Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Review do 10275 Elf Club House

por baixinho, em 23.09.20

10275 Elf Club House 1

Tema: Creator Expert/Winter Village/18+

Ano de Edição: 2020

Número de Peças/Minifigs: 1197/4

Preço LEGO®: 99.99€

Link Brickset: https://brickset.com/sets/10275-1/Elf-Club-House

 

Aqui está um tema que sempre segui com curiosidade mas que nunca me interessou ao ponto de comprar. Gosto muito da consistência e regularidade da série mas o tema não é propriamente o que mais me cativa.

Ao fazer o review do Winter Village anterior desenhado pelo Tiago Catarino claro que fiquei mais ligado ao tema e quando surgiu a oportunidade de analisar este conjunto, não consegui resistir.

No momento em que escrevo esta análise ainda não está disponível a lista de peças no Brickset, local onde me apoio para verificar a raridade das peças e também a sua relevância. No entanto eu comento a maior parte das peças interessantes no vídeo “Abrir e Montar” que podem ver aqui (ou no final deste artigo). Temos um festival de peças pequenas e até bricks e plates em cores muito úteis. Aliás posso reforçar que acima de tudo gosto imenso das cores utilizadas. A forte presença de peças em sand green e dark tan é, para mim, um dos pontos fortes deste conjunto, que, a meu ver, são bem reforçadas com as peças brancas e cinzentas. Os quatro elfos cumprem na perfeição a função.

10275 Elf Club House 2

A construção divide-se por cinco fases onde a primeira tem direito exclusivo a um pequeno livro (48 páginas) sendo que as restantes quatro já ocupam um livro de instruções A4 com 124 páginas. Não percebo a pertinência da divisão em dois livros, nem do material notoriamente diferente da capa de cada um deles e ainda menos a necessidade de as folhas interiores serem pretas. Pode parecer mais “adulto” e cool mas não ajudam nada e até piora a experiência quando aparecem peças em castanho escuro. Fora isso e ter que construir quatro faces praticamente iguais do pinheiro de natal e de uma parte do telhado, a construção é agradável e, por vezes, até cativante na forma em que ficamos curiosos em como as coisas batem certo ou funcionam no fim. Fica na memória como os ângulos dos telhados batem certo e o mecanismo para deixar os cookies (ou outra coisa qualquer) caírem individualmente.

O resultado final é muito bonito e, como já indiquei acima, o esquema de cores são uma grande mais valia. A conjunção de dark tan com sand green com alguns apontamento em castanho caem muito bem no branco. O formato do telhado com um anexo de um lado e um alpendre do outro e as pequenas janelas laterais dão-lhe uma presença ímpar na série. Só penso que aquelas luzinhas estão a mais.. E sim, são fáceis de retirar. Não esquecer aquela pequena plataforma (não, não sei como se chega lá) que com a sua luneta/telescópio é um apontamento deveras curioso e interessante. O interior acompanha na perfeição a beleza do exterior da casa. Está recheado sem estar confuso e apesar das soluções algo clássicas para cada um dos detalhes. Destaco a mesa de embrulhar os presentes. Como disse acima, o mecanismo na chaminé para os cookies além de interessante está muito bem integrado. A luz faz o seu efeito mas é um pormenor que facilmente me esqueço (como aconteceu no vídeo de análise).

10275 Elf Club House 3

Em termos de jogabilidade o conjunto tem os seus gadgets e quatro minifigs com muitas tarefas a realizar. No entanto penso que a maior parte dos compradores deste set estão mais interessados no efeito que ele cria em conjunto com os restantes membro da Winter Village e desses, alguns também pela experiência de construção. Em ambos aspectos, o Elf Club House é bastante bom.

As Peças 9/10 (boa variedade e cores)

A Construção 9/10 (agradável com alguns momentos muito bons)

O Desenho 9/10 (esquema de cores e formato excelente)

Jogabilidade 8/10 (a esperada para um conjunto deste tema)

10275 Elf Club House 4

É um conjunto que cumpre bem o esperado para uma série que já vai com 11 anos. Tem pormenores excelentes e o efeito geral é muito bom, principalmente no formato da casa e no esquema de cores.

O único ponto não positivo é que me parece um conjunto um pouco caro para o volume que tem.

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:02

Mais um Winter Village: 10275 Elf Club House

por baixinho, em 21.09.20

Não é propriamente novidade mas aqui temos mais um Winter Village para aumentar esta série que prima pela qualidade e originalidade.

