passos estão bem construídos tornando a construção agradável apesar de simples. Talvez a zona mais complexa seja o mecanismo que “abre” o metro, mas não é nada de mais para quem já tenha construído outros conjuntos. Fora uma ou outra peça em SNOT, não há nada particularmente entusiasmante.

70430 Newbury Subway (5)

70430 Newbury Subway (4)

Em termos de design acho que o único erro é que parece tudo pequeno. O esquema de cores é muito bom, há detalhes interessantes, mas parece que falta profundidade à construção ficando tudo com ar de apenas ser uma fachada. Claro que para esta gama de preço não se poderia pedir muito mais.

Em termos de jogabilidade e ignorando a tal app, parece-me um conjunto regular com os habituais “bons” a serem aterrorizados por um “mau” e um grande gadget para fazer mexer mais as coisas. Nada surpreendente.

As Peças 9/10 (muito bom sortido de peças)

A Construção 6/10 (boa mas sem ser grande experiência)

O Desenho 7/10 (regular)

Jogabilidade 7/10 (a esperada...)

70430 Newbury Subway (6)

Um bom pack de peças num set de um tema que será esquecido rapidamente.

Conclusão 7/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04

Review: LEGO 76901 Toyota GR Supra

por baixinho, em 30.09.21

76901 Toyota GR Supra (1)

Tema: Speed Champions

Ano de Edição: 2021

Número de Peças/Minifigs:299/1

Preço LEGO®: 20€ (20€ na Alemanha)

Link Brickset: https://brickset.com/sets/76901-1/Toyota-GR-Supra

 

Carros?

Yeps, também não sou muito dado aos veículos automóveis. No entanto sempre olhei para o tema Speed Champions com bastante interesse já que aprecio o coleccionismo inerente. A mudança de escala que no ano passado deu que falar já passou (falei dela no review que fiz ao Audi Quattro) e a colecção continua a crescer a um bom ritmo.

76901 Toyota GR Supra (2)

Depois de ter ouvido comentários do MGuerreiro quanto à excelência dos últimos Speed Champions, decidi fazer então uma review a um deste ano.

Curiosamente este é o primeiro set Toyota na colecção e começaram logo por um veículo que é conhecido pelas suas curvas. A construção é dividida em duas fases onde na primeira dedicamo-nos à base e à traseira e na segunda ficamos com o habitáculo e a frente. Ao longo das oitenta e quatro páginas do livro de instruções há um pouco de tudo. Construção vulgar, off-set, SNOT levado ao extremo e várias técnicas não convencionais. Muitas vezes isto tudo acontece num pequeno volume o que torna a construção extremamente concentrada. Aliás, este set é sem dúvida alguma um pequeno compêndio de técnicas avançadas o que fazem com que a experiência de construção seja excelente!

76901 Toyota GR Supra (3)

Quando disse que havia um pouco de tudo no livro de instruções, não referi que há uma falha. Faltam informações sobre o veículo real. Eu sei que colocar informação escrita é um quebra-cabeças tendo em conta o número de países em que o set vai ser distribuído. Mas penso que seria possível algo como uma fotografia do automóvel e algumas das características. De resto as instruções são bastante claras, mesmo tendo em conta a complexidade de alguns passos.

O PPP de 6,7 cêntimos é muito atraente mesmo tendo em conta que a grande maior parte das peças é pequena dimensão. Tem algumas peças exclusivas onde apenas destaco uma cheese gravada. Depois disso temos um bom manancial de peças para SNOT, off-set, tiles, slopes curvas, uma boa parte delas em amarelo. É algo desequilibrado em termos de distribuição de peças básicas e peças específicas, mas nada que assuste.

76901 Toyota GR Supra (4)

O resultado é excelente tendo em conta as limitações das peças LEGO. Aliás, depois de se passar pela experiência de construção, fica-se a imaginar que dificilmente poderiam fazer melhor.