No momento em que escrevo estas palavras já construí uma boa parte deste conjunto, portanto já tenho uma boa opinião sobre ele. No entanto deixo-vos apenas com o press release oficial e mais um Q&A com o autor, já que conto que brevemente disponibilize os habituais vídeos de unboxing, time lapse building e análise bem como o review aqui no blog.

BUILD THE LEGO® ELF CLUB HOUSE AND BRING THE MAGIC OF CHRISTMAS INTO YOUR HOME

 The latest set in the LEGO® Holiday collection the Elf Clubhouse is a delightful addition to any holiday display, available from LEGO Retail Stores and LEGO.com from the 23rd of September.

Experience the magic of Christmas this holiday season and discover the quaint cottage that is home to Santa's Elves, with the latest LEGO holiday set – the LEGO® Elf Clubhouse. Jam-packed with seasonal touches, the LEGO® Elf Club House allows families to escape the chaos of holiday season, immerse themselves in the fantasy world of holiday season and create a new festive building tradition.

The LEGO Elf Clubhouse is a truly magical set, with festive features which offer a glimpse into the everyday lives of Santa’s little helpers – including a waffle machine to help them re-fuel after a long day of toy making, a brick built repositionable chimney and even a ‘sleighport’ to park the elf’s sleigh in, ready to load up with presents for adults and children alike. 

This brand-new holiday set is the perfect festive family tradition and a way for families (naughty or nice) to enjoy the magic of Holiday season and build together to bring their ultimate Christmas fantasy to life. Deck the halls with the LEGO® Elf Clubhouse Christmas Tree, which is brimming with colourful baubles, sneak under the Christmas tree a selection of toys and small gifts the elves have prepared for each other and watch Santa’s sleigh take off into the night sky with the telescope. You can even use the computer to track who has been naughty and who’s nice!

Once you’ve finished your DIY project, The LEGO® Elf Clubhouse, which measures at 8.5” (22cm) high and 5” (13cm) deep, makes a stunning display piece - with a LEGO light brick included in the set to help illuminate the festive scene. Add it to other sets in the LEGO Holiday collection, including the LEGO Creator Expert Gingerbread House and the LEGO Creator Expert Winter Village Fire Station to create a decorative festive display.

“It’s amazing to be able to turn my hand to such an iconic set of LEGO models – Holiday season has always been a special time for me and my family, so getting into the festive spirit always come easily when I’m designing (and if I ever struggle, putting on Walking In A Winter Wonderland always helps put me in the right mindset!).  For the LEGO® Elf Clubhouse I wanted to explore the world of Santa’s Elves and work out what they do after they’ve had a long day making toys, giving a glimpse into their secret world, whilst also creating an iconic holiday set that reflects the architecture of alpine chalets. There are so many brilliant pieces within this set, but my favourite piece is the reindeer, which is brand new to addition to this set – I like to call it Brixen! “

LEGO Elf Club House™ will be available directly via LEGO.com and LEGO Stores from 23rd September

10275 – LEGO® Elf Club House

  • RRP £84.99, €94.99, $99.99
  • Aged 18+
  • 1,197 pieces
  • Product available direct from LEGO.com and from LEGO Stores

E agora o Q&A com Chris McVeigh:

Q&A with Chris McVeigh the LEGO designer behind LEGO Elf Clubhouse and Brick Sketches

Q: What was your inspiration for the LEGO Elf Clubhouse?

I thought it would be great fun to explore the world of Santa’s Elves. Where do they go after a hard day’s work making toys? What do they do for fun? Do they give gifts to each other for Christmas? In terms of architecture, the set was inspired by both alpine chalets and Tudor-style homes, with a dash of Christmas magic for good measure.

Q: What is your favorite element of this set?

The reindeer, which is all-new with this set! I like to call her Brixen.

Q: Are there any Easter eggs or interesting designing anecdotes you can tell us about the set?

Before working for LEGO, I was known for building old computers out of LEGO bricks. So, I thought it would be a fun nod to my past to include a small brick-build computer in this set.

Q: How do you find your inspiration for the holiday sets?

Christmas has always been a special time of year for my family and so I have many warm memories to look back on. And if I am ever struggling, listening to a Christmas carol like Silver Bells or Winter Wonderland will instantly put me in the right frame of mind.

Q: What is your inspiration for the brick sketch models that you have also been designing?

A few years ago, I was part of an artist’s group on a social media platform, and at the time, a number of talented artists in the group were creating amazing marker sketches on small cardstock as way to promote their artwork. I thought it would be fun to participate, but I wanted to put my own spin on it. So, I created what I called a “Brick Sketch,” which was a LEGO character portrait on a 12x16 canvas. Although the first on I posted was a bit tongue-in-cheek, people reacted so positively that I was encouraged to build more!

Q: How long have you been building with LEGO brick products for?

I spent much of my childhood building towns and cities out of LEGO. But like many people, I set LEGO aside during my teenage years as I focused on school and university. Thankfully, I was given two small LEGO Star Wars sets as part of a gift exchange in 2006. These were the first two sets I’d built in over a decade, and thy put me on a path that would bring me to Billund. (And thank you, Jason, and Stephanie, for 7139 Ewok Attack and 7251 Darth Vader Transformation!)

Q: How did it feel to turn your passion as a LEGO fan into a full-time job?

It has been an amazing journey, really. I feel very fortunate.

Q: How did this opportunity come about/ how did you get LEGO’s attention?

Although many people at LEGO were aware of my work as a fan designer, I went through the normal recruitment process to get my design job.

Q: What is the process you go through when designing a new set like the Elf House?

I like to start by sketching concepts. It helps me articulate shapes and explore different styles. Once I have some solid ideas, I start building physical models. It is then a matter of refining the build and adding lots of fun little details.

Q: What’s the biggest challenge with building a holiday set?

The roof. Finding just the right angle and coming up with a clever way of mounting the roofs is a huge challenge. But it is very rewarding when you engineer something that works well.

Q: Favorite building technique used in this set?

The Elf Clubhouse has several interesting techniques. I think my favorite is using Plate 1x2, rounded to create a wreath. And although it is less visible, I am also pleased with the staggering of the 1x1x5 bricks in the chimney to give it added structural stability.  

Q: What advice would you give to aspiring LEGO designers?

Keep building! The more you build, the more you understand the full range of possibilities with LEGO bricks. Also keep an eye out for new elements and how you can use them to improve your models. How you present your model is also important, so take time to learn about photography, experiment with lighting, and do not be afraid to trying something different!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01

Review do 10267 Gingerbread House

por baixinho, em 30.06.20

10267 Gingerbread House 13

Tema: Creator Expert / Winter Village

Ano de Edição: 2019

Número de Peças/Minifigs: 1477/2

Preço LEGO®: 99.99€ (89.99€ na Alemanha)

Link Brickset: https://brickset.com/sets/10267-1/Gingerbread-House

 

Este foi um dos últimos conjuntos desenhados pelo Tiago Catarino, português ex-designer da LEGO, membro da C0937 e agora youtuber. O set pertence a um dos temas mais regulares da LEGO, o Winter Village. Ok, teve ali um percalço em 2015 mas acho que toda a gente já perdoou a LEGO por isso :)

10267 Gingerbread House 1

Apesar da excelência da maior parte dos conjuntos do tema, nunca construí um. Por isso e tendo em conta que o último deles foi desenhado por um português, aproveitei uma oportunidade e aqui está mais um review. Será que irá cumprir as expectativas que tenho quanto ao tema?

10267 Gingerbread House 7

Quanto a peças o PPP é muito interessante já que é de apenas 6.8 cêntimos.. Mesmo tendo em conta o preço para Portugal. O sortido de peças é bastante colorido onde o castanho e o branco são as cores predominantes. Foras as peças impressas e/ou de minifigs, apenas temos duas peças exclusivas. As 4 unidades que compõem a estrela da árvore de natal (6271209) e as 8 unidades da plate 1x2 com buraco horizontal por baixo em Vibrant Coral (6258092) que tem a particularidade de ficarem todas escondidas fazendo com que me pergunto a necessidade da utilização dessa cor para esta peça. Creio que na altura do lançamento haviam outras peças exclusivas (nomeadamente o lingote em tan) que depois apareceram noutros conjuntos. Existem outras peças muito interessantes em que posso destacar as 35 unidades do brick 1x2 com tijolos em Medium Nougat (4656783) e as 16 unidades do irmão maior, o brick 1x4 com tijolos também em Medium Nougat (6055309) e as 11 unidades do lingote em tan que falei acima. Pena não terem pensado em duas árvores de natal simétricas, para não termos ficado com várias plates wedges apenas de um lado.