As Peças 8/10 (bom sortido)

A Construção 10/10 (compêndio de técnicas avançadas)

O Desenho 9/10 (o possível para um veículo cheio de curvas)

Jogabilidade 8/10 (coleccionismo e alguma brincadeira)

76901 Toyota GR Supra (5)

É um set que oferece uma excelente experiência de construção que resulta num veículo que, com certeza, agradará os fãs deste tema. Um compêndio de técnicas avançadas condensadas num conjunto de 20 euros.

Conclusão 9/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:49

Review: LEGO 21051 Tokyo

por baixinho, em 27.09.21

21051 Tokyo (1)

Tema: Architecture

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs:547/-

Preço LEGO®: 65€ (60€ na Alemanha)

Link Brickset: https://brickset.com/sets/21034-1/London

 

Tokyo?

Yeps, apesar de gostar de ver animações japonesas, é uma cidade que desconheço completamente. Sei que tem o Monte Fuji ao fundo e pouco mais :)

21051 Tokyo (2)

Por isso montar este skyline foi giro porque afinal até conhecia mais locais desta cidade nipónica do que pensava. Claro que apenas levemente.

21051 Tokyo (3)

Abrir um conjunto Architecture já não é aquela novidade que era há mais de 10 anos atrás. No entanto continua a haver algum charme na caixa preta, numa abertura diferente e sempre com algumas frases inspiradoras. Se já estamos habituados ao “Enjoy your building experience”, pessoalmente já não estava à espera das citações ligadas a Tóquio que se encontravam nas laterais internas. O livro de instruções negro da praxe até pode ficar bem e ter o seu quê estético, mas sinceramente fico irritado na altura de construir quando aparecem peças escuras (sem ser as pretas, já que estão delineadas a branco) que dificultam o desenrolar da construção.

21051 Tokyo (4)

Como é habitual, as primeiras páginas do livro de instruções são dedicadas aos monumentos/edíficios representados no set. Ao longo das noventa e seis páginas temos algumas notas que contribuem para uma experiência de construção mais interessante. No fundo a experiência é agradável já que vamos saltando de landmark em landmark e uma boa parte deles recorre a peças e técnicas de construção diferentes. Claro que há os mais simples (a rua e o monte Fuji), mas alguns são bem deliciosos de construir (a Tokyo Tower e o Mode Gakuen Cocoon Tower).

21051 Tokyo (5)

21051 Tokyo (7)

Em termos de peças a primeira coisa que salta à vista é um PPP de quase 12 cêntimos, o que pessoalmente considero algo exagerado. Apenas temos direito a 3 peças exclusivas, todas por serem impressas. Se a habitual tile com o nome do conjunto pode não ser cativante, o contrário acontece com as slopes curvas que compõem o edifício Mode Gakuen Cocoon Tower. Não me canso de olhar para estas peças e imaginá-las em naves espaciais em micro-escala. O sortido de peças é, no seu todo, bastante agradável já que juntando às habituais peças pretas da base, temos uma selecção bem variada tanto nas cores como nas formas. Ah, não posso deixar de referir a quantidade de peças pequenas interessantes entre elas, várias tiles impressas.

21051 Tokyo (6)

21051 Tokyo (8)

O efeito final é bastante impressionante apesar de achar que continua a ser pequeno para o valor pago. Algumas das interpretações podem ser questionáveis, no entanto a maior parte delas são muito interessantes e até desconcertantes de tão simples e eficazes. O efeito é um skyline colorido, variado e com landmarks facilmente reconhecíveis.

As Peças 7/10 (bom sortido mas algo caro)

A Construção 9/10 (interessante e variada)

O Desenho 8/10 (competente com alguns bons detalhes)

Jogabilidade 7/10 (fica bem na prateleira..)

21051 Tokyo (9)

Tokyo é um skyline que surpreende pela positiva. Uma boa experiência de construção com um resultado interessante. 

Conclusão 8/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


subscrever feeds