10267 Gingerbread House 11

Como já deu para perceber, não ligo nenhuma à família Gingerbread. Não fazem parte do meu imaginário.

A construção é muito boa. São dois os livros de instruções, o primeiro apenas para os minifigs, prendas, brinquedos e outros pequenos acessórios, o segundo para a casa propriamente dita e que vai da 2ª à 5ª e última fase. Não há propriamente momentos wow, mas a construção é muito diversificada e nada cansativa. O único ponto em que existem algumas semelhanças com outros passos são os telhados, mas são tão rápidos que não chegam a serem notados. Pessoalmente gostei de construir o SNOT das janelas e paredes, da árvore de natal (apesar do ponto que falei antes), dos interiores em geral e os telhados. 

10267 Gingerbread House 12

Mas onde este set encanta é a nível de design. É lindo. Ok, que o ponto de partida já poderia antever um grande set, mas há que dar crédito ao Catarino por ter tornado a construção muito próxima da casa tradicional, por ter ido mais além do que o básico ao aplicar técnicas interessantes e por estar em linha com os restantes conjuntos Winter Village. Apenas senti falta de tiles no chão do piso superior e achei que os brinquedos poderiam ser melhores. 

10267 Gingerbread House 16

Quanto à jogabilidade este set é excelente. É óptimo para expor (principalmente se tiverem mais sets do tema) já que fica bonito em qualquer prateleira, principalmente no natal. É muito bom enquanto playset, já que possui bastantes ingredientes para pequenas aventuras e, mais uma vez, poderá funcionar muito bem com os restantes conjuntos do tema. Quanto a peças para outras construções, este set também é uma delícia.. Já que facilmente poderemos construir outras casas, apesar de se sentir falta de janelas tradicionais.

As Peças 9/10 (bom PPP e recheado de peças interessantes)

A Construção 8/10 (não surpreende mas é uma boa experiência)

O Desenho 9/10 (excelente, fora um ou outro detalhe que poderia ser melhor)

Jogabilidade 8/10 (a esperada para um conjunto deste tema)

10267 Gingerbread House 17

Apesar de não ser fã do tema, gosto deste set. Tem peças interessante, a construção é bastante agradável e o resultado é vistoso. Obrigatório para os AFOL que gostam do do tema, uma boa compra para os restantes AFOLs

Conclusão 9/10

(Este conjunto foi fornecido para análise pela The LEGO Group, mas a review é da minha inteira responsabilidade)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

10267 Gingerbread House, a entrevista ao Tiago Catarino

por baixinho, em 01.10.19

TCatarino.JPG

Não há duas sem três.

No seguimento das entrevistas realizadas ao César Soares e ao Marcos Bessa, aproveitei o anúncio do 10267 Gingerbread House para entrevistar o responsável pelo set, o português Tiago Catarino. Membro da Comunidade 0937 (ver galeria aqui) e LEGO Designer até julho passado.

 

Luís Baixinho Sabemos que fizeste parte da equipa que está dedicada ao tema Creator 3-in-1, mas também é verdade que te aventuraste em conjuntos mais "adultos" como o 10267 Gingerbread House e o 21313 Ship in a Bottle. Como é que surge a oportunidade de participar no desenho de conjuntos fora do teu tema? 

 

Tiago Catarino São duas histórias muito peculiares e não exemplificativas de como são as coisas por norma. No caso do Ship in a Bottle, ouvi dizer que andavam à procura de um designer para o set em questão. Como me pareceu um projeto aliciante e sempre quis fazer um set de Ideas, numa tarde construí a minha versão de um Ship in a Bottle e deixei-o na secretária da manager de Ideas como "carta de apresentação". Falamos no dia seguinte, e convenci-a a deixar-me fazer o set. 

No caso do set Gingerbread House de Creator Expert foi sorte! Naquela altura estava a trabalhar no design do 31096 Twin Rotor Helicopter de Creator 3in1, mas a meio do desenvolvimento do mesmo nasceu a minha segunda filha. Durante a licença de paternidade o meu manager enviou-me uma mensagem a dizer que o helicóptero tinha de passar para outro designer para não atrasar os processos internos, mas que em troca havia um projeto em vista para mim.

Quando regressei ao escritório descobri que me tinham confiado a Gingerbread House!

 

LB O processo de desenho de um set Winter Village deve ser relativamente diferente dos sets correntes como os do Creator.

Quando te apareceu o Gingerbread House já tinhas um briefing bem delineado ou um com bastante espaço de manobra? Exemplificando os extremos, tinhas esboços já feitos com o aspecto mais ou menos final da casa, cores a utilizar e minifigs ou as coisas estavam tão no ar que até podias desenhar outro set para o Winter Village?

 

TC A única grande diferença no processo de design entre este set e os de Creator 3in1 é o fato de não ter que fazer modelos alternativos. O processo de design e controlo de qualidade é bastante semelhante em todos os sets que a empresa faz, estejamos nós a falar de um simples polybag, ou de um set de 5000 peças.

Quando o set me foi atribuído já existia um esboço construído por outro designer. Retirei do esboço os pormenores de que mais gostei para ponto de partida mas segui o meu rumo digamos assim, respeitando sempre o briefing inicial de que tinha de ser uma Gingerbread House. Mais tarde começou a formar-se a história da família gingerbread, que ditou muitos dos pormenores que vemos no set final, como as minifiguras e os interiores, exteriores, os presentes em volta da árvore festiva entre outros.

 

LB Este conjunto tem várias particularidades bastante atractivas para os AFOLs. Por exemplo eu adoro como o interior do rés-do-chão está preenchido tornando-o num local bem aconchegante, já ouvi referências às várias técnicas para a construção da fachada (SNOT qb) e também às várias excelentes miniaturas de brinquedos e/ou mobiliário.

Para ti qual é aquele ponto de que te orgulhas mais neste set? Que poderá ser um marco diferenciador de outros sets da LEGO e talvez até uma evolução.

Não vale dizer tudo!! :)

 

TC Obrigado desde já! :) Pessoalmente o meu elemento favorito é provavelmente o cavalo de baloiço! Não é completamente descabido na escala minifig, dá para meter a tile 1x2 do bebé gingerbread e baloiça-se tal como um cavalo de verdade! Orgulho-me bastante dos telhados também embora não ache que seja muito diferenciador quando comparados a outros dos sets de Winter Village por exemplo, nem tão pouco uma evolução. Mas são bem robustos e é difícil encontrar as falhas/buracos típicos deste tipo de telhados quando feitos em LEGO.

 

LB Como AFOL uma das coisas que mais me interessam nos sets são as peças, nomeadamente as peças novas (sejam moldes ou cores). Este set inaugura os lingotes em tan, peça que acho que vai ser extremamente útil para fachadas.

Escolheste essa peça para a cama a pensar na utilização por AFOLs?

Tens outras peças que colocaste a pensar nos AFOLs?

 

TC Sem dúvida. Como já estive do lado AFOL das coisas (e agora de volta!) tive sempre em mente os AFOL's quando desenhava sets. A experiência tinha sempre de ser a mais indicada para a faixa etária marcada na caixa, mas isso não me impedia de incluir peças como referias, em novas cores a pensar em vocês ;) Foi o caso dos lingotes em tan por exemplo, sabia que era uma das melhores peças do sortido para simular um efeito de barra de chocolate e na altura, já existiam em castanho, então aproveitei a oportunidade para fazer a peça noutra cor. O set tem outras peças em cores novas, mas o lingote foi mesma aquela em que pensei "os fãs vão adorar isto"!

Quando fiz o Ship in a Bottle por exemplo, fiz um grande forcing também para trazermos de volta os grandes painéis transparentes presentes no set que já não se viam à quase 20 anos, e nessa altura também, a cor teal também tinha acabado de regressar à palete de cores da LEGO. Ainda que não se veja no modelo final, na estrutura do navio, e na base onde assenta a garrafa, tentei meter o máximo de elementos na cor teal que me foi possível, bem como as cabeças de minifig em roxo para aqueles que coleccionam minifiguras monocromáticas.

 

LB O teu passado como AFOL ajudou-te de alguma forma com a tua carreira na LEGO? 

Ou seja, sentias que de alguma forma o teres sido AFOL antes de ires para a LEGO te dava alguma vantagem/competências/sensibilidade que os outros designers não possuíam?

 

TC Sim e não. Acho que no workshop em Billund que faz parte do processo de contratação, onde passamos 2 dias em provas de construção, de desenho e entrevistas, o meu passado AFOL deu-me bastante jeito, pois sentia-me muito à vontade com as peças, sabia o que procurar e fazer e isso deixou-me tranquilo, ao contrário de muitos dos meus colegas que vinham de backgrounds de design puro e não mexiam em LEGO à anos.

No entanto acho que o fator mais importante de todo o processo é a nossa personalidade, a nossa capacidade de trabalhar em equipa, e a maneira como lidamos com a pressão, aspetos aos quais me parece que é dada mais atenção por parte de quem contrata, do que propriamente a nossa capacidade de construção.

Depois de ter sido contratado tive de desconstruir muitos dos meus vícios AFOL, e embora conhecesse as peças e sets, saber como funcionam e o que procurar para resolver determinado problema, tive de certa forma de aprender a brincar com LEGO, à maneira da LEGO.

 

LB Agora que estás de volta, pensas que o que aprendeste na LEGO será de alguma forma útil como AFOL?

 

TC Acho que vou ser capaz de fazer MOCs mais estáveis e que não se partam tão facilmente!

A LEGO foi sem dúvida uma boa escola em termos de estabilidade de construção.

Acho que um AFOL perde em média mais tempo a reconstruir MOC's que se partem durante as viagens para eventos, do que propriamente a construir coisas novas! :P

 

LB Acho que estás a exagerar. :) 

Deve é perder mais tempo com as várias valências do hobby do que propriamente a construir. ;)

Agora que estás cá fora, anunciaste que vais lançar dois canais de YouTube. Um em inglês e um em português. Queres explicar melhor o âmbito dos dois canais?

 

TC O mundo do Youtube tem-me vindo a fascinar, e sem ter grandes pretensões, quero experimentar e ver no que dá. O LEGO continua a ser uma parte importante da minha vida, então quero contar um pouco da história de como está a ser a transição da LEGO para Portugal, documentar a preparação do meu estúdio para poder voltar a MOC'ar com o intuito final de fazer vídeos de instruções, técnicas, MOC's, e falar de LEGO em geral. Tudo isto em Inglês, mas com o cuidado de meter legendas em Português sempre que me seja possível. (link aqui).

Ainda por lançar, pois neste momento o estúdio está de pernas para o ar, pretendo também fazer em Português um canal de reviews. Não existe ninguém que o faça na nossa língua, consistentemente, em formato vídeo tanto quanto sei, pelo que espero conseguir levar também esse projeto para a frente.

 

LB Também comecei a estar mais atento ao fenómeno YouTube e o engraçado é que esse interesse cimentou com os jogos de tabuleiro moderno e não com o LEGO. Claro que a minha veia AFOL fez com que pesquisasse conteúdos LEGO e fora um ou outro vídeo mais dirigido ao público infantil, não encontrei nada em português. Por isso cheguei até a lembrar-me de avançar eu próprio com um canal. Mas apesar de estar habituado a dar aulas e dinamizar workshops ainda não me sinto à vontade com a gravação de vídeos, o que faz com que ainda esteja indeciso quanto ao arrancar ou não com um projecto no YouTube.

Isso faz com que esteja imensamente curioso com o teu projecto, principalmente o canal em português. Claro que também vou estar atento ao canal em inglês já que ter a visão de uma pessoa que já foi LEGO Designer é extremamente interessante para um AFOL como eu.

Falas do teu estúdio estar de pernas para o ar. Já tens projetos em mente para o quando o tiveres pronto? O que pretendes construir?

 

TC Quero sem dúvida apostar em dicas de construção, pequenos modelos que miúdos e graúdos possam construir com as peças que têm em casa. Fazer muitos episódios de VLOG/Atualizações do estúdio em que vou mostrando como estão as coisas, as minhas escolhas para organização de peças, técnicas, faça-você-mesmo relacionados com LEGO, MOC's e outros. O bom de estar muito no princípio deste projeto é que posso experimentar um pouco de tudo e ver aquilo que resulta com o público e também aquilo que me dá gosto fazer em formato vídeo.

 

LB Tanto como AFOL como quando eras LEGO Designer, quais são as tuas maiores fontes de inspiração para quando constróis com peças LEGO?

 

TC Google, cores e peças.

No que toca a temas sem dúvida a ficção científica/espaço têm um lugar especial nas minhas preferências, e quando me quero inspirar vou a um ou outro blog de que gosto bastante (conceptships.blogspot.com por exemplo) ou pesquisa de imagens no google. Posso dizer também que às vezes é uma cor, ou conjuntos de cores que me inspiram para fazer uma construção. Por último, é por vezes ao olhar para uma peça de LEGO em particular que penso "esta peça era mesmo boa para fazer um XYZ".

Enquanto Designer, 95% dos briefings que tive de produtos para desenhar, passaram sempre por uma pesquisa de imagens na internet.

Sinto que é relativamente fácil construir a partir de uma boa referência fotográfica, descobri isto nos meus tempos de Creator 3in1, o que com muita pena me deixou, nunca tenha feito um set LEGO num tema como Super Heroes, Star Wars, Harry Potter e outros.

Blisk Space Fighter-Main

 

LB Partilho o fascínio pela ficção científica e o Concepts Ships também é um blog que sigo há anos. Tenho imensos posts assinalados no meu feedly para futuros projectos que inevitavelmente sei que nunca os vou fazer.

Para terminar e de alguma forma semelhante à última pergunta que fiz ao Marcos, podes nomear alguns filmes e/ou séries de TV de ficção científica que façam parte dos teus favoritos, sejam ou não inspiradores de construções LEGO.

 

TC Sou uma pessoa muito fácil no que toca a filmes e gosto de ver os blockbusters todos haha.

Tudo o que é Marvel Cinematic Universe (genial como se arquitectou uma história coesa a partir de 23 filmes diferentes), tudo o que envolva dinossauros, e ficção científica em geral.

Favoritos em cada uma das respectivas categorias seriam o Endgame, Jurassic Park e Interstellar.

 

Obrigado pelas perguntas e boa continuação para o blog :)

Aqui finda mais uma entrevista a um português que trabalha/trabalhou na LEGO. Esta série de entrevistas será para continuar mas também abrindo mais o leque de pessoas a entrevistar.

Não se esqueçam seguir os projectos do Catarino no Instagram e no Youtube!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Quinta-Feira das Actualidades: Gingerbread House

por baixinho, em 12.09.19

Adoro quando a LEGO faz isto. Criar um tema (próprio) e depois alimentá-lo com novos sets com regularidade. Faz isso com os modulares desde 2007 e com a Winter Village desde 2009, e fá-lo bem.

Portanto não é grande novidade o anúncio de mais um set para fazer crescer a nossa vila natalícia cheia de encanto. Este 10267 Gingerbread House cumpre a função encaixando-se perfeitamente nos conjuntos anteriores.

Aqui fica o habitual press release:

10267 Gingerbread House

Ages 12+. 1477 pieces

US $99.99 – CA $139.99 – DE €89.99 – UK £84.99 – FR €94.99 – DK 799DKK –AUD $159.99

*Euro pricing varies by country.  Please visit shop.LEGO.com for regional pricing.

Gather the family and build the wonderful Gingerbread House!

Enjoy a festive build and play experience with the LEGO® Creator Expert 10267 Gingerbread House. A treasure chest of magical details, this amazing model features frosted roofs with colorful candy buttons and a delicious facade with candy-cane columns, glittery windows and a tall chimney stack with a glowing fireplace. Inside the house there’s an array of fun details and candy furnishings including a tasteful bedroom with chocolate bed and cotton candy lamp, and a bathroom with the essential toilet and bathtub. This wonderful LEGO Gingerbread House sets the scene for imaginative adventures with the gingerbread family. Children can light up the cozy fireplace, help clear the sidewalk with the snow blower and nestle the gingerbread baby in its carriage. It also includes a decorated Christmas tree with wrapped gifts and toys, including a rocking horse and a toy train. This advanced LEGO set delivers a challenging and rewarding building experience and makes a great seasonal centerpiece for the home or office. Includes gingerbread man, woman and baby figures.

  • Includes 3 LEGO® figures: a gingerbread man, gingerbread woman and gingerbread baby.
  • The Gingerbread House features frosted roofs with colorful candy buttons, a rich facade with candy cane columns and walking sticks, glittery windows and a tall chimney stack with a glowing fireplace, plus a detailed interior, brick-built baby carriage and a snow blower.
  • Gingerbread House interior features an array of fun details and candy-style furnishings, including a bedroom with chocolate bed and cotton-candy lamp, and a bathroom with the essential toilet and bathtub!
  • Also includes a Christmas tree with wrapped gifts and toys, including a rocking horse and a toy train.
  • Check out the yummy candy-cane signposts!
  • Press down on the chimney-smoke button to set the fire aglow!
  • Children will love imaginative play with the gingerbread family.
  • Help the gingerbread lady nestle the gingerbread baby in the carriage.
  • Accessory elements include a baby bottle, cups, frying pan and an axe.
  • Special elements include a new-for-August-2019 gold bar element in tan and transparent 1x1 glitter bricks in purple.
  • Measures over 8” (21cm) high, 10” (26cm) wide and 5” (13cm) deep.

Acrescento que o preço para Portugal será de 99,99 euros, yeps, um pouco mais caro que os nossos colegas alemães. Mas não se preocupem que não somos os mais massacrados da zona Euro, a Estónia leva com 109,99 e a Finlândia leva com uns enigmáticos 109,95 euros.

Sim, é mesmo um sentimento bonito ficarmos contentes por haver quem esteja pior que nós :D.

De qualquer forma o conjunto é extremamente bonito. Adoro o esquema de cores onde o branco da neve realça de forma perfeita as formas da casa, principalmente as várias águas do telhado. A imponente chaminé é, provavelmente, o elemento mais identificativo do edifício, mas também gosto de ver as traves de madeira em branco e os coloridos vidros das janelas. Na traseira temos os habituais interiores que, penso eu, desta vez destacam-se por terem um aspecto bem completo (ok, faltam as tiles no piso superior) dando um ar aconchegante. Uma boa parte dos interiores dos sets LEGO tem um aspecto tão vazio que calha facilmente no adjectivo espartano. Como sempre a qualidade dos vários pequenos acessórios e mobiliário é excelente. Temos uma banheira, um cavalinho, um comboio, cama, sofá, o berço, a cozinha, o camião de brincar, as meias sem esquecer a lareira iluminada!

Quanto a peças o destaque, para já, vai para os lingotes em tan. Serão excelentes para as fachadas dos edifícios, já que por vezes quando queremos representar o nosso granito nortenho, o tan fica melhor que o lbg. As pesquenas tiles round 1x1 com impressão de madeira cortada também dão sempre jeito. Claro que depois há que contar que as peças são praticamente todas em cores muito interessantes.

Só me pergunto como conseguem colocar quase 1500 peças num set aparentemente tão pequeno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:01

10259 Winter Village Station

por baixinho, em 22.08.17

Mais um ano, mais um conjunto LEGO Winter Village. Adoro quando a LEGO mantêm uma linha de forma continuada e com uma velocidade de lançamentos previsível. Sim, eu até percebo que em 2015 o pessoal tenha ficado desiludido, mas a qualidade média dos conjuntos serve para tapar uma falha ou outra.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:05

[MOC] This is also Winter Village

por baixinho, em 23.12.16

This is also Winter Village


Esta é a minha participação no Concurso de Natal da Comunidade 0937 (que já vai na sua 11ª edição!). O mote era construir algo no tema Winter Village, série natalícia da LEGO que faz sucesso desde 2009!


Como se pode ver, virei o tema de avesso e tentei mostrar o outro lado da vila colorida e alegre que a LEGO insiste em mostrar.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

A LEGO não se importa com a tua coleção

por baixinho, em 16.09.15


Neste excelente artigo no FBTB, Nick Martin explica porque pensa que a LEGO não se preocupa com a coleção de conjuntos dos AFOLs. Isto tudo por causa da confusão gerada pela reedição do conjunto 10199 Winter Village Toy Shop de 2009 pelo 10249 Toy Shop (que é praticamente igual). Os coleccionistas reclamam porque para terem a coleção completa (Winter Village) terão que ter dois conjuntos praticamente iguais. Os não tão coleccionistas desta série reclamam porque vão ter um ano em branco nesta coleção. Por fim, os especuladores reclamam porque compraram o set em 2009 às espera de valorização e esta reedição baixa os valores de venda.


Nick Martin ao pegar neste tema, aborda também o impacto dos AFOLs no negócio da LEGO, o (não) impacto do mercado paralelo nas vendas da empresa e, por fim, que as reedições tem toda a lógica para a empresa LEGO.


Concordo com praticamente tudo o que é dito no artigo e já várias vezes tinha pensado em escrever algo do género (provavelmente não tão extenso nem assertivo).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:15


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog